Esparganose em cão

  • View
    1.933

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Esparganose em cão

  • Medicina veterinriaPATOL, CLN MD E TERAP DE ANIMAIS DE PEQUENO PORTE I

    Esparganose proliferativa em coRelato de caso

    Adriane Stravino VogadoThalita M. Quet dos Reis

  • Caso clnicoFmea 21 meses21,4kgClaudicao progressiva no MAD, 2 semanasNDN no exame fsico Tratamento: Carprofeno 4,4mg/kg PO bid 7d

  • 4 semanas seguintes:No apoio do membroEdema subcutneo: axilas direita e esquerda, se estendendo at metade do membro direito e parte ventral do pescoo.Ndulos 1-3 cm firmesExame: Hemograma + Bioqumica Srica NDNRadiografia MAD inchao difuso em tecido subcutneo

  • Tratamento:Carprofeno: 10diasCiprofloxacin 15mg/kg PO BID

  • 2 semanas:Dor evidenteExames: radiografia trax e hemograma NDNTemperatura altaTratamento:Dexametasona 1,5mg/kg IV nicoTramadol 2mg/kg BID ou TID Amoxicilina 18mg/kg BID

  • Biopsia: msculo trceps Fibrose e paniculite crnicaRadiografia MAD: diminuio do inchao + linhas radiolucentes

    10 dias: dor + ndulos novos + inchao em outras regies2 biopsia: axila direita cavidade cstica com mais de 100 vermes (10 30 mm)

  • www.anestesiologia.com.brCavidade lavada com soluo salina 5L e foi colocado um dreno de penrose.Tratamento: Praziquantel 20mg/kg PO SID 5dFebendazol 50mg/kg PO SID 3d

  • 1 semana - Diminuio do inchao e dor - Claudicao - Rompimento de um cisto - Radiografia torcica Nenhum envolvimento torcico

  • Identificao das larvas Spirometra sppTratamento - Febendazol - Cefpodoxime proxetilo - Metronidazol

  • Ultrasonografia Infiltrado pleural e peritonealAdicionado Praziquantel ao tratamentoRetirada do dreno Lquido serosanguinolento continuou a drenar da ferida abertaDurante 3 semanas inchao e dor + desenvolvimento de vrias fstulas

  • Aps 28 dias Todas as fstulas estavam curadasAps a 3 dose de praziquantel Dispnia, febre, hiporexia e novos ndulosToracocentese 500mL de lquido sanguinolento - Cultura + antibiograma Pseudomonas aeruginosa

  • Hemograma + Perfil Bioqumico anemia leve, hipoalbuminemia e monocitose leveTratamento: Enrofloxacina + Praziquantel2 semanas aps Aumento abominalPuno 2,3 L de lquido serosanguinolentoMudana de tratamento: Nitazoxanide + Enrofloxacina + Carprofen

  • Animal continuou com hiporexia e comeou a ter vmitos Administrao de metoclopramidaProprietrios preferiram a eutansia do animalNecrpsia: - MAD Muito tecido inflamatrio + cistos com vermes - Atelectasia dos pulmes + lquido sanguinolento na cavidade pleural (contendo muitas bactrias) - Liquido na cavidade peritoneal - Aderncia entre omento, intestino delgado, bao e estmago

  • Anlise dos larvas Plerocercides da ordem Pseudophlidea (spargana)As larvas foram amplamente distribudas em todos os tecidos moles do animal

  • EsparganoseCiclo de vida: Ovos operculados na gua liberao do coracdio ciliado ingesto por coppode (Cyclops spp.) larva procercide ingesto do copepde por um segundo HI plerocercide migrao para todos os tecidos do corpo ingesto do HI infeco do HD (carnvoro) adulto (Spirometra) ovos nas fezes

  • O animal do presente trabalho viveu em uma regio pantanosa.Nenhum inqurito de infeco e nem mesmo anlise da gua foi feita no ambiente em que co tinha acesso.Esparganose uma zoonose.Falta opes para tratamento mau prognstico

  • Abendazol IneficazPraziquantel em dose mais elevada Eficaz (ineficaz para o co descrito)Mebendazol e Praziquantel Ineficaz e traz efeitos adversosNitazoxanide No pode ser avaliada devido ao estado geral do animal