165 radio e_televisao

  • Published on
    30-Jul-2015

  • View
    122

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

<p> 1. PLANO DE CURSO Instituio: SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 01 de fevereiro de 2012 Nmero do Plano: 165 Eixo Tecnolgico: PRODUO CULTURAL E DESIGN HABILITAO TCNICA DE NVEL MDIO Curso: TCNICO EM RDIO E TELEVISO Carga Horria: 800 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Setor Locuo Carga Horria: 284 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Locuo Noticiarista de Televiso Carga Horria: 300 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Apresentao de Programas de Televiso Carga Horria: 300 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Operao de udio Carga Horria: 232 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Programao Musical Carga Horria: 248 horas Qualificao Tcnica de Nvel Mdio de Radialista - Sonoplastia Carga Horria: 248 horas Ato de Autorizao: Conselho Regional do Senac So Paulo, conforme Resoluo n 06/2012, de 31/01/2012, de acordo com a Portaria de aprovao Senac/Geduc -SE n 04/2012 de 01/03/2012. Vigncia: Este Plano de Curso vlido para turmas iniciadas a partir de 03/02/2012 2. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 2 | Senac - So Paulo 1. JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso - Eixo Tecnolgico Produo Cultural e Design, de acordo com o Catlogo Nacional de Cursos Tcnicos de Nvel Mdio institudo pela Resoluo CNE/CEB n 03/08 fundamentada no Parecer CNE/CEB n11/08, atende ao disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educao Nacional (LDB) Lei Federal n. 9.394/96 no Decreto Federal n. 5.154/04 nas Resolues CNE/CEB ns 04/99 e 04/10 e nos Pareceres CNE/CEB ns. 16/99 e 07/10, na Lei Federal n 6.615/78 e no Decreto Federal n 84.134/79, alterado pelos Decretos Federais n 94.447/87 e n 95.684/88 que regulam a profisso do Radialista, no Regimento das Unidades Educacionais Senac So Paulo e demais normas do sistema de ensino. Segundo pesquisas internas recentes, consideramos que no Brasil, o rdio e a televiso so os mais importantes meios de comunicao, responsveis pela difuso de entretenimento e informao para grande parte da populao. Esses veculos de comunicao de massa atuam como instrumentos de disseminao de notcias, informaes, prestao de servios, entretenimento, cultura, educao e publicidade. Vive-se, hoje, uma verdadeira exploso de canais de distribuio da comunicao: TVs pblicas, TVs legislativas, TV digital, canais comunitrios e educativos, programadoras e operadoras de TV por assinatura, webtvs, produtoras de contedo audiovisual, webrdios, rdio digital, circuitos internos de rdio, rdio empresa e mdia out of home, apenas para citar algumas ramificaes dessa nova configurao da indstria do audiovisual, que impulsionam o crescimento do mercado de produes. A digitalizao dos processos de captao e produo de programas para Rdio e TV e a implantao, desde dezembro de 2007, do Sistema Brasileiro de Televiso Digital Terrestre SBTVD institudo pelo Decreto n 4901/2003 e implantado pelo Decreto 5820/2006, vem impulsionando um novo nicho de mercado. H previso que, em 20161 o sistema analgico de transmisso e recepo de sinais de TV aberta ser desativado no Brasil, provocando mudanas, j que 100% das emissoras e retransmissoras brasileiras devero migrar e transmitir pelo sistema de TV digital, e, para ter acesso a TV aberta, a populao dever trocar o seu aparelho de TV ou adquirir um conversor2 . Neste novo contexto proporcionado pela TV digital, a multiprogramao ganha destaque por permitir que cada emissora transmita, simultaneamente, at quatro programaes, criando a necessidade de desenvolvimento de mais contedo e a possibilidade de interatividade do telespectador, que vai exigir novas competncias do profissional de Rdio 1 Fonte: Ministrio das Comunicaes. 2 Frum SBTVD. Disponvel em: Acesso em 07 jul. 2011. A 3. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 3 | Senac - So Paulo e TV. Tambm, as possibilidades apresentadas pelo rdio digital, cuja discusso sobre qual modelo o Brasil dever adotar nos prximos anos encontra-se em fase final, criam um ambiente com novas oportunidades profissionais3 . Isso tem provocado novas demandas do setor produtivo audiovisual, decorrentes das conquistas tecnolgicas, do crescimento do recente mercado de formatos de programas, da expanso da produo do cinema nacional e do aumento do nmero de produtoras de contedo de udio e vdeo, gerando transformaes no segmento da radiodifuso4 . O Senac - SP considera que para atender este mercado que requer profissionais com formao mltipla, slida e abrangente, no s para responder s inovaes tecnolgicas, mas para atuar com criatividade, crtica e flexibilidade na oferta das programaes, cientes do papel cultural que esses meios exercem nas diferentes camadas sociais, tanto como veculo de informao e entretenimento, como de formao, o papel do Tcnico em Rdio e Televiso ganha espao, atuando como profissional capaz de responder adequadamente aos cenrios de constantes mutaes e repletos de possibilidades. nesse novo cenrio tecnolgico, que o curso Tcnico em Rdio e Televiso do Senac-SP foi desenvolvido para formar profissionais competentes tecnicamente e responsveis socialmente que dominam habilidades especficas para atuar no mercado profissional de Rdio e Televiso de forma empreendedora. Os perfis profissionais de concluso das qualificaes tcnicas de nvel mdio que compem o itinerrio formativo desta habilitao profissional atendem aos dispositivos legais e destacam competncias especficas relacionadas com as funes em que se desdobram as atividades da produo em Rdio e Televiso. O Senac So Paulo, considerando esses aspectos, oferece esta habilitao tcnica de nvel mdio, em consonncia com sua Proposta Pedaggica, respeitando valores estticos, polticos e ticos, mantendo compromisso com a qualidade, o trabalho, a cincia, a tecnologia e as prticas sociais relacionadas com os princpios da cidadania responsvel e da sustentabilidade ambiental. A Instituio se prope permanente atualizao do Plano de Curso, a fim de acompanhar as transformaes tecnolgicas, legais e socioculturais, especialmente, aquelas voltadas rea de produo audiovisual, com o objetivo de formar profissionais alinhados com a realidade e as mudanas inerentes a esse segmento. 3 id 4 Id. 4. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 4 | Senac - So Paulo 2. REQUISITOS DE ACESSO Para matrcula na habilitao tcnica de nvel mdio, o candidato deve ter no mnimo 18 anos no ato da matrcula, ou completar at o final do curso, e possuir, no mnimo, Ensino Mdio completo. Documentos: Requerimento de Matrcula. Documento de Identidade (RG) (cpia simples). Certificado ou Histrico Escolar de concluso do Ensino Mdio (original e cpia simples ou cpia autenticada). Para matrcula nas qualificaes tcnicas de nvel mdio quando realizadas independentes da habilitao, o participante deve ter, no mnimo, 18 anos no ato da matrcula, ou completar at o final da qualificao, e ter no mnimo, Ensino Fundamental completo. Documentos: Requerimento de Matrcula. Documento de Identidade (RG) (cpia simples). Certificado ou Histrico Escolar de concluso do Ensino Fundamental (original e cpia simples ou cpia autenticada) As inscries e as matrculas sero efetuadas conforme cronograma estabelecido pela Unidade, atendidos os requisitos de acesso e nos termos regimentais. 3. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSO O Tcnico em Rdio e Televiso o profissional habilitado a exercer funes e atividades ligadas superviso tcnica e operacional na criao, produo e veiculao de diferentes gneros e formatos de contedos audiovisuais, considerando softwares e equipamentos de captao, iluminao, sonorizao e edio, interagindo com as equipes de produo, visando a realizao de programas radiofnicos e televisivos para as diferentes plataformas de mdia, de forma tica e respeitando a legislao vigente. Pode atuar em empresas de radiodifuso, produtoras e estdios de udio e vdeo, agncias de notcia, provedores de internet. Para tanto, no decorrer do curso deve mobilizar e articular com pertinncia os saberes necessrios ao eficiente e eficaz, integrando suporte cientfico, tecnolgico e valorativo que lhe permita: 5. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 5 | Senac - So Paulo Buscar atualizao constante e autodesenvolvimento, por meio de estudos e pesquisas no mercado nacional e internacional para propor inovaes, identificar e incorporar, criticamente, novos mtodos, tcnicas e tecnologias s suas aes e responder s situaes cotidianas com flexibilidade e criatividade. Assumir postura profissional condizente com os princpios que regem as aes dos profissionais do eixo tecnolgico de Produo Cultural e Design, atuando em equipes multidisciplinares e relacionando-se adequadamente com outros profissionais, clientes e fornecedores envolvidos no processo de trabalho, contribuindo de forma efetiva para atingir os objetivos estabelecidos no seu campo de trabalho. Gerenciar seu percurso profissional, com iniciativa e de forma empreendedora, visualizando oportunidades de trabalho nos diversos setores e possibilidades para projetar seu itinerrio formativo, seja prestando servios em organizaes ou na conduo do seu prprio negcio. Atuar com responsabilidade, comprometendo-se com os princpios da tica, da sustentabilidade ambiental, da preservao da sade e do desenvolvimento social, orientando suas atividades por valores expressos no ethos profissional, resultante da qualidade e do gosto pelo trabalho bem feito. Para atender s demandas do processo produtivo, o Tcnico em Rdio e Televiso dever constituir, alm das competncias j desenvolvidas nas qualificaes tcnicas que integram o itinerrio formativo desta habilitao, as seguintes competncias especficas: Atuar junto equipe tcnica em programas de Rdio e TV e em obras audiovisuais, respeitando as etapas de pr-produo, produo e ps-produo, adaptando-se s novas tecnologias de captao, montagem e finalizao, incluindo a organizao de sistemas operacionais e de transmisso de sinais eletrnicos digitais. Operar equipamentos profissionais de udio e vdeo, captando sons e imagens que se adquem linguagem e aos padres tcnicos e estticos dos diferentes meios de comunicao, inserindo o processo produtivo nos formatos legais usuais. Comunicar-se com os profissionais das equipes de produo por meio de vocabulrio tcnico especfico de forma apropriada e tica, aplicando normas e leis pertinentes e adequar as possibilidades oferecidas por leis de incentivo fiscal produo na rea. Atuar em equipes multidisciplinares, de maneira integrada, eficiente e responsvel, respeitando as regras de convivncia, garantindo o bom relacionamento profissional com os colegas envolvidos nas diferentes funes em uma produo audiovisual e respondendo s demandas inerentes aos processos de produo e distribuio de produtos culturais voltados informao, aos servios, educao, publicidade e ao entretenimento em diferentes plataformas de mdias. 6. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 6 | Senac - So Paulo Os perfis profissionais de concluso das qualificaes tcnicas de nvel mdio atendem aos dispositivos legais e destacam competncias especficas relacionadas com as funes em que se desdobram as atividades dos radialistas, conforme segue: O Radialista Locutor, de acordo com a regulamentao da profisso5 , l textos comerciais; apresenta e anuncia programas de rdio ou televiso; realiza entrevistas; promove jogos, brincadeiras e competies; comenta os aspectos tcnicos esportivos; participa de debates, mesas redondas e outras atividades peculiares ao rdio. O perfil do egresso desta Qualificao Tcnica prev o desenvolvimento das seguintes competncias: Apresentar programas radiofnicos em diferentes formatos, com pronncia adequada e variao dos registros vocais, de modo que tal modulao permita a adequada interpretao de acordo com a linguagem do veculo e o perfil do pblico-alvo. Fazer a locuo de textos artsticos, comerciais ou noticiosos, considerando o roteiro pr-determinado aplicando a linguagem adequada aos diferentes estilos e respeitando a esttica da locuo. O Radialista - Locutor Noticiarista de Televiso, de acordo com a regulamentao da profisso, l programas noticiosos de televiso, cujos textos so previamente preparados pelo setor de redao. O perfil do egresso desta Qualificao Tcnica prev o desenvolvimento das seguintes competncias: Apresentar programas informativos, realizando a leitura de textos com pronncia correta e variao dos registros vocais, de modo que tal modulao permita a adequada interpretao de fatos do cotidiano. Realizar entrevistas em telejornais, individualmente ou em dupla, utilizando laudas, teleprompter e ponto eletrnico, interagindo com as cmeras e imprimindo ritmo ou interpretao adequados. O Radialista Apresentador de Programas de Televiso, correspondente na legislao funo de Radialista - Locutor Apresentador - Animador, de acordo com a regulamentao da profisso, apresenta e anuncia programas de rdio ou televiso, realizando entrevistas e promovendo jogos, brincadeiras, competies e perguntas peculiares ao estdio ou auditrio de rdio ou televiso. O perfil do egresso desta Qualificao Tcnica prev o desenvolvimento das seguintes competncias: 5 Todas as Qualificaes Tcnicas propostas neste Plano de Curso utilizaram como referncia a regulamentao da profisso da FITERT Federao dos Radialistas para fundamentar o perfil do egresso. Disponvel em: &lt; http://www.fitert.org.br/nt_html/297- legislacao-profissional.html&gt; Acessado em: 23 jun 2011. 7. SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC SO PAULO Rua Doutor Vila Nova, 228 CEP 01222.903 So Paulo SP - www.sp.senac.br CNPJ N 03.709.814/0001-98. PC - Habilitao Tcnica de Nvel Mdio em Rdio e Televiso | 7 | Senac - So Paulo Apresentar programas em televiso, nos diferentes gneros e formatos de entretenimento, com controle e domnio do ambiente e com discernimento para atuar com crtica e respeito aos princpios da tica. O Radialista - Operador de udio, de acordo com a regulamentao da profisso, opera mesa de udio durante gravaes e transmisses, respondendo por sua qualidade. O perfil do egresso desta Qualificao Tcnica prev o desenvolvimento das seguintes competncias: Controlar a qualidade e os nveis de udi...</p>