Click here to load reader

 · Web viewII. Condições Gerais do Contrato - Anexo 1Preço Global Solicitação Padrão de Propostas Seção 3 - Proposta técnica - Formulários padrão Seção 4 – Proposta

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of  · Web viewII. Condições Gerais do Contrato - Anexo 1Preço Global Solicitação Padrão de...

IV. ApndicesPreo Global

DOCUMENTOS PADRO PARA AQUISIES

Solicitao Padro de Propostas

Seleo de Consultores

Banco Mundial

Outubro de 2011

Este documento est sujeito a direitos autorais.

Este documento s pode ser reproduzido para fins no comerciais. No se permite nenhum uso comercial, inclusive revenda sem limitao, cobrana de acesso, redistribuio ou para trabalhos derivados tais como tradues no oficiais baseadas nesses documentos.

Prefcio

1. Esta Solicitao Padro de Propostas (SPDP) foi preparada pelo Banco Mundial [footnoteRef:1] (doravante o Banco) e baseia-se no Documento Mestre para Seleo de Consultores (doravante o Documento Mestre). O Documento Mestre foi preparado pelos Bancos Multilaterais de Desenvolvimento (MDBs) participantes e reflete o que se consideram melhores prticas. [1: Neste SDP, as referncias a Banco Mundial ou Banco incluem tanto o Banco Internacional de Reconstruo e Desenvolvimento (BIRD), quanto a Associao Internacional de Desenvolvimento (AID). ]

2. Esta SPDP segue a estrutura e as disposies do Documento Mestre, exceto onde consideraes especficas nas respectivas instituies exigiram mudana.

3. O texto que aparece em itlico refere-se a Notas ao Cliente. Oferece orientao entidade na preparao de uma Solicitao de Propostas (SDP). As Notas ao Cliente devem ser eliminadas da SDP final emitida aos Consultores da lista curta.

4. Esta SPDP pode ser usada com diferentes mtodos de seleo descritos nas -Diretrizes para Seleo e Contratao de Consultores por Emprstimos do BIRD e Crditos e Doaes da AID pelos Muturios do Banco Mundial, datada de janeiro de 2011 (doravante Diretrizes para Consultores), incluindo Seleo Baseada na Qualidade e no Custo (SBQC), Seleo Baseada na Qualidade (SBQ), Seleo com Oramento Fixo (SOF) e Seleo pelo Menor Custo (SMC). Entretanto, ao determinar o uso desta SPDP agncia executora, cumpre dispensar primeiramente considerao complexidade e ao valor do servio.

5. O uso desta SPDP no necessrio nos processos de seleo conduzidos por meio de prticas comerciais, com o uso de sistemas nacionais, para a seleo de consultores individuais e, no caso de celebrao de acordo com um rgo das Naes Unidas, em um formato aprovado pelo Banco. No caso de Seleo Baseada nas Qualificaes do Consultor (SQC) ou servios sob qualquer outro mtodo de seleo inferiores a US$ 300.000, elementos relevantes equivalentes desta SPDP podero ser usados e simplificados para fins de um determinado servio. Esta SPDP destina-se a uso exclusivo dos Muturios e no dever ser usada para seleo de consultores sob contrato assinado entre os consultores e o Banco.

6. Antes de preparar uma Solicitao de Propostas (SDP) para um servio especfico, o usurio dever estar familiarizado com as Diretrizes para Consultores e dever ter escolhido um mtodo e o tipo de contrato apropriados. A SPDP inclui dois tipos padro de contratos: um para servios com base no tempo e o outro para servios por preo global. Os prefcios destes dois contratos indicam as circunstncias em que o seu uso o mais apropriado.

Solicitao Padro de Proposta

ii | Pgina

DESCRIO RESUMIDA

SOLICITAO PADRO DE PROPOSTAS

PARTE I PROCEDIMENTOS E REQUISITOS DE SELEO

Seo 1: Carta-Convite (CC)

Esta Seo um modelo de uma carta do Cliente dirigida a uma firma de consultoria da lista curta, convidando-a a enviar proposta para um servio de consultoria. A CC inclui uma lista de todas as firmas selecionadas s quais foram enviadas cartas convite semelhantes, bem como uma referncia ao mtodo de seleo e diretrizes ou polticas aplicveis da instituio financeira que regem o processo de seleo e outorga.

Seo 2: Instrues aos Consultores e Folha de Dados

Esta Seo consiste em duas partes: Instrues aos Consultores e Folha de Dados. As Instrues aos Consultores contm disposies a serem usadas sem modificaes. A Folha de Dados contm informao especfica a cada seleo e corresponde s clusulas das Instrues aos Consultores que requerem informaes especficas relacionadas com a seleo a serem acrescentadas. Esta Seo proporciona informao para ajudar os consultores da lista curta a preparem as respectivas propostas. Fornece-se tambm informao sobre a apresentao, abertura e avaliao de propostas, negociao e outorga de contratos. A informao constante na Folha de Dados indica se dever ser usada uma Proposta Tcnica Completa (PTC) ou uma Proposta Tcnica Simplificada (PTS).

Seo 3: Proposta Tcnica Formulrios Padro

Esta Seo inclui os formulrios para a PTC e PTS a serem preenchidos pelos consultores da lista curta e apresentados em conformidade com os requisitos da Seo 2.

Seo 4: Proposta Financeira Formulrios Padro

Esta Seo inclui os formulrios financeiros a serem preenchidos pelos consultores da lista curta, incluindo o custo da proposta tcnica do consultor que dever ser apresentado em conformidade com os requisitos da Seo 2.

Seo 5: Pases Elegveis

Esta Seo contm informao sobre pases elegveis

Seo 6: Poltica do Banco Mundial Prticas Corruptas e Fraudulentas

Esta Seo oferece aos consultores da lista curta a referncia poltica do Banco Mundial no tocante a prticas corruptas e fraudulentas aplicveis ao processo de seleo. Esta Seo est tambm incorporada nas minutas padro do contrato (Seo 8) como Anexo 1.

Seo 7: Termos de Referncia (TDR)

Esta Seo descreve a abrangncia dos servios, objetivos, metas, tarefas especficas requeridas para implementar o servio e informao relevante sobre antecedentes; fornece detalhes sobre as qualificaes requeridas dos Especialistas Principais; e lista os produtos previstos. Esta Seo no dever ser usada para substituir disposies constantes da Seo 2.

PARTE II CONDIES DO CONTRATO E MINUTAS DO CONTRATO

Seo 8: Minutas padro do contrato

Esta Seo inclui dois tipos de minuta padro do contrato para servios grandes ou complexos: Contrato com Base no Tempo e Contrato por Preo Global. Cada tipo inclui Condies Gerais do Contrato (CG) que no devero ser modificadas e Condies Especiais do Contrato (CE). A CE inclui clusulas especficas de cada contrato para complementar as Condies Gerais.

Cada minuta padro do contrato incorpora a Poltica do Banco Mundial Prticas Corruptas e Fraudulentas (Seo 6 da Parte I) em um formulrio do Anexo 1.

Solicitao Padro de Propostas

Solicitao Padro de Propostas

Solicitao Padro de Propostas

v | Pgina

SELEO DE CONSULTORES

SOLICITAO DE PROPOSTAS

SDP N: [inserir o nmero de referncia conforme o plano de aquisio]

Seleo de Servios de Consultoria para: [inserir ttulo do servio]

Cliente: [inserir agncia implementadora]

Pas: . [inserir nome do pas]

Projeto: [inserir nome do projeto]

Emitido em: [data de envio s firmas selecionadas]

Solicitao Padro de Propostas

Solicitao Padro de Propostas

Prefcio

Esta Solicitao de Propostas (SDP) foi preparada pelo Cliente e baseia-se na Solicitao Padro de Propostas (SPDP) emitida pelo Banco Mundial[footnoteRef:2] (doravante o "Banco") de setembro de 2011. [2: Neste manual, o termo Banco Mundial ou "Banco" refere-se coletivamente ao Banco Internacional de Reconstruo e Desenvolvimento (BIRD) e Associao Internacional de Desenvolvimento (AID).]

A SPDP reflete a estrutura e as disposies do Documento Mestre para Seleo de Consultores (doravante o Documento Mestre) preparado pelos Bancos Multilaterais de Desenvolvimento (BMDs), exceto onde consideraes especficas nas instituies respectivas tenham requerido uma mudana.

[Notas ao Cliente: No caso de servios relacionados com a Tecnologia da Informao e Comunicao (TIC), insta-se os usurios a se familiarizarem com a SPDP e com os Documentos Padro de Licitao da Tecnologia da Informao (TI) do Banco Mundial, incluindo orientao correlata do Banco Mundial (www.worldbank.org/procure), para determinar que tipo de documento de aquisio mais apropriado, dependendo dos elementos especficos de cada caso.]

Solicitao Padro de Propostas

Solicitao Padro de Propostas

Solicitao Padro de Propostas

67 | Pgina

iii | Pgina

TABELA DE CLUSULAS

PARTE I:1

Seo 1. Carta-Convite1

Seo 2. Instrues aos Consultores e Folha de Dados3

A. Disposies Gerais3

1.Definies3

2.Introduo5

3.Conflito de Interesse5

4.Vantagem competitiva desleal7

5.Prticas corruptas e fraudulentas7

6.Elegibilidade7

B. Preparao das Propostas9

7.Consideraes gerais9

8.Custo da preparao da proposta9

9.Idioma10

10.Documentos que constituem a Proposta10

11.Somente uma Proposta10

12.Validade da proposta10

13.Esclarecimento e emenda da SDP11

14.Preparao das Propostas - consideraes especficas12

15.Formato e contedo da Proposta Tcnica13

16.Proposta Financeira13

C. Apresentao, abertura e avaliao14

17.Apresentao, lacre e identificao das Propostas14

18.Confidencialidade16

19.Abertura das Propostas Tcnicas16

20.Avaliao das Propostas17

21.Avaliao das Propostas Tcnicas17

22.Propostas Financeiras para SBQ17

23.Abertura pblica das Propostas Financeiras (para os mtodos SBQC, SOF e SMC)18

24.Correo de erros18

25.Impostos19

26.Converso para moeda nica19

27.Avaliao combinada de Qualidade e Custo19

D. Negociaes e outorga21

28.Negociaes21

29.Concluso das negociaes22

30.Outorga de Contrato22

E. Folha de Dados24

Seo 3. Proposta Tcnica Formulrios-Padro35

Lista de verificao dos formulrios obrigatrios35

Formulrio TEC-1 Formulrio de apresentao da Proposta Tcnica36

Formulrio TEC-2 Organizao e experincia do Consultor39

Formulrio TEC-3 Comentrios e sugestes sobre os Termos de Referncia, pessoal de contrapartida e instalaes a serem fornecidas pelo Cliente.41

Formulrio TEC-4 (PTC) Descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho em resposta aos Termos de Referncia 42

Formulrio TEC-4 (PTS) Descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho para a execuo do servio 43

Formulrio TEC-5 Cronograma do trabalho e planejamento para os produtos 44

Formulrio TEC-6 Composio da Equipe, Servios e Insumos dos Especialistas Principais.45

Seo 4 Proposta Financeira Formulrios-Padro49

Seo 5 Pases Elegveis59

Seo 6 Poltica do Banco Mundial Prticas Corruptas e Fraudulentas61

Seo 7 Termos de Referncia65

PARTE II67

Seo 8 Condies do Contrato e Minutas do Contrato67

1. Minuta de Contrato com Base no Tempo

2. Minuta de Contrato por Preo Global

v | Pgina

PARTE I:Seo 1. Carta-Convite

SDP No. ..; Emprstimo/Crdito/Doao N. ..

[inserir: Local e data]

[inserir: Nome e endereo do consultor. No caso de um consrcio devero ser usados o nome completo do consrcio e o nome de cada membro conforme figura na Expresso de Interesse apresentada.]

(Prezado(a) Sr. / Sra. / Srta...................:

1. [Somente para servios financiados por emprstimo/crdito:] O(A) [inserir: Nome do Muturio] (doravante chamado o Muturio) [recebeu] [solicitou] financiamento do [selecionar: Banco Internacional de Reconstruo e Desenvolvimento (BIRD) ou Associao Internacional de Desenvolvimento (AID)] (doravante o Banco) sob a forma de um [emprstimo ou crdito] (doravante chamado [selecionar emprstimo ou crdito] para o custo do [inserir: nome do projeto: O(A) [Nome da Entidade de Implementao/Agncia Implementadora], rgo de implementao do Cliente, visa aplicar uma parte dos recursos deste [emprstimo/crdito] a pagamentos elegveis no mbito do contrato para o qual foi emitida esta Solicitao de Proposta. [Somente para servios financiados por Doaes: substituir o texto acima pelo seguinte: Foram alocados ao() [Nome do Cliente/Beneficirio] (ao() [Cliente/ Beneficirio]) fundos da Doao (doravante a Doao) do [nome do fundo do doador,] administrados por [selecionar: Banco Internacional de Reconstruo e Desenvolvimento (BIRD) ou Associao Internacional de Desenvolvimento (AID)] (doravante o Banco) e assinada por [nome da agncia implementadora] (doravante o Cliente). O [Cliente/ Beneficirio] visa aplicar os fundos a pagamentos elegveis no mbito do contrato para o qual foi emitida esta Solicitao de Proposta.] Os pagamentos feitos pelo Banco sero feitos somente a pedido de [Nome do Muturio ou Cliente ou Beneficirio] e aps a aprovao do Banco, e estaro sujeitos, em todos os aspectos, aos termos e condies do acordo de [escolha uma opo: emprstimo/financiamento/Doao[footnoteRef:3]]. O acordo de [emprstimo/financiamento/Doao] probe saques da conta do [emprstimo/financiamento/Doao] para fins de qualquer pagamento a pessoas ou entidades, ou para importao de bens, caso tal pagamento ou importao, conforme o conhecimento do Banco, seja proibido por uma deciso do Conselho de Segurana das Naes Unidas tomada de acordo com o Captulo VII da Carta das Naes Unidas. Nenhuma parte salvo o [Muturio/Cliente/Beneficirio] ter quaisquer direitos do acordo de [emprstimo/financiamento/Doao] ou reivindicaes em relao aos fundos do [emprstimo/financiamento/Doao]. [3: [O termo acordo de emprstimo usado para emprstimos do BIRD; acordo de financiamento usado para crdito da AID; e acordo de Doao usado para os Fundos Fiducirios Celebrados pelos Beneficirios e administrados pelo BIRD ou pela AID]]

2. O Cliente solicita propostas para fornecer os seguintes servios de consultoria (doravante chamados de Servios): [inserir: nome do servio de consultoria]. Mais detalhes sobre os Servios so fornecidos nos Termos de Referncia (Seo 7).

3. Esta Solicitao de Propostas (SDP) foi enviada seguinte lista curta de Consultores:

[Inserir a lista curta de Consultores. Se um Consultor for um consrcio dever ser usado o nome completo do consrcio, assim como apresentado na Expresso de Interesse. Alm disso, devem ser listados todos os membros, comeando com o nome do membro principal. Caso tenham sido propostos subconsultores, os respectivos nomes devero ser listados.]

4. No possvel transferir este convite para nenhuma outra firma.

5. A firma ser selecionada conforme os procedimentos de [inserir: Mtodo de Seleo] e em um formato de [inserir o formato da proposta: Proposta Tcnica Completa (PTC) ou Proposta Tcnica Simplificada (PTS)] conforme descrito nesta SDP, de acordo com as polticas do Banco descritas nas Diretrizes para Consultores que podem ser encontradas no seguinte website: www.worldbank.org/procure.

6. A Solicitao de Propostas inclui os seguintes documentos:

Seo 1 Carta-Convite

Seo 2 - Instrues aos Consultores e Folha de Dados

Seo 3 - Proposta Tcnica ([selecionar: PTC ou PTS]) - Formulrios Padro

Seo 4 - Proposta Financeira - Formulrios Padro

Seo 5 Pases Elegveis

Seo 6 Poltica do Banco Mundial Prticas Corruptas e Fraudulentas

Seo 7 - Termos de Referncia

Seo 8 - Minutas Padro do Contrato ([selecionar: Com Base no Tempo ou Preo Global])

7. Favor informar at [inserir a data], por escrito para [inserir o endereo], por fax [inserir o nmero do fax] ou por E-mail [inserir o endereo de e-mail]:

(a)que recebeu a Carta-Convite; e

(b)se pretende enviar uma proposta em forma individual ou pretende ampliar sua experincia solicitando permisso para se associar com outras empresas (se for permitido de acordo com a Seo 2, Instrues aos Consultores (IAC), Folha de Dados 14.1.1).

8. Os detalhes sobre a data e hora de envio e endereo so fornecidos nas Clusulas 17.7 e 17.9 da IAC.

Atenciosamente,

[Inserir: assinatura, nome e cargo do representante autorizado do Cliente]

Solicitao Padro de Propostas

Documento Mestre para Seleo de Consultores SPDP Harmonizada

Seo 2. Instrues aos Consultores e Folha de Dados

[Notas ao Cliente: esta Seo 2 - Instrues aos Consultores no dever ser modificada. Quaisquer mudanas necessrias, aceitas pelo Banco, para abordar questes especficas de um pas e projeto, para complementar, mas no substituir, as disposies das Instrues aos Consultores (IAC), devero ser apresentadas somente na Folha de Dados. As Notas ao Cliente devem ser eliminadas da SDP final emitida aos Consultores da lista curta. .

A. Disposies GeraisDefinies

(a) Afiliado significa um indivduo ou uma entidade que controle direta ou indiretamente, seja controlado ou atue sob controle comum com o Consultor.

(b) Diretrizes Aplicveis significam as polticas do Banco que regem a seleo e o processo de outorga do Contrato conforme definido nesta SDP.

(c) Legislao Aplicvel significa as leis e outros instrumentos que tenham fora de lei no pas do Cliente ou em outro pas, conforme especificado na Folha de Dados, que possam ter sido emitidos e estar em vigor periodicamente.

(d) "Banco" significa o Banco Internacional de Reconstruo e Desenvolvimento (BIRD) ou a Associao Internacional de Desenvolvimento (AID).

(e) Muturio significa o Governo, o rgo governamental ou outra entidade que assine o acordo de [emprstimo/financiamento/doao[footnoteRef:4]] com o Banco. [4: [O termo acordo de emprstimo usado para emprstimos do BIRD; acordo de financiamento usado para crditos da AID; e acordo de Doao usado para os Fundos Fiducirios Celebrados pelos Beneficirios e administrados pelo BIRD ou pela AID]]

(f) Cliente significa a agncia de implementao que assina o Contrato para os Servios com o Consultor selecionado.

(g) Consultor significa uma empresa de consultoria profissional legalmente estabelecida ou uma entidade que possa fornecer ou fornea os Servios ao Cliente de acordo com o Contrato.

(h) Contrato significa um acordo obrigatrio por escrito assinado entre o Cliente e o Consultor e inclui todos os documentos anexados listados na Clusula 1 (as Condies Gerais do Contrato - CG, as Condies Especiais do Contrato - CE, e os Apndices).

(i) Folha de Dados significa uma parte integrante da Seo 2 das Instrues aos Consultores (IAC) que usada para refletir condies especficas do pas e do servio para complementar, mas no substituir, as disposies da IAC.

(j) Dia significa um dia calendrio.

(k) Especialistas significam, coletivamente, Especialistas Principais, Especialistas de Apoio e qualquer outro funcionrio do Consultor, Subconsultor ou membro do Consrcio.

(l) Governo significa o governo do pas do Cliente.

(m) Consrcio significa um Consrcio de mais de um Consultor, com ou sem uma personalidade jurdica distinta dos seus membros, na qual um membro tem a autoridade de conduzir todos os negcios em nome de todos e quaisquer membros do Consrcio, e cujos membros so conjunta e individualmente responsveis perante o Cliente pelo desempenho do Contrato.

(n) Especialista Principal significa um profissional cujas capacidades, qualificaes, conhecimentos e experincia so essenciais para o desempenho dos Servios previstos no Contrato e cujo CV considerado na avaliao tcnica da proposta do Consultor.

(o) IAC (esta Seo 2 da SDP) significa as Instrues aos Consultores que fornecem aos Consultores da lista curta todas as informaes necessrias para a preparao das Propostas.

(p) CC (esta Seo 1 da SDP) significa a Carta-Convite enviada pelo Cliente para os Consultores da Lista Curta.

(q) Especialista de Apoio significa um profissional utilizado pelo Consultor ou Subconsultor para executar os Servios ou parte deles segundo o Contrato e cujo CV no avaliado individualmente.

(r) Proposta significa a Proposta Tcnica e a Proposta Financeira do Consultor.

(s) SDP significa a Solicitao de Propostas a ser preparada pelo Cliente para a seleo de Consultores, com base na SPDP.

(t) SPDP significa a Solicitao Padro de Propostas, que deve ser usada pelo Cliente como base para a preparao da SDP.

(u) Servios significam o trabalho a ser executado pelo Consultor de acordo com o Contrato.

(v) Subconsultor significa uma entidade qual o Consultor pretende subcontratar uma parte dos Servios, embora continue responsvel perante o Cliente durante a execuo do Contrato.

(w) TDR (esta Seo 7 da SDP) significa os Termos de Referncia que explicam os objetivos, o escopo do trabalho, as atividades e tarefas a serem executadas, as responsabilidades do Cliente e do Consultor, e os resultados e produtos esperados do servio.

Introduo

1.1 O Cliente indicado na Folha de Dados dever selecionar um Consultor entre os listados na Carta-Convite, de acordo com o mtodo de seleo especificado na Folha de Dados.

1.2 Os Consultores selecionados so convidados a enviar uma Proposta Tcnica e uma Proposta Financeira, ou somente uma Proposta Tcnica, conforme especificado na Folha de Dados, para os servios de consultoria requeridos para o servio designado na Folha de Dados. A Proposta ser a base para a negociao e a assinatura final do Contrato com o Consultor selecionado.

1.3 Os Consultores devem familiarizar-se com as condies locais e consider-las na preparao das Propostas, incluindo a participao em uma reunio previa apresentao da proposta, se for especificado na Folha de Dados. A participao nessa reunio previa opcional e as despesas ficaro por conta do Consultor.

1.4 O Cliente fornecer oportunamente, sem custos para os Consultores, as informaes, os dados relevantes do projeto e os relatrios necessrios para a preparao da Proposta do Consultor conforme especificado na Folha de Dados.

Conflito de Interesse

1.5 O Consultor dever fornecer assessoria profissional, objetiva e imparcial, sempre priorizando os interesses do Cliente, evitando rigorosamente conflitos com outros servios ou com seus prprios interesses corporativos, e sem considerar a possibilidade de futuros trabalhos.

1.6 O Consultor tem obrigao de divulgar ao Cliente qualquer situao de conflito real ou potencial que possa impactar sua capacidade de melhor atender aos interesses do Cliente. A no divulgao dessas situaes pode levar desqualificao do Consultor ou resciso do seu Contrato e/ou a sanes por parte do Banco.

1.6.1 Sem limitao quanto ao carter geral do exposto, e a menos que seja determinado de outra forma na Folha de Dados, o Consultor no dever ser contratado nas circunstncias definidas a seguir:

a. Conflitos de atividades

(i) Conflitos entre as atividades de consultoria e a aquisio de bens, obras ou servios de no consultoria: uma firma que tenha sido contratada pelo Cliente para fornecer bens, obras ou servios de no consultoria para um projeto, ou qualquer de suas Afiliadas, dever ser desqualificada para a prestao de servios de consultoria resultantes ou diretamente relacionados com esses bens, obras ou servios de no consultoria. Por outro lado, uma empresa contratada para oferecer assessoramento elaborao ou implementao de um projeto, ou qualquer de suas Afiliadas, ser desqualificada para o fornecimento subsequente de bens, obras ou servios de no consultoria resultantes ou diretamente relacionados com os servios de consultoria relativos a essa preparao ou implementao

b. Conflitos de servios

(ii)Conflitos entre servios de consultoria: um Consultor (incluindo seus Especialistas e Subconsultores) ou qualquer das suas Afiliadas no dever ser contratado para servios que, por sua natureza, possam estar em conflito com outro servio do Consultor para o mesmo ou outro Cliente.

c. Conflitos de relaes

(iii)Relaes com a equipe do Cliente: um Consultor (incluindo seus Especialistas e Subconsultores) que tenha um relacionamento estreito de negcios ou familiar com um profissional da equipe do Muturio (ou do Cliente, da agncia de implementao ou um beneficirio de uma parte do financiamento do Banco) que esteja direta ou indiretamente envolvido em qualquer parte (i) da preparao dos Termos de Referncia do servio, (ii) do processo de seleo para o Contrato ou (iii) da superviso do Contrato, no poder receber a outorga de um Contrato, a menos que o conflito originado por esse relacionamento tenha sido resolvido de forma aceitvel para o Banco durante o processo de seleo e execuo do Contrato.

Vantagem competitiva desleal

1.7 A equidade e a transparncia no processo de seleo exigem que os Consultores ou seus Afiliados que competem por um servio especfico no se beneficiem de vantagem competitiva por terem prestado servios de consultoria relacionados ao servio em questo. Para tanto, o Cliente indicar na Folha de Dados e disponibilizar para todos os Consultores selecionados, juntamente com esta Solicitao de Propostas, todas as informaes que dariam a esse Consultor alguma vantagem competitiva desleal sobre os Consultores concorrentes.

Prticas corruptas e fraudulentas

5.1 O Banco Mundial exige conformidade com sua poltica relativa a prticas corruptas e fraudulentas estabelecidas na Seo 6.

5.2 De acordo com essa poltica, o Consultor permitir e far com que seus agentes, especialistas, subconsultores, subempreiteiros, prestadores de servio ou fornecedores permitam que o Banco Mundial inspecione todas as contas, registros e outros documentos relacionados apresentao da Proposta e desempenho do contrato (no caso de uma outorga) e que esses documentos sejam auditados por auditores indicados pelo Banco Mundial.

Elegibilidade

1.8 O Banco Mundial permite que os consultores (individuais e firmas de consultoria, inclusive Consrcios e seus membros individualmente) de todos os pases ofeream servios de consultoria para os projetos financiados pelo Banco Mundial.

1.9 Alm disso, responsabilidade do Consultor garantir que seus Especialistas, membros de Consrcios, subconsultores, agentes (declarados ou no), subempreiteiros, prestadores de servio, fornecedores e/ou seus empregados atendam aos requisitos de elegibilidade estabelecidos pelo Banco Mundial nas Diretrizes Aplicveis.

1.10 Exceo s Clusulas 6.1 e 6.2 acima:

a. Sanes

1.10.1 Uma firma ou uma pessoa autorizada pelo Banco Mundial em conformidade com a Clusula 5.1 acima, ou de acordo com as "Diretrizes de Combate Corrupo" ser inelegvel para receber a outorga de um contrato financiado pelo Banco Mundial ou para beneficiar-se de um contrato financiado pelo Banco Mundial, financeiramente ou de outro modo, durante o perodo que o Banco Mundial determinar. A lista de firmas e pessoas impedidas est disponvel no endereo eletrnico especificado na Folha de Dados.

b. Proibies

1.10.2 As firmas e pessoas de um determinado pas ou as mercadorias fabricadas em um pas podem ser inelegveis caso isso seja indicado na Seo 5 (Pases Elegveis) e:

(a)segundo a legislao e as normas oficiais, o pas do Muturio proba relaes comerciais com aquele pas, desde que o Banco Mundial entenda que tal excluso no impede a concorrncia efetiva para a prestao de servios necessrios; ou

(b)por um ato de conformidade com uma deciso do Conselho de Segurana das Naes Unidas adotada segundo o Captulo VII da Carta das Naes Unidas, o Pas do Muturio proba qualquer importao de mercadorias daquele pas ou quaisquer pagamentos quele pas, pessoa ou entidade daquele pas.

c. Restries para as empresas estatais

6.3.3 As empresas ou instituies estatais do pas do Muturio somente sero elegveis mediante comprovao de que (i) so jurdica e financeiramente autnomas, (ii) operam de acordo com a legislao comercial e (iii) que no so agncias dependentes do Cliente.

Para estabelecer a elegibilidade, a empresa ou instituio estatal deve fornecer todos os documentos relevantes (inclusive seu contrato social) que sejam suficientes para demonstrar que se trata de uma entidade jurdica separada do governo; no recebe no momento quaisquer subsdios substanciais ou apoio oramentrio; no obrigada a repassar seu supervit para o governo; pode adquirir direitos e responsabilidades, tomar fundos emprestados e pode ser responsvel pelo pagamento de dvidas e ser declarada em falncia; e que no est concorrendo a qualquer contrato a ser concedido por um departamento ou rgo do governo que, nos termos das leis ou regulamentos aplicveis, seja sua autoridade declarante ou de superviso ou que tenha capacidade de exercer influncia ou controle sobre ela.

d. Restries para servidores pblicos

6.3.4 Os funcionrios governamentais e os servidores pblicos do pas do Muturio no podem ser includos como Especialistas na Proposta do Consultor a menos que tal compromisso no entre em conflito com qualquer emprego ou quaisquer outras leis, normas ou polticas do pas do Muturio e essas pessoas

(i) estejam em gozo de licena sem vencimentos, tenham pedido demisso ou estejam aposentadas;

(ii) no estejam sendo contratadas pelo mesma instituio para a qual estavam trabalhando antes de entrarem de licena sem vencimentos, pedir demisso ou aposentar-se

(no caso de pedido de demisso ou aposentadoria, por um perodo de no mnimo 6 (seis) meses ou pelo perodo determinado por disposies legais que se apliquem aos servidores pblicos ou funcionrios do governo do pas do Muturio, o que for mais longo). Os especialistas que forem funcionrios de universidades do governo, instituies de ensino ou pesquisa no so elegveis, a menos que tenham sido funcionrios em tempo integral das suas instituies por um ano ou mais antes de serem includos na Proposta do Consultor; e

(iii) sua contratao no crie conflito de interesses.

B. Preparao das PropostasConsideraes gerais

7.1 Ao preparar a Proposta, o Consultor deve examinar detalhadamente a SDP. Desvios materiais no fornecimento das informaes requeridas na SDP podem acarretar a rejeio da Proposta.

Custo da preparao da proposta

8.1 O Consultor arcar com todos os custos associados com a preparao e apresentao da sua Proposta e o Cliente no ser responsvel por esses custos, independentemente da conduo ou do resultado do processo de seleo. O Cliente no obrigado a aceitar qualquer proposta e reserva-se o direito de cancelar o processo de seleo a qualquer momento antes da outorga do Contrato, sem incorrer em qualquer obrigao com o Consultor.

Idioma

9.1 A Proposta, bem como toda a correspondncia e documentos relativos Proposta trocada entre o Consultor e o Cliente, ser escrita no(s) idioma(s) especificado(s) na Folha de Dados.

Documentos que constituem a Proposta

10.1 A Proposta compreender os documentos e formulrios listados na Folha de Dados.

10.2 Se especificado na Folha de Dados, o Consultor incluir a declarao de compromisso do Consultor em cumprir, ao competir por um contrato e ao execut-lo, as leis do pas do Cliente de combate fraude e corrupo (inclusive suborno).

10.3 O Consultor fornecer informaes sobre comisses, gratificaes e honorrios, se aplicvel, pagos ou a serem pagos a agentes ou a qualquer outra parte com relao a esta Proposta e, se adjudicado, execuo do Contrato, conforme solicitado no formulrio de apresentao da Proposta Financeira (Seo 4).

Somente uma Proposta

11.1 O Consultor (inclusive os membros individuais de qualquer consrcio) apresentar somente uma Proposta, em seu prprio nome ou como membro de um consrcio em outra Proposta. Se um Consultor, inclusive um membro de qualquer consrcio, apresentar ou participar de mais de uma proposta, todas essas propostas sero desqualificadas e rejeitadas. Isso no impede, contudo, um Subconsultor, ou funcionrio do Consultor, de participar como Especialista Principal e Especialista de Apoio em mais de uma Proposta quando as circunstncias justificarem e se estiver contemplado na Folha de Dados.

Validade da proposta

12.1 A Folha de Dados indica o perodo durante o qual a Proposta do Consultor deve continuar vlida aps o trmino do prazo de apresentao da Proposta.

12.2 Durante esse perodo, o Consultor manter sua Proposta original sem qualquer alterao, incluindo a disponibilidade dos Especialistas Principais, as taxas propostas e o preo total.

12.3 Se ficar definido que algum Especialista Principal indicado na Proposta do Consultor no estava disponvel no momento da apresentao da Proposta ou que tenha sido includo na Proposta sem sua confirmao, tal Proposta ser desqualificada e rejeitada para avaliao posterior e poder estar sujeita a sanes em conformidade com a Clusula 5 destas Instrues aos Consultores (IAC).

a. Extenso do perodo de validade

12.4 O Cliente far seu melhor esforo para concluir as negociaes dentro do prazo de validade da proposta. Entretanto, se houver necessidade, o Cliente poder solicitar, por escrito, a todos os Consultores que apresentaram Propostas antes do prazo final para apresentao, para prorrogarem a validade das Propostas.

12.5 Se o Consultor concordar em prorrogar a validade da sua Proposta, isso ser feito sem qualquer alterao na Proposta original e com a confirmao da disponibilidade dos Especialistas Principais.

12.6 O Consultor tem o direito de recusar-se a prorrogar a validade da sua Proposta e, nesse caso, essa Proposta no mais ser avaliada.

b. Substituio dos Especialistas Principais no momento da prorrogao da validade

12.7 Se algum dos Especialistas Principais tornar-se indisponvel durante o perodo de validade prorrogado, o Consultor fornecer uma justificativa adequada por escrito, alm de prova satisfatria ao Cliente junto com a solicitao de substituio. Nesse caso, um Especialista Principal substituto ter qualificaes e experincia iguais ou melhores do que as do Especialista Principal proposto originalmente. A pontuao da avaliao tcnica, contudo, continuar a ser baseada na avaliao do CV do Especialista Principal original.

12.8 Se o Consultor no fornecer um Especialista Principal substituto com qualificaes iguais ou melhores, ou se os motivos fornecidos para a substituio ou justificativa forem inaceitveis para o Cliente, tal Proposta ser rejeitada com a prvia "no objeo" do Banco Mundial.

c. Subcontratao

12.9 O Consultor no subcontratar a totalidade dos Servios.

Esclarecimento e emenda da SDP

13.1 O Consultor poder solicitar o esclarecimento de alguma parte da SDP durante o perodo indicado na Folha de Dados, antes do prazo final para apresentao das Propostas. Qualquer pedido de esclarecimento deve ser enviado por escrito, ou por meio eletrnico padro, para o endereo do Cliente indicado na Folha de Dados. O Cliente responder por escrito, ou por meio eletrnico padro, e enviar cpias por escrito da resposta (inclusive uma explicao da solicitao, mas sem identificar a fonte) a todos os Consultores da lista curta. Se o Cliente considerar necessrio alterar a SDP em conseqncia de um esclarecimento, dever faz-lo aps o procedimento descrito abaixo:

13.1.1 A qualquer momento antes do prazo final para apresentao das propostas, o Cliente poder mudar a SDP emitindo uma alterao por escrito ou por meio eletrnico padro. A alterao ser enviada a todos os Consultores da lista curta e ser obrigatria para eles. Os Consultores da lista curta confirmaro por escrito o recebimento de todas as alteraes.

13.1.2. Se a alterao for substancial, o Cliente poder prorrogar o prazo para a apresentao das propostas para dar aos Consultores da lista curta um tempo razovel para eles levarem em conta uma alterao nas suas Propostas.

13.2 O Consultor poder apresentar uma Proposta modificada ou uma alterao em alguma parte dela a qualquer momento antes do prazo final para a apresentao da proposta. No sero aceitas quaisquer modificaes Proposta Tcnica ou Financeira aps o prazo estabelecido.

Preparao das Propostas - consideraes especficas

14.1 Durante a preparao da Proposta, o Consultor dever dar ateno especial ao seguinte:

14.1.1 Se um Consultor da lista curta considerar que pode melhorar sua qualificao tcnica para o servio associando-se a outros consultores na forma de consrcio ou como Subconsultores, poder faz-lo com (a) Consultor(es) que no estejam na lista curta ou (b) Consultores da lista curta se permitido na Folha de Dados. Em todos esses casos, um Consultor da lista curta deve obter a aprovao por escrito do Cliente antes do envio da Proposta. No caso de um consrcio com um ou mais Consultores fora da lista curta, o Consultor que pertencer a lista dever atuar como lder do consrcio. Se Consultores da lista curta associarem-se entre si, qualquer um deles pode ser o membro principal do consrcio.

14.1.2 O Cliente pode indicar na Folha de Dados a carga de trabalho dos Especialistas Principais (expressa em pessoa/ms) ou a estimativa do custo total do servio para o Cliente, mas no ambos. Essa estimativa indicativa e a Proposta ser baseada nas estimativas do prprio Consultor para o mesmo servio.

14.1.3 Se especificado na Folha de Dados, o Consultor incluir na sua Proposta pelo menos a mesma carga de trabalho (na mesma unidade indicada na Folha de Dados) dos Especialistas Principais. Caso contrrio, a Proposta Financeira ser ajustada para fins de comparao de propostas e de deciso pela outorga em conformidade com o procedimento descrito na Folha de Dados.

14.1.4 Para servios baseados no mtodo de seleo com Oramento Fixo, a carga de trabalho estimada para os Especialistas Principais no divulgada. O oramento total disponvel, com indicao sobre se inclui ou exclui impostos, fornecido nos Folha de Dados e a Proposta Financeira no dever exceder a esse oramento.

Formato e contedo da Proposta Tcnica

15.1 A Proposta Tcnica no dever incluir informaes financeiras. Uma Proposta Tcnica que contenha informaes financeiras importantes ser declarada inadequada.

15.1.1 O Consultor no dever propor Especialistas Principais alternativos. Somente um CV ser apresentado para a funo de Especialista Principal. O no cumprimento desse requisito tornar a Proposta inadequada.

15.2 Dependendo da natureza do servio, o Consultor dever apresentar uma Proposta Tcnica Completa (PTC) ou uma Proposta Tcnica Simplificada (PTS) conforme indicado na Folha de Dados, usando os Formulrios Padro fornecidos na Seo 3 da SDP.

Proposta Financeira

16.1 A Proposta Financeira ser preparada usando os Formulrios Padro fornecidos na Seo 4 da SDP. Ela listar todos os custos associados ao servio, incluindo (a) remunerao para os Especialistas Principais e Especialistas de Apoio, (b) despesas reembolsveis indicadas na Folha de Dados.

a. Reajuste de preo

16.2 Para servios com durao superior a 18 meses, utiliza-se uma proviso para reajuste de preo relativo inflao em moeda estrangeira e/ou nacional para taxas de remunerao, se tal estiver indicado na Folha de Dados.

b. Impostos

16.3 O Consultor e seus Subconsultores e Especialistas so responsveis por cumprir todas as obrigaes tributrias resultantes do Contrato, salvo instruo em contrrio na Folha de Dados. As informaes sobre impostos no pas do Cliente so fornecidas na Folha de Dados.

c. Moeda da proposta

16.4 O Consultor pode expressar o preo dos seus Servios na moeda ou moedas indicadas na Folha de Dados. Se indicado na Folha de Dados, a parcela do preo que representar o custo local ser declarada em moeda nacional.

d. Moeda do pagamento

16.5 O pagamento, nos termos do Contrato ser feito na moeda ou moedas nas quais o pagamento for solicitado na Proposta.

C. Apresentao, abertura e avaliaoApresentao, lacre e identificao das Propostas

17.1 O Consultor apresentar uma Proposta assinada e completa incluindo os documentos e formulrios em conformidade com a Clusula 10 (Documentos que Constituem a Proposta). A apresentao pode ser feita por correio ou entregue em mos. Se for especificado na Folha de Dados, o Consultor tem a opo de apresentar sua proposta por meio eletrnico.

17.2 Um representante autorizado do Consultor dever assinar o original das cartas de apresentao no formato exigido para a Proposta Tcnica e, se aplicvel, as Propostas Financeiras, e rubricar todas as pginas de ambas. A autorizao ser na forma de procurao por escrito anexada Proposta Tcnica.

17.2.1 Uma Proposta apresentada por um consrcio dever ser assinada por todos os membros para que seja legalmente obrigatria para todos os membros, ou por um representante autorizado que tenha uma procurao por escrito e assinada pelo representante legal de cada um dos membros.

17.3 Quaisquer modificaes, revises, entrelinhamentos, rasuras ou sobrescritos somente sero vlidos se forem assinados ou rubricados pelo signatrio da Proposta.

17.4 A Proposta assinada ser identificada como Original e suas cpias identificadas como Cpia, conforme apropriado. O nmero de cpias indicado na Folha de Dados. Todas as cpias sero feitas a partir do original assinado. Se houver discrepncias entre o original e as cpias, o original prevalecer.

17.5 O original e todas as cpias da Proposta Tcnica sero colocados dentro de um envelope lacrado, claramente identificado como Proposta Tcnica, "[Nome do Servio]", nmero de referncia, nome e endereo do Consultor com uma advertncia: No abrir at [inserir data e hora do prazo final para apresentao da Proposta Tcnica].

17.6 Da mesma forma, a Proposta Financeira (se exigida para o mtodo de seleo aplicvel) ser colocada dentro de um envelope lacrado claramente identificado como Proposta Financeira seguido do nome do servio, nmero de referncia, nome e endereo do Consultor e com uma advertncia No abrir com a Proposta Tcnica.

17.7 Os envelopes lacrados contendo a Proposta Tcnica e Proposta Financeira sero colocados dentro de outro envelope que tambm ser lacrado. Esse envelope externo ter o endereo para a apresentao, o nmero de referncia da SDP, o nome do servio, nome e endereo do Consultor e ser claramente identificado com No abrir antes de [inserir data e hora do prazo final para apresentao da proposta indicados na Folha de Dados].

17.8 Se os envelopes e pacotes com a proposta no forem lacrados e identificados conforme o exigido, o Cliente no assumir qualquer responsabilidade pelo extravio, perda ou abertura prematura da Proposta.

17.9 A Proposta ou suas alteraes devem ser enviadas para o endereo indicado na Folha de Dados e recebidas pelo Cliente no mximo na data final indicada na Folha de Dados ou em qualquer extenso desse prazo. Qualquer Proposta ou sua modificao recebida pelo Cliente aps o prazo final ser declarada atrasada e ser rejeitada e imediatamente devolvida sem ser aberta.

Confidencialidade

18.1 A partir do momento em que as Propostas forem abertas at o momento da outorga do Contrato, o Consultor no deve entrar em contato com o Cliente acerca de qualquer assunto relacionado sua Proposta Tcnica e/ou Financeira. As informaes relativas avaliao das Propostas e s recomendaes sobre outorga no sero divulgadas para os Consultores que tenham apresentado as Propostas nem para qualquer outra parte que no esteja oficialmente relacionada com o processo, at a publicao das informaes sobre a outorga do Contrato.

18.2 Qualquer tentativa por parte dos Consultores da lista curta ou de qualquer pessoa em nome do Consultor de influenciar de forma imprpria o Cliente na avaliao das Propostas ou nas decises sobre a outorga do Contrato poder acarretar a rejeio da Proposta e poder estar sujeita aplicao dos procedimentos prevalentes de sano do Banco Mundial.

18.3 No obstante as disposies acima, a partir do momento da abertura das Propostas at o momento da publicao da outorga do Contrato, caso um Consultor deseje entrar em contato com o Cliente ou com o Banco acerca de qualquer assunto relacionado ao processo de seleo, dever faz-lo apenas por escrito.

Abertura das Propostas Tcnicas

19.1 A comisso de avaliao do Cliente conduzir a abertura das Propostas Tcnicas na presena dos representantes autorizados dos Consultores da lista curta que decidirem comparecer (pessoalmente ou online, caso essa opo seja oferecida na Folha de Dados). A data, hora e o endereo da abertura esto especificados na Folha de Dados. Os envelopes com a Proposta Financeira permanecero lacrados e sero guardados em forma segura com um auditor pblico idneo ou autoridade independente at serem abertos em conformidade com a Clusula 23 do IAC.

19.2 Na abertura das Propostas Tcnicas o seguinte dever ser lido em voz alta: (i) o nome e o pas do Consultor ou, no caso de um consrcio, o nome do consrcio, o nome do membro lder, os nomes e os pases de todos os membros; (ii) a presena ou ausncia de um envelope devidamente lacrado com a Proposta Financeira; (iii) quaisquer modificaes Proposta apresentada, anteriores ao prazo final para apresentao das propostas; e (iv) quaisquer outras informaes consideradas apropriadas ou conforme indicado na Folha de Dados.

Avaliao das Propostas

20.1 Segundo as disposies da Clusula 15.1 das IAC os avaliadores das Propostas Tcnicas no tero acesso s Propostas Financeiras at que a avaliao tcnica seja concluda e o Banco Mundial emita sua "no objeo", se aplicvel.

20.2 No ser permitido ao Consultor alterar ou modificar sua Proposta de qualquer forma aps o prazo final para apresentao das propostas, salvo conforme permisso na Clusula 12.7 destas IAC. Durante a avaliao das Propostas, o Cliente conduzir a avaliao somente com base nas Propostas Tcnicas e Financeiras apresentadas.

Avaliao das Propostas Tcnicas

21.1 A comisso de avaliao do Cliente avaliar as Propostas Tcnicas com base na sua adequao aos Termos de Referncia e SDP, empregando os critrios de avaliao, os subcritrios e o sistema de pontos especificado na Folha de Dados. A cada Proposta adequada ser dada uma pontuao tcnica. Uma Proposta ser rejeitada neste estgio caso no esteja de acordo com aspectos importantes da SDP ou no alcance a pontuao tcnica mnima indicada nos Folha de Dados.

Propostas Financeiras para SBQ

22.1 Segundo a classificao de Propostas Tcnicas, quando a seleo for baseada somente na qualidade (SBQ), o Consultor melhor classificado convidado a negociar o Contrato.

22.2 Se Propostas Financeiras tiverem sido solicitadas junto com as Propostas Tcnicas, somente a Proposta Financeira do Consultor melhor classificado ser aberta pela comisso de avaliao do Cliente. Todas as outras Propostas Financeiras sero devolvidas lacradas depois que as negociaes do Contrato forem concludas com xito e o Contrato for assinado.

Abertura pblica das Propostas Financeiras (para os mtodos SBQC, SOF e SMC)

23.1 Depois que a avaliao tcnica for concluda e o Banco Mundial tiver emitido sua no objeo (se aplicvel), o Cliente notificar os Consultores cujas Propostas tenham sido consideradas inadequadas para a SDP e os TDR ou que no tenham alcanado a pontuao tcnica mnima exigida para a qualificao (e fornecer informao relativa pontuao tcnica geral do Consultor, bem como as pontuaes obtidas para cada critrio e subcritrio) que suas Propostas Financeiras sero devolvidas lacradas aps o trmino do processo de seleo e assinatura do Contrato. O Cliente notificar simultaneamente, por escrito, aqueles Consultores que tenham alcanado a pontuao tcnica geral mnima e os informar sobre a data, hora e local da abertura das Propostas Financeiras. A data de abertura deve permitir que os Consultores tenham tempo suficiente para tomar providncias para comparecer abertura. A presena do Consultor na abertura das Propostas Financeiras (pessoalmente ou online se essa opo estiver indicada na Folha de Dados) opcional e fica a critrio do Consultor.

23.2 As Propostas Financeiras sero abertas pela comisso de avaliao do Cliente na presena dos representantes daqueles Consultores cujas propostas tenham alcanado a pontuao tcnica mnima. Na abertura, os nomes dos Consultores e as pontuaes tcnicas gerais, incluindo a pontuao por critrio, sero lidas em voz alta. As Propostas Financeiras sero ento inspecionadas para confirmar que permaneceram lacradas e no abertas. Essas Propostas Financeiras sero ento abertas e os preos totais lidos em voz alta e registrados. Sero enviadas cpias do registro a todos os Consultores que enviaram Propostas e ao Banco Mundial.

Correo de erros

24.1 As atividades e os itens descritos na Proposta Tcnica, mas cujo preo no tenha sido especificado na Proposta Financeira, sero considerados includos nos preos de outras atividades ou itens, e no sero feitas correes Proposta Financeira.

a. Contratos com base no tempo

24.1.1 Se uma minuta de contrato com base no tempo for includa na SDP, a comisso de avaliao do Cliente (a) corrigir qualquer erro de clculo ou erro aritmtico e (b) ajustar os preos, caso estes no reflitam todos os insumos includos para as respectivas atividades ou itens da Proposta Tcnica. No caso de discrepncia entre (i) um montante parcial (subtotal) e o montante total ou (ii) entre o montante obtido pela multiplicao do preo unitrio pela quantidade e o preo total, ou (iii) entre valores por extenso e valores em algarismos, o anterior prevalecer. No caso de discrepncia entre a Proposta Tcnica e a Proposta Financeira quanto indicao das quantidades de insumos, a Proposta Tcnica prevalece e a comisso de avaliao do Cliente corrigir as quantificaes indicadas na Proposta Financeira de modo a torn-la coerente com o indicado na Proposta Tcnica, aplicar o preo unitrio pertinente includo na Proposta Financeira quantidade corrigida e corrigir o custo total da Proposta.

b. Contratos por Preo Global

24.2 Se uma minuta de Contrato por Preo Global fora includa na SDP, considera-se que o Consultor tenha includo todos os preos na Proposta Financeira de modo que no sero feitas correes aritmticas nem ajustes de preos. O preo total, excludos os impostos conforme a Clusula IAC 25 abaixo, especificado na Proposta Financeira (Formulrio FIN-1) ser considerado como o preo ofertado.

Impostos

25.1 A avaliao do Cliente da Proposta Financeira do Consultor excluir os impostos e obrigaes no pas do Cliente, de acordo com as instrues contidas na Folha de Dados.

Converso para moeda nica

26.1 Para fins de avaliao, os preos sero convertidos para uma moeda nica usando-se as taxas de cmbio para a venda, fonte e data indicadas na Folha de Dados.

Avaliao combinada de Qualidade e Custo

a. Seleo Baseada na Qualidade e no Custo (SBQC)

27.1 No caso de SBQC, a pontuao total calculada ponderando-se as pontuaes tcnica e financeira e somando-as de acordo com a frmula e as instrues contidas na Folha de Dados. O Consultor que alcanar a pontuao tcnica e financeira combinada mais elevada ser convidado para as negociaes.

b. Seleo com Oramento Fixo (SOF)

27.2 No Caso de SOF, as Propostas que excederem ao oramento indicado na Clusula 14.1.4 da Folha de Dados sero rejeitadas.

27.3 O Cliente selecionar o Consultor que tenha apresentado a Proposta Tcnica melhor classificada que no exceda ao oramento indicado na SDP e convidar esse Consultor para negociar o Contrato.

c. Seleo pelo Menor Custo (SMC)

27.4 No caso de Seleo pelo Menor Custo (SMC), o Cliente selecionar o Consultor com o menor preo total avaliado entre aqueles consultores que tenham alcanado a pontuao tcnica mnima e convidar tal Consultor para negociar o Contrato.

D. Negociaes e outorgaNegociaes

28.1 As negociaes ocorrero na data e no endereo indicados na Folha de Dados com o(s) representante(s) do Consultor que deve(m) possuir procurao por escrito para negociar e assinar um Contrato em nome do Consultor.

28.2 O Cliente preparar as minutas das negociaes que so assinadas pelo Cliente e o representante autorizado pelo Consultor.

a. Disponibilidade de Especialistas Principais

28.3 O Consultor convidado confirmar a disponibilidade de todos os Especialistas Principais includos na Proposta como pr-requisito para as negociaes ou, se aplicvel, um substituto em conformidade com a Clusula 12 das IAC. A no confirmao da disponibilidade dos Especialistas Principais pode resultar na rejeio da Proposta do Consultor e no prosseguimento por parte do Cliente para negociar o Contrato com o prximo Consultor classificado.

28.4 No obstante o disposto acima, a substituio de Especialistas Principais nas negociaes pode ser levada em conta somente se for devida a circunstncias que ultrapassem o controle razovel do Consultor e que no puderam ser previstas por ele incluindo, entre outros, morte ou incapacidade mdica. Nesse caso, o Consultor oferecer um Especialista Principal substituto dentro do perodo especificado na carta convite para negociar o Contrato, que dever ter qualificaes e experincia iguais ou melhores que o candidato original.

b. Negociaes tcnicas

28.5 As negociaes incluem discusses dos Termos de Referncia (TDRs), a metodologia proposta, as contribuies do Cliente, as condies especiais do Contrato e a finalizao da parte de "Descrio dos Servios" do Contrato. Esses entendimentos no resultaro em alteraes substanciais no escopo original dos servios ou nas condies do contrato para no afetar a qualidade do produto final, seu preo ou a relevncia da avaliao inicial.

C. Negociaes financeiras

28.6 As negociaes incluem o esclarecimento da obrigao fiscal do Consultor no pas do Cliente e de que modo ela deve ser refletida no Contrato.

28.7 Se o mtodo de seleo tiver includo o custo como um fator de avaliao, o preo total declarado na Proposta Financeira para um contrato por Preo Global no ser negociado.

28.8 No caso de contrato com Base no Tempo, no ocorrero negociaes de taxas unitrias, exceto quando as taxas de remunerao oferecidas para os Especialistas Principais e Especialistas de Apoio forem muito superiores s taxas tipicamente cobradas pelos consultores em contratos semelhantes. Nesse caso, o Cliente poder pedir esclarecimentos e, se os honorrios forem muito elevados, solicitar alterao das taxas aps consulta ao Banco Mundial.

O formato para (i) fornecimento de informaes sobre as taxas de remunerao no caso de Seleo Baseada na Qualidade; e (ii) esclarecimento sobre a estrutura de taxas de remunerao nos termos da Clusula 28.8 acima, fornecido no Anexo A do Formulrio Financeiro FIN-3: Negociaes financeiras - discriminao das taxas de remunerao.

Concluso das negociaes

29.1 As negociaes so concludas com uma reviso da minuta do Contrato, que ser ento rubricada pelo Cliente e pelo representante autorizado do Consultor.

29.2 Se as negociaes fracassarem, o Cliente informar ao Consultor, por escrito, acerca de todas as questes e divergncias pendentes e fornecer uma oportunidade final para que o Consultor responda. Se as divergncias persistirem, o Cliente encerrar as negociaes informando ao Consultor os motivos de tal deciso. Aps ter obtido a no objeo do Banco Mundial, o Cliente convidar o prximo Consultor classificado para negociar o Contrato. Quando o Cliente iniciar as negociaes com o prximo Consultor classificado, o Cliente no reabrir as negociaes anteriores.

Outorga de Contrato

30.1 Aps concluir as negociaes, o Cliente dever obter a no objeo do Banco Mundial para a minuta de Contrato negociada, se aplicvel; assinar o contrato; publicar as informaes sobre a outorga conforme as instrues contidas na Folha de Dados e notificar imediatamente os outros Consultores da lista curta.

30.2 O Consultor dever iniciar o servio na data e local especificados na Folha de Dados.

Instrues aos Consultores

E. Folha de Dados

["Notas ao Cliente" exibidas entre colchetes em todo o texto so fornecidas como orientao para a preparao da Folha de Dados; elas devem ser excludas da SDP final a ser enviada aos Consultores da lista curta.]

A. Aspectos Gerais

Clusula IAC

Referncia

1 (c)

[Insira o pas se for diferente do pas do Cliente. Observe que o pas da Lei Aplicvel no formulrio do contrato deve ento ser o mesmo]

2.1

Nome do Cliente: _____________________________________________

Mtodo de seleo: _________________________________________ conforme

Diretrizes aplicveis: Seleo e Contratao de Consultores por Emprstimos do BIRD e Crditos e Doaes da AID por parte dos Muturios do Banco Mundial, datadas de janeiro de 2011 e disponveis em www.worldbank.org/procure

2.2

Proposta Financeira a ser apresentada junto com a Proposta Tcnica:

Sim ____ No ______

O nome do servio : ____________________________________

2.3

Ser realizada uma reunio antes da apresentao das propostas: Sim ___ ou No_____

[Em caso afirmativo, preencher o seguinte:]

Data da reunio prvia:____________________________

Hora: _________________________________________________

Endereo: ___________________________________________

Telefone: _________________ Fax: ___________________

E-mail: ____________________________

Pessoa de contato/coordenador da reunio: [inserir nome e cargo] _____________________________

2.4

O cliente fornecer os seguintes insumos, dados do projeto, relatrios, etc. para facilitar a preparao das Propostas:

[listar ou indicar "N/A" caso no se aplique]

4.1

[Se "Vantagem Competitiva Desleal" se aplicar seleo, explique de que modo ela atenuada, incluindo a listagem de relatrios, informaes, documentos etc. e indicando as fontes de onde podem ser baixados ou obtidos pelos Consultores selecionados]

6.3.1

Uma lista de empresas e pessoas impedidas est disponvel no website externo do Banco Mundial: www.worldbank.org/debarr

B. Preparao das Propostas

9.1

Esta SDP foi emitida no idioma ________________.

[As opes de idioma so: ingls, francs e espanhol. Se a seleo contiver apenas empresas nacionais, o idioma oficial ou o idioma usado em todo o pas pode ser usado, dependendo de acordo prvio com o Banco Mundial.]

Se a SDP for emitida em dois idiomas, conforme acordado com o Banco Mundial, acrescentar o texto a seguir:

Alm disso, a SDP est traduzida no idioma_____________________ [inserir o idioma nacional ou idioma usado em todo o pas] [se houver mais de um idioma oficial no pas acrescentar "e ____________ [inserir o segundo idioma nacional]. O Consultor tem a opo de apresentar a Proposta em qualquer um dos idiomas indicados acima. No caso de vencer, o Contrato ser assinado no idioma da Proposta o qual ser o idioma que reger do Contrato.]

[Se o pas do Cliente exigir que os Contratos com empresas nacionais sejam assinados somente no idioma nacional, acrescentar o seguinte texto:]

Os Consultores nacionais devem apresentar Proposta no idioma _________[nacional] para que o Contrato seja assinado (se outorgado) em conformidade com as exigncias de [incluir referncia legislao/regulamentao/lei nacional]

[Se a SDP for emitida apenas em um idioma, usar o seguinte texto:]

As Propostas sero apresentadas no idioma __________ [seleo do idioma de acordo com as Diretrizes aplicveis].

Toda a troca de correspondncia ser feita no idioma ____________.

10.1

A Proposta consistir em:

Para PROPOSTA TCNICA COMPLETA (PTC):

1 envelope interno com a Proposta Tcnica:

(1) Procurao para assinar a Proposta

(2) TEC-1

(3) TEC-2

(4) TEC-3

(5) TEC-4

(6) TEC-5

(7) TEC-6

OU

Para PROPOSTA TCNICA SIMPLIFICADA (PTS):

1 envelope interno com a Proposta Tcnica:

(1) Procurao para assinar a Proposta

(2) TEC 1

(3) TEC-4

(4) TEC-5

(5) TEC-6

E

2 envelope interno com a Proposta Financeira (se aplicvel):

(1) FIN-1

(2) FIN-2

(3) FIN-3

(4) FIN-4

(5) Declarao de Compromisso (se exigido no item 10.2 da Folha de Dados, a seguir)

10.2

A Declarao de Compromisso exigida

Sim________, ou No __________

[Em caso afirmativo, certificar-se de incluir um pargrafo (e) no Formulrio TEC-1]

11.1

Participao de subconsultores, Especialistas Principais e Especialistas de Apoio em mais de uma Proposta admissvel.

Sim _________ ou No________

12.1

As Propostas devem permanecer vlidas por [inserir um nmero: normalmente entre 30 e 90 dias] dias corridos aps o prazo final para apresentao das propostas (ou seja, at: [inserir a data]).

13.1

Podem ser solicitados esclarecimentos at [inserir nmero] dias antes do prazo final para apresentao.

As informaes de contato para a solicitao de esclarecimentos so: _______________________________________________________

Fax: ___________________ E-mail: ___________________

14.1.1

Os consultores da lista curta podem associar-se a

(a) consultor(es) fora da lista curta : Sim ________ ou No ______

Ou

(b) outros consultores da lista curta: Sim ________ ou No ______

14.1.2

(no usar para o mtodo de Oramento Fixo)

[Se no utilizado, declarar "No se aplica". Se utilizado, inserir o seguinte:]

Tempo estimado (carga de trabalho) dos Especialistas Principais: __________pessoa-meses.

[OU]

Custo total estimado do servio:_____________

[indicar somente o tempo dos Especialistas Principais (em pessoa-ms) ou custo total, mas no ambos!]

14.1.3

somente para contratos baseados no tempo

[Se no utilizado, declarar "No se aplica". Se utilizado, inserir o seguinte:]

A Proposta do Consultor deve incluir o insumo de tempo dos Especialistas Principais de no mnimo __________pessoa-meses.

Somente para a avaliao e comparao de Propostas: se uma Proposta incluir menos do que o insumo de tempo mnimo exigido, o insumo de tempo que faltar (expresso em pessoa-ms) calculado da seguinte forma:

O insumo de tempo que faltar multiplicado pela taxa de remunerao mais elevada para um Especialista Principal que constar na Proposta do Consultor e somado ao total do montante da remunerao. As Propostas cotadas acima do insumo de tempo mnimo exigido no sero ajustadas. ]

14.1.4 e 27.2

usar para o mtodo de Oramento Fixo

O oramento total disponvel para este servio de Oramento Fixo : ___________ (includos ou excludos os impostos). As Propostas que excederem ao oramento total disponvel sero rejeitadas.

[Se includos, indicar os clculos dos impostos separadamente]

15.2

O formato da Proposta Tcnica a ser apresentada :

PTC ________ ou PTS __________ [assinalar o formato aplicvel]

A apresentao da Proposta Tcnica em formato errado poder fazer com que a Proposta seja considerada inadequada para os requisitos da SDP.

16.1

[Um modelo de lista fornecido a seguir para fins de orientao. Os itens que no forem aplicveis devem ser excludos, outros podem ser acrescentados. Se o Cliente desejar estabelecer um teto mximo para as taxas unitrias de determinado tipo de despesas, tal teto deve ser indicado nos formulrios FIN:

(1)dirias, incluindo hotel, para especialistas, relativo a cada dia de ausncia do escritrio central para fins de Servios;

(2)custo da viagem pelo meio de transporte mais adequado e o roteiro mais direto possvel;

(3)custo do escritrio, incluindo despesas fixas e apoio;

(4)custos das comunicaes;

(5)custo da compra, aluguel ou frete de qualquer equipamento que dever ser fornecido pelos Consultores;

(6)custo da elaborao dos relatrios (incluindo impresso) e entrega para o Cliente;

(7)outros despesas onde for aplicvel e montantes provisrios ou fixos (se houver)]

(8)[inserir tipo relevante de despesas se/conforme aplicvel]

16.2

Uma proviso para ajuste de preo aplica-se s taxas de remunerao:

Sim ________ ou No ______

[Aplica-se a todos os contratos com Base no Tempo com durao superior a 18 meses. Em circunstncias excepcionais, pode tambm aplicar-se a servios de Contratos por Preo Global com durao superior a 18 meses com acordo prvio com o Banco Mundial.]

[Em caso afirmativo, especificar se se plica a inflao no estrangeiro e/ou nacional]

16.3

[Se o Cliente tiver obtido uma iseno de impostos aplicvel ao Contrato, inserir O Cliente obteve iseno para o Consultor do pagamento de ___________ [inserir a descrio do imposto. Por exemplo, IVA ou impostos indiretos locais, etc.] no pas do Cliente conforme [inserir referncia sobre a fonte oficial apropriada que emitiu uma iseno].

[Caso no haja iseno de impostos no pas do Cliente, inserir o seguinte:

As informaes sobre as obrigaes tributrias do Consultor no pas do Cliente podem ser encontradas em [inserir referncia para a fonte oficial apropriada].

16.4

A Proposta Financeira ser estabelecida nas seguintes moedas:

O Consultor poder expressar o preo para os seus Servios em qualquer moeda totalmente conversvel, individualmente ou em combinao com at trs moedas estrangeiras.

A Proposta Financeira deve apresentar os custos locais na moeda do pas do Cliente (moeda local): Sim_____ ou No _________.

C. Apresentao, abertura e avaliao

17.1

Os Consultores [inserir "tero" ou "no tero"] a opo de apresentar suas Propostas em meio eletrnico.

[Em caso afirmativo, inserir: Os procedimentos de apresentao eletrnica sero: [descrever o procedimento de apresentao.]

17.4

O Consultor deve apresentar:

(a) Proposta Tcnica: 1 (um) original e _____ [inserir nmero ] cpias;

(b) Proposta Financeira: 1 (um) original.

17.7 e 17.9

As Propostas devem ser apresentadas no mximo em:

Data: ____dia/ms/ano [por exemplo: 15 de janeiro de 2011]

Hora: ____ [inserir a hora no formato 24 horas, por exemplo: "16h, hora local"]

[Se for apropriado, acrescentar a traduo da advertncia ["No abrir..."] no idioma nacional para o envelope externo lacrado]

O endereo para apresentao da Proposta : _____________________________________________________________________________________________________________________________________

19.1

oferecida uma opo de abertura online das Propostas Tcnicas: Sim ____ou No________

[Em caso afirmativo, inserir "O procedimento de abertura online ser: [descrever o procedimento para abertura online das propostas Tcnicas.]

A abertura ser realizada em:

[Inserir: o mesmo endereo da apresentao das Propostas OU inserir e preencher o seguinte:

Rua:_______________

Andar, nmero da sala___________

Cidade:_______________________

Pas:____________________

Data: a mesma da data final para apresentao indicada em 17.7.

Hora: [inserir a hora no formato 24 horas, por exemplo: "16h, hora local"]

[A hora deve ser imediatamente aps a hora limite para apresentao especificada em 17.7]

19.2

Alm disso, as informaes a seguir sero lidas em voz alta na abertura das Propostas Tcnicas ________ [inserir N/A ou declarar quais informaes adicionais sero lidas em voz alta e registradas nas atas de abertura]

21.1

(para PTC)

Critrios, subcritrios e sistema de pontos para a avaliao das Propostas Tcnicas Completas:

Pontos

(i)Experincia especfica do Consultor (como empresa) relevante para o Servio:[0 - 10]

(ii)Adequao e qualidade da metodologia proposta e plano de trabalho em resposta aos Termos de Referncia (TDRs): [20 - 50]

(Notas para o Consultor: o Cliente avaliar se a metodologia proposta clara, atende aos TDRs, se o plano de trabalho realista e pode ser implementado; se a composio geral da equipe equilibrada e tem uma combinao apropriada de habilidades e se o plano de trabalho tem o nmero certo de Especialistas)

(iii)Qualificaes e competncia dos Especialistas Principais para o servio:

(Notas para o Consultor: o nmero de cada cargo corresponde ao mesmo nmero para os Especialistas Principais no Formulrio TEC-6 que ser preparado pelo Consultor)

a)Cargo K-1: [Chefe da equipe][Inserir pontos]

b)Cargo K-2: [Inserir ttulo do cargo][Inserir pontos]

c)Cargo K-3:[Inserir ttulo do cargo][Inserir pontos]

Total de pontos para o critrio (iii):[30 - 60]

O nmero de pontos que dever ser atribudo a cada um dos cargos acima ser determinado levando-se em conta os trs subcritrios a seguir e os pesos dos percentuais relevantes:

1) Qualificaes gerais (educao geral, capacitao e experincia): [inserir peso entre 10 e 20 %]

2) Adequao para o servio (educao relevante, capacitao, experincia no setor/ servios semelhantes): [inserir peso entre 60 e 80%]

3)[Se for relevante para a tarefa, acrescentar o 3 subcritrio: Experincia relevante na regio (fluncia de nvel profissional no(s) idioma(s) local(locais)/conhecimento da cultura ou sistema administrativo local, organizao governamental, etc.): [inserir peso entre 0 e 10 %]

Peso total:100%

(iv) Programa de transferncia de conhecimento (treinamento) (importncia da abordagem e da metodologia): [normalmente no deve exceder 10 pontos]

Total de pontos para o critrio (iv):[0 10]

(v)Participao de profissionais nacionais entre os Especialistas Principais[0 10]

[no exceder 10 pontos] [Devem ser fornecidos subcritrios. Calculados como a razo do insumo de tempo dos Especialistas Principais nacionais (em pessoa-meses) e o insumo de tempo do nmero total de Especialistas Principais (em pessoa-meses) constante da Proposta Tcnica do Consultor]

Total de pontos para os cinco critrios: 100

A pontuao tcnica mnima (St) exigida para a aprovao : [inserir nmero]

[A faixa indicativa 70 a 85 em uma escala de 1 a 100]

21.1

(para PTS)

Critrios, subcritrios e sistema de pontos para a avaliao das Propostas Tcnicas Simplificadas so:

Pontos

(i)Adequao e qualidade da metodologia proposta e plano de trabalho na resposta aos Termos de Referncia:

Total de pontos para o critrio (i):[20 - 40]

(ii)Qualificaes e competncia dos Especialistas Principais para o servio:

(Notas para o Consultor: o nmero de cada posio corresponde ao mesmo nmero para os Especialistas Principais no Formulrio TEC-6 que ser preparado pelo Consultor)

a)Cargo K-1: [Chefe da equipe][Inserir pontos]

b)Cargo K-2: [Inserir ttulo do cargo][Inserir pontos]

c)Cargo K-3:[Inserir ttulo do cargo][Inserir pontos]

Total de pontos para o critrio (i):[60-80]

Total de pontos para os dois critrios: 100

A pontuao tcnica mnima (St) exigida para a aprovao : [inserir nmero]

[A faixa indicativa 70 a 85 em uma escala de 1 a 100]

23.1

oferecida uma opo de abertura online das Propostas Financeiras: Sim ____ou No________

[Em caso afirmativo, inserir "O procedimento de abertura online ser: [descrever o procedimento para abertura online das Propostas Financeiras.]

25.1

Para fins da avaliao, o Cliente excluir: (a) todos os impostos indiretos locais identificveis, tais como imposto sobre as vendas, imposto de consumo, IVA ou impostos semelhantes cobrados sobre as faturas do contrato e (b) todos os impostos indiretos adicionais sobre a remunerao dos servios prestados por especialistas no residentes no pas do Cliente. Se o Contrato for adjudicado, nas negociaes do Contrato todos esses impostos sero discutidos, finalizados (utilizando-se a lista detalhada como orientao, mas no se limitando a ela) e adicionados ao montante do Contrato em uma linha separada, indicando tambm quais impostos sero pagos pelo Consultor e quais impostos sero retidos e pagos pelo Cliente em nome do Consultor.

No caso de Consultores Nacionais, para fins da letra (a) acima, somente o Imposto Sobre Servios (ISS) ser considerado como Imposto Local e somente o ISS ser considerado durante as negociaes do contrato. Todos os outros impostos ou encargos sociais, inclusive PIS, COFINS, CSLL e IRPJ devem ser incorporados nos custos de remunerao como parte da proposta financeira.

26.1

A moeda nica para converso de todos os preos expressos em diversas moedas em uma s : indicar a moeda local ou a moeda estrangeira totalmente conversvel]

A fonte oficial da taxa (de cmbio) para a venda :

A data da taxa de cmbio :

[A data no ser mais do que 4 (quatro) semanas antes do prazo final para apresentao das propostas nem posterior data da validade original das Propostas.]

27.1

(somente SBQC)

A Proposta Financeira (Fm) avaliada como de valor mais baixo recebe a mxima pontuao financeira (Sf) de 100.

A frmula para determinar as pontuaes financeiras (Sf) de todas as outras Propostas calculada do seguinte modo:

Sf = 100 x Fm/F, onde "Sf" a pontuao financeira, "Fm" o preo mais baixo e "F" o preo da proposta que est sendo considerada.

[ou substituir por outra frmula inversamente proporcional aceitvel para o Banco Mundial]

Os pesos atribudos s Propostas Tcnica (T) e Financeira (F) so:

T = [Inserir peso], e

P = _______[Inserir peso]

As propostas so classificadas de acordo com suas pontuaes tcnica (St) e financeira (Sf) combinadas usando os pesos (T = o peso atribudo Proposta Tcnica, P = o peso atribudo Proposta Financeira; T + P = 1) de acordo com o seguinte: S = St x T% + Sf x P%.

D. Negociaes e outorga

28.1

Data esperada e endereo para as negociaes do contrato:

Data: _______________ dia/ms/ano [por exemplo: 15 de janeiro de 2011]

Endereo: __________________________

30.1

A publicao das informaes sobre a outorga do contrato aps a concluso das negociaes do contrato e sua assinatura sero feitas da seguinte forma: ________________[inserir o endereo do(s) website(s) onde as informaes sero publicadas.]

A publicao ocorrer dentro de [inserir nmero de] dias aps a assinatura do contrato.

30.2

Data prevista para o incio dos Servios:

Data:_______[inserir ms e ano] em: [inserir local]

Seo 2. Instrues aos consultores

Seo 2. Instrues aos consultores

43 | Pgina

Seo 3. Proposta Tcnica Formulrios-Padro

{As Notas ao Consultor exibidas entre chaves {...} em toda a Seo 3 oferecem orientao para o Consultor preparar a Proposta Tcnica; elas no devem aparecer na Proposta que ser apresentada.}

Lista de verificao dos formulrios obrigatrios

Exigidos para PTC ou PTS

()

FORMULRIO

DESCRIO

Limite de pginas

PTC

PTS

TEC-1

Formulrio de apresentao da Proposta Tcnica.

se for aplicvel

TEC-1 - Anexo

Se a proposta for apresentada por um consrcio, anexe uma carta de inteno ou uma cpia de um acordo existente.

se for aplicvel

Procurao

Nenhum formato/formulrio pr-definido. No caso de um consrcio, so exigidos vrios documentos: uma procurao para o representante autorizado de cada membro da consrcio e uma procurao para o representante do membro lder para representar todos os membros da consrcio.

TEC-2

Organizao e experincia do Consultor.

TEC-2

A. Organizao do Consultor.

TEC-2B

B. Experincia do Consultor.

TEC-3

Comentrios ou sugestes sobre os Termos de Referncia e sobre o pessoal de contrapartida e as instalaes a serem fornecidos pelo Cliente.

TEC-3

A. Sobre os Termos de Referncia.

TEC-3B

B. Sobre o pessoal de contrapartida e instalaes.

TEC-4

Descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho para a execuo do servio.

TEC-5

Cronograma do trabalho e planejamento para os produtos.

TEC-6

Composio da equipe, insumos dos Especialistas Principais e Curriculum Vitae (CV) anexo.

Todas as pginas da Proposta Tcnica e Proposta Financeira devero ser rubricadas pelo mesmo representante autorizado do Consultor que assinar a Proposta.

Formulrio TEC-1 Formulrio de apresentao da Proposta Tcnica

(Local, data)

Para:(Nome e endereo do Cliente)

Prezados Senhores:

Ns, abaixo assinados, oferecemos prestar os servios de consultoria para [Inserir ttulo do servio] em conformidade com sua Solicitao de Propostas datada de [Inserir data] e nossa Proposta. [Selecionar o texto apropriado dependendo do mtodo de seleo indicado na SDP: "Por meio deste documento apresentamos nossa Proposta que inclui esta Proposta Tcnica e uma Proposta Financeira lacrada em envelope separado" ou, se somente a Proposta Tcnica for solicitada Por meio deste documento apresentamos nossa Proposta, que inclui somente esta Proposta Tcnica em um envelope lacrado."].

{Se o Consultor for um consrcio, inserir o seguinte: Apresentamos nossa Proposta, um consrcio com: {Inserir uma lista com o nome completo e o endereo legal de cada membro e indicar o membro lder}. Anexamos uma cpia {inserir: "da nossa carta de inteno de formar um consrcio" ou, se o consrcio j estiver formado, "do acordo do consrcio "} assinada por todos os membros que dele participam e que apresenta os detalhes da provvel estrutura jurdica do mencionado consrcio e a confirmao da responsabilidade conjunta e separvel dos seus membros.

{OU

Se a Proposta do Consultor incluir Subconsultores, inserir o seguinte: Apresentamos nossa proposta com as seguintes firmas como Subconsultores: {Inserir uma lista com o nome completo e o endereo de cada Subconsultor.}

Por meio deste documento declaramos que:

(a) Todas as informaes e declaraes apresentadas nesta Proposta so verdadeiras e estamos cientes de que qualquer interpretao errnea ou declarao falsa contida nesta Proposta pode acarretar nossa desqualificao pelo Cliente e/ou pode ser punida pelo Banco Mundial.

(b) Nossa Proposta estar vlida e permanecer obrigatria para ns durante o perodo especificado na Clusula 12.1 da Folha de Dados.

(c) No temos conflito de interesses em conformidade com as IAC 3.

(d) Atendemos aos requisitos de elegibilidade indicados na IAC 6 e confirmamos nossa compreenso acerca da nossa obrigao de agir de acordo com a poltica do Banco Mundial relativa a prticas corruptas e fraudulentas segundo a IAC 5.

(e) [Nota para o Cliente: Somente se exigido em IAC10.2 (Folha de Dados 10.2), incluir o seguinte: Ao concorrer ao Contrato (e se a outorga nos for concedida, ao execut-lo), comprometemo-nos a cumprir as leis contra fraude e corrupo, incluindo suborno, em vigor no pas do Cliente.]

(f) Salvo conforme indicado na Clusula 12.1 da Folha de Dados, comprometemo-nos a negociar um Contrato com base nos Especialistas Principais propostos. Aceitamos que a substituio dos Especialistas Principais por motivos que no sejam os indicados nas Clusulas 12 e 28.4 das IACs poder acarretar o encerramento das negociaes do Contrato.

(g) Nossa Proposta obrigatria para ns e est sujeita a quaisquer modificaes que resultarem das negociaes do Contrato.

Caso nossa proposta seja aceita e o Contrato seja assinado, comprometemo-nos a dar incio aos trabalhos relacionados ao servio no mximo na data indicada na Clusula 30.2 da Folha de Dados.

Entendemos que o Cliente no obrigado a aceitar qualquer Proposta que receber.

Continuamos sua disposio,

Atenciosamente,

Assinatura autorizada {completa e rubrica}:___________________________

(Nome e cargo do Signatrio): ______________________________________

Nome do Consultor (nome da empresa ou nome do consrcio): ____________________

Na qualidade de:______________________________________________________

Endereo:________________________________________

Informaes de contato (telefone e e-mail):_______________________________

(Para um consrcio, todos os membros assinam ou somente o membro lder assina,nesse caso, a procurao para assinar em nome de todos os membros deve ser anexada}

Formulrio TEC-2 (somente para Proposta Tcnica Completa)

Organizao e experincia do Consultor

Formulrio TEC-2: uma breve descrio da organizao do Consultor e uma apresentao da sua experincia recente que seja de maior relevncia para o servio. No caso de consrcio, informaes acerca de servios semelhantes sero fornecidas para cada membro. Para cada servio, a apresentao deve indicar os nomes dos Especialistas Principais do Consultor e os Subconsultores que tenham participado, a durao do servio, o montante do contrato (total e, se tiver sido executado na forma de consrcio ou de subconsultoria, o montante pago ao Consultor) e o papel/participao do Consultor.

A - Organizao do Consultor

1. Fornecer aqui uma breve descrio dos antecedentes e da organizao da sua empresa e - no caso de consrcio - de cada membro para este servio.

2. Incluir o organograma, uma lista da Diretoria Executiva e a propriedade efetiva

B - Experincia do Consultor

1. Apresentar apenas os servios semelhantes anteriores executados com xito nos ltimos [......] anos.

2. Apresentar somente os servios para os quais o Consultor tenha sido legalmente contratado pelo Cliente como empresa ou tenha sido um dos membros de um consrcio. Os servios executados por especialistas do Consultor, individualmente, trabalhando de forma privada ou por intermdio de outras empresas de consultoria, no podem ser mencionados como experincia relevante do Consultor, nem dos parceiros ou subconsultores do Consultor, mas podem ser mencionados pelos prprios Especialistas nos seus CVs. O Consultor deve estar preparado para comprovar a alegada experincia mediante a apresentao de cpias de documentos e referncias relevantes, caso assim seja solicitado pelo Cliente.

.

Durao

Nome do servio/e breve descrio dos principais produtos/resultados

Nome do Cliente e pas do servio

Valor aproximado do Contrato (em equivalente em US$)/ Montante pago sua firma

Funo no servio

{exemplo: janeiro 2009 - abril 2010}

{exemplo: "Melhoria da qualidade de ..............": plano mestre elaborado para a racionalizao de ..........; }

{exemplo: Ministrio de ......., pas}

{exemplo: US$1 milho/US$ 500 mil}

{exemplo: Membro principal de um consrcio A&B&C}

{exemplo: janeiro-maio de 2008}

{exemplo: "Suporte ao governo subnacional de ......." : minuta da regulamentao de nvel secundrio sobre ...............}

{exemplo: municpio de ......., pas}

{exemplo: US$200 mil/US$200 mil}

{exemplo: nico Consultor}

Formulrio TEC-3 (somente para Proposta Tcnica Completa)

Comentrios e sugestes sobre os Termos de Referncia, pessoal de contrapartida e instalaes a serem fornecidos pelo Cliente

Formulrio TEC-3: comentrios e sugestes sobre os Termos de Referncia que possam melhorar a qualidade/eficcia do servio; e sobre os requisitos de pessoal de contrapartida e instalaes, que sejam fornecidas pelo Cliente, incluindo apoio administrativo, espao fsico para escritrio, transporte local, equipamentos, dados, etc.

A - Sobre os Termos de Referncia

{aprimoramento dos Termos de Referncia, se houver}

B - Sobre o pessoal da contraparte e instalaes

(comentrios sobre o pessoal de contrapartida e instalaes a serem fornecidas pelo Cliente. Por exemplo: apoio administrativo, espao fsico para escritrio, transporte local, equipamentos, dados, relatrios de fundamentao, etc.

Formulrio TEC-4 (somente para Proposta Tcnica Completa)

Descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho em resposta aos Termos de Referncia

Formulrio TEC-4: descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho para a execuo do servio, incluindo uma descrio detalhada da metodologia proposta e dotao de pessoal para treinamento, caso os Termos de Referncia mencionem o treinamento como um componente especfico do servio.

{Estrutura sugerida da sua Proposta Tcnica (em formato de PTC):

a) Abordagem tcnica e metodologia

b) Plano de trabalho

c) Organizao e dotao de pessoal}

a)Abordagem tcnica e metodologia {Explicar o que entende sobre os objetivos do servio descrito nos Termos de Referncia (TDR), a abordagem tcnica e a metodologia que voc adotaria para implementar as tarefas destinadas a fornecer o(s) produto(s) esperado(s) e o grau de detalhe desse produto. No repita nem copie os TDR aqui.}

b)Plano de trabalho. {Descrever o plano para a implementao das principais atividades/tarefas do servio, seu contedo e durao, etapas e inter-relaes, marcos (incluindo aprovaes provisrias pelo Cliente) e datas tentativas de entrega dos relatrios. O plano de trabalho proposto deve ser coerente com a abordagem tcnica e a metodologia, demonstrando sua compreenso dos TDR e sua capacidade para transform-los em um plano de trabalho vivel. Uma lista dos documentos finais (incluindo relatrios) a serem entregues como produto(s) final(is) deve ser includa aqui. O plano de trabalho deve ser coerente com o Formulrio do Cronograma de Trabalho.}

c)Organizao e dotao de pessoal. {Descrever a estrutura e a composio da sua equipe, incluindo a lista de Especialistas Principais, Especialistas de Apoio e outro pessoal relevante de apoio tcnico e administrativo.}

Formulrio TEC-4 (somente para Proposta Tcnica Simplificada)

Descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho para a execuo do servio

Formulrio TEC-4: descrio da abordagem, metodologia e plano de trabalho para a execuo do servio, incluindo uma descrio detalhada da metodologia proposta e dotao de pessoal para treinamento, caso os Termos de Referncia mencionem o treinamento como um componente especfico do servio.

{Estrutura sugerida da sua Proposta Tcnica}

a) Abordagem tcnica, metodologia e organizao da equipe do Consultor {Explicar o que entende sobre os objetivos do servio descrito nos Termos de Referncia (TDR), a abordagem tcnica e a metodologia que voc adotaria para implementar as tarefas destinadas a fornecer o(s) produto(s) esperado(s); o grau de detalhe desse produto; e descrever a estrutura e a composio da sua equipe. No repita nem copie os TDR aqui.}

b) Plano de trabalho e dotao de pessoal {Descrever o plano para a implementao das principais atividades/tarefas do servio, seu contedo e durao, etapas e inter-relaes, marcos (incluindo aprovaes provisrias pelo Cliente) e datas tentativas de entrega dos relatrios. O plano de trabalho proposto deve ser coerente com a abordagem tcnica e a metodologia, demonstrando compreenso dos TDR e sua capacidade para transform-los em um plano de trabalho vivel e cronograma do trabalho demonstrando as tarefas atribudas a cada especialista. Uma lista dos documentos finais (incluindo relatrios) a serem entregues como produto(s) final(is) deve ser includa aqui. O plano de trabalho deve ser coerente com o Formulrio do Cronograma de Trabalho.}

c) Comentrios (sobre os TDR e sobre o pessoal de contrapartida e as instalaes)

{Suas sugestes devem ser concisas e objetivas e incorporadas sua Proposta. (Incluir tambm comentrios, se houver, sobre o pessoal de contrapartida e instalaes a serem fornecidas pelo Cliente. Por exemplo: apoio administrativo, espao fsico para escritrio, transporte local, equipamentos, dados, relatrios de fundamentao, etc.}

Seo 3. Proposta tcnica - formulrios padro

Seo 3. Proposta tcnica - formulrios padro

Formulrio TEC-5 (para PTC e PTS)

Cronograma do trabalho e planejamento para os produtos

N

Produtos 1 (D-..)

Meses

1

2

3

4

5

6

7

8

9

.....

n

TOTAL

D-1

{exemplo: produto n 1: Relatrio A

1) coleta de dados

2) elaborao

3) relatrio inicial

4) incorporao de comentrios

5) .........................................

6) entrega do relatrio final ao Cliente}

D-2

{exemplo: produto n 2: ...............}

n

1Faa uma lista dos produtos com a discriminao das atividades necessrias para produzi-los e outras exigncias, tais como as aprovaes do Cliente. Para os servios em etapas, indicar as atividades, a entrega de relatrios e exigncias para cada etapa, separadamente.

2A durao das atividades ser indicada em formato de grfico de barras.

3. Incluir uma legenda, se necessrio, para ajudar na leitura do grfico.

Seo 3. Proposta tcnica - formulrios padro

Seo 3 - Proposta tcnica - Formulrios padro

44 | Pgina

Formulrio TEC-6 (para PTC e PTS)

Composio da equipe, servio e insumos dos especialistas principais

N

Nome

Insumo do especialista (em pessoa/ms) para cada Produto (listado em TEC-5)

Insumo total de tempo

(em meses)

Cargo

D-1

D-2

D-3

........

D-...

Sede

Campo

Total

ESPECIALISTAS PRINCIPAIS

K-1

{Exemplo: Sr. Abbbb}

[Chefe da Equipe]

[Sede]

[2 meses]

[1,0]

[1.0]

[Campo]

[0,5 m]

[2,5]

[0]

K-2

K-3

n

Subtotal

ESPECIALISTAS DE APOIO

N-1

[Sede]

[Campo]

N-2

n

Subtotal

Total

1 Para os Especialistas Principais, o insumo de tempo deve ser indicado individualmente para os mesmos cargos exigidos na Folha de Dados IAC 21.1.

2Os meses so contados desde o incio do servio/mobilizao. Um ms igual a 22 (vinte e dois) dias teis (faturveis). Um dia til (faturvel) ter no mnimo 8 (oito) horas de trabalho (faturveis).

3Escritrio central/sede significa trabalho no escritrio do pas de residncia do Especialista. Campo significa trabalho executado no pas do Cliente ou em qualquer outro pas fora do pas de residncia do Especialista.

Insumo em tempo integral

Insumo em tempo parcial