Evolução dos osteichthyes

  • View
    515

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

Evoluo dos Osteichthyes

Evoluo dos Osteichthyes

Prof.:Joaquim BuchaimAcadmicos:Katlin FernandesSamara Jung

Evoluo dos OsteichthyesOrigens e relaes filogenticas;Diviso dos osteichthyes;Evoluo dos peixes sseos;Divertculo esofgico: pulmes e bexiga natatria;Evoluo para o meio terrestre.

Evoluo dos Osteichthyes

Evoluo dos Osteichthyes

Acanthodii: Provvel grupo irmo dos peixes sseos modernos

Justificado por trs sinapomorfias: estruturas branquiais livres do septo interbranquial; presena de oprculo sseo e de raios branquiostegais

OsteichthyesActinopterygii: peixes com nadadeiras raiadasSacopterygii: peixes com nadadeiras lobadas

Osteichthyes: origens e relaes filogenticasActinopterygii: elementos basais das nadadeiras peitorais alargados, raios medianos das nadadeiras articulam-se com elementos esquelticos que no penetram na nadadeira, o maior grupo de vertebrados viventes, os Telesteos origina-se dos Actinopterygii;Sarcopterygii: elementos nicos para suporte das nadadeiras no esqueleto da cintura plvica e escapular, nadadeiras lobadas com msculos a partir dos quais derivou o membro dos tetrapodas;Origem dos tetrapodas: quatro patas caracterizadas por um nico osso na poro proximal e dois ossos na poro distal.Evoluo dos peixes sseosCaractersticas comunsPossuem ossos drmicos e divertculo esofgico.A presena de osso no uma caracterstica exclusiva dos Osteichthyes, pois os Agnata, os Placodermi e Acanthodi possuem.A ausncia de ossos em Chondricththyes uma condio derivada (esqueleto sseo substitudo por cartilaginoso)Evoluo dos peixes sseosChave da evoluo: especializao dos mecanismos de alimentao;Aumento da mobilidade dos ossos do crnio;Aumento da mobilidade dos ossos da maxila;

Especializao dos mecanismos de alimentaoEspecializaes na locomoo;HabitatsComportamentosHbitos de vidaEvoluo dos peixes sseosDivertculo esofgico: evaginao do trato digestivo embrionrio, impermevel difuso de gases que d origem ao pulmo ou bexiga natatria;O divertculo esofgico capaz de regular a flutuabilidade ou de funcionar como um pulmo inovao evolutiva que possibilitou a colonizao do ambiente terrestre;Pulmes so um carter ancestral dos peixes sseos e seus descendentes tetrpodes.

Divertculo esofgicoO desenvolvimento do divertculo reflete as mudanas que ocorreram durante a evoluo dos peixes sseos:Pulmo primitivo: divertculo ventral, com ligao ventral, divertculo ainda presente em peixes pulmonados da Amrica do Sul e frica e nos tetrapodes.Problema para os peixes que nadavam ativamente: mais pesado na parte superior

Pulmo primitivoSoluo para o problema de instabilidade: pulmo dorsal com ligao ventral. Divertculo ainda presente no peixe pulmonado australianoPulmo dorsal com ligao dorsal em Teleosteos primitivos (pirarucu, enguias, manjubas, salmes, carpas) ainda mantm a conexo (ducto pneumtico)Fisstomos (physa: vescula; stoma:boca)Fisclisto (physa: vescula; clystere: fechado)

Funcionamento da bexiga natatria

Funcionamento da bexiga natatria

O peixe ajusta sua densidade em diferentes profundidadesNadando para a superfcie: tendncia a submergir(densidade do peixe > que densidade da gua)

O peixe ajusta sua densidade em diferentes profundidadesFlutuabilidade neutra(densidade do peixe = densidade da gua)

O peixe ajusta sua densidade em diferentes profundidadesNadando para o fundo(densidade do peixe > que densidade da gua)

O peixe ajusta sua densidade em diferentes profundidadesFlutuabilidade neutraDensidade do peixe = densidade da gua

A evoluo para o meio terrestre

As nadadeiras lobadas tm grande homologia com as patas dos primeiros tetrpodes.Provavelmente no passado, peixes primitivosutilizaram as nadadeiras lobadas para transitar do meio aqutico para o meio terrestre.RefernciasEvoluo dos Osteichthyes: Zoologia. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014Osteicties: Planeta Bio. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014Sistema esqueltico: Animallia III. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014Filogenia e chordata: Aula de zoologia. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014Vertebrados. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014Vertebrados. Disponvel em acessado em 30 de maro de 2014