Contact julho 2010

  • Published on
    07-Nov-2014

  • View
    1.280

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

<ul><li> 1. ndice Palavra do Provincial Anunciar o Evangelho de modo sempre novo......................................5 Capa Regional MS: Confrades Valorizam a Vida Apostlica...........................6 Depoimentos Pe. Dirson Gonalves, CSsR...................................................................8 Pe. Roque Gabriel, CSsR........................................................................8 Entrevista do ms Pe. Srgio Reis ......................................................................................9 Pe. Francisco.........................................................................................11 Noticias Provinciais Milhares de Fiis na festa da Unidade em T. Borba.............................12 Visita do cone do Perptuo Socorro...................................................15 Jubileu de Ouro da realizao da novena em Curitiba........................16 XV Congresso de Marketing Catlico..................................................20 Papa nomeia Padre J. Tobin................................................................26 Motivando as Vocaes da Provncia..................................................27 Refletindo a Vocao Redentorista.....................................................29 JUMIRE Celebra primeiro Aniversrio..................................................31 Espiritualidade O Sentido da Cruz em nossa Vida........................................................32 Mensagem do XXIV Captulo Geral.....................................................36 Celebraes..................................................................................................40 Aniversrios.................................................................................................41 </li> <li> 2. Palavra do Provincial ANUNCIAR O EVANGELHO DE MODO SEMPRE NOVO Renovando esperana, coraes e estruturas para misso Neste primeiro semestre a Provncia vivenciou importantes momentos de fraternidade, como exemplos: o retiro anual, os encontros regionais, as formaes nas comunidades e muita entrega dos confrades na vida apostlica. Percebe-se a um sincero desejo de vivenciar o que pediu o XXIV Captulo Geral, que Anunciar o Evangelho de modo sempre novo (S. Clemente) com renovada esperana, com coraes convertidos, tudo em vista da misso. Embora o mundo tenta desacreditar Igreja e sua misso evangelizadora, os Redentoristas seguem o exemplo do Salvador proclamando a Boa Nova aos abandonados (Const. 1), sendo fortes na f, alegres na esperana, fervorosos na caridade, inflamados no zelo, humildes e sempre dados orao (Const. 20). Os Redentoristas so chamados na Igreja a ser este sinal proftico ao mundo. Mesmo diante da desesperana proclamar o Evangelho de modo sempre novo, como fez So Clemente, Santo Afonso... pois para os Redentoristas essencial o seguimento do Cristo, que passou por Cruz e Ressurreio. Cada confrade, e tambm cada comunidade da Provncia, convidado a refletir e aprofundar como est adeso ao tema deste sexnio. Temos que nos colocar no processo de converso (Const. 11, 40, 41 e 42) e crescermos neste anncio de modo sempre novo. necessrio renovar a nossa esperana, coraes e estruturas. Em sntese, necessrio um ato de f no Deus da Redeno! Pe. Joaquim Parron, CSsR Superior Provincial 4 </li> <li> 3. Regional MS: Confrades Valorizam a Vida Apostlica Encontro motiva a partilha e o entusiasmo pelo apostolado Momento de partilha... Com um esprito fraterno e marcado pela partilha, os confrades que residem e atuam no Mato Grosso do Sul se encontraram para o Regional do MS, nos dias 7 e 8 de junho, em Campo Grande, com participao da maioria dos confrades. Alm de aprofundarem as vrias dimenses da Vida Missionria Redentorista, os confrades partilharam as realizaes apostlicas nas Comunidades do MS: misses, parquias e santurio e tambm falaram de seus anseios. Num primeiro momento Pe. Parron CSsR trabalhou o texto do confrade Loureno Kearns CSsR sobre o valor da amizade na Vida Religiosa para perseverar na fidelidade. Na seqncia os confrades partilharam suas experincias e suas buscas. Tambm partilharam a necessidade de fortalecer a comunho entre os confrades nas comunidades e a necessidade, em um ou outro contexto, dos superiores serem mais pastores (e no apenas administradores). 5 </li> <li> 4. As Comunidades que pastoreiam as Parquias: So Jos, em Ponta Por, Nossa Senhora da Guia, em Campo Grande, Imaculada Conceio, em Aquiadauna e a Comunidade do Santurio Nossa Senhora do Perptuo Socorro, em Campo Grande e tambm a Comunidade itinerante das Misses apresentaram uma sntese da ao pastoral. maravilhoso perceber tantas realizaes com tanto amor e generosidade dos confrades nas diversas realidades pastorais! Estas partilhas trouxeram nimo s comunidades. Pose para a foto oficial... O promotor vocacional, Pe. Marcos Vinicius CSsR e o formador, Pe. Mello, apresentaram as realizaes do processo formativo provincial. Na linha da partilha, Pe. Primo, ecnomo, apresentou os avanos da Provncia na rea administrativa, mostrando aos co-irmos que hoje a Provncia, graas a Deus e apoio dos confrades, consegue pagar todas as contas com recursos prprios ganhos no Brasil e est passo a passo aumentando o seu patrimnio. Pe. Mello e Pe. Henrique, do Conselho Ordinrio, iluminaram o encontro com reflexes sobre a Vida Religiosa e Vida Missionria. Pe. Mello apresentou motivaes para um maior aprofundamento da Vida Consagrada entre os confrades e Pe. Henrique elencou elementos que esto fortalecendo a vitalidade missionria na Provncia. O encontro foi abenoado com a celebrao da Santa Missa onde os confrades puderam experimentar o mais profundo do seguimento de Jesus, viver em comunidade e partilhar a f no esprito missionrio: sendo discpulos missionrios proclamando o Evangelho de modo sempre novo (S. Clemente). No final Pe. lvaro e Pe. Jorge Rocha serviram um delicioso 6 </li> <li> 5. churrasco para todos os participantes. Agradecemos os confrades que ajudaram na organizao deste encontro e todos que participaram deste momento to importante! Pe. Joaquim Parron, CSsR Missionrio Redentorista Depoimentos O Regional MS fortaleceu a fraternidade Percebi e senti que o REGIONAL foi muito agradvel, tranqilo, fraterno... Nota-se tambm uma busca sincera de perdoar e reconhecer os dons e talentos do outro. H um NOVO CLIMA na provncia, graas a Deus. Valeu a pena a insistncia na rea da formao humana, comunitria, durante esses ltimos tempos. Percebe-se, agora, os resultados. Sabendo perdoar, valorizando o outro e buscando o encontro com o Senhor a vida torna-se mais fraterna. Obrigado por este Regional! Pe. Dirson Gonalves, CSsR Parquia Nossa Senhora da Guia No Regional a f partilhada dos irmos nos revigora O Regional no MS foi um momento forte de encontro e fortalecimento da nossa caminhada. Gosto sempre de participar desses encontros porque a gente se reanima, olhando o exemplo do outro, a presena amiga, a f do irmo nos revigora. Gostei principalmente, porque houve partilha do que fazemos em nosso trabalho apostlico, quanta riqueza temos, e percebi entre ns crescimento humano e respeito pelo confrade. Agradecemos pela oportunidade que tivemos. Deus continue abenoando a Congregao, para sermos fiis a misso! Pe. Roque Gabriel, CSsR Equipe Missionria 7 </li> <li> 6. Entrevistas do Ms Nesta edio do CONTACT escolhemos o Pe Srgio Reis da equipe missionria de Campo Grande e Pe. Francisco de Aquidauana, como os entrevistados deste ms. Segue o resultado da conversa. Contact: Srgio, voc o caula padre de nossa provncia. Tem cinco meses de ordenao. Como est sendo sua experincia como sacerdote redentorista? Pe. Srgio: Agradeo o convite para estar partilhando minha experincia ministerial na equipe missionria itinerante, dirigindo algumas palavras aos confrades atravs desse informativo da provncia. Tem sido uma experincia formidvel, de grande aprendizado poder exercer o meu ministrio sacerdotal durante cinco meses em lugares diferentes. Contact: A Equipe Missionria est sendo sua primeira experincia dentre os trabalhos da provncia de Campo Grande. Como voc se sente como missionrio itinerante, membro de uma equipe de misso? Pe. Srgio: Acolhido pelos meus confrades. Acredito fundamental ter um bom relacionamento com os confrades, para poder desenvolver um bom apostolado. essencial a promoo humana. Procuro caminhar na f, me apoiando numa esperana crist, luminosa Divino, renovando cada dia minha opo diante dos novos desafios, re-elaborando e re-significando a vida. 8 </li> <li> 7. Contact: O que mais te motiva a ser um Missionrio Redentorista? Pe. Srgio: Ouvir o Mestre Jesus, a partir de um silncio discipular, para captar os sinais dos tempos: Reino de Deus, revelado no grito dos crucificados e abandonados para comunicar uma esperana crist ancorada na Palavra que anuncia um Homem Deus. por esse Reino de Deus, que iremos passar os nossos dias como o jardineiro que pacientemente prepara jardins e no se cansa de cultivar a terra prometida nem sempre onde corre leite e mel mas de espinhos e flores. Contact: Deixe uma mensagem final: Pe. Srgio: Peo a intercesso do nosso Venervel Pai, Santo Afonso Maria de Ligrio, para que Deus abenoe todos os confrades da provncia, e que todos ns tenhamos como referncia para nossa vida apostlica, Jesus - Mestre, Mestre em humanidade e no acolhimento das pessoas, especialmente as mais simples e abandonadas e s levem a busca da Pscoa. Um fraterno abrao. 9 </li> <li> 8. Contact: Como se sente neste momento de sua vida? Pe. Chico: Realizado: "Combati o bom combate" at o momento, embora com o peso da idade e problema de sade, nos ltimos anos, tenho cado no desnimo por no poder fazer mais do que ainda poderia fazer pela misso redentorista e vida comunitria. Contact: Que conselho o senhor daria aos jovens que desejam ser redentoristas? Pe. Chico: "O Esprito sopra onde quer", portanto, os que se sentem chamados, devem apenas seguir seu sonho de um dia se tornarem redentoristas com a graa de Deus e, como futuros filhos de Santo Afonso, alimentar sempre o desejo de um dia poderem trabalhar pelo reino de Deus como um verdadeiro missionrio redentorista. Contact: Fale um pouco sobre seu trabalho pastoral em Aquidauana... Pe. Chico: Na medida do possvel ajudo meus jovens padres, companheiros de vida e de trabalho. Minhas responsabilidades maiores so de cuidar das aldias, asilo, lar dos idosos e legio de Maria. Contact: Deixe uma mensagem para todos os leitores de CONTACT. Pe. Chico: Aos leitores do CONTACT o meu carinho especial, pois todos so redentoristas de corao e cada um deles, homem ou mulher, criana, jovem ou adulto, naquilo que ou que faz na vida, realiza a obra redentora na famlia, escola, sociedade, poltica e, acima de tudo, em sua comunidade. 10 </li> <li> 9. Notcias Provinciais Milhares de Fiis na Festa da Unidade em Telmaco Borba Festa da Padroeira motiva a participao dos leigos nas Comunidades Confrades concelebrando a Santa Missa... Os Missionrios Redentoristas de Telmaco Borba, juntamente com o povo das Comunidades, realizaram a Festa da Padroeira 2010, no ms de maio, com enfoque na Unidade das Comunidades. Foi surpreendente o nmero de pessoas participando todos os dias nas novenas na igreja Matriz, pregada esta pelo Redentorista Marcos Vinicius CSsR. Alm da pregao missionria, o confrade Marcos Serrart, animou as liturgias com melodias que contagiaram muitas pessoas. A participao, segundo os leigos, foi a maior na histria desta parquia. 11 </li> <li> 10. Com cnticos, preces, coreografias e encenaes, foi descortinando o sentimento religioso,carregado de amor a Virgem Maria, sentimento que veio tona na alma de todos. Tudo culminando com a pregao missionria e, sobretudo com a celebrao da Eucaristia em cada noite do Novenrio. Temos a memria dos mais de sessenta anos da presena redentorista, de centenas e centenas de confrades missionrios, que falaram de Nossa Senhora. De centenas e centenas de confrades que divulgaram...</li></ul>