Fasciculo 1 - OK - bvs.· Sociodrama f. Bom dia criativo g. Bom dia gráfico h. Bom dia musical i

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Fasciculo 1 - OK - bvs.· Sociodrama f. Bom dia criativo g. Bom dia gráfico h. Bom dia musical i

  • NDICE

    INTRODUO

    PARTE 1: METODOLOGIA

    1.1. Andragogia ...............................................................................................................................................

    1.2. Dinmica de Grupo...................................................................................................................................

    1.3. Processo Vivencial de Aprendizagem.......................................................................................................

    1.3.1. Etapa de Atividade.................................................................................................................................

    1.3.2 Etapa de Anlise......................................................................................................................................

    1.3.3. Etapa de Conceituao...........................................................................................................................

    1.3.4 Etapa de Conexo..................................................................................................................................

    PARTE 2: DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO

    2.1. Definio de Papis dos Facilitadores .....................................................................................................

    2.1.2. Facilitadores do Processo de Aprendizagem ........................................................................................

    2.1.3. Facilitadores do Contedo Terico .......................................................................................................

    2.2 Perfil do Curso ..........................................................................................................................................

    12

    12

    12

    3

    6

    7

    9

    14

    15

    17

    20

    22

    25

    28

  • PARTE 3: UTILIZAO DE TCNICAS VIVENCIAIS DE APRENDIZAGEM

    3.1. Etapa de Incluso/Nucleao ...........................................................................................

    3.1.2 Tcnicas utilizadas na Etapa de Incluso/Nucleao ....................................................

    a. Histria do nome

    b. Corrente de nomes

    c. Eco-nome

    d. Apresentao em subgrupos

    e. Sociodrama

    f. Bom dia criativo

    g. Bom dia grfico

    h. Bom dia musical

    i. Bom dia com bales

    j. Manchete

    k. Reapresentando com adjetivos

    l. Apresentando por entrevistas.

    m. Histria do grupo

    3.2 Etapa de Desenvolvimento - Processo e Contedo ..........................................................

    3.2.1 Tcnicas utilizadas na Etapa de Desenvolvimento - Processo e Contedo ..................

    a. Levantamento de expectativas

    b. Exerccio FIFA/CODEX

    c. Tcnica dos 5 sensos de qualidade (Casa de *)

    d. Teatralizao das GMP

    3

    6

    20

    22

    12

  • e. Carta do primo Pepe

    f. Jogo do consenso

    g. Quebra-cabea de palavras

    h. O grande HACCP

    i. Abrigo subterrneo

    j. Anlise do campo de foras

    k. Reunio inicial (simulao)

    3.3. Tcnicas de Vitalizao / Aquecimento / Harmonizao .......................................................................

    a. Ao ritmo da msica

    b. Alfndega

    c. Bales e sentimentos

    d. Eu te admiro

    e. Estrelas na rede

    f. Andaluz

    g. Ciranda

    h. Mudando a si

    i. Alongamento

    j. Dana Sagrada

    k. Fazer chover

    3.4 Tcnicas de Diviso de Grupo ..................................................................................................................

    a. Bales coloridos

    b. Bales coloridos com sentimentos

    3

    22

  • c. Coral da afeio

    d. Quatro elementos

    e. Cartes coloridos

    f. Salada de frutas harmnica

    g. Cartes postais

    h. Quartzos coloridos

    i. Passeio na praa

    j. Jogo das profisses

    k. Carta enigmtica

    l. Domin humano

    m. Diviso por provrbios

    n. Orquestra divertida

    o. Quebra-cabea

    3.5 Etapa de Encerramento e Avaliao .................................................................................

    3.5.1 Tcnicas Utilizadas na Etapa de Encerramento e Avaliao .........................................

    a. O Crculo mgico

    b. O Papel amassado

    c. Semforo da qualidade

    d. Flor com pensamento

    e. Crculo de sentimentos

    f. Abrao do grupo

    g. Criao do Boa Noite

    h. Bagagem do dia

    3

    4

  • i. rvore da amizade

    j. Lembretes importantes

    k. Caixa de chocolates

    3.6. Utilizao de textos para reflexo/ensinamentos

    a. Disposio para aprender

    b. O mestre zen e a cerimnia do ch

    c. Milho de pipoca

    d. A parbola do sapo escaldado

    PARTE 4: DICAS SOBRE O USO DE RECURSOS MATERIAIS

    PARTE 5: REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS

    12

    12

  • INTRODUO

    Ao contrrio de crianas e jovens, que inclinam sua viso ao futuro, o adulto procura a aplicao

    imediata de novos conhecimentos, sem inteno de estocar informaes para eventual ou posterior

    utilidade. Sua aprendizagem centrada no "problema" e no no "contedo". Sendo assim, na educao

    de adultos torna-se necessria a aplicao de uma metodologia especfica, apropriada para romper as

    barreiras naturais que bloqueiam seu aprendizado.

    Por isso, a Organizao Pan-Americana da Sade/Organizao Mundial da Sade decidiu introduzir

    em seus Cursos de Formao de Capacitadores em Sistemas de Controle de Alimentos uma forma de

    ensino inovadora, tornando a experincia do aprender prazerosa.

    Para que este processo acontea, cria-se um ambiente de amizade, confiana, respeito e colaborao

    entre os participantes, onde se aproveita o excelente repertrio de experincias de cada um, atravs do

    intercmbio de conhecimentos, dvidas, habilidades, informaes e sentimentos do grupo.

    Nestes cursos, a metodologia utilizada proporciona uma situao de alegria e satisfao entre os

    participantes, com o objetivo de facilitar o processo de aprendizagem nos aspectos tcnicos e

    comportamentais, provocando possveis mudanas paradigmticas.

  • PARTE 1: METODOLOGIA

    A Metodologia norteadora utilizada o Processo Vivencial de Aprendizagem (CAV) baseada nas

    Teorias de Andragogia e Dinmica de Grupo.

    1.1. ANDRAGOGIA

    A andragogia refere-se educao de adultos e se baseia em pressupostos e prticas bem diferentes

    da pedagogia.

    Os adultos tm responsabilidade no processo de aprendizagem e tm capacidade de autodireo para

    procurar aquilo que precisam.

    Sua experincia de vida sempre considerada, pois vem sendo acumulada em suas atividades, cada

    qual com um repertrio variado de conhecimentos, tcnicas, sentimentos e habilidades. Esta

    experincia pode ser um excelente recurso de aprendizagem para todo o grupo atravs do

    intercmbio de erros e acertos, convices e dvidas.

    Tanto o planejamento quanto o desenvolvimento das atividades so compartilhados, e o

    autodiagnstico e a avaliao so mtuos. O papel do professor/instrutor tambm sofre modificaes,

    passando de transmissor de informaes e conhecimentos para facilitador de aprendizagem. uma

    pessoa-recurso de contedos e processos. Sua funo consiste em ajudar a abrir canais de comunicao

    entre os aprendizes, em conduzir o desenvolvimento de habilidades para utilizar a experincia de outras

    pessoas como recursos de aprendizagem e, ainda, em envolver todos nos principais aspectos do

    processo.

    Vale lembrar que a aprendizagem um processo complexo que envolve a pessoa toda e no s

    seu intelecto. Toda aprendizagem finalmente uma auto-aprendizagem, para a qual o facilitador

    contribui por meio de estimulao (insumos), recursos e estruturao ambiental (setting).

    A prtica andraggica orientada pelos pressupostos sobre a capacidade dos adultos e suas

    necessidades especficas. Tambm por uma filosofia de ao social onde valores humanistas de

    respeito e participao no processo decisrio e de aes so considerados os mais elevados.

    Ao contrrio de crianas e jovens, que inclinam sua viso ao futuro, oadulto procura a aplicao imediata de novos conhecimentos, sem inteno

    de estocar informaes para eventual ou posterior utilidade.

  • O homem deve ser o sujeito de sua prpria educao. No pode ser objeto dela

    (Paulo Freire, Educao e Mudana).

    Como sujeito do processo educativo, o homem busca ativamente respostas para seus problemas, de

    forma consciente, crtica e criativa, rejeitando a mera repetio do que est escrito ou foi dito por

    outros.

    1.2. DINMICA DE GRUPO

    O termo Dinmica de Grupo refere-se :

    1. Enquanto Cincia (no mbito das Cincias Sociais) campo de pesquisa interessado em compreender

    e coordenar formas de organizao e direo de grupos (liderana, tomada de decises, etc.) nas mais

    diversas reas.

    2. O Campo do Grupo, enquanto espao dinmico, onde se lem a natureza do mesmo, suas foras

    psicolgicas e sociais, leis de desenvolvimento e de inter-relaes com os indivduos; assim como de

    outros grupos e instituies mais amplas, onde se constri um novo saber.

    3. Popularmente, a expresso associada ao uso de tcnicas aplicadas conduo de grupos.

  • 1.3. PROCESSO VIVENCIAL DE APRENDIZAGEM

    Este processo est dentro do campo grupal destacado na Dinmica de Grupo. Foi descrito e

    denominado Ciclo de Aprendizagem Vivencial (CAV), por Fela Moscovicci e publicado no livro

    "Desenvolvimento Interpessoal", 1985.

    uma abordagem vivencial onde a experincia de cada participante, dentro de uma experincia global

    compartilhada no espao/