Edição número 2539 - 9 de janeiro de 2015

  • View
    233

  • Download
    11

Embed Size (px)

DESCRIPTION

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Text of Edição número 2539 - 9 de janeiro de 2015

  • SBADOMACEI - ALAGOAS

    9 DE JANEIRO DE 2016 N0 2539

    R$ 2,00 tribunahoje.comTRIBUNA

    INDEPENDENTE

    EXEMPLAR DOASSINANTE

    Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas

    em reas isoladas

    Mnima

    22Mxima

    27TEMPO MARS FINANAS

    "MFIA DAS FUNERRIAS"17 VARA CRIMINAL MANDA SOLTAR OS 13 SUSPEITOS DE INTEGRAR ESQUEMA

    PGINA 11

    ANO PASSADOGOVERNO FEDERAL EXPULSOU

    332 SERVIDORES POR CORRUPOPGINA 7

    CDIGO DE TRNSITO

    OCUPAR VAGA PARA DEFICIENTE AGORA

    INFRAO GRAVECaiu o nmero de autuaes de condutores que estacionam em vagas destinadas a defi-cientes fsicos no ano passado. Enquanto em 2014 foram mais de 1.300 multas, em 2015

    foram 607. Agora a multa consta no Cdigo de Trnsito Brasileiro e de R$ 127,69. A infrao passa de leve para grave, com perda de cinco

    pontos na carteira. PGINA 10

    16% MAIS CARO

    TOMATE O VILO DA ALTA INFLACIONRIA NO COMEO DO ANO

    Os alimentos tiveram a maior contribuio no aumento da inflao na primeira semana de

    janeiro de 2016 - de 1,75% para 1,92% -, com destaque para as hortalias e legumes, cuja

    taxa passou de 8,46% para 10,53%. O tomate ficou quase 16% mais caro, pressionando o

    avano da inflao medida pelo ndice de Pre-os ao Consumidor Semanal. PGINA 14

    03:08 2.0m09:17 0.3m

    15:21 2.1m21:38 0.2m

    CONTAS SECRETAS

    MINISTRO QUEBRA SIGILO FISCAL DA FAMLIA CUNHA

    Deciso de Teori Zavascki atendeu pedido da Pro-curadoria Geral da Repblica. Perodo de anlise ser de 2005 a 2014, quando contas da famlia

    teriam sido abastecidas com propinas. PGINA 7

    POUPANA: 0,6679%

    DLAR COMERCIALR$ 4,02 R$ 4,02

    DLAR PARALELOR$ 3,70 R$ 4,20

    OURO:R$ 141,50

    SECOM PMM / PEI FON

    SANDRO LIMA

    A PARTIR DESTE DOMINGO, O MACEIOENSE PAGAR R$ 3,15 PELA PASSAGEM DE NIBUS. O PREFEITO RUI PALMEIRA AUTO-RIZOU ALTA DE R$ 0,40 EM RELAO AO PREO ATUAL, DE R$ 2,75. AS EMPRESAS REIVINDICAVAM UM VALOR DE R$ 3,35 E O

    CONSELHO MUNICIPAL FIXOU EM R$ 3,20. PORM, O REAJUSTE FOI REVISADO PELO PREFEITO, QUE DECIDIU REDUZIR O VALOR EM R$ 0,05. PESARAM NA DECISO O AUMENTO NO VALOR DOS COMBUSTVEIS E A ALTA DO SALRIO MNIMO. PGINA 9

    PASSAGEM DE NIBUS EM MACEI PASSAA CUSTAR R$ 3,15 A PARTIR DE AMANH

    Rui investe em esporte construindo quadras

    PREFEITO TAMBM PROMOVE CAPTAO DE GRANDES EVENTOS, PROMOO ACESSIBILIDADE E INCLUSO

    PGINA 5

  • PolticaSecretria informa que corte de cinco palmeiras foi autorizado pelo IMAEm nota enviada imprensa ontem, a secretria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Cludia Petuba, rebateu a informao divulgada pela Secretaria Municipal de Proteo Ambiental (Sempma) em que a pasta que ela comanda foi notificada por ter cortado cinco palmeiras no estaciona-mento do Estdio Rei Pel. Segundo a secretria, houve o corte com a devida autorizao do Instituto do Meio Ambiente (IMA). Documentos foram encaminhados Sempma como prova.

    AFASTAMENTO

    Renan Calheiros torna-se alvo de ao

    MACEI - SBADO, 9 DE JANEIRO DE 2016POLTICA2

    Escritrios tm contratos suspensosDeciso da conselheira do TCE Rosa Albuquerque e impede que os escritrios atuem nos processos do Fundef

    ADAILSON CALHEIROS

    DIVULGAO

    Rafael Alcntara lembra que os contratos com os escritrios no passaram por processo de licitao

    Renan Calheiros foi mais um contestado na ao impetrada pelo advogado criminalista Mariel Marra

    ANDREZZA TAVARESREPRTER

    A conselheira Rosa Al-buquerque, do Tri-bunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL), determinou a suspen-so dos efeitos de contratos dos escritrios de advocacia efetivado pelos municpios de Passo de Camaragibe e Maragogi, para atuarem nas aes referentes aos pre-catrios do antigo Fundo de Manuteno e Desen-volvimento do Ensino Fun-damental e de Valorizao do Magistrio (Fundef).

    Segundo o Ministrio P-blico de Contas, a contrata-o foi feita sem licitao, o que vai de encontro Cons-tituio Federal. Ao todo, 37 municpios recebero R$ 440 milhes.

    reportagem da Tribu-na Independente, o pro-curador-chefe do Ministrio Pblico de Contas, Rafael Alcntara, informou que os contratos foram firmados com valores muito altos em relao ao mercado, acres-cendo 20% em cima do valor da ao.

    Os contratos foram ce-lebrados sem licitao e a remunerao altamente lesiva ao errio, sendo 20% sobre o valor do precatrio. Ao todo, os escritrios ad-vocatcios recebero R$ 88 milhes, salientou o procu-rador.

    Alm da contratao no ter sido feita por meio do processo licitatrio, o re-curso do Fundef exclusivo para a manuteno e de-senvolvimento da educao, no podendo ser investido para outra finalidade.

    Os municpios no po-dem usar esse recurso para o pagamento de honorrios advocatcios, ressaltou Ra-fael Alcntara.

    De acordo com a deciso

    CONGRESSO EM FOCOOfuscado pelos escn-

    dalos que envolvem as pe-daladas fiscais do governo Dilma, processo de impea-chment e as investigaes contra o presidente da Cmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tambm tem sua permanncia no cargo contestada.

    O advogado criminalista mineiro Mariel Marley Mar-ra protocolou na Procurado-ria-Geral da Repblica um pedido de afastamento do senador enquanto seguirem os inquritos da Operao Lava Jato contra Renan. No momento, h cinco investi-gaes contra o peemedebis-ta relacionadas ao petrolo. Mariel o autor do pedido de impeachment do vice--presidente Michel Temer, arquivado por Cunha.

    O documento que solicita o afastamento de Renan co-mea com a epgrafe de uma frase dita pelo procurador--geral da Repblica, Rodrigo Janot, ao comentar a Opera-o Lava Jato: Pau que d

    publicada ontem no Dirio Oficial Eletrnico do TCE/AL, outro escritrio advoca-tcio j havia sido contratado pela AMA (Associao dos Municpios Alagoanos), em 2003, para prestar servios jurdicos visando recupe-rao de valores do hoje ex-tinto Fundef repassados a menor entre os anos de 1998 a 2006.

    Determinar, na even-tualidade, de j ter havido eventual pagamento de ho-norrios contratuais, que os aludidos valores sejam in-

    em Chico d em Francisco. O ditado popular sintetiza a argumentao construda pelo advogado, que se baseia no requerimento apresen-tado por Janot ao Supremo Tribunal Federal (STF) no

    disponibilizados, devendo, para isto, os escritrios ju-rdicos comunicarem a esta Relatora sobre a abertura de conta especfica, juntando, aos autos, o devido compro-vante de depsito, sob pena de encaminhamento ao Mi-nistrio Pblico Estadual para a adoo das medidas judiciais cabveis, destaca a deciso.

    Rosa Albuquerque deter-minou ainda que os prefeitos fossem comunicados para no prazo de cinco dias e apre-sentem as suas respectivas

    dia 16 de dezembro de 2015, em que pediu o afastamento cautelar de Cunha da Pre-sidncia da Cmara. O caso ser analisado pelos minis-tros do Supremo em feverei-ro, aps o recesso do Judici-

    Aluguel de sede da ANTT aumentou 900%A direo da Agncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deu um golpe no Palcio do Planalto, cuja ordem da presidente Dilma cortar custos em toda a estrutura do Governo. O aluguel da sede atual aumentou 900% na renovao do contrato, no dia 29 de dezembro, passando para R$ 120 milhes com validade para cinco anos. Extrato do primeiro contrato, de 2010, que se encerrou em dezem-bro, revela que o valor no ultrapassava R$ 14 milhes, de acordo com o processo n 50500.012910/2009-19.

    O protegidoO contrato foi fechado h cinco anos pelo diretor Bernardo Figueiredo, protegido de Dilma na Agncia. No reconduzido ao cargo, hoje con-sultor na iniciativa privada.

    Cidade de sangueAcredite. Castanhal, no Par, de apenas 189 mil habitantes, registrou 102 assassinatos em 2015. Trs vtimas eram grvidas. um crime para cada 1.800 habitantes.

    OAB x Caixa 2Com a aprovao do financiamento pblico de campanha, a OAB, CNBB e entidades lanam os comits de combate ao Caixa 2. E propo-ro projeto de lei que o criminaliza.

    Pas da PiadaRelator que cortou R$ 151 milhes do oramento da PF para 2016, o deputado Ricardo Barros ser ouvido pela prpria PF em breve. Nada referente ao corte. Ele alvo de inqurito na PGR que apura direciona-mento de licitao no Paran. No bastasse isso, Barros do PP, cuja metade da bancada no Congresso investigada na Lava Jato.

    A Cesar..O ex-prefeito do Rio Cesar Maia denuncia: o fechamento do estdio do Engenho, sede do Pan 2007 construdo na sua gesto, foi orquestra-do pela concessionria do Maracan para garantir controle dos clubes de futebol e aumentar receitas. A prefeitura alegou que a cobertura est danificada. A arena est fechada h trs anos.

    O segredoAo afagar o PSB pernambucano que controla a executiva nacional, o governador do DF, Rollemberg, mostra que se coloca como nome para disputar o Planalto. Rollemberg est empregando todos os rfos da gesto administrativa de Eduardo Campos.

    Santurios salvos Abrolhos e o litoral de Porto Seguro e Ilhus esto salvos da lama da Samarco. Boato de que ela teria subido o litoral capixaba para a Bahia acendeu alerta no Governo. Preocupou no s ambientalistas como a nata da burguesia paulista e carioca que tem casa em Trancoso, Arraial, Morro de So Paulo e Itacar.

    Ainda bemA presso poltica e dos moradores importados foi tamanha que o se-cretrio de Meio Ambiente da Bahia, Eugnio Spengler, sobrevoou por mais de trs horas o litoral e espalhou fotos comprovando que a gua das praias e do santurio continuam limpas.

    Cai taxa de MarinhaA presidente Dilma sancionou a lei 13.240, que reduz de 5% para 2% a taxa de ocupao dos terrenos de Marinha, uma das maiores aberra-es da Repblica. A taxa existe desde 1831, quando estipulou-se um limite da mar para cobrar o imposto para imveis da orla nas cidades. A lei da reduo, que beneficiar milhares de proprietr