Simulado direito penal

  • View
    1.944

  • Category

    Law

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Simulado direito penal

  • 1. Direito Penal 01 01 Uma pessoa vai praia com seu filho menor e, desejando refrescar-se nas guas do mar, pede a algum que est ao lado para dar uma olhada na criana,recebendo desse um rpido assentimento. Enquanto a me d seu mergulho, a criana corre, entra na gua e morre afogada, porque a pessoa que deveria vigi-la resolve dormir ao sol. Esta pessoa responder pelo crime de: A) homicdio doloso; B) omisso de socorro; C) homicdio culposo; D) sua conduta ser atpica, cabendo me qualquer responsabilidade penal; E) homicdio preterdoloso. 02 Assinale a alternativa correta: A) o consentimento do ofendido pode se constituir em causa supralegal de justificao, podendo tambm se apresentar como elemento essencial do tipo, anulando a prpria tipicidade; B) a delao premiada se configura como circunstncia atenuante introduzida pela Lei n 8.072/90; C) no crime de receptao, o agente adquire, recebe, transporta, conduz ou oculta, em proveito prprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime ou contraveno, ou influi para que terceiro de boa-f a adquira, receba ou oculte; D) no crime de rapto consensual, mesmo se a vtima for emancipada, ainda assim estar configurada a tipicidade da ao; E) em qualquer circunstncia, a lei brasileira ser aplicada no caso de crime cometido por estrangeiro contra brasileiro, fora do Brasil. 03 O conceito de funcionrio pblico, apresentado pelo Cdigo Penal, em seu artigo 327, configura caso de interpretao: A) judicial; B) analgica; C) doutrinria; D) teleolgica; E) autntica. 04 Assinale a alternativa falsa: A) o estado de necessidade justificante exclui a ilicitude do fato e possui previso legal tanto na parte geral como na parte especial do Cdigo Penal; B) segundo a teoria dos elementos negativos do tipo , o erro que recai sobre os pressupostos de uma causa de justificao ser sempre erro de proibio; C) o princpio da defesa (ou real) tem em vista a titularidade ou nacionalidade do bem jurdico lesado ou exposto a perigo de leso pelo crime cometido; D) no erro de mandamento, o agente, que se encontra na posio de garantidor, diante de situao de perigo de cujas circunstncias fticas tem perfeito conhecimento, omite a ao que lhe determinada pela norma preceptiva, supondo, por erro inevitvel, no estar obrigado a agir para obstar o resultado; E) no possvel se falar em co-autoria em crime omissivo; 05 Assinale a alternativa falsa: A) atravs da teoria normativa da culpabilidade, esta perde sua natureza meramente descritiva, convertendo-se em uma valorao; B) as regras do instituto da prescrio contidos no Cdigo Penal so aplicveis Lei das Contravenes Penais e Lei n 6.368/76; C) as teorias de corte funcionalista encontram o contedo do bem jurdico como estando condicionado quilo que socialmente danoso; D) por assessoriedade limitada entende-se aquela que exige, para a participao punvel, que o fato principal seja apenas tpico; E) no concurso formal imprprio, as penas sero somadas para efeitos da unificao. 06 Os procedimentos previstos na Lei n 9.099/95, orientar-se-o, dentre outros, pelos seguintes critrios: A) simplicidade, artificialidade e informalidade; B) oralidade, celeridade e oficiosidade;
  • 2. C) simplicidade, informalidade e perluxidade; D) oralidade, informalidade e celeridade; E) simplicidade, economicidade e plausibilidade. 07 Assinale a Alternativa correta: A) os crimes contra a vida, a liberdade e o patrimnio do Presidente da Repblica ficam sujeitos lei brasileira, mesmo se cometidos em outro pas; B) o agente que, de qualquer modo, logo aps o crime, evita ou minora suas conseqncias, ser beneficiado por uma circunstncia atenuante; C) a condenao irrecorrvel a uma pena privativa de liberdade, pela prtica de um crime culposo, implicar a automtica revogao da suspenso condicional da pena daquele que estiver gozando de seu benefcio; D) a distino entre a teoria modificada do dolo e a teoria limitada do dolo, que, para esta o erro de proibio evitvel implica na punio do agente por crime culposo, enquanto para aquela o agente ser punido com a pena do crime doloso, podendo ser atenuada; E) incidir uma agravante especfica na conduta daquele que primeiramente sugere a execuo do crime. 08 Assinale a alternativa falsa: A) pode-se definir ilicitude como a relao de antagonismo que se estabelece entre uma conduta humana voluntria e o ordenamento jurdico; B) o roubo de veculo automotor acarreta necessariamente um aumento de pena, se o veculo for transportado para o exterior; C) a difamao, em regra, no admite a exceo da verdade, enquanto a calnia, em regra, a admite; D) salvo a reincidncia, as demais circunstncias agravantes somente possuem aplicao em se tratando de crimes dolosos, segundo doutrina dominante; E) o estado de necessidade defensivo ocorre quando o ato necessrio se dirige contra a coisa de que promana o perigo para o bem jurdico ofendido, ao passo que o estado de necessidade agressivo se verifica quando o ato necessrio se dirige contra coisa diversa daquela de que promana o perigo para o bem jurdico tutelado. 09 Caracteriza a apropriao indbita: A) a inverso do ttulo de posse; B) o dolo contemporneo ao recebimento da coisa apropriada; C) o fato de existir posse anterior da coisa apropriada, ainda que ilcita a posse; D) a apropriao da coisa apenas para uso ocasional; E) as letras a, b e c esto corretas. 10 Entende-se por dolo normativo: A) a presena do dolo no tipo, de acordo com a teoria finalista da ao; B) o dolo como elemento da culpabilidade mas desvinculado da conscincia da ilicitude; C) a conscincia da ilicitude como integrante do dolo; D) o dolo como pressuposto da culpabilidade; E) o dolo como elemento indicirio da culpabilidade. RESPOSTAS Questo 1 alternativa C Questo 2 alternativa A Questo 3 alternativa E Questo 4 alternativa B Questo 5 alternativa D Questo 6 alternativa D Questo 7 alternativa D Questo 8 alternativa A Questo 9 alternativa A Questo 10 alternativa C
  • 3. Direito Penal 02 01 Tem direito a curador especial: A) o incapaz cujo representante legal foi nomeado pelo juiz nos trinta dias anteriores ao da citao; B) o ru que foi citado por edital; C) o ru que, embora citado com hora certa, revel; D) o ru cuja citao foi feita pelo correio, porm sem indicao do prazo para a resposta; E) nenhuma das alternativas acima. 02 De acordo com a lei vigente, o reconhecimento, por parte do pai, de um filho, havido fora da sociedade conjugal instaurada pelo casamento: A) no pode ser feito, enquanto o casamento perdurar; B) pode ser feito pelo pai somente em testamento pblico; C) pode ser feito pelo pai ainda na constncia do casamento; D) pode ser feito pelo pai somente se estiver separado de fato; E) pode ser feito pelo pai, somente mediante documento escrito registrado no Registro de Ttulos e Documentos, com eficcia posterior ao trmino do casamento; 03 Por fora do princpio da saisine, acolhido pelo nosso Cdigo Civil: A) desde a abertura da sucesso, o domnio e a posse da herana transmitem-se aos herdeiros; B) a posse da herana transmite-se aos herdeiros e legatrios, desde a abertura da sucesso; C) o domnio e a posse da herana transmitem-se aos herdeiros capazes e legatrios, desde a abertura da sucesso; D) o domnio e a posse da herana transmitem-se somente aps o registro do formal de partilha no Registro de Imveis; E) apenas o domnio da herana transmite-se aos herdeiros, desde a abertura da sucesso; 04 Ainda em vida da pessoa, sua herana: A) pode ser objeto de cesso de direitos; B) pode ser objeto de cesso condicionada ao falecimento do de cujus; C) pode ser objeto de cesso, desde que a isso no se oponha tal pessoa; D) no pode ser objeto de cesso; E) pode ser objeto de cesso para satisfao dos atuais credores. 05 Assinale a alternativa incorreta: A) o jus possidendi confunde-se, na prtica, com o jus possessionis, porque ambos encontram-se no mbito de uma situao jurdica que d direito ao possuidor; B) o jus possessionis a posse sem ttulo de direito que o justifique; C) o jus possidendi uma conseqncia do domnio, pois existe a uma situao jurdica que serve de alicerce; D) a pessoa que utiliza um imvel abandonado, que no ocupado por outrem, titular do jus possessionis, porque no tem ttulo de direito; E) quem tem ttulo de domnio (escritura de compra e venda registrada, formal de partilha, escritura de doao registrada) tem o jus possidendi. 06 Assinale a alternativa correta: A) o defeito oculto de uma coisa autoriza a rejeio de todas, se vendidas conjuntamente; B) a ao para anular a venda de ascendente para descendente, sem consentimento dos demais descendentes, prescreve em vinte anos, contados da data do ato; C) o direito de preferncia pode passar aos herdeiros; D) revogada a doao, por ingratido, ficam prejudicados os direitos eventualmente adquiridos por terceiros; E) a hipoteca legal perime em completando trinta anos. 07 A mulher, ao se casar, pode acrescer ao seu nome os apelidos da famlia do marido. incorreto afirmar que: A) ser compelida a retomar seu nome de solteira, quando postular a separao judicial por ruptura da vida em comum, h mais de um ano consecutivo, sendo impossvel a reconstituio; B) ser compelida a retomar seu nome de solteira, quando vencida na separao judicial-sano; C) retomar sempre seu nome de solteira, ao requerer a transformao de sua separao em
  • 4. divrcio; D) poder conservar o nome de casada, se a separao for consensual; E) poder conservar o nome de casada, ao requerer a transformao judicial em divrcio, se houver evidente prejuzo para sua identificao. 08 A propsito da excluso da penhorabil