CAPA FINAL DAS FINAIS - Repositório Científico do ...· longo que se tem vindo a constituir como

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CAPA FINAL DAS FINAIS - Repositório Científico do ...· longo que se tem vindo a constituir como

20

20

Orientao

I

AGRADECIMENTOS

Durante este semestre de contnua aprendizagem e de investimento no

trabalho desenvolvido, no posso esquecer o apoio, disponibilidade e

generosidade de pessoas que considero terem sido importantes, nesta fase da

minha vida acadmica.

Aproveito, assim, desde j, para agradecer ao supervisor pedaggico, j que,

ainda antes da interao com o contexto educativo, o mesmo motivou-me e

emocionou-me com as suas palavras, tendo em conta as experincias que

poderia vir a vivenciar no mundo da infncia. Alm do mais, destaco que a

reflexo progressiva e constante que o mesmo partilhou comigo,

principalmente durante os momentos de observao das minhas prticas,

fizeram com que, a cada momento, fosse aglutinando novos conceitos e novas

perspetivas que, na minha mente, esto guardados, como se se tratassem de

um glossrio de reflexes que vou guardando para a minha formao

profissional e pessoal.

Por ltimo, mas no menos importante, agradeo minha famlia e amigos,

destacando a minha tia Ana, o meu pai, a minha me, a Rosrio, a Brbara, a

Joana, a Patrcia, a Helena, o Ricardo e o Joo que me apoiaram, sempre que

possvel, pela sua presena, carinho, compreenso e pacincia neste processo

longo que se tem vindo a constituir como um desafio, enquanto futura

educadora de infncia.

III

RESUMO

O presente relatrio de estgio foi elaborado no mbito da unidade

curricular de Prtica Pedaggica Supervisionada, integrada no Mestrado em

Educao Pr Escolar e Ensino do 1 Ciclo do Ensino Bsico da Escola

Superior de Educao do Instituto Politcnico do Porto.

O estgio realizou-se no Jardim de Infncia Gaia 13 que abarca crianas

desde os 3 aos 6 anos de idade.

A interao com a instituio e com o grupo de crianas e equipa educativa

foi feita de modo progressivo, de modo a que as atividades planificadas e o

projeto curricular de grupo construdo, fossem ao encontro das caractersticas

do contexto e do grupo de crianas.

Desde o incio da prtica pedaggica que se construram planificaes

semanais, que tinham como pressuposto a identificao das necessidades de

desenvolvimento das crianas, bem como os seus interesses, os objetivos, os

resultados de aprendizagem e os recursos pedaggicos, integrados no plano de

ao.

O trabalho desenvolvido teve por base a metodologia de investigaoao,

atravs de uma articulao entre a teoria e a prtica, com a inteno de

proporcionar competncias profissionais na mestranda tais como: ser capaz de

mobilizar vrios saberes cientficos e pedaggicos correspondentes educao

pr escolar; ser capaz de desenvolver estratgias pedaggicas diferenciadas;

construir uma atitude reflexiva de carter indagador.

Todo este processo contribuiu para a idealizao de uma identidade

profissional, em construo permanente, numa expectativa de aprendizagem

ao longo da vida.

Palavras chave: desenvolvimento, aprendizagem, metodologia de

investigaoao, formao

V

ABSTRACT

This internship report was prepared as part of the Supervised Teaching

Practice Discipline, integrated in the Education in the Pre-School and

Education 1st Cycle of Basic Education Master, in Escola Superior de Educao

of Instituto Politcnico do Porto.

The stage was held in Jardim de Infncia Gaia 13 that includes children

from 3 to 6 years old.

The interaction with the institution and with the group of children and

educational team proceeded in a progressive way, to the extent that the

information gathered, was primarily due to the observation, so that planned

activities and curriculum design group built would meet the characteristics of

the context and the group of children.

We made weekly plannings integrated in the action plan since the

beginning of the pedagogical practice, to help identify the development needs,

interests, goals, learning outcomes and learning resources of the children.

This work used the action research methodology, based on a connection

between theory and practice, with the intention of providing professional skills

in this master's degree, such as: being able to mobilize scientific and

pedagogical knowledge related to pre-school, being able to develop different

instructional strategies and being able to build a reflexive questioning attitude.

This whole process has contributed to the construction of a professional

identity, and to the expectation of lifelong learning.

Keywords: development, learning, action research methodology, training

http://www.web.ca/robrien/papers/arfinal.html

VII

NDICE

Introduo 1

1. Enquadramento Terico e Legal 3

2. Caracterizao geral do centro de estgio 17

Referncias Consultadas 53

5. Anexos 59

Anexos Tipo A Suporte papel 57

ANEXO A1.1 Planificao 59

ANEXO A2.1 Guio de Pr-Observao 65

ANEXO A2.2 Guio de Pr-Observao 73

ANEXO A3 Narrativas Colaborativas 85

ANEXO A4 Registo Fotogrfico 102

ANEXOS TIPO B Suporte digital 108

ANEXO B1 - Planificaes Semanais

ANEXO B2 - Guies de observao

ANEXO B3 - Narrativas Colaborativas

ANEXO B4 - Registo Fotogrfico

ANEXO B5 - Tabela de avaliao

ANEXO B6 - Outros documentos

ANEXO B7 - Dirio de Formao

1

INTRODUO

O que relatrio que aqui se apresenta foi realizado no mbito da Unidade

Curricular da Prtica Pedaggica Supervisionada, com vista a analisar

conscientemente o desenvolvimento profissional da estagiria.

Este percurso realizou-se no Jardim de Infncia Gaia 13, no concelho de

Vila Nova de Gaia, com um grupo de crianas entre os de trs e os 6 anos.

O estgio decorreu entre os meses de fevereiro e de junho de 2013, onde a

formanda desenvolveu prticas pedaggicas que a seguir sero

pormenorizadamente explicadas.

Ao longo destes meses, a prtica pedaggica desenvolveu-se competncias

profissionais para as quais delineamos alguns objetivos, tais como: elaborao

de planos ajustveis s caractersticas das crianas e, nesse sentido, saber

adequar e atuar em diferentes contextos educativos; fomentar a capacidade de

observao reflexiva; posicionar-se de forma crtica e reflexiva em relao

prtica pedaggica; procurar e investigar os saberes da prtica curricular da

educao pr-escolar.

Esta prtica pedaggica desenvolveu-se a partir de metodologias

investigao ao (IA), que contriburam, tambm, para o desenvolvimento

de competncias profissionais.

Neste relatrio de estgio de qualificao profissional houve sempre a

cooperao de outra formanda, o que promoveu um trabalho de colaborao

entre estagirias. Como tal, houve simultaneamente a presena de dirios de

formao individuais, bem como narrativas de carter colaborativo, onde,

estas ltimas, foram realizadas, ainda, com a educadora cooperante.

O presente relatrio est dividido em trs captulos, sendo que no primeiro

constam as fontes a que a formanda recorreu ao longo deste percurso, ou seja,

o enquadramento terico, documentos estes fornecidos pela Escola Superior

de Educao, supervisor pedaggico, bem como atravs de pesquisas

particulares. No segundo captulo, esto presentes as caractersticas gerais da

instituio de estgio, tendo por base o meio envolvente e o grupo de crianas

com o qual a formanda atuou pedagogicamente. No terceiro e ltimo captulo,

apresentada a anlise reflexiva da prtica pedaggica de formao. Esta

2

anlise carece dos respetivos resultados das atividades desenvolvidas com as

crianas, bem como, e, essencialmente, uma reflexo das competncias

profissionais e pessoais da formanda ao longo deste percurso.

Em concluso ao relatrio apresentamos uma reflexo final, onde se faz

uma sntese analtica que aponta as potencialidades, as dificuldades e os

constrangimentos sentidos ao longo deste percurso pedaggico. Tambm

evidencia aspetos que a formanda ter que melhorar na sua prtica, sabendo

que os melhorar ao longo da vida profissional.

Mencionamos que, seguem-se, ainda, os anexos, no qual est disponvel um

exemplar da planificao semanal, dois exemplares das narrativas

colaborativas e de guies de pr observao, bem como ainda alguns registos

fotogrficos.

3

1.ENQUADRAMENTO TERICO E LEGAL

Neste captulo iremos refletir sobre aqueles que pretendemos que sejam os

fundamentos tericos e legais que iro servir como suporte ao educativa do

educador de infncia. Deste modo, ser atravs da necessidade de reflexo

acerca das influncias das prticas, que convocamos a clarificao destes

referentes.

Dado que este referente trico define o papel especfico de desempenho

profissional do educador de infncia, no anexo n.1, entendemos oportuno

remeter este estudo para o Perfil Especfico do Educador de Infncia. Neste

Decreto - Lei podemos obter as linhas orientadoras da ao deste profissional

da educao ao nvel da conceo, desenvolvimento e integrao do currculo,

no que concerne organizao do ambiente educativo, da observao, da

planificao, da