Pesquisa sobre Intera§£o Universidade Empresa - Minas Gerais

  • View
    4

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Este Estudo refere-se aos resultados parciais do projeto “Oportunidades ao Desenvolvimento Sócio-Econômico e Desafios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em Minas Gerais”, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SECTES, em parceira com o Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional – CEDEPLAR, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG. Os resultados apresentados neste estudo fazem parte da pesquisa sobre a interação entre universidades, institutos de pesquisa e empresas, realizadas a partir de informações disponíveis no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. A pesquisa foi realizada a partir de informações de 142 grupos de pesquisa de Minas Gerais, cadastrados no Diretório do CNPq, obtidas por meio de um questionário on-line.

Text of Pesquisa sobre Intera§£o Universidade Empresa - Minas Gerais

  • 1. ESTUDO SOBRE A INTERAO ENTRE UNIVERSIDADES, INSTITUTOS DE PESQUISA E EMPRESAS EM MINAS GERAIS

2. Introduo

    • Este Estudo refere-se aos resultados parciais do projeto Oportunidades ao Desenvolvimento Scio-Econmico e Desafios da Cincia, da Tecnologia e da Inovao em Minas Gerais, realizado pela Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior SECTES, em parceira com o Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional CEDEPLAR, financiado pela Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG.
    • Os resultados apresentados neste estudo fazem parte da pesquisa sobre a interao entre universidades, institutos de pesquisa e empresas, realizadas a partir de informaes disponveis no Diretrio dos Grupos de Pesquisa do CNPq.
    • A pesquisa foi realizada a partir de informaes de 142 grupos de pesquisa de Minas Gerais, cadastrados no Diretrio do CNPq, obtidas por meio de um questionrioon-line .
    • De acordo com o Censo de 2004 do CNPq, 204 grupos de pesquisa, ou seja, 13% do total de Minas Gerais declaram relacionamento com o setor produtivo, sendo que os maiores nmeros de grupos com relacionamento so das reas de Cincias Agrrias e Engenharias. Na pesquisa foram obtidas respostas de 142 grupos de pesquisas.

3. Objetivo Apoiar no aprimoramento do sistema de interao entre universidades, institutos de pesquisa e empresas e apoiar no desenvolvimento de reas estratgicas portadoras de futuro, contribuindo para estimular a inovao, os empreendimentos de base tecnolgica e as atividades de cincia, tecnologia e inovao. 4. Metodologia O ponto de partida para a aplicao do questionrio foi a identificao dos grupos de pesquisafiliadosainstituiesmineirasquedeclararam algum relacionamentocom osetor produtivo de acordo com o Censo 2004 do Diretrio dos Grupos de Pesquisa do CNPq. De acordocomesteCenso,204gruposdepesquisa(ouseja,13%dototal)deMinasGerais declaram relacionamento com o setor produtivo. Osquestionriosforamenviadosparaos204lderesdosgruposdepesquisa.A pesquisa foi realizada entre 02 de abril e 06 de outubro de 2008. Foram obtidas respostas de 142 grupos de pesquisas distribudos nas reas do conhecimento. 5. Tabela 1 - Grupos de pesquisa que responderam o questionrio, por grande rea e rea do conhecimento, Minas Gerais, 2008. O maior nmero de grupos que responderam foram os de engenhariasFonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 142 Total 1 Lingstica, Letras e Artes 49 Engenharias 4 Cincias Sociais Aplicadas 6 Cincias Humanas 9 Cincias Exatas e da Terra 10 Cincias da Sade 15 Cincias Biolgicas 48 Cincias Agrrias Grupos Grande rea do Conhecimento 6. Tabela 2- Lista das instituies dos grupos de pesquisa que responderam pesquisa de campo, Minas Gerais, 2008. 142 Total 1 Sete Lagoas Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria (EMBRAPA)2 Juiz de Fora Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria (EMBRAPA)3 Setor Governamental Pblico Federal 3 Belo Horizonte Fundao Centro Tecnolgico de Minas Gerais (CETEC)1 Viosa Empresa de Pesquisa Agropecuria de Minas Gerais (EPAMIG)2 Uberaba Empresa de Pesquisa Agropecuria de Minas Gerais (EPAMIG)6 Setor Governamental Pblico Estadual 1 Belo Horizonte Empresa de Informtica e Informao do Municpio de Belo Horizonte(PRODABEL)1 Setor Empresarial Pblico Municipal 1 Montes Claros Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)32 Viosa Universidade Federal de Viosa (UFV)12 Uberlndia Universidade Federal de Uberlndia (UFU) 1 Uberaba Universidade Federal do Triangulo Mineiro (UFTM)3 So Joo del Rei Universidade Federal de So Joo Del Rei (UFSJ)3 Ouro Preto Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)12 Lavras Universidade Federal de Lavras (UFLA)8 Juiz de Fora Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)2 Itajub Universidade Federal de Itajub (UNIFEI)1 Diamantina Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)38 Belo Horizonte Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)3 Belo Horizonte Comisso Nacional de Energia Nuclear (CNEN) 1 Belo Horizonte Centro Federal de Educao Tecnolgica de Minas Gerais (CEFET/MG) 117 IES Pblico Federal 2 Uberaba Universidade de Uberaba (UNIUBE) 1 Pedro Leopoldo Faculdades Integradas de Pedro Leopoldo (FPL) 1 Governador Valadares Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE) 8 Belo Horizonte Pontifcia Universidade Catlica de Minas Gerais (PUC Minas) 1 Belo Horizonte Fundao Mineira de Educao e Cultura (FUMEC) 2 Alfenas Universidade Jos do Rosrio Vellano (UNIFENAS) 15 IES Privado Nmero de Grupos Cidade Categoria/ Instituio 7. Grfico 1 - Tipos de relacionamentos do grupo de pesquisa em colaborao com empresas classificados de acordo com o grau de importncia para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008 Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 8. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Grfico 2- Principais resultados do relacionamento com empresas, classificados de acordo com o grau de importncia para as atividades de pesquisa do grupo. 9. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Nota: Dos 142 grupos que responderam, 56 (39,4%) no apontaram o benefcio mais importante Grfico 3- Benefcios do relacionamento com empresas de acordo com o grau de importncia para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008. 10. Grfico 4- Dificuldades do relacionamento com empresas de acordo com o grau de importncia para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 11. Grfico 5- Canais de informao para a transferncia de conhecimento do grupo para as empresas de acordo com o grau de importncia para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 12. Grfico 6 - Iniciativa do relacionamento entre o grupo e a empresa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 13. Grfico 7 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 14. Grfico 8 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 15. Grfico 9- Percentual de tempo dedicado s funes da universidade/ IPs, Minas Gerais, 2008 . Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 16. Grfico 10- Local onde os lderes dos grupos de pesquisa trabalharam antes de realizar projetos em colaborao com empresas, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaborao CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 17. Concluses 1- Ainteraouniversidade-empresaemMinasGeraisfortementedirecionadapelos mecanismos do que se denomina de cincia aberta. Neste contexto, ambientes institucionais que propiciam os contatos pessoais e as interaes informais so recomendados no fomento a estas interaes. A promoo de congressos e de seminrios que renam os diversos atores (universidades,institutosde pesquisa,empresas)tambm recomendadacomo instrumento capaz de catalizar relacionamentos colaborativos; 2- Osmecanismosinstitucionaisdetransfernciadetecnologiarecentementecriadosnas universidades aparentam ser relevantes e atuantes em algumas universidades. Fortalecer estes escritrios fundamental, como poltica de incentivotransfernciadeconhecimentoede tecnologia gerada nas universidades/ IPs; 18. Concluses 3- Asincubadorastambmvmdesempenhandopapelimportante,principalmenteem localidades menores, onde a base industrial no dinmica. Fortalecer e ampliar os recursos destinados s incubadoras e s empresas incubadas necessrio e importante principalmente nestas localidades; 4- Destaca-seaimportnciadofinanciamentopblicoaosrelacionamentoscolaborativos universidade-empresaemMinasGerais.Asiniciativasdofomentoestadualatravsda Fapemig devem ser mantidas e ampliadas com parcerias junto Finep. 19. Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Cincia, Tecnologia e Ensino Superior Projeto Oportunidades ao Desenvolvimento Scio-Econmico e Desafios da Cincia, da Tecnologia e da Inovao em Minas Gerais.Coordenao Geral do Projeto Superintendncia de Prospeco Tecnolgica e Monitoramento Estratgico- SPTME Silvio Dias Pereira Neto Parceiro Grupo de Economia da Cincia e da Tecnologia do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional - CEDEPLAR/UFMG Eduardo da Motta e AlbuquerqueElaborao Mrcia Siqueira RapiniCatari Vilela Chaves Leonardo Costa Ribeiro Fbio Chaves do Couto e Silva NetoIsabel de Azeredo Moura Juliana Rodrigues VieiraPietro Calixto Antunes Priscila Gomes de Castro Soraia Schultz Martins Carvalho Thiago Lus Rodarte Vanessa Criscuolo Parreiras de OliveiraAndr Henrique de Brito Veloso Joana David Avritzer Luiza Teixeira de Melo Franco Ariane Rocha Vieira Arquimedes dos Santos Quinto Daniel Ferreira Gonalves Juslei Alves de Souza Laura Alice Souza da Silva Marcelo Tosta Gonalves Ricardo de Oliveira Silvio Dias Pereira NetoThais Fernanda Valria Carolina Guedes Equipe Tcnica - CEDEPLAR Equipe Tcnica - SPTME/SECTES 20.