FCAD Sport
FCAD Sport

FCAD Sport

  • View
    225

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Jornal desenvolvido por estudantes do 4º semestre de comunicação social com habilitação em jornalismo.

Text of FCAD Sport

  • No basta estar no DNA

    Secretrio de Esportes de Elias Fausto diz que a distribuio de recursos para o esporte passados s prefeituras sofre alteraes.

    A cultura brasileira diz que somos o pas do futebol. Desde pequenos as crianas so induzidas pelos pais a seguirem o mesmo time que eles, vestem a camisa ou o uniforme completo -, ganham uma bola de presente e depois do primeiro chute no param mais. De acordo com a professora de educao fsica Dalva Maria da Silva que tem experincia de 25 anos nessa rea, o esporte resgata as pessoas de um mundo adverso. E, segundo ela, parece que prprio do adolescente o futebol. estressante tentar mudar a modalidade esportiva nas aulas de educao fsica, desabafa Dalva. uma situao to incmoda que tem hora que d vontade de ceder ao que os alunos pedem. Eu mesmo j cheguei a ceder o futebol para no me estressar de tanto que os alunos insistem, comenta.

    Treino do time de basquete de Indaiatuba.Foto Divulgao. O secretrio de esportes de Elias Fausto, Maurcio Antunes, revela que o que no falta so investi-mentos financeiros no esporte, ele diz que o problema est na gesto de todo o montante que repassa-do s prefeituras. Antunes tambm cita a pssima remunerao dos professores, o que causa a falta

    de profissionais para trabalhar na rea. O salrio de um professor de educao fsica em um munic-pio como o nosso de R$ 680,00- conta. Victor Hugo Granado Antequera, administrador, percebeu com 13 anos que podia ter futuro no basquete, fez teste em uma equipe e comeou a treinar. No entanto, sua trajetria na modalidade parou quando iniciou a faculdade e se decepcionou ao descobrir que no havia um programa de incentivo ao esporte. O interesse nacional o futebol. preciso fazer jus ao nome de pas do futebol. Uma das formas ganhar ttulos e fazer com que o esporte mude a sociedade.

    Por Fertnando Santos eDebora Nogueira

    o fim das barreirasBrasileiros se interessam cada vez mais por futebol americano

    Dados recentes mostram que o football, como conhecido o futebol americano nos Estados Unidos, est cada vez mais popular em nosso pas, isto est acontecendo atravs da Superbol que transmite os jogos da Liga na TV a cabo. pag02

    Treinamento da equipe Salto Flames, Foto Divulgao

    Jogo Brasil x China realizado dia 04/08. Foto Divulgao

    Basquete: Um jogo de incentivo

    Treinador e aluno que transmitem emoes.

    Treinador e aluno comentam experiencias vividas no es-porte e de como elas influen-ciam em suas vidas. pag03

    Veja tambm:

    O foco ainda o futebol Professora de educao fsica, afirma que falta interesse do governo para investir em outras modalidades como o Basquete e Futebol Americano. Segundo Secretrio de Esportes de Elias Fausto, o problema est na gesto municipal. pag04

    boneco.indd 1 01/09/2012 18:45:36

  • Editorial Como trabalho prtico para o 2 perodo letivo de 2012 foi proposto pelos professores das disciplinas de Planejamento Visual, Tecnologias da Comunicao IV e Jornalismo Impresso. A elaborao de um jornal em quatro edies que serve tambm como uma oficina. assim que lanamos esta 1 Edio do jornal, esse primeiro com uma cara de informativo, que tem como nome FCAD SPORT. Tudo o que aqui se encontra foi feito com muita dedicao e pensando em voc, nosso leitor fiel.

    Boa leitura,Equipe FCAD SPORTS

    EXPEDIENTE:

    Diagramao:Gilson Fernandes

    Reviso e Reportagem:Fernando Santos

    Reportagem e Fotografia:Debora NogueiraRafael FormentonViviane AndrelloLarissa FerreiraKatelyn CaldeirasJssica Corsi

    Por Viviane Andrello

    o fim das barreiras

    Brasileiros se interessam cada vez mais por futebol americano

    Dados recentes mostram que o football, como conhecido o futebol americano nos Estados Unidos, est cada vez mais popu-lar em nosso pas, isto est acon-tecendo atravs da Superbol que transmite os jogos da Liga na TV a cabo. O preconceito que ronda est menor. Antes eu imaginava que era apenas um jogo violento, mas mudei minha concepo, disse Vanessa Cristina de Oliveira, 25 anos, a mais nova f do futebol americano. Talvez a falta de conhecimento o que mais atrapalha as pessoas, s conhecem o esporte de fora, acham que se resume apenas em pancadaria, tudo isso por causa de filmes que acabam com a identidade do esporte, tornando-o complicado e violento, essa

    Treinamento da equipe Salto Flames. Foto Divulgao www.flamesfa.com.br/news

    a primeira barreira que tentamos ultrapassar, afirma Paulo Cavoto, jogador do Flames, time do inte-rior paulista. O futebol americano um trabalho de equipe. Praticamente impossvel resolver o jogo sozinho, se o time no est bem, nada vai bem. No futebol ameri-cano o conceito de grupo ainda mais forte voc depende muito da equipe e todos tem que fazer o seu papel direito, se algum brilhar porque todo o time fez seu papel, um jogo muito mais estratgico do que fsico, finaliza Cavoto.

    Basquete: Um jogo de incentivo

    Treinador e aluno que transmitem emoes.

    Andr Luiz Matheus, 15 anos, estudante, um dos milhares de garotos que treinam o esporte como estilo de vida e como um incentivo. Jogador na equipe da Associao Atltica Ituana, time da cidade de Itu e joga h cinco anos: A vontade pelo basquete surgiu, por que queria algo novo, o diferencial a emoo ao jogar- conta o aluno. Para Andr, muitos jovens no se interessam muito pelo esporte, alguns pensam em praticar outros praticam- diz o atleta. O que parece estar fora da realidade para as pessoas, o jovem deixa bem claro que o que o faz ir busca dos objetivos a fora de vontade: Estudo de manh, depois pego um nibus e vou para o treino, no meo esforos. muito melhor do que estar nas ruas, cada dia apren-do mais, as amizades que eu tenho aqui so muito legais, muito bom quando estamos com amigos do bem- completa o jogador. J Aparecido Czar (Neto), 34 anos professor de educao fsica e atual treinador do time. conhecido como um bom espelho esportista, aos 16 anos fez parte da Seleo Brasileira de Basquete e outros times grandes da regio um deles como o XV de Piracicaba. Chegou a A.A Ituana, com grandes projetos de iniciao esportiva. Com o grande projeto autorizado, o ex-atleta trouxe grandes resulta-dos para o time. Nos ltimos anos, deixou a equipe em terceiro lugar, seguidos de um vice-campeonato, ficaram com ttulo da Copa Itu de Basquete de 2011 e hoje lideram

    o campeonato. Procuro passar elementos essenciais para o bom desempenho: Disciplina, res-peito e dedicao- diz o tcnico. Tenho contado tambm com os princpios bsicos: Conselho e pacincia; conselhos para trilhar um caminho srio e pacincia para se obter o sucesso- enfatiza Neto. Desde que o treinador chegou ao grupo, j teve dois jogadores que tiveram destaque e foram jogar em outros grandes times e j os v com grandes chances de chegar ao patamar de seleo O mercado est crescendo, os olhos esto se voltando para cada esporte, cada qual com seu merecimento, apesar de 16 anos que se passou desde que no jogo mais, ainda vejo alguns problemas no mundo do basquete. No trabalham em cima da formao de base dos atletas o que dificulta as vezes no bom resultado. Aqui criamos uma certa intimidade entre alunos e tre-inador, um trabalho em conjunto muito bacana, qual conhecemos todos e assim facilita o trabalho-

    comenta o treinador. Atualmente o Basquete do Brasil alcana o top 10 no ranking da FIBA (Federao Internacional de Basquete), depois de chegar s Olimpadas de Londres desa-creditada, a seleo fez bonito, mas no levou a medalha. Porm, o bom desempenho compensou os 16 anos ausentes no maior evento esportivo do planeta. Isso mostra a importncia para muitos garotos que esto na busca do sucesso na carreira. O Basquete emo-cionante do comeo ao fim. Uma vez faltando alguns minutos e um ponto para vencermos o jogo, fica-mos na expectativa da bola cair no cesto e no que caiu. a melhor coisa que eu pude sentir! Por isso incentivo todos os jovens e as pes-soas a olhar o esporte com mais carinho, porque ele tem muitas coisas boas- finaliza o tcnico da equipe.

    Por Jssica Corsi

    Treino de basquete da equipe de IndaiatubaFoto Divulgao

    boneco.indd 2 01/09/2012 18:45:37