Retiro anual ens setorcaragua

  • View
    2.011

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Retiro anual ens setorcaragua

  • 1. Setor de Caraguatatuba22 e 23 de Outubro de 2011Padre Kleber Rodrigues da Silva Sacerdote Conselheiro EspiritualEquipe 4 Nossa Senhora do Carmo - Setor Caapava1

2. 2 3. a primeira experincia = desacomodar Retirar-se encontrar motivaes Senhor, ensina-nos a rezar (Lc 11,1) H um desejo > H uma necessidade > H uma provocao > E vocs?... 3 4. Quais? 4 5. Quais? 5 6. Provocar um encontro Consigo mesmo Com suasverdades eCom o outro com seuslimites Com a Equipe Encontro com Deus 6 7. Desamarrar o jumentinhoda nossa vida e tomar parteno caminho 1 gesto: Colocar-se a caminho,carregando o sersacramental que existe naconjugalidade vivida no diaa dia! Quem vocs iro carregar? Jesus, que se fazsacramentum ....7 8. 2 Sinal: Queremos entrar em Jerusalm paracelebrar a Pscoa Eucarstica com Jesus Cristo Entrar em Jerusalm para permanecer comosinal sacramental do amor divino pelo serhumano. Eis um motivo pelo qual Deus possibilitou umdia voc entrar na Jerusalm do seucnjuge. 8 9. AEucaristia na vida do casal equipista9 10. Expressode nossaidentidadecristDescobrir o que somos10 11. Um lugar para deixar-se formar pelo CristoChegar ao conhecimentoda verdade (1Tm 2,3)11 12. Um lugarparaformar oCristo emnsSede meus imitadores 12 13. Um lugar ouvir atentamente a Palavra do SenhorNo dilogo do divino com o humano Deus j vai nos salvando 13 14. Um lugar emque o EspritoSanto tornavisvel o Corpoe o Sangue deJesusa misso do Esprito Santo conduzir oSer Humano comunho com Deus 14 15. Expresso clarado amor divinopela Igreja,alimentando-acom o Corpo eSangueJesus Cristo amou a Igreja e se entregou por ela Efsios 5,2515 16. Umaexpresso daoraopessoal,conjugal ecomunitriaa misso do Esprito Santo conduzir oSer Humano comunho com Deus 16 17. Lugardapresena daMulherEucarstica quenos ensina aAmar e ServirMaria foi a primeira peregrina neste Caminho de f17 18. Quecompreensotemos da Eucaristia? ....... 18 19. Aeucaristia a fonte prpria domatrimnio cristo19 20. O sacrifcio eucarstico representa a aliana do amor de Cristo com a Igreja, enquanto marcada com o sangue da sua cruz. Neste sacrifcio da nova e eterna aliana que oscnjuges cristos encontram a raiz daqual brota, interiormente plasmada e continuamente vivificada , a sua aliana conjugal (FC 57)20 21. Jesus convidou os Seus para uma ltima ceiade carter muito particular, uma Ceia que nopertencia a nenhum rito judaico determinado,mas era a sua despedida, na qual Ele davaalgo de novo, isto , dava-Se a Si mesmocomo o verdadeiro Cordeiro Papa Bento XVI21 22. A caminhada do movimento das ENS comeasempre com um CONVITE preciso estar juntos. Uma experincia comunitria Onde se aprende a tomar de ferramentas paraconstruir um caminho de comunho.22 23. Aos casais EquipistasVenham participar do banquete eucarstico que vos ofereo diariamenteem cada missacelebrada23 24. Observar a proximidade da riqueza eucarstica e sua relao com a espiritualidade conjugal Construir osEntrar em Participar de umpassos de umJerusalm banquete amadurecimentoconjugal24 25. precisoperceber afinalidade daespiritualidadeque abraamos Por queparticipamos deum MovimentoEspiritual?Resultado: alcanar a Salvao 25 26. A Eucaristia como este grande acesso aocaminho da salvao Eu sou o po vivo descido do cu, quemcome deste po viver eternamente Aqui cada casal deve encontrar a motivaopara viver sua espiritualidade, como umexerccio de amadurecimento 26 27. Banquete Ao de Graas Sacrifcio da Cruz Frao do Po Memorial 27 28. Memorial do Sacrifcio = recordaodo que o levou a entregar-se Casal, no memorial matrimonial,recorda a cada eucaristia o quelevou-os a entregar-se um ao outro. Recordemos...houve um convite...28 29. LITURGIA DA PALAVRA Enviai o vosso Esprito.... RITOS INICIAIS RITOS FINAIS Isto o Meu Corpo.....Isto o Meu Sangue......Faam isto em memria.......LITURGIA EUCARSTICA29 30. Propsitos Enviai o vosso Espritode Transformao Isto o meu corpo de Entrega Isto o meu sanguede Oferta Faam isto em memria de de construo de uma Histriamim30 31. Expressode nossaidentidadecristDescobrir o que somos31 32. A eucaristia celebrada na Igreja umaantecipao do cu A Reunio mensal como lugar deidentificao, de partilha, de doao, deoferecimento, de encontro fraterno, de ceia,de memorial uma expresso eucarstica 32 33. Preparar-se para no sair do encontro fraternopior do que entramos. Na Eucaristia e na Reunio Mensal descobrimosquem somos Qual o esforo eucarstico que fazemos paracelebrar a Reunio Mensal? 33 34. Eucaristia ENS ConjugalidadeDESCOBERTA DO CRISTO DESCOBERTA DO VALOR DOSO Cnjuge como presena QUE SE FAZ HUMANO PONTOS CONCRETOS de Cristo que incentivaPARA TORNAR-NOS COMO FERRAMENTASa busca pela santificao DIVINOSPARA CONSTRUIRA SUA IDENTIDADE CRIST34 35. Um lugar para deixar-se formar pelo CristoChegar ao conhecimentoda verdade (1Tm 2,3)35 36. Aqui entra o esvaziamento pessoal e conjugal Knosis esvaziamento de si e opreenchimento do outro Filipenses 2,5-8 a partilha um tempo forte de ajuda mtuaespiritual. um momento em que osequipistas se responsabilizam uns pelosoutros (Guia das ENS, p. 30) 36 37. Eucaristia ENS Conjugalidade Atentos ao conviteCristo que chama os seus Descobrir o valorde estar a mesa,para estarem com Ele em da Reunio Mensalcom a roupa adequada torno da Mesa e ali oscomo a participao com o corao aberto instruina ceia do Senhor para dialogar com oSenhor37 38. Um lugarparaformar oCristo emnsSede meus imitadores 38 39. No banquete eucarstico, o grande referencialfaz-se servo. Jesus oferece ao convidado gua para lavaras mos e os ps, para tirar o p da estrada O que cada um tem oferecido ao outro nestaestrada da vida?39 40. A fora eucarstica de uma equipe estquando todos esto dispostos a seremservos, deixarem-se lavar e lavar os outroscom a gua da vida, da conjugalidade e doesforo vivido naquele ms O resultado ser, no a revolta de Pedro, maso desejo de voltar no prximo ms parabanhar caminhada e tirar o p da estrada davida que vamos construindo.40 41. Eucaristia ENS ConjugalidadeA oportunidadeIncentivando o outro aJesus faz-se servo de fazer-se servo cada dia a ver antes de Oferta e ofertante com a partilha mais nada o que ele temObjeto do sacrifcioda vidade positivo 41 42. Um lugar emque o EspritoSanto tornavisvel o Corpoe o Sangue deJesusa misso do Esprito Santo conduzir oSer Humano comunho com Deus 42 43. Epclese: Na verdade, Pai, vs sois santo e fonte detoda santidade. Santificai, pois, estasoferendas, derramando sobre elas o vossoEsprito, a fim de que se tornem para ns ocorpo e + o sangue de Jesus Cristo, vossoFilho e Senhor nosso. 43 44. O Esprito Santo atua para transformar asrealidades O rosto humano de Deus e o rosto divino doHomem O Esprito Santo quer realizar em cada um dens o que parece impossvel tornar-nossemelhantes a Deus, capazes de amar comoele ama graas ao seu poder transformador(Livro Tema 2011, p. 41)44 45. Um dia uma criana me parou, Ouvindo o que eu falei elaolhou-me nos meus olhos ame olhou e disse que erasorrir. Caneta e papel na suamo, lindo o que eu falei. Pediutarefa escolar a cumprir.que repetisse, por favor,E perguntou no meio de umque no falasse tudo desorrisouma vez. E perguntou noo que preciso para ser feliz?meio de um sorriso o que preciso para ser feliz. (Refro)Amar como Jesus amou,Depois que eu terminei deSonhar como Jesus sonhou,pensar como Jesus pensou,repetir, seus olhos noviver com Jesus viveu. saiam do papel. Toquei noSentir o que Jesus sentia, seu rostinho e a sorrir pedisorrir como Jesus sorria que ao transmitir fosse fiel.E ao chegar o fim do dia E ela deu-me um beijoeu sei que eu dormiria muitomais feliz.demorado e ao meu lado foi dizendo assim.Pe. Zezinho, scj 45 46. A Eucaristia o espao no qual Deusacolhe nossa CONDIO DE PECADORESpara OFERECER-NOS o INSTRUMENTO DASANTIFICAO. Por isso, respondemos: SANTIFICAI E REUNI O VOSSO POVO 46 47. o lugar onde percebemos que a vidacomunitria o espao de santificao. A comunidade-equipe torna-se o lugar ondeocorre o confronto concreto da espiritualidadeconjugal, na simples disposio de ouvir acaminhada do outro. O esforo do casal na comunidade-equipe estem fazer o outro perceber que a vida de equipefortalece a busca pela SANTIFICAO. 47 48. A SANTIFICAO PELA ATUAO DOESPRITO SANTO,POSSIBILITAR AO CASAL,UMA EXPERINCIA NO COTIDIANO DE SUAVIDA = A LITURGIA DO DIA A DIA A conjugalidade vai ser reflexo daquilo queo casal reza! Santificai-nos pelo Dom do vosso Esprito!48 49. Fazei de ns um s corpo e um s Esprito Pedimos a cada eucaristia que ele, o EspritoSanto, faa de ns um s corpo e um sEsprito Importncia do Dever de sentar, como umaoportunidade, para ver antes de mais nada oque o outro tem de positivo49 50. O dever de sentar-se ajuda-nos a nosrevelarmos, pouco a pouco, ao nossocnjuge Se queres chegar ao conhecimento de Deus,trata de antes conheceres-te a ti mesmo. Osubir at Deus passa pelo descer at aprpria realidade e pelo chegar sprofundezas do inconsciente (Anselm Grun) 50 51. Eucaristia ENS Conjugalidade Luta pela santificaona organizao do seu tempo, do seu momentoem vista da descobertaCongrega e santifica Provoca o encontrodiria que cada um faz dooutro quando se sente emprofunda comunho deideais e de esprito 51 52. Um lugar ouvir atentamente a Palavra do SenhorNo dilogo do divino com o humano Deus j vai nos salvando 52 53. Colocar-se em contato com Deus atravs da sua Palavra, exercitar a arte de ouvir e dialogar 53 54. Artede se esvaziar para ouvir o que os outros tm para dizer e no o que queremos ouvir. 54 55. A capacidade dese colocar nolugar dos outros eperceber suasdores enecessidadessociais. 55 56. Penetrar nocorao psquico edesvendar ascausas daagressividade, datimidez, daangstia, doscomportamentosestranhos. 56 57. Interpretar o que as palavras no disseram e o que as imagens no revelaram. 57 58. Te