Saúde e bem-estar

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Palestra proferida pela Dra. Flávia Ozório Pereira no Ciclo de Palestras 2010, Colégio Catarinense, Florianópolis, SC.

Text of Saúde e bem-estar

  • 1. Educando por mais sade Flvia Ozorio Pereira. Mdica Endocrinologista, mestre em Cincias Mdicas, professora do curso de medicina da UNISUL. 13 /05/2010.

2. Atualmente 40% dos adultos ou 38,8 milhes de brasileiros esto acima dopeso. Deste total, 10,5 milhes podem ser considerados obesas.O Excesso de peso triplicou entre crianas e jovens nos ltimos 20 anos no pas (4 para 14%) Uma em cada dez crianas em todo o mundo - 155 milhes - obesa. Fonte: ABESO: Associao Brasileira para o Estudo da Obesidade. Pacientes sujeitos a grande varia o de peso Mecanismos compensatrios Ingesto de energia Gasto de energia Histria natural 3. 4.

  • medida que as pessoas envelhecem, o corpo acumula impactos originados de suas escolhas.
  • Existe a escolha (que pode ser orientada) entre uma vida saudvel ou uma provvel incapacidadecrnica.

5. No Brasil os dados so extremamente preocupantes e tambm colocam a obesidade infantil como um problema grave de sade pblica. Atualmente 40% dos adultos ou 38,8 milhes de brasileiros esto acima dopeso.10,5 milhes podem ser considerados obesas.O Excesso de peso triplicou entre crianas e jovens nos ltimos 20 anos no pas (4 para 14%). Uma em cada dez crianas em todo o mundo - 155 milhes - obesa . Fonte: ABESO: Associao Brasileira para o Estudo da Obesidade. 6. O que sade? Sade um estado de completo bem estar fsico, mental e social, e no apenas a ausncia de doena. 7. O que so hbitos alimentares saudveis? Estratgias 8.

  • Alimentao quantitativa e qualitativamente equilibrada.
  • Adequada cadaindivduo.
  • Variada em frutas, verduras e legumes.
  • Que tambm esteja alinhada comsabor (sensaes deprazer).
  • Aliada h hbitos de vida saudveis.
  • Guias: pirmide alimentar, roda dos alimentos, tabelas nutricionais, rtulos dos produtos.

9. Implicaes legais Impactos no Mercado

  • Modificao na rotulagem de alimentos.
  • Legislao sobre publicidade.
  • Implicaes na Merenda escolar.

10. Meios de comunicao -Legislao sobre publicidade 11. Comerciais de fast food contribuem para a obesidade infantil tera-feira, novembro 25th, 2008 Estudo publicado no Journal of Law & Economics: ligao direta entre obesidade infantil e comerciais de fast food (13.000 crianas nos anos de 1979 e 1997 nos EUA). Neste perodo, a quantidade de crianas obesas entre 6 e 11 anos triplicou. De acordo com a pesquisa a proibio destes comerciais nos horrios infantis reduziria a obesidade de 18% na faixa de 3 a 11 anos e de 14% para os adolescentes entre 12 e 18. Noruega, Sucia e Finlndia proibiram comerciais em programas infantis, alm do mais no Canada a CBC que uma emissora pblica tambm no veicula comerciais na programao infantil. 12. Fatores dietticos que afetam a ingesto de energia Densidade energtica Variedade Tamanho daporo CustoComposio nutricional Ingesto de energia Disponibilidade 13. Efeito da densidade energtica e volume de comida Baixa densidade energtica Alta densidade energtica 475 cal 11% protena 58% carbohidrato 31% gordura 320 g 700 g 14. Lanche escolar 15. Lanche escolar 16. Asnecessidades nutricionaisvariam de acordo com:

  • idade
  • sexo
  • peso
  • altura
  • atividade fsica
  • estado fisiolgico
  • presena de doena
  • clima

17.

  • Cncer
  • Hipertenso arterial sistmica
  • Diabete mlito
  • Osteoporose
  • Aterosclerose
  • Acidente vascular cerebral
  • Obesidade
  • Doena dental e oral

NUTRIO X PREVENO: 18. Por que evitar a obesidade? 19. Complicaes mdicas da obesidade Flebite Estase venosa Da arterial coronariana Doena pulmonar Funo anormal Apnia do sono Sndrome de hipoventilao Ltiase biliar Anormalidades ginecolgicas Menstruao irregular infertilidade SOMP GotaAVC Diabetes Osteoartrose CncerMama, tero, colo uterino Colon, esfago, pncreas Rim, prstata Doenas de fgado esteatose Esteatohepatite no alcolica cirrose Hipertenso Dislipidemia Catarata Pele Hiperteno intracraniana idioptica Pancreatite severa 20. Apnia do sono: roncos importantes (interfere na vida do casal). Dificuldade de obteno de empregos. Discriminao. Timidez, retrao, sentimento de culpa.. Dificuldade de locomoo: andar de avio, nibus..... Depresso, humor deprimido. Complicaes psicosociais da obesidade 21. 22. 23. Qual o benefcio de seperder peso? 24. Sensibilidade a Insulina melhora com a perda de peso em pacientes com DMT2 * P sucesso do que aquelas que abordam aspectos gerais (alimentao saudvel).

  • Estratgias devem estar relacionadas ao comportamento que se deseja modificar e no apenas na transmisso de conhecimento.
  • Explorar no apenas os conceitos necessrios para o entendimento da necessidade de mudana do comportamento, mas tambm das causas, as consequncias das mudanas.

53. Recursos educativos

  • lbum seriado
  • Flanelgrafo e imntgrafo
  • Histrias em quadrinhos
  • Pea teatral
  • Teatro de fantoches
  • Jogos de domin, percurso e baralho
  • Jornal
  • Mural
  • Sucata
  • Mscaras
  • Carimbo
  • Modelagem
  • Culinria
  • Horticultura

54. Estratgias para mudana de hbitos alimentares!

          • Depende da conscientizao do educador!
          • Mas tambm:famlia , propaganda, governo...

55. Schools Family Local Communities Government Doctor famlia escola Meios de comunicao governo mdico 56. Governo 57. Escola 58. Mdico

  • Tratamento multidiciplinar
  • Endocrinologista, psiquiatra, psiclogo, nutricionista
  • Medicaes

59. Alimentos com baixa densidade disciplina AlimentosCom pouca gordura rotina Alimentos ricos em fibrasBalanceada emsua Composio nutricional Orientao alimentar 60. JOVENS... ... Um labirinto para perseguir e descobrir ... Um mistrio a decodificar ... Escolhas a fazer ... Algo para ser ... Um mundo a decifrar, definir e melhorar ... Uma histria no escrita ... Um papel social a conquistarpedaos... Pedaos de ideologia, Pedao de um sonho, Pedaos de medo, Pedaos de iluso, Pedaos de liberdade, Pedaos de segredo, Pedao legtimo a setransformar. (Saito, AR) 61. Obrigada 62. Atividade fsica 63. Benefcios da atividade fsica regular em pessoas obesas

  • Diminuio da perda de massa magra com a perda de peso
  • Melhora a fase de manuteo
  • Melhora metablica e cardiovascular, independente da perda de peso

64. Fase demanuteno estresse ansiedade Ativadade fsica Massa magra Condicionamento fsico Sistema cardiovascular 65. O que uma Alimentao Saudvel

  • Diet:alimentos destinados para dietas com restries de determinados nutrientes (acar, gordura, protenas ou sdio). Mais comum: alimentos para diabticos (acar substitudo por adoantes).
  • Light:alimentos com reduo comparativa, onde os alimentos podem ter teor reduzido de acar, gordura, colesterol ou valor energtico. Para valor energtico: reduo mnima de 25% quando comparado com o tradicional (no light).

66. O que uma Alimentao Saudvel

  • Gorduras Trans:Gordura formada no processo industrial de hidrogenao, que transforma os leos vegetais (lquidos) em gorduras (slidas).
  • Aumentam o colesterol ruim (LDL-C) e reduzem o bom colesterol (HDL-C) no sangue.
  • As gorduras trans possuem propriedades semelhantes dos cidos graxos saturados, mas com efeitos biolgicos diferentes, uma vez que seu consumo em excesso podem causar dois tipos de alteraes nos nveis sanguneos de lipdios:
    • Aumento dos nveis de LDL-C
    • Reduo dos nveis de HDL-C

67. ClassificaoIMC(kg/m 2 )Risco

  • Baixo peso94 cm; mulheres >80 cm)
      • 5 kg ou mais de ganho de peso desde os 1820 anos
      • Pobre atividade aerbica
      • Raas especficas e grupos tnicos

IMCAssociao com o risco de doenas Clinical Guidelines on the Identification, Evaluation, and Treatment of Overweightand Obesity in AdultsThe Evidence Report.Obes Res1998;6(suppl 2).