Click here to load reader

APOCALIPSE - 6a visao

  • View
    189

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apocalipse, Bíblia, Sagras Escrituras, Estudo da Bíblia

Text of APOCALIPSE - 6a visao

  • 1. As 7 Vises do Apocalipse Depois destas coisas, vi... 1 Viso 1:12 2 Viso 4:1 3 Viso 7:1 4 Viso 7:9 5 Viso 15:5 6 Viso 18:1 7 Viso 19:1 e 11

2. vi descer do cu outro anjo, que tinha grande autoridade, e a terra se iluminou com a sua glria. 3. Os anjos tem uma parte na obra aqui na terra, e este possui um grande poder para auxiliar os crentes em proclamar a ltima mensagem. 4. Ento, exclamou com potente voz, dizendo: Caiu! Caiu a grande Babilnia e se tornou morada de demnios 5. Caiu! Caiu a grande Babilnia A mesma mensagem de 14:8-11 6. Subiu, pois, contra ele (rei de Jud) Nabucodonosor, rei da Babilnia, e o amarrou com duas cadeias de bronze, para o levar Babilnia. 2 Crnicas 36:6 Babilnia, a jia dos reinos, glria e orgulho dos caldeus, ser como Sodoma e Gomorra, quando Deus as transtornou. Isaas 13:19 7. A mulher que viste a grande cidade que domina sobre os reis da terra. Apocalipse 17:18 8. Aqui est o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeas so sete montes, nos quais a mulher est sentada. Apocalipse 17:9 9. Prgamo 3 Selo Babilnia Animal Terrvel e Espantoso Besta do Mar Prostituta 10. Caiu! Caiu a grande Babilnia e se tornou morada de demnios, covil de toda espcie de esprito imundo e esconderijo de todo gnero de ave imunda e detestvel,pois todas as naes tm bebido do vinho do furor da sua prostituio. 11. Ouvi outra voz do cu, dizendo: Retirai-vos dela, povo meu, para no serdes cmplices em seus pecados e para no partici- pardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam at ao cu, e Deus se lembrou dos atos inquos que ela praticou. Apocalipse 18:4 12. Babilnia, a jia dos reinos, glria e orgulho dos caldeus, ser como Sodoma e Gomorra, quando Deus as transtornou. Nunca jamais ser habitada, ningum morar nela de gerao em gerao; o arbio no armar ali a sua tenda, nem tampouco os pastores faro ali deitar os seus rebanhos. Porm, nela, as feras do deserto repousaro, e as suas casas se enchero de corujas; ali habitaro os avestruzes, e os stiros pularo ali. As hienas uivaro nos seus castelos; os chacais, nos seus palcios de prazer; est prestes a chegar o seu tempo, e os seus dias no se prolongaro. Isaias 13:19-22 13. pois todas as naes tm bebido do vinho do furor da sua prostituio. Apocalipse 18:3 14. Vinho doutrinas falsas Prostituio idolatria 15. com ela se prostituram os reis da terra. Tambm os mercadores da terra se enriqueceram custa da sua luxria. Apocalipse 18:3 16. O Vaticano mantem relao poltica com a maioria dos pases e organizaes. 17. Ouvi outra voz do cu, dizendo: Retirai-vos dela, povo meu, para no serdes cmplices em seus pecados e para no partici- pardes dos seus flagelos; porque os seus pecados se acumularam at ao cu, e Deus se lembrou dos atos inquos que ela praticou. Apocalipse 18:4 18. Deus ainda possui seu povo dentro desta igreja. A condenao e destruio da igreja est no futuro. Este povo far parte do Remanescente. 19. porque os seus pecados se acumularam at ao cu, e Deus se lembrou dos atos inquos que ela praticou. Apocalipse 18:5 20. Dai-lhe em retribuio como tambm ela retribuiu, pagai-lhe em dobro segundo as suas obras e, no clice em que ela misturou bebidas, misturai dobrado para ela. Apocalipse 18:6 21. Deus se lembra dos pecados de babilnia e a castiga com as pragas. para no participardes dos seus flagelos v.4 22. As pragas representam o castigo merecido. As 3 ltimas pragas so diretamente sobre o trono da besta. 23. O quanto a si mesma se glorificou e viveu em luxria, dai-lhe em igual medida tormento e pranto, porque diz consigo mesma: Estou sentada como rainha. Viva, no sou. Pranto, nunca hei de ver! Apocalipse 18:7 24. Deus tem conhecimento dos abusos (luxria) que so cometidos pelo Vaticano. LUXRIA - Corrupo de costumes, lascvia, sens 25. Fiel a palavra: se algum aspira ao episcopado, excelente obra almeja. necessrio, portanto, que o bispo seja irrepreensvel, esposo de uma s mulher, temperante, sbri o, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar 26. Por isso, em um s dia, sobreviro os seus flagelos: morte, pranto e fome; e ser consumida no fogo, porque poderoso o Senhor Deus, que a julgou Apocalipse 18:8 27. Ouvi outra voz do cu, dizendo: Retirai-vos dela, povo meu, para no serdes cmplices em seus pecados e para no partici- pardes dos seus flagelos. Apocalipse 18:4 28. .