of 28/28
Tecnologia Assistiva : Próteses Alice Leite Ponte Camila Rocha Velásquez Fernanda Medeiros de Sousa Gabriel Esposito Turco Gabriela Elizabetta de Paula Introdução à Engenharia Biomédica Profª Drª Maria Elizete Kunkel

Engenharia Biomédica e Tecnologia Assistiva: Próteses

  • View
    625

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Engenharia Biomédica e Tecnologia Assistiva: Próteses

  1. 1. Tecnologia Assistiva : Prteses Alice Leite Ponte Camila Rocha Velsquez Fernanda Medeiros de Sousa Gabriel Esposito Turco Gabriela Elizabetta de Paula Introduo Engenharia Biomdica Prof Dr Maria Elizete Kunkel
  2. 2. Introduo rea multidisciplinar ; Visa a autonomia, independncia, qualidade de vida e incluso social; Componentes artificiais que tem como objetivo suprir necessidades e funes fsicas;
  3. 3. Iniciou suas atividades em abril de 2002; Indicaes realizadas aps minuciosas avaliaes fisico- funcionais; Reabilitao, por meio da aplicao de dispositivos especficos em um centro voltado recuperao;
  4. 4. Equipado com maquinrios e ferramentas de ltima gerao; Pacientes so sempre acompanhados, individualmente, durante todo o processo de adaptao e treinamento; Necessidades especficas de cada caso; Indicao, confeco, aplicao e orientaes de uso;
  5. 5. Linhas de pesquisa e desenvolvimento : Prteses; rteses; Neuroproteses;
  6. 6. PRTESES Prtese Esttica; Prtese Mecnica; Prtese Mioeltrica; Prtese Hbrida;
  7. 7. Prtese Esttica : PRTESES Esttica ou passiva ; Completa a imagem da parte que falta do prprio corpo ;
  8. 8. Prtese Mecnica : PRTESES Prteses denominadas ativas; Fonte de energia por propulso muscular;
  9. 9. Prtese Mioeltrica : PRTESES Prtese ativa; Eletrodos, captam as contraes musculares; Acionamento dos componentes;
  10. 10. Prtese Hbrida: PRTESES Componentes e formas de controle de sistemas; Prtese mecnica com uma fora mioeltrica; Prtese mais funcional;
  11. 11. PRTESES Amputao bilateral dos membros superiores; Amputao bilateral dos membros inferiores; Amputaes na Infncia; Anomalia Congnitas; Segmentos :
  12. 12. AMPUTAO BILATERAL DE MEMBROS SUPERIORES Prtese mioeltrica ou binica ; Maior funcionalidade e independncia ao amputado; Restabelecimento do equilbrio e da preservao do esquema corporal;
  13. 13. PRTESE DE MO ELETRNICA
  14. 14. AMPUTAO BILATERAL DE MEMBROS INFERIORES Protetizao e reabilitao; Resgata funcionalidade e independncia; Independente dos nveis de amputao;
  15. 15. AMPUTAES NA INFNCIA Cuidados e atenes especficas; Pode acorrer a partir dos 12 meses de idade; Grande aceitao e adeso ao tratamento; timos resultados funcionais;
  16. 16. ANOMALIAS CONGNITAS A ausncia ou m-formao de um ou mais membros logo ao nascimento; Prteses customizadas; Melhora funcional e esttica;
  17. 17. NEUROPRTESE Walkaide: Controle do p cado; Leses centrais; Sensores de angulao de movimento; Contrao dos msculos dorsiflexores e eversores do tornozelo;
  18. 18. Walkaide Melhora a estabilidade e mobilidade; Diminui a hipertonia; Melhora a fora e a resistncia e circulao local; Melhora a percepo sensorial; http://www.youtube.com/watch?v=1U96NF SGW7M Benefcios:
  19. 19. NEUROPRTESES Interfaces crebro-mquina (ICM); Recentes com futuras solues; Impulsos eltricos emitidos pelos neurnios em comandos que controlam articulaes mecnicas; Desenvolvimento com animais;
  20. 20. NEUROPRTESES Atividade eltrica do crebro; pesquisador brasileiro Miguel Nicolelis; Macacos controlassem dois braos virtuais; Atividade eltrica de quase 500 neurnios;
  21. 21. NEUROPRTESES
  22. 22. DESENVOLVIMENTO Mtodos de desenvolvimento: Convencional Impressora 3D
  23. 23. CONVENCIONAL (Realizado pela UFRN)
  24. 24. OrtoCAD/FEM
  25. 25. IMPRESSORA 3D http://globotv.globo.com/rede-globo/fantastico/v/menino-de-13-anos-usa-mao- bionica-criada-em-impressora-3-d/3059109/
  26. 26. ENTREVISTA Dr. Paulo Muniz de Carvalho Cirurgio Dentista e Prottico Quais as competncias de um prottico ? Como so pensadas e desenvolvidas as prteses ? Qual o maior problema de se desenvolver uma prtese? Qual a durao de uma prtese?
  27. 27. ENTREVISTA Existem casos de rejeio de prteses? lucrativo a confeco de prteses? Qual a maior dificuldade do ramo em sua opinio?
  28. 28. Bibliografia http://brasil.planetasaber.com/theworld/chronicles/seccions/cards/default.asp?pk=1976& art=94 http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-27--71- 20131108&tit=macacos+movimentam+bracos+virtuais+com+forca+do+cerebro ftp://dns.ufrn.br/pub/biblioteca/ext/bdtd/WilliamFQ.pdf http://www.ipobrasil.com.br/ http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=56845 http://globotv.globo.com/rede-globo/fantastico/v/menino-de-13-anos-usa-mao-bionica- criada-em-impressora-3-d/3059109/