Atualidades 4 - Chico, São Paulo, Ucrânia

  • View
    194

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Atualidades 4 - Chico, São Paulo, Ucrânia

Apresentao do PowerPoint

Transposio do Rio So Francisco

Bacia do Rio So FranciscoNasce na Serra da Canastra (tropical chuvoso), atravessa o serto nordestino (semi-rido) e desemboca no litoral oriental do nordeste (tropical atlntico)Ocupa 7,4% do territrio nacional passando por MG, BA, PE, AL e SEUsado para produo de energia (Sobradinho, 3 Marias, Xing) e como hidrovia entre Pirapora, MG, e Juazeiro, BARio da integrao nacional

Secas no NordesteSeca Hidrolgica - Precipitao pequena e distribuda - Consegue manter a agriculturaSeca Agrcola - Seca verde, Chuva abundante, mal distribuda no tempo e no espao - Prejudica a agricultura, mas mantem a caatingaSeca Efetiva - Precipitao pequena e m distribuda - prejudica tudo e todos

Secas no NordesteClima semiridoBaixo ndice pluviomtricoBaixa umidadeTemperatura elevadaAlta evaporaoCaatinga - vegetao arbustiva com galhos retorcidos e razes profundas, cactceas, caduciflias, xerfilasEquadorMovimentao da ZCITRelevo InterplanlticoIndstria da seca

Secas no Nordeste1583-1585 - 5 mil ndios deslocados1877/78/79 - 500 mil mortos1980 - 3,5 milhes de mortos2012 - Pior seca em 30 anos, 4 milhes de animais mortos

TransposioObra do governo federal para diminuir o impacto da seca na regio do semirido, especificamente os estado de PE, PB, CE, RNTransferir de 1% a 3% da vazo do Rio So Francisco para rio temporrios da regio do semirido, beneficiando 12 milhes de pessoas

TransposioPrimeiros estudos para sua realizao comearam em 1985 pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS)Retomado em 2003 pelo Ministrio da integrao nacionalIniciado em 2007 como obra do PAC

Transposio2 eixos, Norte e Leste477 km de canais13 aquedutos9 estaes de bombeamento27 reservatrios9 subestaes4 tuneis

TransposioEixo Norte sai de Cabrob, PE, e ir transpor agua para os Rios Salgado e Jaguaribe no CE; Rio Apodi no RN; Rio Piranha-au na PB e RNEixo Leste sai da Barragem de Itaparica, PE e alcanara o rio Paraba na PB

Opinies dividasEstados fornecedores x Estados recebedoresBeneficiar 12 milhes de pessoas x Beneficiar grandes latifndiosRevitalizao antes da transposioRecuperao das matas ciliares (eroso e assoreamento)Coleta e tratamento de esgoto (poluio)Degradao da fauna e floraImpacto em populaes indgenas (Truk e Pipip)Impacto em stios arqueolgicos

Ataques do PCC em So Paulo

No inicio de maior descoberto de um plano de rebelies nas penitencirias de So Paulo para o dia 14 de maio, Dia das mesPAra evitar tal plano so transferidos de mais de 700 presos no dia 11 de maio, eentre eles estava o lder do PCC, Marcos Williams Herba Camacho, o MarcolaCom a transferncia, rebelies eclodiram em 74 unidades prisionais no dia 12 de maio e teve inicio uma onda de ataques a agentes da segurana pblica e civis

Ataques aconteceram do dia 12 ao dia 21 de maio59 agentes pblicos mortos505 civis293 ataques a nibus, casas de agentes, bancos (At o dia 18)Ataques na capital, grande SP, ABC, litoral e interior40% das escolas e universidades da capital foram fechadasComrcio e reparties publicas fechadas

Fim dos ataques devido a um suposto acordo do governo do estado com o PCCMuitos homicdios no foram investigadosReforo do sistema carcerrio, com os agentes de segurana alimentando esse sistemaHegemonia do PCCPrises Particulares

Acidente Nuclear de Chernobyl

Exploso do reator 4 na madrugada de 26 de abril de 1986 durante teste de seguranaDemora na evacuaoNuvens txicas contaminaram da Europa Construo do Sarcfago, concludo m 1986, para conter a radiao do reator LiquidadoresNovo Sarcfago est em construo com previso de concluso para 2017

Escala Internacional de Acidentes NuclearesAcidente nuclear de Chernobyl e Acidente nuclear de Fukushima - nvel 7Acidente radiolgico de Goinia ou Csio 137 - nvel 5

Energia Nuclear no mundo11% da produo de energia eltrica provm da fonte nuclearEUA responsvel por 30% da produo dessa produoFrana tem 75% da energia eltrica produzida em usinas nuclearesBrasil tem 3 usinas (Angra 1, 2 e 3, essa em construo) produzindo 2,9% da energia eltrica nacional

Por que usar?Alguns pases no tem recursos naturais para atender suas necessidades energticas JapoEficincia - pouco combustvel, grande produoLimpa - libera poucos GEE

Por que no usar?Alm dos potenciais acidentes com consequncias graves, a produo de lixo atmico e o pouco conhecimento no seu descarte contribui contra a usina nuclear