Trabalho izabela individual

  • Published on
    17-Jul-2015

  • View
    227

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<p>SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO</p> <p>bacharelado em administrao izabela dias pereira da silvauma anlise de temas abordados na Administrao Estratgica, Administrao de Sistema de Informao e Gesto de Negcios</p> <p>DIAMANTINA2014izabela dias pereira da silvaUMA ANLISE DE TEMAS ABORDADOS NA ADMINISTRAO ESTRATGICA, ADMINISTRAO DE SISTEMA DE INFORMAO E GESTO DE NEGCIOSTrabalho apresentado ao Curso Administrao da UNOPAR - Universidade Norte do Paran, para as disciplinas: Administrao Estratgica, Administrao de Sistema de Informao e Gesto de Negcios.Prof. Prof.</p> <p>Prof.DIAMANTINA2014SUMRIO1. INTRODUO.........................................................................................04</p> <p>2. DESENVOLVIMENTO..............................................................................2.1. ADMINISTRAO ESTRATGICA.......................................................0505</p> <p> 2.2. ADMINISTRAO DE SISTEMA E INFORMAO..............................08</p> <p> 2.3. GESTO DE NEGCIOS.......................................................................18</p> <p>3. CONCLUSO...........................................................................................25</p> <p>4. REFERNCIAS.........................................................................................26</p> <p>1. INTRODUOO presente trabalho tem como objetivo realizar uma anlise sobre as variveis relacionada ao comportamento do consumidor, ao desenvolvimento de produtos e servios e o uso das informaes para o planejamento. Ainda, ser realizada uma pesquisa sobre o que , quais os componentes e como a Matriz SWOT pode contribuir para estratgia da empresa.Em um segundo momento, ser resumido em breves linhas sobre o que automao comercial: conceitos, caractersticas e aplicaes nas empresas. O hardware e software: seus componentes bsicos e a computao em nuvem e virtualizao usadas na empresa. O que so, para que serve, onde so usados e como so usados os bancos de dados, bem como os benefcios e dificuldades que a empresa encontra para utiliza-los. As redes e comunicaes de dados: conceitos, topologia e tipos de redes, meios de comunicaes e a comunicao utilizada pelas empresas. E, por fim, os sistemas empresariais conceitos e caractersticas, vantagens e desvantagens e suas aplicaes nas organizaes.</p> <p>Por fim, sero analisadas as ferramentas que a empresa pode utilizar na coleta de informao no ambiente interno e externo e a importncia da anlise das informaes para tomada de deciso em uma empresa, bem como, os cuidados que devemos tomar, em uma empresa, para que as metas de desempenho desenvolvido no planejamento estratgico sejam alcanados.</p> <p>2. DESENVOLVIMENTO2.1.1. O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR COM RELAO A ADMINISTRAO ESTRATGICAAtualmente, de suma importncia conhecer, estudar e monitorar constantemente o comportamento dos consumidores, pois, com essa preocupao, os profissionais ligados ao marketing e gestores empresariais podem detectar oportunidades e ameaas aos seus negcios com a possvel insatisfao ou recusa de seus clientes.Ao se realizar uma anlise detalhada dos diversos comportamentos dos consumidores, possvel visar as melhores estratgias de lanamento de um produto ou a melhor forma de atacar na divulgao de um servio de forma a satisfazer as necessidades tanto do cliente quanto da empresa, assim, motivar, encantar e at fidelizar os clientes de forma a aumentar a lucratividade no oramento empresarial o pice da satisfao por meio dos consumidores.Desse modo, a deciso de comprar um produto ou servio um momento importante para consumidores. Isto significa que as estratgias de marketing devem ser inteligentes, eficazes e direcionadas ao mercado-alvo de acordo com o conhecimento percebido da maneira que cada consumidor obtm seus produtos ou servios. Assim, observa-se ento que as compras realizadas pelos consumidores so baseadas na motivao e expectativas de consumo. Neste sentido, as influncias tornam-se decisivas no momento da efetivao da compra. Portanto, para garantir a compra e fidelizao do cliente, relevante analisar o comportamento do consumidor e usar de influncias para motivar e finalizar o processo de compra de forma que o resultado seja satisfatrio para ambos os envolvidos.2.1.2. O DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS E SERVIOS</p> <p>Uma nova realidade forma-se para a empresa a cada dia que passa. Os produtos e servios tm que competir em preo e qualidade com similares estrangeiros, vindos tanto de pases com elevado nvel de desenvolvimento tecnolgico quanto de pases onde os custos de fabricao esto num patamar bem abaixo devido, principalmente, ao menor valor da mo de obra.Assim, a empresa brasileira tem sido forada a assimilar e desenvolver continuamente novas tecnologias e produtos e servios, visando reduo de custos, manuteno e se possvel ampliao de mercado, enfim se manter competitiva num mercado cada vez mais globalizado.Nesse nterim, o processo de desenvolvimento de produtos pode ser definido como um conjunto de atividades, envolvendo quase todos os setores da empresa, que tem como objetivo a transformao de necessidades de mercado em produtos ou servios economicamente viveis. O projeto a atividade principal de quem desenvolve produtos. Todo e qualquer desenvolvimento envolve sempre fatores tecnolgicos, econmicos, humanos e ambientais. O que varia de um produto ou servio para outro a importncia relativa destes fatores. Em suma, o projeto basicamente influenciado pela economia e tecnologia, mas tambm por fatores culturais, sociais e polticos da comunidade a que se destina. importante notar entretanto que assim como sofre influncias do meio social, o projeto a partir dos produtos ou resultados dele decorrentes tambm pode influir sobre a sociedade mudando hbitos, costumes e mesmo gerando novas necessidades.</p> <p>2.1.3. USO DAS INFORMAES PARA O PLANEJAMENTO</p> <p>2.1.4. O QUE MATRIZ SWOT?</p> <p>SWOT a sigla dos termos ingleses Strengths (Foras), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaas) que consiste em uma metodologia bastante popular no mbito empresarial. A tcnica de anlise SWOT foi elaborada pelo norte-americano Albert Humphrey, durante o desenvolvimento de um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford entre as dcadas de 1960 e 1970, usando dados da Fortune 500, uma revista que compe um ranking das maiores empresas americanas.</p> <p>Quando aplicada na administrao de empresas, a anlise svwot um importante instrumento utilizado para planejamento estratgico que consiste em recolher dados importantes que caracterizam o ambiente interno (foras e fraquezas) e externo (oportunidades e ameaas) da empresa.</p> <p>2.1.5. QUAIS OS COMPONENTES DA MATRIZ SWOT?</p> <p>A matriz swot composta por: Strengths (foras) - vantagens internas da empresa em relao s concorrentes. Ex.: qualidade do produto oferecido, bom servio prestado ao cliente, solidez financeira, etc.</p> <p>Weaknesses (fraquezas) - desvantagens internas da empresa em relao s concorrentes. Ex.: altos custos de produo, m imagem, instalaes desadequadas, marca fraca, etc.;</p> <p>Opportunities (oportunidades) aspectos externos positivos que podem potenciar a vantagem competitiva da empresa. Ex.: mudanas nos gostos dos clientes, falncia de empresa concorrente, etc.;</p> <p>Threats (ameaas) - aspectos externos negativos que podem por em risco a vantagem competitiva da empresa. Ex.: novos competidores, perda de trabalhadores fundamentais, etc.2.1.6. COMO A MATRIZ SWOT PODE CONTRIBUIR PARA ESTRATGIA DA EMPRESA?A matriz swot ajuda a ter clareza do negcio, possibilitando que se identifiquem quais pontos fortes explorar e quais pontos a trabalhar no mbito de toda a gesto empresarial. Essa ferramenta ajuda a determinar a posio atual da empresa e antecipar o futuro, visando s oportunidades e precavendo as ameaas.</p> <p>2.2. AUTOMAO COMERCIAL2.2.1. CONCEITO</p> <p>Automao Comercialpode ser entendia como um esforo para transformar tarefas manuais repetitivas em processos automticos, realizados por uma mquina. Isto que dizer que, tarefas que so executadas por pessoas e passiveis de erro como digitao de preo dos produtos, quantidade de itens, uma simples anotao do peso de uma mercadoria ou mesmo o preenchimento de um cheque, naautomao comercialso feitas por computador com total eficincia e maior velocidade.2.2.2. CARACTERSTICA</p> <p>A tecnologia da informao permite o controle de todos os itens da loja e comunicao eletrnica com a rede de suprimentos. O controle de estoque simplificado com a baixa automtica do item quando o cliente efetua o pagamento no caixa atravs de um PDV (Ponto de Venda).</p> <p>Aplicando tcnicas de Business Intelligence (BI) para acompanhar as vendas histricas, por perodo, possvel determinar a oferta de itens com antecedncia. Relacionando a demanda da procura histrica com eventos externos, como a previso de aumento de temperatura, possvel aumentar o estoque de bebidas e sorvetes. O BI tambm permite associar compras relacionadas de clientes, a partir de um padro de comportamento possvel colocar os itens prximos para motivar a compra.</p> <p>Um software de automao comercial deve ter as seguintes caractersticas e funcionalidades: gerenciamento de transaes; controle de tickets de vendas; registro de itens; gesto de preos; gesto de estoques; relatrio e consultas; integrao com outros softwares de gesto empresarial.</p> <p>2.2.3. APLICAES NA EMPRESA</p> <p>O consumidor est cada vez mais exigente. Hoje o cliente quer encontrar uma variedade maior de produtos sua disposio; deseja ser melhor atendido e, principalmente, procura sempre preos mais compatveis. Quase todos os comerciantes j entenderam que a automao comercial pode gerar timos resultados em seu negcio. Isso pode ser percebido nos supermercados, lojas de departamento, de calados, de confeces, entre outros exemplos, que esto apresentando excelentes resultados com a utilizao da informtica.2.3. HARDWARE E SOFTWARE</p> <p>2.3.1. OS COMPONENTES BSICOS DOS HARDWARES E SOFTWARESHardware um termo em ingls que no tem uma traduo especfica, deriva da palavra hard em ingls, que significa duro. usado para definir todos os componentes fsicos (mecnicos, magnticos e eletrnicos) de um computador, ou seja, a mquina propriamente dita. O hardware de um computador pode ser dividido basicamente em quatro categorias: processador, placa-me, memria e dispositivos de entrada e sada.O processador, tambm chamado de Unidade Central de Processamento (UCP), do ingls Central Processing Unit (CPU), o principal componente eletrnico de um computador. Ele fica acoplado na placa-me e o responsvel pela execuo, com auxlio da memria e dos dispositivos de entrada e sada, de todas as operaes no computador. Pode ser considerado o crebro do computador.A memria principal aquela que acessada diretamente pelo processador e armazena os dados de forma eletrnica. Apresenta alta velocidade e baixa capacidade de armazenamento. formada pela memria RAM (do ingls Random Access Memory, que significa memria de acesso aleatrio), que armazena as informaes que so utilizadas no trabalho do processador; e pela memria ROM (Read Only Memory, memria somente para leitura), que armazena as instrues de inicializao do computador.A memria secundria, tambm chamada memria de massa, apresenta alta capacidade de armazenamento e baixa velocidade. usada para gravar grande quantidade de dados por um perodo longo de tempo e no acessada diretamente pelo processador. Quando necessita de uma informao armazenada nessa memria, o processador a copia anteriormente para a memria principal. So exemplos de memria de massa as unidades de fita, os disquetes, os discos rgidos, os discos ticos (CDs, DVDs e Blu-rays) e os discos removveis (pendrives, cartes de memria, etc.).Finalmente, h a placa-me, do ingls motherboard, tambm chamada mainboard (ingls para placa principal), a principal placa do computador, responsvel pela interconexo de todos os dispositivos que o compem. Se o processador o crebro do computador, pode-se comparar a placa-me a um sistema nervoso.H o software operacional (tambm chamado de sistema operacional) que o software responsvel por operacionalizar o computador, ou seja, torn-lo operacional. Ele gerencia a comunicao entre todos os seus componentes (entre hardware e software, entre um aplicativo e outro), e entre estes e o usurio, de forma a tornar o computador uma mquina funcional, capaz de atender ordens. Ele tambm dispe de recursos para tornar mais fcil a comunicao entre o usurio e o computador, como a interface grfica.</p> <p>H tambm o BIOS (do ingls Basic Input/Output System, sistema bsico de entrada e sada), que o primeiro programa a ser executado quando o computador ligado. Ele reconhece os componentes de hardware instalados, verifica se todos esto funcionando e passa o comando do computador ao sistema operacional, provendo a este informaes sobre o hardware da mquina.</p> <p>Podemos ento classificar o software de um computador em dois grupos, diferentes entre si quanto importncia que eles possuem para o funcionamento da mquina e a sua utilidade: bsicos e aplicativos.Os softwares bsicos de um computador so aqueles essenciais ao seu funcionamento, como o sistema operacional, o BIOS e os programas fornecidos pelo fabricante junto com a mquina. J os softwares aplicativos, ou simplesmente aplicativos, so desenvolvidos para auxiliar o usurio na execuo de alguma tarefa ou na obteno da soluo para algum problema, ou seja, so softwares desenvolvidos para uma aplicao especfica. Quase todos os programas que no so softwares bsicos so softwares aplicativos.2.3.2. COMPUTAO EM NUVEM E VIRTUALIZAO USADAS NA EMPRESAAcesso privilegiado de usurios: a sensibilidade de informaes confidenciais nas empresas obriga um controle de acesso dos usurios e informao bem especfica de quem ter privilgio de administrador, para ento esse administrador controle os acessos. </p> <p>Compliance com regulamentao: as empresas so responsveis pela segurana, integridade e a confidencialidade de seus prprios dados. Os fornecedores de computao em nuvem devem estar preparados para auditorias externas e certificaes de segurana.Localizao dos dados: a empresa que usa cloud provavelmente no sabe exatamente onde os dados esto armazenados, talvez nem o pas onde as informaes esto guardadas. O fornecedor deve estar disposto a se comprometer a armazenar e a processar dados em jurisdies especficas, assumindo um compromisso em contrato de obedecer aos requerimentos de privacidade que o pas de origem da empresa pede.Segregao dos dados: geralmente uma empresa divide um ambiente com dados de diversos clientes. Procure entender o que feito para a separao de dados, que tipo de criptografia segura o suficiente para o funcionamento correto da aplicao.Recuperao dos dados: o fornecedor em cloud deve saber onde esto os dados da empresa e o que acontece para recuperao de dados em caso de catstrofe. Qualquer aplicao que no replica os dados e a infraestrutura em diversas localidades est vulnervel a falha completa. Importante ter um plano de recuperao completa e um tempo estimado para tal.Apoio investigao: a auditabil...</p>