Julho 2010

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Julho 2010

  • 1. n d i c e Pal a v r a d o Pr o v i n c i a l Anunciar o Evangelho de modo sempre novo......................................5 Cap a Regional MS: Confrades Valorizam a Vida Apostlica...........................6 Dep oim e n t o s Pe. Dirson Gonalves, CSsR...................................................................8 Pe. Roque Gabriel, CSsR........................................................................8 Entr e v i s t a do m s Pe. Srgio Reis ......................................................................................9 Pe. Francisco.........................................................................................11 Noti ci a s Pr o v i n c i a i s Milhares de Fiis na festa da Unidade em T. Borba.............................12 Visita do cone do Perptuo Socorro...................................................15 Jubileu de Ouro da realizao da novena em Curitiba........................16 XV Congresso de Marketing Catlico..................................................20 Papa nomeia Padre J. Tobin................................................................26 Motivando as Vocaes da Provncia..................................................27 Refletindo a Vocao Redentorista.....................................................29 JUMIRE Celebra primeiro Aniversrio..................................................31 Es piritu a li d a d e O Sentido da Cruz em nossa Vida........................................................32 Mensagem do XXIV Captulo Geral.....................................................36
  • 2. Cel e b r a e s ....................................................................................... ...........40 Aniv e r s r i o s ........................................................................................ .........41 Pal a v r a d o Pr o v i n c i a l ANUNCIAR O EVANGELHO DE MODO SEMPRE NOVO Renovando esperana, coraes e estruturas para misso Neste primeiro semestre a Provncia vivenciou importantes momentos de fraternidade, como exemplos: o retiro anual, os encontros regionais, as formaes nas comunidades e muita entrega dos confrades na vida apostlica. Percebe-se a um sincero desejo de vivenciar o que pediu o XXIV Captulo Geral, que Anunciar o Evangelho de modo sempre novo (S. Clemente) com renovada esperana, com coraes convertidos, tudo em vista da misso. Embora o mundo tenta desacreditar Igreja e sua misso evangelizadora, os Redentoristas seguem o exemplo do Salvador proclamando a Boa Nova aos abandonados (Const. 1), sendo fortes na f, alegres na esperana, fervorosos na caridade, inflamados no zelo, humildes e sempre dados orao (Const. 20). Os Redentoristas so chamados na Igreja a ser este sinal proftico ao mundo. Mesmo diante da desesperana proclamar o Evangelho de modo sempre novo, como fez So Clemente, Santo Afonso... pois para os Redentoristas essencial o seguimento do Cristo, que passou por Cruz e Ressurreio. 4
  • 3. Cada confrade, e tambm cada comunidade da Provncia, convidado a refletir e aprofundar como est adeso ao tema deste sexnio. Temos que nos colocar no processo de converso (Const. 11, 40, 41 e 42) e crescermos neste anncio de modo sempre novo. necessrio renovar a nossa esperana, coraes e estruturas. Em sntese, necessrio um ato de f no Deus da Redeno! Pe. Joaquim Parron, CSsR Superior Provincial Re g i o n a l MS: Co n f r a d e s V a l o r i z a m a Vi d a Ap o s t l i c a Encontro motiva a partilha e o entusiasmo pelo apostolado Momento de partilha... Com um esprito fraterno e marcado pela partilha, os confrades que residem e atuam no Mato Grosso do Sul se encontraram para o Regional do 5
  • 4. MS, nos dias 7 e 8 de junho, em Campo Grande, com participao da maioria dos confrades. Alm de aprofundarem as vrias dimenses da Vida Missionria Redentorista, os confrades partilharam as realizaes apostlicas nas Comunidades do MS: misses, parquias e santurio e tambm falaram de seus anseios. Num primeiro momento Pe. Parron CSsR trabalhou o texto do confrade Loureno Kearns CSsR sobre o valor da amizade na Vida Religiosa para perseverar na fidelidade. Na seqncia os confrades partilharam suas experincias e suas buscas. Tambm partilharam a necessidade de fortalecer a comunho entre os confrades nas comunidades e a necessidade, em um ou outro contexto, dos superiores serem mais pastores (e no apenas administradores). As Comunidades que pastoreiam as Parquias: So Jos, em Ponta Por, Nossa Senhora da Guia, em Campo Grande, Imaculada Conceio, em Aquiadauna e a Comunidade do Santurio Nossa Senhora do Perptuo Socorro, em Campo Grande e tambm a Comunidade itinerante das Misses apresentaram uma sntese da ao pastoral. maravilhoso perceber tantas realizaes com tanto amor e generosidade dos confrades nas diversas realidades pastorais! Estas partilhas trouxeram nimo s comunidades. Pose para a foto oficial... O promotor vocacional, Pe. Marcos Vinicius CSsR e o formador, Pe. Mello, apresentaram as realizaes do processo formativo provincial. Na linha da partilha, Pe. Primo, ecnomo, apresentou os avanos da Provncia na rea 4
  • 5. administrativa, mostrando aos co-irmos que hoje a Provncia, graas a Deus e apoio dos confrades, consegue pagar todas as contas com recursos prprios ganhos no Brasil e est passo a passo aumentando o seu patrimnio. Pe. Mello e Pe. Henrique, do Conselho Ordinrio, iluminaram o encontro com reflexes sobre a Vida Religiosa e Vida Missionria. Pe. Mello apresentou motivaes para um maior aprofundamento da Vida Consagrada entre os confrades e Pe. Henrique elencou elementos que esto fortalecendo a vitalidade missionria na Provncia. O encontro foi abenoado com a celebrao da Santa Missa onde os confrades puderam experimentar o mais profundo do seguimento de Jesus, viver em comunidade e partilhar a f no esprito missionrio: sendo discpulos missionrios proclamando o Evangelho de modo sempre novo (S. Clemente). No final Pe. lvaro e Pe. Jorge Rocha serviram um delicioso churrasco para todos os participantes. Agradecemos os confrades que ajudaram na organizao deste encontro e todos que participaram deste momento to importante! Pe. Joaquim Parron, CSsR Missionrio Redentorista Dep oi m e n t o s O R e g i o n a l MS fort a l e c e u a fr a t e r n i d a d e Percebi e senti que o REGIONAL foi muito agradvel, tranqilo, fraterno... Nota-se tambm uma busca sincera de perdoar e reconhecer os dons e talentos do outro. H um NOVO CLIMA na provncia, graas a Deus. Valeu a pena a insistncia na rea da formao humana, comunitria, durante esses ltimos tempos. Percebe-se, agora, os resultados. Sabendo perdoar, valorizando o outro e buscando o encontro com o Senhor a vida torna-se mais fraterna. Obrigado por este Regional! Pe. Dirson Gonalves, CSsR 5
  • 6. Parquia Nossa Senhora da Guia N o Re gi o n a l a f partilh a d a do s ir m o s n o s revi g o r a O Regional no MS foi um momento forte de encontro e fortalecimento da nossa caminhada. Gosto sempre de participar desses encontros porque a gente se reanima, olhando o exemplo do outro, a presena amiga, a f do irmo nos revigora. Gostei principalmente, porque houve partilha do que fazemos em nosso trabalho apostlico, quanta riqueza temos, e percebi entre ns crescimento humano e respeito pelo confrade. Agradecemos pela oportunidade que tivemos. Deus continue abenoando a Congregao, para sermos fiis a misso! Pe. Roque Gabriel, CSsR Equipe Missionria Ent r e v i s t a s do M s Nesta edio do CONTACT escolhemos o P e S r g i o R e i s da equipe missionria de Campo Grande e P e . Fr a n c i s c o de Aquidauana, como os entrevistados deste ms. Segue o resultado da conversa. C ont a c t: Srgio, voc o caula padre de nossa provncia. Tem cinco meses de ordenao. Como est sendo sua experincia como sacerdote