Agenda Cultural Braga Novembro 2011

  • View
    218

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Agenda Cultural Braga Novembro 2011

Text of Agenda Cultural Braga Novembro 2011

  • BRAGACultural 1

    EDIO: CMARA MUNICIPAL DE BRAGA

    COORDENAO: DIVISO DE CULTURA

    IMPRESSO: TECNIGRFICA

    TIRAGEM: 12.000 EXEMPLARES

    PERIODICIDADE: MENSAL

    DEPSIT0 LEGAL: N 148041/00

    DISTRIBUIO: GRATUITA

    LOCAIS DE DISTRIBUIO: CMARA MUNICIPAL DE BRAGA | POSTO DE TURISMO THEATRO CIRCO | BIBLIOTECA LCIO CRAVEIRO DA SILVA | CASA DOS CRIVOS VIDEOTECAS | ESPAOS INTERNET | MUSEUS UNIVERSIDADES E OUTROS

    CMARA MUNICIPAL DE BRAGACONVENTO DO PPULOTEL: 253 203 152FAX: 253 616 060cultura@cm-braga.pt

    DISPONVEL NO SITE DA CMARAwww.cm-braga.pt

    175

    Novembro 2011

    ndiceQuadriltero 02Teatro Circo 04Exposies 16Msica 20Teatro 22Cinema 23Conferncias 25Livros 29Biblioteca Lcio Craveiro 31Feiras 37Escolas 38Diversos 40Ambiente de Todos Ns 44Museus 46Mercado Cultural Carand 49Espaos Municipais 52Farmcias 54Telefones teis 56

    EVENTUAIS ALTERAES NO PROGRAMA E CALENDRIO CONSTANTES NESTA AGENDA SO DA RESPONSABILIDADE DOS PROMOTORES DAS INICIATIVAS

    OS AGENTES CULTURAIS, INTERESSADOS NA DIVULGAO DAS SUAS ACTIVIDADES, DEVEM REMETER A INFORMAO PARA A DIVISO DE CULTURA (cultura@cm-braga.pt), AT S 17.00 HORAS DO DIA 15 DO MS ANTERIOR QUELE EM QUE SE REALIZAR O EVENTO, MESMO QUE ESTE DIA OCORRA EM FIM DE SEMANA OU FERIADO.

  • BRAGACultural2

  • BRAGACultural 3

  • Theatro Circo

    BRAGACultural4

    Av. da Liberdade, 697Tel.: 253 203 800

    theatrocirco@theatrocirco.comwww.theatrocirco.com

    reservas@theatrocirco.com

    DANA | COMPANHIA PAULO RIBEIRO | ACTO 5SBADO 2

    04 Nov.21.30

    www.pauloribeiro.com M128

    Sala Principal

    Este trabalho vive da represso da energia sexual, e da sua confrontao com a fantasia romntica e religiosa que s encontra redeno numa espcie de sacrifcio de automutilao. um trabalho que tem uma carga ertica muito semelhante ao que se vi-via, ou pelo menos eu vivi, no nosso passado de catlicos, cheios de Nos-sa Senhora de Ftima e de Infernos meio orgsticos, meio redentores.Sbado 2 uma obra essencialmente egosta; o outro existe para dar relevo s nossas fantasias; compadecemo-nos a pensar que sofremos de amor, mas no passa de imaginao e conveno social. a que entra o texto, para dar relevo ao esteretipo das convenes sociais, banalida-de da palavra e at dos sentimentos, quase sempre fugazes e virtuais.Resumindo, nesta pea tentei explorar o turbilho vazio do indivduo vi-rado essencialmente para si prprio, tomando a ligao com o divino como espcie de energia redentora.O trabalho de autor no se esgota no impacto maior ou menor que as criaes possam ter no momento em que so criadas. A Dana das artes que mais sofre o efmero.

  • BRAGACultural 5

    Este princpio precisa ser contrariado, no s porque muitas obras pre-cisam de tempo para serem realmente apreendidas, como tambm es-sencial poder rever o que est para trs para situar melhor o presente. Depois, no tenho dvidas que a linguagem que identifica um autor s faz sentido quando h longevidade. Talvez seja este o factor maior para o reconhecimento e independncia face voracidade das modas, tendn-cias e mercados.Celebramos o nosso dcimo quinto aniversrio. O Sbado 2 foi a nossa primeira e muito emblemtica obra. S pode fazer sentido recuper-la e partilh-la com todos os que apreciam a Dana e a sua muito particular capacidade de ser intemporal. Para quem no conhece, ser certamente uma feliz descoberta, para quem j viu ser um momento festivo como aqueles em que revemos um ente querido que regressa aps uma longa ausncia. Paulo Ribeiro

    Coreografia: Paulo Ribeiro | Assistente do coregrafo e responsvel pela reposio: Leonor Keil | Msica: Nuno Rebelo | Figurinos: Maria Gonzaga | Luzes: Rui Marcelino | Intrpretes: (novo elenco) Eliana Campos, Leonor Keil, Rita Omar, Gonalo Lobato, Peter Michael Dietz e Romulus Neagu | Co-produo: Fundao das Descobertas / CCB | Apoio: Secretaria de Estado da Cultura / I.P.B.D., The British Council, CCA Audiovisuais, E.T.I.C., Maria Gonzaga e Teatro CineArte | Agradecimentos: CCB e Paula Brcia | Fotografias: Jos Alfredo

  • Theatro Circo

    BRAGACultural6

    MSICAGRUPO DE CHORO RASPA DE TACHO + EDU MIRANDA TRIO

    05 Nov.21.30

    Sala Principal

    www.edumiranda.comwww.myspace.com/raspadetachobandM128

    Sempre apostado em divulgar o gnero musical conhecido como choro ou chorinho, o Grupo de Choro Raspa de Tacho, que este ano comemora a primeira dcada, integrado por msicos brasileiros que vivem e to-cam h j longos anos em Portugal e msicos portugueses com grande paixo pelos sons do Brasil.No repertrio esto presentes os grandes clssicos do choro, lado a lado com temas originais compostos pelos membros do grupo. A primeira parte do concerto conta com a presena em palco de Edu Miranda Trio, projecto composto por Edu Miranda, Tuniko Goulart e Gio-vani Goulart.Nome incontornvel da msica portuguesa e brasileira, Edu Miranda em-prestou o seu bandolim virtuoso a grandes projectos musicais do pano-rama musical portugus e apresenta agora, em Braga, o novo lbum Edu Miranda Trio ao vivo.Fados trazidos para o ambiente da msica instrumental brasileira, pas-sando por ritmos como o chorinho, samba, baio, forr e o maracatu fazem deste espectculo um cocktail de influncias, virtuosismo e boa disposio.

  • BRAGACultural 7

    TEATRO| COMPANHIA DE TEATRO DE BRAGALTIMO ACTO

    08/10 e 15/17 Nov.21.30

    Pequeno Auditrio

    ltimo Acto de Anna Langhoff, foi representado pela primeira vez no Teatro Gorki, dirigido pela autora. Trata-se de uma pea que decorre du-rante um ensaio, prximo da estreia, a partir do momento em que o encenador visitado pelo escritor/dramaturgo. Este deseja que aquele escolha dirigir um texto seu. Um retrato cruel e cmico sobre as relaes de poder no teatro, um olhar descarnado sobre as prticas e a cultura teatrais e o entendimento ou desconhecimento que delas fazemos.ltimo Acto completado por A Arte do Futuro, de Alexej Schipenko, um texto onde tambm se fala de arte, de deus, da morte, do mundo, dos nossos desejos e medos.

    De Rui Madeira, Anna Langhoff e Alexej Schipenko, com Solange S, Waldemar de Sousa, Rogrio Boane, Frederico Bustorff Madeira e Vicente Magalhes | Assistncia: Carlos Feio e Andr Laires | Traduo: Regina Guimares e Helena Guimares Desenho de luz: Fred Rompante | Criao vdeo: Frederico Bustorff Madeira | Ambiente sonoro: Lus Lopes | Operao de luz: Vicente Magalhes | Criao grfica: Carlos Sampaio | Fotografia: Paulo Nogueira

    www.ctb.ptM165|10

  • Theatro Circo

    BRAGACultural8

    MSICA |CAPITAL EUROPEIA DA JUVENTUDEFESTIVAL SEMIBREVE

    11/13 Nov.

    www.festivalsemibreve.com10 | 1 dia 15 | 3 dias

    O Festival Semibreve um evento focado no universo da arte digital e da msica electrnica. Atravs de uma criteriosa seleco de artistas e de um olhar atento vanguarda da investigao, o Festival Semibreve prope-se a divulgar as actuais tendncias do conhecimento no campo da arte digital e promover espectculos de alguns dos artistas mais relevantes da actualidade no domnio da msica electrnica.A primeira edio do Festival Semibreve decorrer em Braga, de 10 a 13 de Novembro de 2011, integrada no programa da Capital Europeia da Juventude 2012.O Theatro Circo, um dos ex-libris da cidade, ser o corao do evento, albergando concertos, instalaes e uma mostra de trabalhos produzidos pelo Centro de Computao Grfica e pelo Departamento de Sistemas da Informao da Universidade do Minho. O Mosteiro de Tibes acolher uma extenso inteiramente dedicada a comunicaes, tertlias e debates tendo como intervenientes figuras proeminentes das novas tecnologias aplicadas arte.

    Programa:

    11 de Novembro, sexta-feira21.30 - QLUSTER + LUMA.LAUNISCH: espectculo (SP)22.40 - TAYLOR DEUPREE + S. MATHIEU: espectculo (PA)23.50 - JON HOPKINS: espectculo (SP)

    12 de Novembro, sbado21.30 - FENNESZ + P.MA: espectculo (SP)22.40 - BLACK KOYOTE: espectculo (PA) 23.50 - ALVA NOTO: espectculo (SP)

    13 de Novembro, domingo17.00 - V. JOAQUIM + HUGO OLIM: espectculo (PA)18.00 - MURCOF + ANTI VJ: espectculo (SP)

    Sala Principal e Pequeno Auditrio

  • BRAGACultural 9

    DANA | TNIA CARVALHO | MUSA CICLO NO FEMININOOLHOS CADOS

    18 Nov.21.30

    bsculturaltaniacarvalho.blogspot.comM127

    Sala Principal

    O Lus Guerra um bailarino com o qual gosto muito de trabalhar. Im-pressiona-me a forma como ele se apodera dos movimentos que lhe passo e os agarra de corpo e alma. Os movimentos tornam-se seus ime-diatamente aps os experimentar pela primeira vez, pois os bailarinos quando danam, mesmo que com movimentos marcados, so sempre criadores, tm um corpo diferente, uma forma de expresso diferente. Mas, mesmo assim, nunca deixo de me ver, a mim, nesses movimentos aos quais ele se agarra.Decidi fazer um dueto com ele por isso mesmo. Quero experimentar ter o meu corpo e o dele em palco. O meu, criador intrprete, o dele, intrprete criador. Tnia Carvalho

    Coreografia: Tnia Carvalho | Intrpretes: Tnia Carvalho e Lus Guerra | Msica: Distncia (Ocupao 3) de Diogo Alvim | Desenho de Luz: Anatol Waschke | Produo executiva: Sofia Matos | Produo: Bomba Suicida Associao de Promoo Cultural

  • Theatro Circo

    BRAGACultural10

    TEDXYOUTH19 Nov.

    09.00

    www.tedxyouthbraga.com15 | 20

    Pequeno Auditrio

    Foi h 25 anos que um grupo de pessoas na Califrnia formaram uma organizao sem fins lucrativos - dedicada a Ideias Que Vale A Pena Espalhar - ao qual chamaram TED, e organizaram um evento de 4 dias para o qual vrios pensadores e agentes da mudana a nvel mundial foram convidados a participar. Devido ao sucesso alcanado, TED cres-ceu para apoiar essa