Programa Eleitoral PPM legislativas 2009

  • View
    1.023

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Programa Eleitoral do PPM legislatura 2009-2013

Text of Programa Eleitoral PPM legislativas 2009

  • 1. PROGRAMA ELEITORAL do PARTIDO POPULAR MONRQUICO A CRISE DE VALORES vamos ajudar a Repblica 2009 - 2013 Partido Popular Monrquico 1 A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 2. ndice Introduo 4 Um Programa para o Futuro 9 A Atitude que se espera para Governar Portugal Economia e Meios de Produo 14 Linhas Gerais da Poltica Econmica 16 Poltica Econmica 19 A M Despesa do Estado 22 Crise Actual e Oportunidades 24 Organizao da Produo e Internacionalizao Empresas e Particulares 29 Envolvente PME 32 Impostos e Carga Fiscal 33 IRC 36 IRS 38 IVA Sociedade 40 Polticas Sociais 43 Corrupo Agricultura e Pescas 44 Poltica Agrcola 47 Comercializao e Crdito Agrcola 49 Florestas 51 gua 52 Pescas 2 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 3. O Estado-Providncia 55 Dimenso 56 Lgica da organizao Espacial Sade 58 Princpios Fundamentais Justia 60 Valores e Medidas de Sucesso Educao 64 Poltica de Educao Grandes Obras Pblicas 69 Posio Poltica e Econmica Regies Autnomas dos Aores e da Madeira 71 Natureza Federal e Polticas de Curto Prazo Referendo Repblica 78 As razes 3 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 4. U m P r o g r a m a p a r a o F ut u r o O programa que o Partido Popular Monrquico apresenta a sufrgio aos portugueses para a legislatura de 2009- 2013, um Programa pensado para PROJECTAR PORTUGAL e COMBATER A CRISE DE VALORES. Votar no Partido Popular Monrquico (PPM) representa votar numa soluo poltica, econmica e social para Portugal, dentro de um sistema poltico Republicano, com total respeito pelas Instituies Republicanas e os mais altos cargos da nao. Votar no PPM significa reconhecer que o Programa que agora se apresenta aos portugueses o que melhor serve os interesses nacionais. No basta votar em partidos Polticos nestas legislativas. O perodo que ir comear no dia 27 de Setembro de 2009 e que se prolongar at 2013, implica que o que est em jogo muito mais que a escolha de uma cor poltica; , claramente, um voto que exige uma reflexo cuidada e uma escolha adequada s necessidades do pas, de PORTUGAL. 4 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 5. necessrio, mesmo fundamental reconhecer a bondade das propostas polticas. A questo no est em radicalizar a esquerda por um lado e ostracizar a direita por outro. TODOS so vlidos e tm propostas vlidas. Todos, excepto os programas que nascem com morte anunciada: a do caciquismo nacional a que nos sujeitam e habituaram h mais de 35 anos os partidos da frente poltica. A saber, h que congregar esforos para: o Preparar o Pas, os cidados, para os enormes esforos que lhe vo ser exigidos, exigindo-se polticas claras e, acima de tudo, explicadas. No basta pedir sacrifcios; necessrio dar o exemplo e mostrar resultados; o No hipotecar e onerar mais as geraes futuras, com a construo de obras faranicas, supostamente infraestruturais, que no tm cabimento econmico e custam financeiramente o que o Pas no pode suportar; o Apostar deliberada e fortemente em polticas sociais, que conduzam a aco governativa pela preocupao com o Estado, que somos todos ns; 5 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 6. o A economia ao servio da populao, do Estado e no a constante preocupao monetarista, com a consequente manipulao do Estado pela economia; o Um Estado verdadeiramente Regulador, mas igualmente Interventor, que salvaguarde a Nao, todos ns, da arrogncia, prepotncia, maniquesmo e interesses econmicos das grandes potencias internacionais e do capital canibal, que no tendo Ptria, no tem valores; o Ganhos de competitividade, contribuindo decisivamente para a fixao dos capitais nacionais e externos, bem como a criao de postos de trabalho, nos sectores primrio e secundrio. o Forte aposta nas polticas sociais, com o objectivo de erradicar a excluso social; o Redefinio da poltica fiscal, com reviso dos cdigos do IRC, IRS e IVA; o Apoio classe mdia, motor do pas e da economia, atravs de medidas fiscais ede suporte das famlias; 6 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 7. o Fomento da educao. Educao de facto e no meros nmeros apontados s estatsticas, atravs de um ensino exigente, perenidade das matrias e dos manuais escolares, formao e dignificao dos professores; o Aposta clara na Agricultura, contribuindo para o aumento da sua produtividade e valor acrescentado; o Aposta econmica nas Pescas, dignificando a actividade, acabando com a intermediao, aumentando o valor acrescentado e devolvendo o mar a Portugal, atravs do aproveitamento dos seus recursos; o Revitalizao das Foras Armadas, devolvendo- lhe a sua capacidade de interveno e importncia estratgica; o Combate srio e prioritrio criminalidade, atravs de foras de segurana dotadas dos meios necessrios e eficazes; o Espaos regionais pensados para as populaes como motor do impedimento da desertificao e para a concorrncia econmica e geogrfica. 7 Partido Popular Monrquico A C R IIS E D E V A L OR E S A C R S E D E VALORES Vamos ajjudar a Repblica Vamos a udar a Repblica
  • 8. O Programa do PPM aponta para solues que faam Portugal sair do limbo econmico e social em que se encontra, atravs de polticas econmicas, de educao, cultura, sade, justia e de igualdade social, focando a inevitvel reduo dos custos do Estado, atravs de uma correcta e coerente aplicao dos fundos pblicos e dizendo no aos projectos megalmanos. Mil milhes de euros no chegam para construir um novo aeroporto, mas dez milhes de euros chegam para preparar toda uma nova gerao de matemticos. Exige-se ao Pas e sua populao pacincia e sacrifcios, que s sero validados se este esforo, que constantemente requerido sem compensaes, tiver repercusses reais num futuro razoavelmente prximo. Por ltimo, mas no menos importante, o Partido Popular Monrquico no defende o federalismo europeu. Somos contra o Directrio, a centralizao do poder econmico, da inevitvel colonizao de uns pases por outros, poucos mas muito poderosos. A p