Alcoolismo e Consequências

  • View
    371

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Alcoolismo e Consequências

  • Franciely Coelho

    Jos Jacinto Junior

    Jos Jaimes

    1

    Abril/2016

    DST E

    ALCOLISMO

    Tcnicos em Seg. do Trabalho - IFRN

  • 2

    ALCOOLISMO

  • Fonte: g1.globo.com

    ALCOOLISMO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    3 Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br

  • https://www.youtube.com/watch?v=HPLM1OzPRJA&nohtml5=False

    VIDEO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    4

    Carta para Jack Alcoolismo Mata

  • ALCOOLISMO

    O uso constante, descontrolado e progressivo de bebidas

    alcolicas pode comprometer seriamente o bom funcionamento

    do organismo, levando a consequncias irreversveis.

    5

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    a dependncia do indivduo ao lcool.

    uma doena

  • ALCOOL X FAMLIA A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    6

    A pessoa dependente do lcool, alm de prejudicar a sua

    prpria vida, acaba afetando a sua famlia, amigos e colegas de

    trabalho.

    Os componentes da famlia vivenciam diariamente a realidade

    do familiar que enfrenta a dependncia do lcool.

  • O lcool um depressor do Sistema Nervoso Central e

    age diretamente em diversos rgos, tais como o fgado, o

    corao, vasos e na parede do estmago.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    ALCOOL

    7

    Sade fsica

    Bem estar emocional

    Comportamento

    O alcoolismo Afeta:

  • CONSEQUENCIAS FSICAS A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    8

  • Lida com os problemas da vida sem precisar do efeito do lcool

    +/- 10 %

    ABSTINNCIA

    +/- 60 %

    USO SOCIAL

    +/- 20 %

    ABUSO

    +/- 10 %

    DEPENDNCIA

    Bebe com problemas nocivos sade e aos relacionamentos

    Bebe sem problemas

    No Bebe Bebe com problemas nocivos sade e aos relacionamentos

    Hbito Familiar Hbito Social Divertimento Distrao Prazer

    Prazer e sofrimento se equivalem

    Prazer com lcool

    Prazer sem lcool

    S sofrimento Sndrome de Abstinncia

    CONFLITOS - Familiares - Profissionais - Sociais

    PROBLEMAS - Orgnicos - Psicolgicos - Mentais - Espirituais - Sociais

    Fonte: Rubens Nogueira, www.clinicajorgejaber.com.br

    FASES DO CONSUMO DE ALCOOL

    9

  • Me d papai!!!

    VIDEO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    10

  • MDIA

    A mdia (Jornais, rdio, novelas e revistas) e a sociedade estimulam o consumo do lcool, seja com propagandas associadas riqueza, ao sucesso, a beleza, ao prestigio, ao poder de consumo, poder de conquistas.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    11

  • ALCOOL X DIREO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    Dificuldade de manter a ateno Reflexos mais lentos

    Maior

    probabilidade de

    ignorar as regras

    de transito

    Direo

    perigosa

    Movimentos

    e aes

    erradas

    Percepo mais lenta

    Reflexos mais lentos

    Reaes mais lentas 12

  • ALCOOL X DIREO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    Acidente

    13

    Fonte: g1.globo.com

  • SINTOMAS

    14

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    Compulso

    Perda de controle

    Dependncia fsica

    Sndrome da dependncia do lcool

    Tolerncia

    Ocorrncia de sintomas de abstinncia:

    Nusea Suor Tremores

  • ABUSO DE ALCOOL? A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    15

    O alcoolismo tem pouco a ver com o tipo de lcool bebido por

    uma pessoa, h quanto tempo a pessoa bebe, ou at mesmo

    exatamente quanto lcool bebe.

    Porm, tem muito a ver com a necessidade incontrolvel por

    lcool. Esta descrio do alcoolismo nos ajuda a entender o

    porqu de a maioria dos dependentes de lcool no conseguir se

    valer s de "fora de vontade" para parar de beber. Estas pessoas

    esto sob a forte compulso do lcool, uma necessidade que se

    mostra to forte quanto a sede ou a fome.

  • 16

  • Insegurana;

    Desinibio sexual;

    Curiosidade ou estimulo de amigos

    FATORES QUE LEVAM AO CONSUMO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    Ansiedade

    Biolgicos;

    Sociocultural

    Problemas: Familiares, financeiros,

    dificuldade em aceitar a realidade ou at

    mesmo a perda do emprego.

    17

  • PREJUZOS PROFISSIONAIS COMUNS A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    18

    Atrasos

    Queda de produtividade

    Sonolncia

    Conflitos com colegas

  • As consequncias no organismo pelo uso excessivo e

    prolongado de lcool, se tornam graves com o tempo.

    Durante os anos de uso excessivo do lcool, podem surgir os

    seguintes problemas orgnicos:

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    CONSEQUENCIAS DO USO PROLONGADO

    19

    Acidente Vascular Cerebral (AVC).

    Aparecimento de lceras no estmago

    Cncer.

    Gastrite: na mucosa do estmago.

  • Acidente Vascular Cerebral (AVC).

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    CONSEQUENCIAS DO USO PROLONGADO

    20

  • Esofagite: devido irritao do lcool, na mucosa do esfago.

    Cirrose heptica: pode levar o alcolatra lentamente morte.

    Desnutrio gradativa.

    Ginecomastia: presena de mamas no homem, ocorre devido a alteraes hormonais devido ao uso prolongado do lcool no organismo.

    Hepatite.

    Leses testiculares: essas leses prejudicam a produo de testosterona e a sntese de esperma.

    Pancreatite aguda.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    CONSEQUENCIAS DO USO PROLONGADO

    21

  • ALC

    OO

    LIS

    MO

    PROLONGACONSEQUENCIAS DO USO

    22

  • TRATAMENTO

    Reconhecer que precisa de ajuda para um problema com lcool

    talvez no seja fcil.

    Quanto antes vier a ajuda, melhores sero as chances de uma

    recuperao bem sucedida.

    E ainda, identificar um possvel problema com lcool tem uma

    compensao enorme, uma chance de viver com mais sade.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    23

    Em nossa sociedade prevalece o mito de que um problema com lcool

    sinal de fraqueza moral.

  • TRATAMENTO

    A natureza do tratamento depende da gravidade do alcoolismo

    do indivduo e dos recursos disponveis na comunidade. O

    tratamento pode incluir

    a desintoxicao (o processo de retirar o lcool do sistema de

    uma pessoa com segurana);

    tomar medicamentos receitados pelo mdico para ajudar a

    evitar o retorno bebida uma vez que j parou;

    e aconselhamento individual e/ou em grupo.

    H tipos de aconselhamento promissores que ensinam a

    recuperar dependentes de lcool e a identificar situaes e

    sentimentos que levam necessidade de beber e de descobrir

    novas maneiras de lidar com a ausncia do lcool.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    24

  • Quaisquer destes tratamentos podem ocorrer tanto em um

    hospital, como em tratamento residencial ou ambulatorial (o

    paciente fica em sua casa e vai s consultas, at todos os dias).

    Como o envolvimento com a famlia importante para a

    recuperao, muitos programas oferecem aconselhamento

    conjugal e terapia familiar como parte do processo de tratamento.

    Alguns programas podem oferecer para o dependente recursos

    vitais da comunidade como a assistncia legal, treinamento de

    trabalho, creche e aulas para pais.

    TRATAMENTO A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    25

  • ALCOOLICOS ANONIMOS

    At mesmo, os que vm conseguindo ajuda pelo AA geralmente

    descobrem que a recuperao funciona melhor com outros

    tratamentos juntos, inclusive aconselhamento e tratamento mdico.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    26

    Alcolicos Annimos uma irmandade

    de homens e mulheres que

    compartilham suas experincias, foras

    e esperanas, a fim de resolver seu

    problema comum e ajudar outros a se

    recuperarem do alcoolismo.

  • ALCOOLICOS ANONIMOS A

    LC

    OO

    LIS

    MO

    27

    Informao do A.A.RN

    Fonte: http://www.aarn.org.br/grupos-bairros-natal.html

  • No h nenhum modo absoluto de se prevenir o alcoolismo.

    Porm, o forte apoio da famlia e as relaes slidas com

    pessoas que no bebem e os amigos, podem ajudar.

    De forma geral, para qualquer tipo de vcio, o importante

    nunca comear a utilizar a droga causadora da dependncia em

    questo e, no caso do alcoolismo, esta afirmativa muito mais

    importante para aqueles indivduos que tm histrico de outros

    familiares portadores da doena, j que a questo da

    hereditariedade influi em uma maior facilidade em se adquirir o

    alcoolismo ou sndrome de dependncia do lcool.

    ALC

    OO

    LIS

    MO

    PREVENO

    28

  • Ajuda a superar a dependncia e apoia ao individuo a permanecer na luta pela liberdade e novo estilo de vida

    Ajuda multidisciplinar no tratamento, identificando modificaes no decorrer do tratamento (isolamento, irritabilidade, baixa no desempenho organizacional)

    Um acompanhamento especfico e dirigido para os familiares essencial

    para que possam compreender a doena e seus desdobramentos.

    Recebendo as orientaes necessrias para melhor lidar com a situao.

    tratamento inicia-se pela famlia, principalmente porque o usurio de lcool no aceita seu problema, no

    reconhece que o uso de bebidas alcolicas lhe traz consequncias

    negativas ou est desmotivado para buscar ajuda.