Biblioteconomia de Livros Raros e educação patrimonial .Biblioteconomia de Livros Raros e educação

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Biblioteconomia de Livros Raros e educação patrimonial .Biblioteconomia de Livros Raros e...

Biblioteconomia de Livros Raros e educao patrimonial

por

Ana Virginia Pinheiro,Bibliotecria

Buenos Aires 2015

O que

Biblioteconomia de Livros Raros?

O que

Educao patrimonial?

Qual a formao necessria...

para que o bibliotecrio de livros raros esteja pronto...

ou para que o bibliotecrio esteja pronto

para os livros raros?

So muitas as respostas possveis., baseadas em conceitos frgeis de

raridade bibliogrfica e patrimnio.

Como se esses conceitos fossem interligados, naturalmente,

levando ao sentido tambm frgil, de educao patrimonial .

Nesse contexto, vale citar as ideias de um Bibliotecrio do incio do sculo XIX, que trabalhou e publicou na Frana,

Leopold Auguste Constantin Hesse (1779-1844)

Hesse definiu como atribuio de todo bibliotecrio:

O estudo da histria literria e do conhecimento dos livros

envolvendo o iter das colees que compem o acervo, seus mritos, sua raridade, e os diversos aspectos de sua materialidade.

Hesse afirmou, ainda, a prioridade do aprendizado constante e continuado, a partir da experincia diria

Mas, quais os conhecimentos que fundamentam o exerccio da Biblioteconomia de Livros Raros?

Em primeiro lugar, necessrio definir,

de modo operacional,

Livro Raro

Livro raro, Livro nico

Livro precioso.(Pinheiro, 1989)

Uma sugesto:

Mas, no possvel considerar esses conceitos, sem alicer-los na transdisciplinaridade.

No mbito da Biblioteconomia de Livros Raros, a transdisciplinaridade resulta do intercmbio de domnios tericos e da experincia dos diversos profissionais envolvidos no cuidado do livro raro,

pautado nos limites ticos.

Alguns princpios essenciais:

Princpio da exemplaridade

Princpio da morte digna a

biblioteca como um bem finito.

Princpio do

custo x benefcioou do bom

senso

Princpio da Restaurao, como mal necessrio

Princpio da biblioteca de

livros raros como um

organismo vivo

(Ranganathan)

Princpio de MateusPois a quem tem, mais se lhe dar e ter em abundncia, mas ao que quase no tem, at o que tem lhe ser tirado (Mat. 13:12 Parbola do semeador; Mat. 25:29 Parbola dos talentos) .

Sentido de pertencimento da biblioteca de livros raros.

anapaz@bn.br

Diapositiva 1Diapositiva 2Diapositiva 3Qual a formao necessria...para que o bibliotecrio de livros raros esteja pronto...Diapositiva 6Diapositiva 7Diapositiva 8Diapositiva 9Diapositiva 10Diapositiva 11Diapositiva 12Diapositiva 13Diapositiva 14Diapositiva 15Diapositiva 16Diapositiva 17Diapositiva 18Diapositiva 19Diapositiva 20Diapositiva 21Diapositiva 22Diapositiva 23Diapositiva 24Diapositiva 25Diapositiva 26Diapositiva 27