3 t2004

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of 3 t2004

  • 1. EMBRAER EMPRESA BRASILEIRA DE AERONUTICA S/A ANUNCIA OS RESULTADOS DO 3O TRIMESTRE DE 2004 As informaes operacionais e financeiras da empresa, exceto onde de outra forma indicado, so apresentadas com base em nmeros consolidados e em reais, de acordo com a Legislao Societria. So Jos dos Campos, 15 de novembro de 2004 A Embraer (BOVESPA: EMBR3, EMBR4) (NYSE: ERJ) apresentou, no terceiro trimestre de 2004 receita lquida de R$2.734,2 milhes e lucro lquido de R$396,9 milhes. Os pedidos em carteira totalizavam, na mesma data, US$29,5 bilhes, sendo US$11,0 bilhes em ordens firmes. Legislao Societria Destaques do 3o Trimestre As vendas lquidas do trimestre atingiram R$2.734,2 milhes, representando um aumento de 110,9% em relao ao mesmo perodo do ano anterior. O lucro lquido foi de R$396,9 milhes, representando uma margem lquida Aes Ordinrias de 14,5%. Bovespa: EMBR3 O EBITDA Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization foi de R$520,8 milhes, equivalentes a uma margem de Aes Preferenciais 19,0%, representando um aumento de 96,5% em relao ao mesmo perodo do ano passado Bovespa: EMBR4 O caixa lquido apurado foi de R$629,2 milhes. NYSE: ERJ 1 ADS = 4 Aes PN Foram entregues 40 jatos no terceiro trimestre, sendo 25 ERJ 145, 13 EMBRAER 170 e 2 Legacy, totalizando 106 jatos entregues at este perodo. EMBRAER Em funo do atual cenrio econmico e comercial, a Embraer revisou sua RELAES COM previso de entregas para 145 aeronaves em 2004 e igual nmero de INVESTIDORES entregas em 2005. Foram adicionadas carteira de pedidos da Embraer 54 novos avies Anna Cecilia Bettencourt comerciais, advindos da Air Canada, Republic Airways Holdings e Luxair. Daniel Bicudo Milene Petrelluzzi No ano, o total de novos avies comerciais acrescentadas carteira chega Paulo Ferreira a 111 avies. Tel: (12) 3927 1216 A plataforma ERJ 145 da Embraer foi selecionada como parte da propostaInvestor.relations@embraer.com.br vencedora para o programa Aerial Common Sensor (ACS) do exrcito dos Estados Unidos. 1
  • 2. Demonstrao de ResultadosA seguir, apresentamos uma anlise comparativa dos principais indicadores da demonstrao deresultado consolidado da Embraer, referentes ao 2T04, 3T03, 3T04. 2 trimestre 3 Trimestre Demonstrao de Resultado 2004 2003 2004 em milhes de R$ exceto %,quantidade de aes e lucro por ao Receita lquida 3.034,0 1.296,2 2.734,2 Lucro bruto 1.062,2 457,9 881,2 Margem bruta 35,0% 35,3% 32,2% Despesas operacionais (455,3) (237,1) (371,0) Participao nos lucros (48,9) 0,7 (48,0) Lucro operacional antes das desp.financeiras 558,0 221,5 462,2 Margem operacional (%) 18,4 17,1 16,9 Depreciao e amortizao 59,2 43,6 58,6 EBITDA 617,2 265,1 520,8 Margem EBITDA 20,3% 20,5% 19,0% Receita (despesa) financeira (39,2) (12,9) 41,6 Variaes monetrias e cambiais (45,4) (37,3) 47,3 Outras receitas(despesas)no operacionais - (47,8) - Lucro antes dos impostos 473,4 123,5 551,1 Imp.Renda e CSSL (88,7) (34,2) (150,7) Participao dos minoritrios (2,6) (0,4) (3,5) Lucro lquido 382,1 88,9 396,9 Margem Lquida 12,6% 6,9% 14,5% Quantidade de aes ao final do perodo 717.254.081 714.677.880 717.955.474 Lucro por ao 0,53273 0,12437 0,55281Entregas, Receita Lquida e Margem BrutaNo trimestre foram entregues 40 jatos, sendo 25 jatos ERJ 145, 13 jatos EMBRAER 170 para omercado de aviao comercial e 2 jatos Legacy para o mercado de aviao corporativa. Entregas por Mercado 2T04 3T03 3T04 Comercial 40 17 38 ERJ 135 - 4 - ERJ 145 25 7 25 ERJ 140 - 6 - EMBRAER 170 15 - 13 Defesa - - - EMB 145 - - - Corporativo 3 3 2 Legacy-Executive/Shuttle 3 3 2 Total 43 20 40Nota-se que o nmero de entregas deste trimestre apenas trs a menos que no trimestre anterior.Com o faturamento lquido de R$2.734,2 milhes no perodo, no acumulado do ano chega-se aR$7.583,7 milhes. Em relao ao trimestre anterior, houve uma queda de 9,9%, mas emcontrapartida, houve aumento de 110,9% quando comparado com igual perodo de 2003.A manuteno dos valores de faturamento em patamares superiores ao do exerccio de 2003, reflexo da maior quantidade de aeronaves entregues, bem como ao novo mix de produtos com ummaior valor unitrio. 2
  • 3. O segmento de Defesa, devido s entregas das aeronaves ALX e F5 para a Fora Area Brasileira,apresentou crescimento em relao ao segundo trimestre, mesmo tendo havido reduo dasreceitas advindas dos programas AEW&C, que esto alcanando seus estgios de maturao. Peloexposto acima, o segmento de Aviao Comercial apresentou queda de 9,5%, acompanhado pelode Servios ao Cliente com 4,0%; e o segmento de Aviao Corporativa apresentou queda de37,3% em virtude de ter sido entregue um avio a menos.Quando comparado ao mesmo perodo de 2003, as receitas cresceram 165,8%, 29,1% e 32,1%nos segmentos de Aviao Comercial, Defesa e Servios ao Cliente, respectivamente. Apenas osegmento de Aviao Executiva apresentou queda de 30,4%, por ter sido entregue um avio amenos. Receita Lquida 2 Trimestre 3 Trimestre por Segmento 2004 2003 2004 R$ % R$ % R$ % Aviao Comercial 2.473,2 81,5 841,9 64,9 2.238,0 81,9 Aviao de Defesa 213,1 7,0 171,0 13,2 220,7 8,1 Aviao Corporativa 175,5 5,8 158,1 12,2 110,1 4,0 Servios aos Clientes e Outros 172,2 5,7 125,2 9,7 165,4 6,0 Total 3.034,0 100,0 1.296,2 100,0 2.734,2 100,0A margem bruta de vendas no 2T04 foi de 35,0% caindo para 32,2% no 3T04, basicamente pelasentregas do EMBRAER 170 para clientes lanadores (que recebem maiores benefcios de preo eagregados, tais como peas de reposio e outros), potencializada pela valorizao do real frenteao dlar, o que fez com que a taxa de faturamento ficasse inferior taxa mdia usada no custo doproduto.Despesas Operacionais e Lucro OperacionalAs despesas operacionais do 3T04, incluindo a Participao dos Empregados nos Lucros eResultados (PLR) apresentaram queda de 16,9% em relao ao 2T04, devido a uma reduo dasdespesas comerciais, principalmente pelas redues das provises para devedores duvidosos epara garantias financeiras. Em contrapartida, houve aumento nas despesas com comisses. Asdespesas operacionais quando comparadas com o 3T03, cresceram 56,5%, principalmente peloaumento das despesas comerciais de 97,3%, causado pelo volume de entregas de EMBRAER 170.As despesas gerais e administrativas tot