of 36/36
INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA Prof.Herculys Douglas

INTRODUÇÃO A RADIOLOGIA

  • View
    93

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of INTRODUÇÃO A RADIOLOGIA

  1. 1. INTRODUO RADIOLOGIA Prof.Herculys Douglas
  2. 2. Fsico alemo Wilhelm Conrad Roentgen, Professor na Universidade de Wuerzburg, Alemanha. Pesquisava o tubo catdico no seu laboratrio (escuro). O tubo consistia de um invlucro de vidro com eletrodos positivos e negativos. Era evacuado e Roentgen protegeu o tubo com papel pesado e negro.
  3. 3. Fluorescncia de uma tela coberta com platinocianeto de brio que estava prximo de um tubo de vcuo. Radiao invisvel saa do tubo, atravessava a sala utilizando o ar como meio de transporte e excitava a tela de platinocianeto de brio. Radiao invisvel -> RADIAO X.
  4. 4. So tipos de luminescncia. Fluorescncia: emisso de luz visvel com o fornecimento de uma fonte. Limitada pelo fornecimento de energia. Ex: placas de trnsito. Fosforescncia: como a fluorescncia, emite luz visvel, mesmo depois de cessar o fornecimento de energia. Ex: Objetos que brilham no escuro.
  5. 5. Pode-se relacionar o estudo do corpo humano atravs de exames de imagem, com a descoberta dos RAIOS-X em 1895 por Roentgen. Janeiro de 1896 Roentgen realizou a primeira radiografia em pblico na sociedade de Fsica mdica de Wuzburg. Por essa descoberta recebeu em 1901 o Prmio Nobel de Fsica
  6. 6. 50 anos de idade na poca da descoberta. Menos de 50 trabalhos publicados. 1878->alarme para telefone 1879->barmetro anelide Era to cuidadoso, que jamais teve que revisar os resultados publicados.
  7. 7. Uma das suas primeiras experincias foi uma RADIOGRAFIA da mo de sua esposa, Bertha. Chumbo e platina interrompiam os raios Percebeu o esboo dos ossos da mo na placa Placa fotogrfica e imobilizao.
  8. 8. Em que momento ocorreu? Por que ele colocou o papel preto? Como possvel em menos de dois meses, algum abordar conceitos de um fenmeno desconhecido?
  9. 9. Extraordinrio interesse cientfico Demonstraes as pessoas Criao de vrios consultrios mdicos radiolgicos na Europa e EUA. 6 meses aps a publicao da descoberta de Roentgen, os RAIOS-X passaram a ser usados pelos mdicos para pesquisa de balas nos soldados feridos. Menos de um ano aps a descoberta, aproximadamente 49 livros e 1000 artigos haviam publicados sobre o assunto.
  10. 10. Medicina Astronomia Astrofsica Embarques de passageiros Indstria metalrgica Idade tcnica de pinturas
  11. 11. Primeiros relatos da radioatividade natural foram feitos aps a descoberta dos Raios-X. Antoine H. Becquerel procurou verificar se substncias fosforescentes ou fluorescentes emitiam Raios-x. Resultados negativos, mas com experimentos adicionais utilizando urnio, chegou a concluso de que a radiao penetrante era originria do prprio elemento.
  12. 12. Acidental? Guardou em uma gaveta, um composto de urnio juntamente com uma chapa fotogrfica, havendo depois revelado a chapa e notado nelas sinais da radiao Raios de Becquerel Os Raios-X prenderam a ateno de todos !!!! O prprio Becquerel foi gradativamente abandonando suas investigaes sobre radioatividade natural.
  13. 13. O estudo da radioatividade natural recebeu impulso extraordinrio com os trabalhos do casal Curie (Pierre e Marie Curie). Medio da atividade do urnio Em 1898 aparecia pela primeira vez a palavra radioatividade (radioactivt), usada pelo casal Curie. Em 1898 descobriram os elementos radioativos polnio e rdio. Becquerel, Pierre e Marie Curie receberam o prmio Nobel de Fsica.