Trabalho nino will

  • Published on
    28-Oct-2014

  • View
    605

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

<ul><li> 1. </li></ul> <p> 2. Somos todos iguais filhos de Deus, no devemos tolerar preconceitos. 3. ODia da Conscincia Negra celebrado em 20 de Novembro no Brasil e dedicado reflexo sobre a insero do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual est esse dia recebe o nome de Semana da Conscincia Negra. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. Apesar das vrias dvidas levantadas quanto ao carter de Zumbi nos ltimos anos (comprovou-se, por exemplo, que ele mantinha escravos particulares) o Dia da Conscincia Negra procura ser uma data para se lembrar a resistncia do negro escravido de forma geral, desde o primeiro transporte forado de africanos para o solo brasileiro (1594). 4. Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior do gnero no pas) organizam palestras e eventos educativos, visando principalmente crianas negras. Procura-se evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, ou seja, da inferiorizao perante a sociedade. Outros temas debatidos pela comunidade negra e que ganham evidncia neste dia so: insero do negro no mercado de trabalho, cotas universitrias, se h discriminao por parte da polcia, identificao de etnias, moda e beleza negra, etc. O dia celebrado desde a dcada de 1960, embora s tenha ampliado seus eventos nos ltimos anos; at ento, o movimento negro precisava se contentar com o dia 13 de Maio, Abolio da Escravatura comemorao que tem sido rejeitada por enfatizar muitas vezes a "generosidade" da princesa Isabel. 5. Nelson Rolihlahla Mandela de etnia Xhosa, Mandela nasceu no pequeno vilarejo de Qunu, distrito de Umtata, na regio do Transkei. Aos sete anos, Mandela tornou-se o primeiro membro da famlia a frequentar a escola, onde lhe foi dado o nome ingls "Nelson". Seu pai morreu logo depois, e Nelson seguiu para uma escola prxima ao palcio do Regente. Seguindo as tradies Xhosa, ele foi iniciado na sociedade aos 16 anos, seguindo para o Instituto Clarkebury, onde estudou cultura ocident al. 6. Foi um lder rebelde e, posteriormente, presidente da frica do Sul de 1994 a 1999. Principal representante do movimento anti-apartheid, considerado pelo povo um guerreiro em luta pela liberdade, era tido pelo governo sul-africano como um terrorista e passou quase trs dcadas na cadeia. 7. E m 1934, Mandela mudou-se para Fort Beaufort, cidade com escolas que recebiam a maior parte da realeza Thembu, e ali tomou interesse no boxe e nas corridas. Aps se matricular, ele comeou o curso para se tornar bacharel em direito na Universidade de Fort Hare, onde conheceu Oliver Tambo e iniciou uma longa amizade. Comprometido de incio apenas com atos no-violentos, Mandela e seus colegas aceitaram recorrer s armas aps o massacre de Sharpeville, em maro de 1960, quando a polcia sul-africana atirou em manifestantes negros, matando 69 pessoas e ferindo 180. 8. No decorrer dos 27 anos que ficou preso, Mandela se tornou de tal modo associado oposio ao apartheid que o clamor "Libertem Nelson Mandela" se tornou o lema das campanhas anti-apartheid em vrios pases. Durante os anos 1970, ele recusou uma reviso da pena e, em 1985, no aceitou a liberdade condicional em troca de no incentivar a luta armada. Mandela continuou na priso at fevereiro de 1990, quando a campanha do CNA e a presso internacional conseguiram que ele fosse libertado em 11 de fevereiro, aos 72 anos, por ordem do presidente Frederik Willem de Klerk. Como presidente do CNA (de julho de 1991 a dezembro de 1997) e primeiro presidente negro da frica do Sul (de maio de 1994 a junho de 1999). </p>