HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS E PERICIAIS NA JUSTIÇA DO .processo, antecipando-lhes o pagamento, desde

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS E PERICIAIS NA JUSTIÇA DO .processo, antecipando-lhes o pagamento, desde

HONORRIOS ADVOCATCIOS E PERICIAIS NA JUSTIA DO TRABALHO

QUARTA REVOLUO INDUSTRIAL

CONCLUSES

A 4 revoluo industrial causar grande desempregocom o fim de vrias profisses .

A legislao trabalhista est defasada e no preparada para enfrentar a 4 revoluo industrial.

Precisamos, de fato, de um novo Cdigo Trabalhista.

No foi o que aconteceu com a Reforma Trabalhista imp pela Lei 13.467/2017.

A Reforma Trabalhista implementada pela Lei 13.467/2017, passados quase 06 meses, no alcanou seus objetivos de gerar novos empregos e modernizar a legislao.

O desemprego nunca esteve to alto (quase 13 milhes de desempregados) e a insegurana jurdica toma conta de todos os operadores do direito laboral.

A Reforma Trabalhista imps, de forma irresponsvel, novos formatos e figuras jurdicas que precarizaram as relaes de trabalho, tais como:

Contrato intermitente;

Trabalho autnomo com exclusividade;

Obrigatoriedade de gestante laborar em atividade insalubre;

Home Office sem controle de jornada;

Fortalecimento do negociado X enfraquecimento dos sindicatos;

Tarifao do dano extrapatrimonial;

Terceirizao indiscriminada da atividade fim da empresa;

E pior, a reforma trabalhista, na contramo dos movimentos democrticos que consolidaram a garantia de amplo e igualitrio acesso Justia, imps ao trabalhador reclamante economicamente desfavorecido a assumir, mesmo que beneficirio da justia gratuita, os riscos de demanda trabalhista com o pagamento coercitivo de custas, honorrios periciais e de sucumbncia com uso do prprio crdito trabalhista auferido no processo (de

t li t )

HONORRIOS PERICIAISCPC

Art. 82. Salvo as disposies concernentes gratuidade da justia, incumbe s partes prover as despesas dos atos que realizarem ou requererem no processo, antecipando-lhes o pagamento, desde o incio at a sentena final ou, na execuo, at a plena satisfao do direito reconhecido no ttulo.

Art. 95... 3o Quando o pagamento da percia for de responsabilidade de beneficirio de gratuidade da justia, ela poder ser:

I - custeada com recursos alocados no oramento do ente pblico e realizada por servidor do Poder Judicirio ou por rgo pblico conveniado;

II - paga com recursos alocados no oramento da Unio, do Estado ou do Distrito Federal, no caso de ser realizada por particular, hiptese em que o valor ser fixado conforme tabela do tribunal respectivo ou, em caso de sua omisso, do Conselho Nacional de Justia.

4o Na hiptese do 3o, o juiz, aps o trnsito em julgado da deciso final, oficiar a Fazenda Pblica para que promova, contra quem tiver sido condenado ao pagamento das despesas processuais, a execuo dos valores gastos com a percia particular ou com a utilizao de servidor pblico ou da estrutura de rgo pblico, observando-se, caso o responsvel pelo pagamento das despesas seja beneficirio de gratuidade da justia, o disposto no art. 98, 2o.

Art. 98 ...

2o A concesso de gratuidade no afasta a responsabilidade do beneficirio pelas despesas processuais e pelos honorrios advocatcios decorrentes de sua sucumbncia.

3o Vencido o beneficirio, as obrigaes decorrentes de sua sucumbncia ficaro sob condio suspensiva de exigibilidade e somente podero ser executadas se, nos 5 (cinco) anos subsequentes ao trnsito em julgado da deciso que as certificou, o credor demonstrar que deixou de existir a situao de insuficincia de recursos que justificou a concesso de gratuidade, extinguindo-se, passado esse prazo, tais obrigaes do beneficirio.

HONORRIOS PERICIAISCLTArt. 790-B. A responsabilidade pelo pagamento dos honorrios periciais da parte sucumbente na pretenso objeto da percia, ainda que beneficiria da justia gratuita. 4 Somente no caso em que o beneficirio da justia gratuita no tenha obtido em juzo crditos capazes de suportar a despesa referida no caput, ainda que em outro processo a Unio responder

HONORRIOS DE SUCUMBNCIACPC

Art. 85. A sentena condenar o vencido a pagar honorrios ao advogado do vencedor. 2o Os honorrios sero fixados entre o mnimo de dez e o mximo de vinte por cento sobre o valor da condenao, do proveito econmico obtido ou, no sendo possvel mensur-lo, sobre o valor atualizado da causa, atendidos:

14. Os honorrios constituem direito do advogado e tm natureza alimentar, com os mesmos privilgios dos crditos oriundos da legislao do trabalho, sendo vedada a compensao em caso de sucumbncia parcial.

Art. 98. A pessoa natural ou jurdica, brasileira ou estrangeira, com insuficincia de recursos para pagar as custas, as despesas processuais e os honorrios advocatcios tem direito gratuidade da

1o A gratuidade da justia compreende:

I - as taxas ou as custas judiciais;VI - os honorrios do advogado e do perito e a remunerao do intrprete ou do tradutor nomeado para apresentao de verso em portugus de documento redigido em lngua estrangeira;

3o Vencido o beneficirio, as obrigaes decorrentes de sua sucumbncia ficaro sob condio suspensiva de exigibilidade e somente podero ser executadas se, nos 5 (cinco) anos subsequentes ao trnsito em julgado da deciso que as certificou, o credor demonstrar que deixou de existir a situao de insuficincia de recursos que justificou a concesso de gratuidade, extinguindo-se, passado esse prazo, tais obrigaes do beneficirio.

HONORRIOS DE SUCUMBNCIACLTArt. 791-A. Ao advogado, ainda que atue em causa prpria, sero devidos honorrios de sucumbncia, fixados entre o mnimo de 5% (cinco por cento) e o mximo de 15% (quinze por cento) sobre o valor que resultar da liquidao da sentena, do proveito econmico obtido ou, no sendo possvel mensur-lo, sobre o valor atualizado da causa.

3 Na hiptese de procedncia parcial, o juzo arbitrar honorrios de sucumbncia recproca, vedada a compensao entre os honorrios.

4 Vencido o beneficirio da justia gratuita, desde que no tenha obtido em juzo, ainda que em outro processo, crditos capazes de suportar a despesa, as obrigaes decorrentes de sua sucumbncia ficaro sob condio suspensiva de exigibilidade e somente podero ser

executadas se, nos dois anos subsequentes ao trnsito em julgado da deciso que as certificou, o credor demonstrar que deixou de existir a situao de insuficincia de recursos que justificou a concesso de gratuidade, extinguindo-se, passado esse prazo, tais obrigaes do beneficirio.

EXEMPLO

Trabalhador cortador de cana dispensado sem justa causa e sem receber nenhuma verba rescisria, tendo sido diagnosticado cncer de pele em funo da exposio continuada e intensa aos raios solares. Inconformado, no exerccio do Jus Postulandi (art. 791 da CLT) ajuza Reclamao Trabalhista pleiteando o pagamento das verbas trabalhistas e do adicional de insalubridade.

Adin 5766/2017

PGR questiona dispositivos da reforma trabalhista que afetam gratuidade da justia

Nmero do slide 1Nmero do slide 2Nmero do slide 3Nmero do slide 4Nmero do slide 5Nmero do slide 6Nmero do slide 7Nmero do slide 8Nmero do slide 9Nmero do slide 10Nmero do slide 11Nmero do slide 12Nmero do slide 13Nmero do slide 14Nmero do slide 15Nmero do slide 16Nmero do slide 17Nmero do slide 18Nmero do slide 19Nmero do slide 20Nmero do slide 21Nmero do slide 22Nmero do slide 23Nmero do slide 24Nmero do slide 25Nmero do slide 26Nmero do slide 27Nmero do slide 28Nmero do slide 29Nmero do slide 30Nmero do slide 31Nmero do slide 32Nmero do slide 33Nmero do slide 34Nmero do slide 35Nmero do slide 36Nmero do slide 37