Israel: Do cativeiro ao êxodo

  • View
    488

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Israel: Do cativeiro ao êxodo

Israel: da escravido no Egito ao xodo

Israel: da escravido no Egito ao xodo

Parte I

Israel: da escravido no Egito ao xodoOriente Mdio... a onde fervilha a histria.

Israel: da escravido no Egito ao xodoOriente Mdio... a onde fervilha a histria.

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primeiros imprios...

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioO Egito existe em funo do rio Nilo, que nascendo no Lago Vitria na Tanznia, desce e atravessa o Pas. Anualmente a cheia do rio fertiliza suas margens, favorecendo a agricultura. O rio tambm servia ao deslocamento de vveres, tropas e ao trfego em geral.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioAinda hoje o rio exerce um papel fundamental no funcionamento do Pas. Abaixo, fotografia de um passeio pelo mesmo...

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioA civilizao egpcia legou ao mundo a inveno da escrita, ainda que representada em smbolos, os hierglifos. Histrias, relatos e documentos oficiais podiam a partir da ser registradas e transmitidas de forma duradoura e uniforme.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioDeles tambm herdamos os rudimentos da matemtica, da astronomia, dos livros, que eram feitos de papiro, uma planta abundante no Rio Nilo. Acredita-se que os egpcios foram os primeiros a sentar em cadeiras de quatro pernas, que inventaram o carimbo, a cerveja, o calendrio e o exrcito. H ainda hoje imponentes construes e obejtos que desafiam a lgica e demonstram como aquele Pas foi to influente.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioO governo era regido pelos faras. Ao contrrio do que muitos pensam era um ttulo comum como Csar. Os faras eram tidos como deuses. Sua beno era indispensvel para o incio do plantio e da colheita. Tinha poder sobre a vida e a morte dos seus sditos. Ao morrer eram embalsamados e postos em caixes luxuosos, como os de Tutancamon com 110 kg de ouro. Em seguida, tais mmias repousavam em pirmides.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioO Egito tinha muitos deuses. O panteo era imenso. Acreditava-se que eles regiam a vida em seus mnimos aspectos. Haviam deuses para a criao, para o plantio, que regiam os astros, que faziam as mulheres frteis, que regiam a medicina e o conhecimento. Deuses do Nilo, da gua, do ar, dos animais, da guerra, etc.

A cada novo Fara que emergia uma dessas divindades era eleita como favorita e o seu culto era colocado acima dos demais. De forma que praticamente no havia um deus principal, seno um em evidncia naquele momento.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioAlguns dos deuses egpcios:

Amon, deus criador

pis, deus boi

Osris, deus da morte. Marido de sis

sis, deusa da maternidade

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioAlguns dos deuses egpcios:Hrus, deus do cu. Filho de sisR, deus solMaat, deusa da verdade

Seth, deus da violncia

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioEstrutura social do Egito

A sociedade egpcia era escravocrata. A base da economia era a agricultura irrigada s margens do Nilo. A populao em geral no era alfabetizada. Somente os escribas e funcionrios reais tinham tal privilgio.

Israel: da escravido no Egito ao xodoO imprio egpcioCuriosidades sobre o Antigo EgitoO po era o principal alimento consumidoOs velhos eram extremamente respeitados por seu conhecimento acumuladoAs crianas vestiam roupas a partir dos cinco anosO rio Nilo o mais extenso do mundo, percorre 6.650 kilmetrosSomente os templos e tmulos eram feitos de pedra. As demais construes eram feitas de tijolos de barro misturados com palha picadaGrande parte das roupas no Egito Antigo era feita de linhoForam os egpcios que criaram o papiro, a partir da planta de mesmo nomeAs mulheres egpcias foram algumas das primeiras a usam maquiagemOs egpcios eram muito supersticiosos e acreditavam que os sonhos sempre significavam algo. Se algum sonhasse com a queda dos prprios dentes, isso significava que algum da famlia poderia morrerQuando um escravo morria era jogado no deserto para ser comido por abutres e chacais

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...Devemos estar lembrados que com o domnio egpcio sobre o Oriente Mdio, a regio de Cana era vassala do imprio.

A Palestina era rota de passagem dos exrcitos egpcios e das inmeras caravanas que se dirigiam do Egito Sria.

Os faras tinham interesses os mais diversos com as naes ao Norte de Israel. Quando o livro do xodo se desenrola, a nao est apenas nascendo e no tinha condies de defesa contra um exrcito.

Paralelamente diversos outros pequenos reinos floresciam na regio, aos quais interessava ao Egito submeter.

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...

Peregrinaes de AbraoUr dos Caldeus (Gn 11.31)Har (Gn 12.4)Siqum (Gn 12.6)Betel (Gn 12.8)Entre Ai e Betel (Gn 12.8)Neguebe (Gn 12.9)Egito (Gn 12.10)Neguebe / Berseba (Gn 13.1)Betel (Gn 13.3)Entre Ai e Betel (Gn 13.3)Carvalhais de Manre (Gn 13.18)Gerar (Gn 20.1)Berseba (Gn 20.21,31-33)Hebrom (Gn 23.1)

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...Mas devemos voltar um pouco na histria para compreender como estava estruturada a famlia de Jac, que seria a protagonista da histriaAbrao (bisav)Isaque (av)EsaJac (pai)

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...Os filhos de Jac nasceram na seguinte ordem (incluindo a filha):Rben (Gnesis 29:32)Simeo (Gnesis 29:33)Levi (Gnesis 29:34)Jud (Gnesis 29:35)D (Gnesis 30:5)Naftali (Gnesis 30:7)Gade (Gnesis 30:10)Aser (Gnesis 30:12)Issacar (Gnesis 30:17)Zabulom (Gnesis 30:19)Din (filha) (Gnesis 30:21)Jos (Gnesis 30:23)Benjamin (Gnesis 35:18)

Israel: da escravido no Egito ao xodoOs primrdios da nao israelita...Depois que Din, a filha de Jac, foi violentada em Siqum (Gn 24), este se estabeleceu em Betel, cerca de 23 km ao sul.

Mas seu gado pastava nos arredores de Siqum. Foi para l que Jac enviou Jos a ver como eles estavam (Gnesis 37:13).

Quando Jos chegou em Siqum, foi informado que seus irmos estavam em Dot. Mais ou menos 18 km ao Norte.

Somos informados no captulo 37 da rivalidade que havia entre os irmos, tanto por conta da preferncia de Jac por Jos, o filho da sua velhice, como pelos sonhos deste.

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos preso e vendidoEnto seus irmos o prenderam (Gnesis 37:24 ss). A ideia inicial era matarem-no imediatamente, mas Rubn, o mais velho, se ops e concordou que apenas o lanassem numa cova, esperando resgat-lo mais adiante.

O grupo, ento, se dispersou...

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos preso e vendidoPorm, ia passando uma caravana de ismaelitas e/ou midianitas ao qual Jos foi vendido como escravo, por vinte moedas de prata, uma ideia de Jud, seguida por seus irmos, exceto Rubn, que no estava presente (Gnesis 37:28)

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos no EgitoA caravana o levou ao Egito, onde foi revendido a Potifar, oficial de Fara, em cuja casa veio a morar e cuidar como mordomo.

Diz a Palavra de Deus, que neste lugar o Senhor abenoou ricamente a Jos, mesmo vivendo como escravo. Nada a ver com a Teologia da Prosperidade (Gnesis 39:2). E no s isso, o Senhor abenoou Potifar por amor a Jos (Gnesis 37:5)!

Israel: da escravido no Egito ao xodoO embuste feito a JacEnquanto isso, os irmos de Jos simularam sua morte, e levaram sua tnica suja de sangue a seu pai, Jac. Ele acreditou em cada palavra e, aos poucos, se consolou da suposta perda

24

Israel: da escravido no Egito ao xodoDeus abenoa Jos no EgitoJos ia bem e tinha a confiana de Potifar, mas sua mulher ps os olhos no rapaz, que agora era forte e viril (Gnesis 39:6).

Ele recusou e o motivo mais forte deixaria qualquer um de ns envergonhado. Disse ele: ...como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus? (Gnesis 39:9)A prfida mulher, ento, o agarrou num dia em que no havia ningum em casa, ficando com sua tnica em suas mos. Jos foi acusado de assdio sexual e preso, injustamente (Gnesis 39:20)!

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos na priso no EgitoJos foi abenoado na priso (Gnesis 39:23), o texto bblico faz questo de ressaltar isso.

Numa reviravolta impressionante o padeiro-mor e o copeiro-mor de Fara foram acusados e presos, lanados na mesma cela de Jos.Numa noite, depois de muitos dias presos, ambos tiveram um sonho, mas no sabiam a interpretao, at que Jos ouvisse os mesmos e os interpretasse.Um retornaria ao seu ofcio (copeiro) e o outro (padeiro) seria enforcado, e assim se sucedeu, trs dias depois. Jos ainda rogou ao copeiro que ele lembrasse da injustia que lhe fora cometida. Mas a Bblia diz que ele esqueceu (Gnesis 40:23)

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos interpreta o sonho de FaraDois anos depois Fara sonhou que haviam sete vacas magras engolindo outras sete gordas. Assim como sete espigas mirradas, devorando as espigas sadias. Ele ficou preocupado e pediu aos magos que lhe dessem a interpretao, mas no o puderam fazer (Gnesis 41:8).Foi quando o copeiro lembrou de Jos. O barbearam, vestiram novas roupas e o trouxeram a Fara (Gnesis 41:14).A interpretao que sete anos de bonana seria sucedidos por outros sete de escassez. Jos ainda aconselhou o rei a recolher em seus celeiros 20% de toda produo dos anos de abundncia, para que pudesse suprir a fome nos anos de dificuldades (Gnesis 41:34).

Israel: da escravido no Egito ao xodoJos exaltadoE, ento, contra todas as evidncias, Jos foi promovido de prisioneiro a primeiro-ministro num s dia (Gnesis 41:42). Jos fez com que o Egito se tornasse mais prspero ainda e se preparasse para os anos de fome. Os egpc