77
Inteligência Humana Inteligência Humana

Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Inteligecircncia HumanaInteligecircncia Humana

Inteligecircncia Inteligecircncia

Vaacuterias as definiccedilotildees de InteligecircnciaVaacuterias as definiccedilotildees de Inteligecircncia

1048707 1048707 Natildeo eacute uma capacidade isolada e unitaacuteriaNatildeo eacute uma capacidade isolada e unitaacuteria

mas um composto de vaacuterias funccedilotildeesmas um composto de vaacuterias funccedilotildees

1048707 ldquo1048707 ldquoA inteligecircncia de um indiviacuteduo emA inteligecircncia de um indiviacuteduo em

qualquer momento eacute o produto final dequalquer momento eacute o produto final de

uma sequumlecircncia vasta e complexa deuma sequumlecircncia vasta e complexa de

interaccedilotildees entre fatores hereditaacuterios einteraccedilotildees entre fatores hereditaacuterios e

ambientaisrdquo (AnastasiHebb)ambientaisrdquo (AnastasiHebb)

InteligecircnciaInteligecircnciaA inteligecircncia eacute como A inteligecircncia eacute como

um paacutera-quedas soacute um paacutera-quedas soacute funciona se estiver funciona se estiver aberta R Dewaraberta R Dewar

O fato de usarmos a O fato de usarmos a palavra inteligecircncia tatildeo palavra inteligecircncia tatildeo

frequentemente leva-nos frequentemente leva-nos a acreditar na sua a acreditar na sua

existecircncia como uma existecircncia como uma entidade concreta entidade concreta

estaacutevel e mensuraacutevel estaacutevel e mensuraacutevel Mas seraacute mesmo assimMas seraacute mesmo assim

Inteligecircncia Inteligecircncia definiccedilatildeodefiniccedilatildeo

A capacidade de uma pessoaA capacidade de uma pessoaassimilar conhecimentos factuaisassimilar conhecimentos factuaisrecordar eventos recentes e maisrecordar eventos recentes e maisremotos raciocinar logicamenteremotos raciocinar logicamentemanipular conceitos traduzir omanipular conceitos traduzir oabstrato analisar sintetizar bemabstrato analisar sintetizar bemcomo lidar significativamente comcomo lidar significativamente comproblemas e prioridade problemas e prioridade consideradasconsideradasimportantes num determinadoimportantes num determinadomomentomomento

Jean PIAGET (1896-1980)Jean PIAGET (1896-1980)

Via a inteligecircnciaVia a inteligecircncia

como a extensatildeocomo a extensatildeo

da adaptaccedilatildeoda adaptaccedilatildeo

bioloacutegica e comobioloacutegica e como

tendo umatendo uma

estrutura loacutegicaestrutura loacutegica

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 2: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Inteligecircncia Inteligecircncia

Vaacuterias as definiccedilotildees de InteligecircnciaVaacuterias as definiccedilotildees de Inteligecircncia

1048707 1048707 Natildeo eacute uma capacidade isolada e unitaacuteriaNatildeo eacute uma capacidade isolada e unitaacuteria

mas um composto de vaacuterias funccedilotildeesmas um composto de vaacuterias funccedilotildees

1048707 ldquo1048707 ldquoA inteligecircncia de um indiviacuteduo emA inteligecircncia de um indiviacuteduo em

qualquer momento eacute o produto final dequalquer momento eacute o produto final de

uma sequumlecircncia vasta e complexa deuma sequumlecircncia vasta e complexa de

interaccedilotildees entre fatores hereditaacuterios einteraccedilotildees entre fatores hereditaacuterios e

ambientaisrdquo (AnastasiHebb)ambientaisrdquo (AnastasiHebb)

InteligecircnciaInteligecircnciaA inteligecircncia eacute como A inteligecircncia eacute como

um paacutera-quedas soacute um paacutera-quedas soacute funciona se estiver funciona se estiver aberta R Dewaraberta R Dewar

O fato de usarmos a O fato de usarmos a palavra inteligecircncia tatildeo palavra inteligecircncia tatildeo

frequentemente leva-nos frequentemente leva-nos a acreditar na sua a acreditar na sua

existecircncia como uma existecircncia como uma entidade concreta entidade concreta

estaacutevel e mensuraacutevel estaacutevel e mensuraacutevel Mas seraacute mesmo assimMas seraacute mesmo assim

Inteligecircncia Inteligecircncia definiccedilatildeodefiniccedilatildeo

A capacidade de uma pessoaA capacidade de uma pessoaassimilar conhecimentos factuaisassimilar conhecimentos factuaisrecordar eventos recentes e maisrecordar eventos recentes e maisremotos raciocinar logicamenteremotos raciocinar logicamentemanipular conceitos traduzir omanipular conceitos traduzir oabstrato analisar sintetizar bemabstrato analisar sintetizar bemcomo lidar significativamente comcomo lidar significativamente comproblemas e prioridade problemas e prioridade consideradasconsideradasimportantes num determinadoimportantes num determinadomomentomomento

Jean PIAGET (1896-1980)Jean PIAGET (1896-1980)

Via a inteligecircnciaVia a inteligecircncia

como a extensatildeocomo a extensatildeo

da adaptaccedilatildeoda adaptaccedilatildeo

bioloacutegica e comobioloacutegica e como

tendo umatendo uma

estrutura loacutegicaestrutura loacutegica

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 3: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

InteligecircnciaInteligecircnciaA inteligecircncia eacute como A inteligecircncia eacute como

um paacutera-quedas soacute um paacutera-quedas soacute funciona se estiver funciona se estiver aberta R Dewaraberta R Dewar

O fato de usarmos a O fato de usarmos a palavra inteligecircncia tatildeo palavra inteligecircncia tatildeo

frequentemente leva-nos frequentemente leva-nos a acreditar na sua a acreditar na sua

existecircncia como uma existecircncia como uma entidade concreta entidade concreta

estaacutevel e mensuraacutevel estaacutevel e mensuraacutevel Mas seraacute mesmo assimMas seraacute mesmo assim

Inteligecircncia Inteligecircncia definiccedilatildeodefiniccedilatildeo

A capacidade de uma pessoaA capacidade de uma pessoaassimilar conhecimentos factuaisassimilar conhecimentos factuaisrecordar eventos recentes e maisrecordar eventos recentes e maisremotos raciocinar logicamenteremotos raciocinar logicamentemanipular conceitos traduzir omanipular conceitos traduzir oabstrato analisar sintetizar bemabstrato analisar sintetizar bemcomo lidar significativamente comcomo lidar significativamente comproblemas e prioridade problemas e prioridade consideradasconsideradasimportantes num determinadoimportantes num determinadomomentomomento

Jean PIAGET (1896-1980)Jean PIAGET (1896-1980)

Via a inteligecircnciaVia a inteligecircncia

como a extensatildeocomo a extensatildeo

da adaptaccedilatildeoda adaptaccedilatildeo

bioloacutegica e comobioloacutegica e como

tendo umatendo uma

estrutura loacutegicaestrutura loacutegica

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 4: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Inteligecircncia Inteligecircncia definiccedilatildeodefiniccedilatildeo

A capacidade de uma pessoaA capacidade de uma pessoaassimilar conhecimentos factuaisassimilar conhecimentos factuaisrecordar eventos recentes e maisrecordar eventos recentes e maisremotos raciocinar logicamenteremotos raciocinar logicamentemanipular conceitos traduzir omanipular conceitos traduzir oabstrato analisar sintetizar bemabstrato analisar sintetizar bemcomo lidar significativamente comcomo lidar significativamente comproblemas e prioridade problemas e prioridade consideradasconsideradasimportantes num determinadoimportantes num determinadomomentomomento

Jean PIAGET (1896-1980)Jean PIAGET (1896-1980)

Via a inteligecircnciaVia a inteligecircncia

como a extensatildeocomo a extensatildeo

da adaptaccedilatildeoda adaptaccedilatildeo

bioloacutegica e comobioloacutegica e como

tendo umatendo uma

estrutura loacutegicaestrutura loacutegica

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 5: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Jean PIAGET (1896-1980)Jean PIAGET (1896-1980)

Via a inteligecircnciaVia a inteligecircncia

como a extensatildeocomo a extensatildeo

da adaptaccedilatildeoda adaptaccedilatildeo

bioloacutegica e comobioloacutegica e como

tendo umatendo uma

estrutura loacutegicaestrutura loacutegica

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 6: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Conceito de epigecircneseConceito de epigecircnese

bull bull sustenta que o sustenta que o crescimento e ocrescimento e odesenvolvimento desenvolvimento ocorrem em umaocorrem em umaseacuterie de estaacutegiosseacuterie de estaacutegiosbull bull cada um dos quais eacute cada um dos quais eacute construiacutedo sobreconstruiacutedo sobreo domiacutenio eficaz do o domiacutenio eficaz do estaacutegio anteriorestaacutegio anteriorbull bull cada estaacutegio ocorre em cada estaacutegio ocorre em uma certauma certaidadeidade

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 7: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO DESENVOLVIMENTO DOS ESTAacuteGIOS SEGUNDO PIAGETPIAGET

Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada Agrave medida que a crianccedila estiver afetivamente perturbada por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa por qualquer razatildeo e por isso encontrar-se ansiosa triste desanimada com baixa auto-estima etc o triste desanimada com baixa auto-estima etc o desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que desenvolvimento geral dela poderaacute ser atrasado jaacute que suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas suas preocupaccedilotildees infelizes canalizam as suas energiasenergias

Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a Em cada estaacutegio de desenvolvimento existe a construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia construccedilatildeo de determinadas estruturas de inteligecircncia que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o que satildeo necessaacuterias para que a crianccedila passe para o estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva estaacutegio seguinte Quando ocorre uma desordem afetiva e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um e a falta de estiacutemulos adequados pode ocorrer um atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de atraso nesse desenvolvimento jaacute que as estruturas de inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento inteligecircncia necessaacuterias para o pleno desenvolvimento da crianccedila natildeo se desenvolvem plenamenteda crianccedila natildeo se desenvolvem plenamente

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 8: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

EstaacutegiosEstaacutegios

bull bull Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)Estaacutegio sensoacuterio-motor(nascimento aos 2 anos)iniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeoiniacutecio da aprendizagem atraveacutes da observaccedilatildeosensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeessensorial adquirindo controle das suas funccedilotildeesmotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emotoras atraveacutes da atividade exploraccedilatildeo emanipulaccedilatildeo do ambientemanipulaccedilatildeo do ambientebull bull Estaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-seEstaacutegio preacute-operacional (2 aos 7 anos) utiliza-semais de siacutembolos e linguagemmais de siacutembolos e linguagembull bull Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)Estaacutegio das operaccedilotildees concretas (7 aos 11 anos)a crianccedila opera e age sobre o mundo concretoa crianccedila opera e age sobre o mundo concretoreal e visiacutevel dos objetos e eventosreal e visiacutevel dos objetos e eventosbull bull Estaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daEstaacutegio das operaccedilotildees formais (11 ao final daadolescecircncia) capacidade de pensaradolescecircncia) capacidade de pensarabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitosabstratamente raciocinar dedutivamente e definir conceitos

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 9: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Deacutecada de 80 surgeDeacutecada de 80 surge

ldquoldquoTeoria dasTeoria dasInteligecircnciasInteligecircnciasMuacuteltiplasrdquoMuacuteltiplasrdquo

Howard Gardner ndashHoward Gardner ndashUniversidade deUniversidade deHarvardHarvard

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 10: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Gardner identificouGardner identificou

oito ldquointeligecircnciasrdquooito ldquointeligecircnciasrdquo

autocircnomas e relativamenteautocircnomas e relativamente

independentes cada uma com suaindependentes cada uma com sua

linguagem siacutembolos e processoslinguagem siacutembolos e processos

Afirma que todas as inteligecircnciasAfirma que todas as inteligecircncias

funcionam independentemente masfuncionam independentemente mas

podem estar relacionadaspodem estar relacionadas

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 11: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

AS INTELIGEcircNCIAS SAtildeOAS INTELIGEcircNCIAS SAtildeO

bull bull LinguumliacutesticaLinguumliacutesticabull bull Loacutegico ndash MatemaacuteticaLoacutegico ndash Matemaacuteticabull bull EspacialEspacialbull bull CorporalCorporalbull bull MusicalMusicalbull bull InterpessoalInterpessoalbull bull IntrapessoalIntrapessoalbull bull NaturalistaNaturalista

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 12: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

LinguumliacutesticaLinguumliacutestica

Envolve a sensibilidade para aEnvolve a sensibilidade para aliacutengua falada e escrita incluindoliacutengua falada e escrita incluindopoesia humor metaacuteforaspoesia humor metaacuteforasanalogias habilidade paraanalogias habilidade paraaprender idiomasaprender idiomasEacute a inteligecircncia do jornalistaEacute a inteligecircncia do jornalistanarrador de histoacuterias do poetanarrador de histoacuterias do poetado advogadodo advogado

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 13: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

Loacutegico-MatemaacuteticaLoacutegico-Matemaacutetica

Associada ao pensamentoAssociada ao pensamentocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivocientiacutefico ou ao raciociacutenio indutivoFavorece o uso da loacutegica paraFavorece o uso da loacutegica paraanalisar problemas proposiccedilotildees eanalisar problemas proposiccedilotildees ehipoacuteteses o processo dehipoacuteteses o processo dequantificar deduzir investigarquantificar deduzir investigarrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasrealizar operaccedilotildees matemaacuteticasInteligecircncia do cientista doInteligecircncia do cientista docontador do programador decontador do programador decomputadorescomputadores

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 14: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

EspacialEspacial

Responde pela capacidade deResponde pela capacidade de

percepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendopercepccedilatildeo viacutesuo-espacial trazendo

contribuiccedilotildees para arte assim comocontribuiccedilotildees para arte assim como

para ciecircncia em campos que requerempara ciecircncia em campos que requerem

acuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacuteacuidade visual memoacuteria e projeccedilotildees Eacute

a inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafosa inteligecircncia dos arquitetos fotoacutegrafos

artistas pilotos e engenheirosartistas pilotos e engenheiros

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 15: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

CorporalCorporal

Se expressa na Se expressa na utilizaccedilatildeo do corpoutilizaccedilatildeo do corpo

para aprender para aprender preponderante empreponderante em

atletas danccedilarinos ator atletas danccedilarinos ator miacutemicomiacutemico

inventoresinventores

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 16: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

InterpessoalInterpessoal

Denota da capacidade de perceberDenota da capacidade de percebere entender intenccedilotildees mudanccedilase entender intenccedilotildees mudanccedilasinteresses e desejo do proacuteximointeresses e desejo do proacuteximoProporciona a capacidade deProporciona a capacidade detrabalhar em equipe Eacute atrabalhar em equipe Eacute ainteligecircncia de administradores deinteligecircncia de administradores decorporaccedilotildees negociadores ecorporaccedilotildees negociadores eprofessoresprofessores

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspectos relevantes para o dia-a- diaAspectos relevantes para o dia-a- diaInteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao Inteligecircncia eacute a capacidade de se adaptar ao meio precisa da memoacuteriameio precisa da memoacuteria

O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e O ceacuterebro processa formas conteuacutedos e linguagens do uso ou fora do usolinguagens do uso ou fora do uso

Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca Aacuterea de Broca linguagem(Pierre Paul Broca 1824-1880) descobridor da fala1824-1880) descobridor da fala

Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees Aprendizagem eacute um conjunto de funccedilotildees relacionadas no desenvolvimento de unidades relacionadas no desenvolvimento de unidades cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)cerebrais ou zona cerebrais(Luacuteria1987)

Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza Lobo frontal amadurece aos 21 anosorganiza todos os sentidostodos os sentidos

Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na Hipocampo aacuterea cerebral envolvida na consolidaccedilatildeo de memoacuteriaconsolidaccedilatildeo de memoacuteria

Afasia eacute uma perda do uso normal da Afasia eacute uma perda do uso normal da linguagem as vezes acompanhada de linguagem as vezes acompanhada de perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e perturbaccedilotildees na compreensatildeo na leitura e escritaescrita

Memoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeoMemoacuteria eacute modulada pela motivaccedilatildeo

Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde Piaget (1998) Para aprender eacute uma espiral onde o ato aprendido tem sempre um pouco do ato o ato aprendido tem sempre um pouco do ato anterior e um pouco do ato futuroanterior e um pouco do ato futuro

Se eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso malSe eu aprendo mal ler e escrevergtrepasso mal

Se eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bemSe eu aprendo ler e escrever bemgt repasso bem

AprendizagemAprendizagem

Para haver aprendizagem pressupotildee Para haver aprendizagem pressupotildee bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos bases neuroloacutegicas iacutentegrasComo aspectos

relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por relacionados agrave maturaccedilatildeo satildeo determinados por fatores geneacuteticos ambientais e sociaisfatores geneacuteticos ambientais e sociais

De que modo ele aprende Como essa pessoa De que modo ele aprende Como essa pessoa aprendeaprende

Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que Haacute funccedilotildees psicoloacutegicas preservadas que indicadores eu usoindicadores eu uso

Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees Funccedilotildees psicoloacutegicas eacute uma coisa funccedilotildees pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele pedagoacutegicas eacute outra Na funccedilatildeo psicoloacutegica ele vai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegicavai bem e porque natildeo vai bem na pedagoacutegica

BibliografiaBibliografia

Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998Aparecida Maria C Sabini Ed Aacutetica1998uarruarr Izquierdo Ivaacuten Izquierdo Ivaacuten Questotildees sobre MemoacuteriaQuestotildees sobre Memoacuteria Satildeo Leopoldo Editora Satildeo Leopoldo Editora Unisinos 2004Unisinos 2004Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Lino Joseacute Psicologia e educaccedilatildeo Artmed1998Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes Luacuteria Pensamento e linguagemPorto Alegre1987Ed Artes MeacutedicasMeacutedicasManuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem Manuel Antoacutenio Pamplona MoraisDistuacuterbios da aprendizagem uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 uma abordagem psicopedagoacutegica Ed Edicon1999 Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica Piaget O desenvolvimento da crianccedila e do adolescenteEd Aacutetica 20002000Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Revista Ceacuterebro e mente Marccedilomaio 98Site Portal da Mente e do CeacuterebroSite Portal da Mente e do Ceacuterebro

Page 17: Inteligência Humana. Inteligência ? Várias as definições de Inteligência: Não é uma capacidade isolada e unitária, Não é uma capacidade isolada e unitária,

IntrapessoalIntrapessoal

Revela a percepccedilatildeo acurada de siRevela a percepccedilatildeo acurada de si

proacuteprio e dos outros incluindoproacuteprio e dos outros incluindo

desejos medos limites dasdesejos medos limites das

reaccedilotildees emocionais processosreaccedilotildees emocionais processos

de pensamento Inteligecircncia dosde pensamento Inteligecircncia dos

psicoacutelogos teoacutelogospsicoacutelogos teoacutelogos

NaturalistaNaturalista

Evidencia a capacidade deEvidencia a capacidade dereconhecer e ordenar classes ereconhecer e ordenar classes esistemas entender os recursossistemas entender os recursosnaturais e do universo conceitos enaturais e do universo conceitos eclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesclassificaccedilatildeo das espeacutecies e fasesdo processo evolutivo Inteligecircnciado processo evolutivo Inteligecircnciade pessoas que tem o dom dede pessoas que tem o dom decuidar de plantas e animaiscuidar de plantas e animais

MusicalMusical

Se expressa pela capacidade de Se expressa pela capacidade de perceberperceberapreciar e produzir ritmos e apreciar e produzir ritmos e melodias Eacute amelodias Eacute ainteligecircncia de Bach inteligecircncia de Bach Beethoven ResideBeethoven Residetambeacutem na mente qualquer tambeacutem na mente qualquer indiviacuteduo queindiviacuteduo quepossa cantar afinado que tenha possa cantar afinado que tenha um bomum bomouvido consiga se manter no ouvido consiga se manter no compasso decompasso deuma muacutesicauma muacutesica

A Multidimensionalidade da A Multidimensionalidade da InteligecircnciaInteligecircncia

Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Para a multidimensionalidade da inteligecircncia a Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Teoria das Inteligecircncias Muacuteltiplas (TIM) de Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao Gardner parece-nos ser elucidativa quanto ao facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como facto de a inteligecircncia natildeo poder ser vista como algo unidimensional e singular Assim partindo algo unidimensional e singular Assim partindo da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de da definiccedilatildeo de inteligecircncia como habilidade de resolver problemas ou criar produtos que sejam resolver problemas ou criar produtos que sejam valorizados num ou mais envolvimentos valorizados num ou mais envolvimentos culturais a TIM vem pluralizar o conceito culturais a TIM vem pluralizar o conceito tradicional de inteligecircncia tradicional de inteligecircncia

Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades Para Gardner as crianccedilas possuem quantidades variadas destas inteligecircnciasvariadas destas inteligecircncias

combinam-nas e usam-nas de modos pessoais combinam-nas e usam-nas de modos pessoais e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que e idiossincraacuteticos pois do mesmo modo que todos noacutes parecemos diferentes e exibimos todos noacutes parecemos diferentes e exibimos personalidades diferentes tambeacutem todos personalidades diferentes tambeacutem todos possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner possuiacutemos tipos de mentes diferentes Gardner acrescenta ainda que pode acontecer que uma acrescenta ainda que pode acontecer que uma crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em crianccedila natildeo seja especialmente bem dotada em nenhuma das inteligecircncias e contudo em nenhuma das inteligecircncias e contudo em virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou virtude de uma determinada combinaccedilatildeo ou mistura das suas capacidades talvez consiga mistura das suas capacidades talvez consiga realizar singularmente bem certas tarefas realizar singularmente bem certas tarefas

Por outro lado refere que existe uma Por outro lado refere que existe uma independecircncia entre as inteligecircncias o que se independecircncia entre as inteligecircncias o que se traduz na possibilidade de um alto niacutevel de traduz na possibilidade de um alto niacutevel de capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um capacidade numa inteligecircncia natildeo requerer um niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia niacutevel igualmente alto em outra inteligecircncia Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as Assim segundo Gardner a diferenccedila entre as crianccedilas surge a dois niacuteveis principais crianccedilas surge a dois niacuteveis principais (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de (1) no vigor destas inteligecircncias ndash o perfil de inteligecircncias de cada crianccedila e inteligecircncias de cada crianccedila e (2) na forma como cada crianccedila invoca e (2) na forma como cada crianccedila invoca e combina tais inteligecircncias para realizar tarefas combina tais inteligecircncias para realizar tarefas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas resolver problemas e progredir em vaacuterias aacutereas

Gardner refere que fomos muito longe ao Gardner refere que fomos muito longe ao

ignorar as outras inteligecircnciasignorar as outras inteligecircncias

pois ao minimizarmos a importacircncia dessas pois ao minimizarmos a importacircncia dessas outras inteligecircncias dentro e fora da escola outras inteligecircncias dentro e fora da escola levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo levamos muitas crianccedilas agrave crenccedila de que satildeo tolas apenas porque fracassam em exibir a tolas apenas porque fracassam em exibir a combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos combinaccedilatildeo adequada e natildeo tiramos vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas vantagens dos modos pelos quais as muacuteltiplas inteligecircncias podem ser exploradas para atingir inteligecircncias podem ser exploradas para atingir de um modo mais amplo as metas da escola e de um modo mais amplo as metas da escola e da cultura Procurando dar resposta a esta da cultura Procurando dar resposta a esta situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da situaccedilatildeo Gardner propotildee que a organizaccedilatildeo da escola ideal do futuro se deve basear emescola ideal do futuro se deve basear em--

Duas suposiccedilotildeesDuas suposiccedilotildees

Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos Primeira nem todas as crianccedilas tem os mesmos interesses e habilidades e nem todas aprendem interesses e habilidades e nem todas aprendem da mesma maneirada mesma maneira

- Segunda atualmente ningueacutem pode aprender - Segunda atualmente ningueacutem pode aprender tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola tudo o que haacute para ser aprendido Esta escola centrada na crianccedila teria de ser rica na centrada na crianccedila teria de ser rica na avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias avaliaccedilatildeo das capacidades e tendecircncias individuais para procurar adequar agraves crianccedilas individuais para procurar adequar agraves crianccedilas tanto as aacutereas curriculares como as maneiras tanto as aacutereas curriculares como as maneiras particulares de ensinar esses assuntosparticulares de ensinar esses assuntos

Como medir aComo medir ainteligecircnciainteligecircncia

Satildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umaSatildeo vaacuterias as tentativas para fornecer umamedida para inteligecircnciamedida para inteligecircnciaO cientista britacircnico Francis Galton foi umO cientista britacircnico Francis Galton foi umdos pioneiros a investigar a inteligecircncia edos pioneiros a investigar a inteligecircncia eas diferenccedilas de habilidade mental nosas diferenccedilas de habilidade mental nosindiviacuteduosindiviacuteduosEm 1905 Binet introduziu o conceito deEm 1905 Binet introduziu o conceito deidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualidade mental (IM) que eacute o niacutevel intelectualmeacutedio de uma determinada idademeacutedio de uma determinada idade

Em 1912Em 1912

Wilhem Stern desenvolveuWilhem Stern desenvolveuum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oum caacutelculo matemaacutetico para avaliar oldquoldquoquociente mentalrdquo de uma pessoaquociente mentalrdquo de uma pessoaque mais tarde veio se chamarque mais tarde veio se chamarquociente de inteligecircncia ndash quociente de inteligecircncia ndash QI QI SeuSeucaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo dacaacutelculo usado ateacute hoje eacute a razatildeo daidade mental sobre a idadeidade mental sobre a idadecronoloacutegica multiplicada por 100cronoloacutegica multiplicada por 100

O teste de BinetO teste de Binet

foi levado aos EUA ondefoi levado aos EUA ondeLewis Terman (Universidade de Stanford)Lewis Terman (Universidade de Stanford)fez sua adaptaccedilatildeo hoje sendofez sua adaptaccedilatildeo hoje sendomundialmente conhecido como Escala demundialmente conhecido como Escala deInteligecircncia Stanford ndash BinetInteligecircncia Stanford ndash BinetAtualmente contamos com vaacuterias escalasAtualmente contamos com vaacuterias escalaspara medida da inteligecircncia dentre elaspara medida da inteligecircncia dentre elasMatrizes Progressivas de Raven EscalasMatrizes Progressivas de Raven Escalasde Inteligecircncia para Adulto e Crianccedilasde Inteligecircncia para Adulto e CrianccedilasWeschler (WISC e WAIS) dentre outrasWeschler (WISC e WAIS) dentre outras

QI QuocienteQI QuocienteIntelectualIntelectual

Para uma pessoa de pouco Para uma pessoa de pouco esclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeoesclarecimento QI eacute uma designaccedilatildeo

abreviada para inteligecircnciaabreviada para inteligecircncia

QI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduoQI = niacutevel de habilidade de um indiviacuteduo

QI ne fixo ou invariaacutevelQI ne fixo ou invariaacutevel

DEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeESDEPENDENTE DE INTERVENCcedilOtildeES

AMBIENTAISAMBIENTAIS

Classificaccedilatildeo daClassificaccedilatildeo daInteligecircnciaInteligecircncia

Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25Retardo Mental Profundo Abaixo de 20 ou 25

Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40Retardo Mental Grave Abaixo de 20-25- a 35-40

Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55Retardo Mental Moderado 35-40 a 50-55

Retardo Mental Leve 50-55 a 69Retardo Mental Leve 50-55 a 69

Limiacutetrofe 70- 79Limiacutetrofe 70- 79

Meacutedio Inferior 80- 89Meacutedio Inferior 80- 89

Meacutedio 90 ndash 109Meacutedio 90 ndash 109

Meacutedio Superior 110 ndash 119Meacutedio Superior 110 ndash 119

Superior 120 ndash 129Superior 120 ndash 129

Muito Superior acima de 130Muito Superior acima de 130

A Complexidade da Inteligecircncia A Complexidade da Inteligecircncia

Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o Para tentar perceber a complexidade da inteligecircncia o contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de contributo da Teoria Triaacuterquica da Inteligecircncia (TTI) de Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs Sternberg eacute fundamental pois compreende trecircs subteorias Componencial Experiencial e Contextual subteorias Componencial Experiencial e Contextual cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da cada uma das quais lidando com diferentes aspectos da inteligecircnciainteligecircncia Comeccedilando com a subteoria componencial esta Comeccedilando com a subteoria componencial esta relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno relaciona o conceito de inteligecircncia com o mundo interno da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem da crianccedila ou seja estaacute orientada para a abordagem dos mecanismos mentais que suportam o dos mecanismos mentais que suportam o comportamento inteligente comportamento inteligente

subteoria componencialsubteoria componencial

E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia E chama-se a atenccedilatildeo para a importacircncia de considerarmos as competecircncias e os de considerarmos as competecircncias e os estilos cognitivos proacuteprios de cada estilos cognitivos proacuteprios de cada crianccedila bem como de os respeitarmos crianccedila bem como de os respeitarmos durante todo o processo educativodurante todo o processo educativo

Contraacuterio da subteoria Contraacuterio da subteoria componencialcomponencial

Assim para aleacutem de perceber o que a Assim para aleacutem de perceber o que a crianccedila consegue fazer trata-se de crianccedila consegue fazer trata-se de perceber e respeitar o que ela prefere perceber e respeitar o que ela prefere fazer capitalizando deste modo as fazer capitalizando deste modo as competecircncias que tem e o modo como competecircncias que tem e o modo como prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da prefere utilizaacute-las Ao contraacuterio da subteoria componencial que como vimos subteoria componencial que como vimos relaciona o conceito de inteligecircncia relaciona o conceito de inteligecircncia

Passando agrave subteoria experiencialPassando agrave subteoria experiencial

esta defende que as tarefas satildeo esta defende que as tarefas satildeo diferencialmente boas como reflexos da diferencialmente boas como reflexos da inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das inteligecircncia natildeo apenas em funccedilatildeo das componentes envolvidas mas tambeacutem componentes envolvidas mas tambeacutem em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de em funccedilatildeo da existecircncia ou natildeo de familiaridade com as tarefas por parte da familiaridade com as tarefas por parte da crianccedila que as realiza crianccedila que as realiza

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextualsubteoria contextual

com o mundo interno da crianccedila a com o mundo interno da crianccedila a subteoria contextual procura relacionar a subteoria contextual procura relacionar a inteligecircncia com o mundo exterior da inteligecircncia com o mundo exterior da crianccedila ou seja preocupa-se com a crianccedila ou seja preocupa-se com a atividade mental que permite alcanccedilar um atividade mental que permite alcanccedilar um ajustamento ao contexto e natildeo com a ajustamento ao contexto e natildeo com a atividade fiacutesica ou com as influecircncias atividade fiacutesica ou com as influecircncias externas que podem facilitar ou impedir a externas que podem facilitar ou impedir a atividade no contexto atividade no contexto

Ecircnfase agrave atividade mental Ecircnfase agrave atividade mental

Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave Daacute-se assim preferencialmente ecircnfase agrave atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-atividade mental da crianccedila que tenta adaptar-se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se e natildeo existe uma preocupaccedilatildeo em verificar se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a se a crianccedila conseguiu ou natildeo a adaptaccedilatildeo a uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta uma determinada situaccedilatildeo Deste modo esta subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e subteoria tem por traacutes de si uma orientaccedilatildeo e preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o preocupaccedilatildeo com o processo e natildeo com o produto pois eacute mais importante perceber como produto pois eacute mais importante perceber como a crianccedila aprende e aplica o que aprende em a crianccedila aprende e aplica o que aprende em diferentes situaccedilotildees do que medir em termos diferentes situaccedilotildees do que medir em termos absolutos o resultado obtidoabsolutos o resultado obtido

MEMOacuteRIAMEMOacuteRIA

Memoacuteria armazenamento de Memoacuteria armazenamento de conhecimentosconhecimentos

O que eacute a memoacuteriaO que eacute a memoacuteria

A memoacuteria eacute um mecanismo A memoacuteria eacute um mecanismo de gravaccedilatildeo arquivo e de gravaccedilatildeo arquivo e classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo classificaccedilatildeo de informaccedilatildeo fazendo possiacutevel a sua fazendo possiacutevel a sua recuperaccedilatildeo posterior Em recuperaccedilatildeo posterior Em sentido estrito podemos sentido estrito podemos identificaacute-la com a identificaacute-la com a capacidade de gravaccedilatildeo mas capacidade de gravaccedilatildeo mas jaacute sabemos que eacute tatildeo jaacute sabemos que eacute tatildeo importante essa gravaccedilatildeo importante essa gravaccedilatildeo como o conteuacutedo e estrutura como o conteuacutedo e estrutura da informaccedilatildeoda informaccedilatildeo

MemoacuteriaMemoacuteria

De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute De forma geral e bastante resumida podemos falar que memoacuteria eacute aa

capacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lascapacidade de registrar as informaccedilotildees armazenaacute-las e lembraacute-lasquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois gruposquando precisamos utilizaacute-las podemos dividi-la em dois grupos

1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um 1 A memoacuteria de trabalho ou curto prazo reteacutem a informaccedilatildeo por um curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a curto espaccedilo de tempo Mantendo ativa a informaccedilatildeo necessaacuteria a execuccedilatildeo de atividades cognitivas em cursoexecuccedilatildeo de atividades cognitivas em curso

Eacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivoEacute uma memoacuteria que pode ser muito atingida no distuacuterbio atentivo

2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as 2 A memoacuteria agrave longo prazo compreende os conhecimentos e as lembranccedilas quelembranccedilas quevatildeo se armazenando no decorrer do tempovatildeo se armazenando no decorrer do tempo

Essa memoacuteria se divideEssa memoacuteria se divide

memoacuteria declarativamemoacuteria declarativa

1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria 1 - Semacircntica lembranccedila de uma teoria da informaccedilatildeo de um livro de da informaccedilatildeo de um livro de conhecimentosconhecimentos

2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e 2 - Episoacutedica lembranccedilas de fatos e eventos que noacutes vivenciamoseventos que noacutes vivenciamos

memoacuteria procedural memoacuteria procedural eacute o tipo de memoacuteria eacute o tipo de memoacuteria que usamos para andar de bicicleta nadarque usamos para andar de bicicleta nadar

tocar um instrumento eventos fatos etctocar um instrumento eventos fatos etc

Memoacuteria mudanccedila de Memoacuteria mudanccedila de comportamentocomportamento

Todo ser vivo dotado de um sistema Todo ser vivo dotado de um sistema nervoso eacute capaz de modificar o seu nervoso eacute capaz de modificar o seu comportamento em funccedilatildeo de comportamento em funccedilatildeo de experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo experiecircncias passadas Essa modificaccedilatildeo comportamental eacute chamada de comportamental eacute chamada de aprendizado e ocorre no sistema nervoso aprendizado e ocorre no sistema nervoso atraveacutes da propriedade chamada atraveacutes da propriedade chamada plasticidade cerebralplasticidade cerebral

Memoacuteria Operacional Memoacuteria Operacional

Armazena Armazena informaccedilotildees como informaccedilotildees como sequencia de sequencia de nuacutemeros sistema nuacutemeros sistema que estoca e que estoca e manipula manipula quantidades quantidades limitadas de limitadas de material verbal por material verbal por um periacuteodo curtoum periacuteodo curto

Ceacuterebro humanoCeacuterebro humano

O ceacuterebro humano que requer 25 daquilo que o coraccedilatildeo bombeia eacute particularmente complexo e extenso Se divide em 2 metades o hemisfeacuterio esquerdo e o hemisfeacuterio direito O seu aspecto se assemelha ao miolo de uma noz Eacute um conjunto distribuiacutedo de milhares de milhotildees de ceacutelulas que se estende por uma aacuterea de mais de 1 metro quadrado dentro do qual conseguimos diferenciar certas estruturas correspondendo agraves chamadas laquoaacutereas funcionaisraquo que podem cada uma abranger ateacute um deacutecimo dessa aacuterea

Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis Os hemisfeacuterios cerebrais satildeo responsaacuteveis

pela inteligecircncia e pelo raciociacuteniopela inteligecircncia e pelo raciociacutenio

Hemisfeacuterio dominante em 98 dos Hemisfeacuterio dominante em 98 dos humanoshumanos

eacute o hemisfeacuterio esquerdoeacute o hemisfeacuterio esquerdo eacute responsaacutevel pelo eacute responsaacutevel pelo pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa pensamento loacutegico e competecircncia comunicativa Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel Enquanto o hemisfeacuterio direito eacute responsaacutevel pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos pelo pensamento simboacutelico e criatividade Nos canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O canhotos as funccedilotildees estatildeo invertidas O hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele hemisfeacuterio esquerdo diz-se dominante pois nele localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de localiza-se 2 aacutereas especializadas a Aacuterea de Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade Broca (B) o coacutertex responsaacutevel pela motricidade da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex da fala e a Aacuterea de Wernicke (W) o coacutertex responsaacutevel pela compreensatildeo verbalresponsaacutevel pela compreensatildeo verbal

O corpo calosoO corpo caloso

localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica localiza-se no fundo da fissura inter-hemisfeacuterica ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela ou fissura sagital eacute a estrutura responsaacutevel pela conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais conexatildeo entre os dois hemisfeacuterios cerebrais Essa estrutura composta por fibras nervosas de Essa estrutura composta por fibras nervosas de cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em cor branca (freixes de axoacutenios envolvidos em mielina) eacute responsaacutevel pela troca de mielina) eacute responsaacutevel pela troca de informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex informaccedilotildees entre as diversas aacutereas do coacutertex cerebralcerebral

Observando nosso ceacuterebroObservando nosso ceacuterebro

Compreendendo o ceacuterebroCompreendendo o ceacuterebro

Coacutertex motorCoacutertex motor

eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da eacute responsaacutevel pelo controle e coordenaccedilatildeo da motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam motricidade voluntaacuteria Traumas nesta aacuterea causam fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor fraqueza muscular ou mesmo paralisia O coacutertex motor do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo do hemisfeacuterio esquerdo controla o lado direito do corpo e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado e o coacutertex motor do hemisfeacuterios direito controla o lado esquerdo do corpoesquerdo do corpo Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do Cada coacutertex motor conteacutem um mapa da superfiacutecie do corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os corpo perto da orelha estaacute a zona que controla os muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a muacutesculos da garganta e da liacutengua segue-se depois a zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao zona dos dedos matildeo e braccedilo a zona do tronco fica ao alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do alto e as pernas e peacutes vecircm depois na linha meacutedia do hemisfeacuteriohemisfeacuterio

Coacutertex preacute-motorCoacutertex preacute-motor

eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de eacute responsaacutevel pela aprendizagem motora e pelos movimentos de precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor precisatildeo Eacute na parte em frente da aacuterea do coacutertex motor correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver correspondente agrave boca que reside a Aacuterea de Broca que tem a ver com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto com a linguagem A aacuterea preacute-motora fica mais ativa do que o resto do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se do ceacuterebro quando se imagina um movimento sem o executar Se se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora se executa a aacuterea motora fica tambeacutem ativa A aacuterea preacute-motora parece ser a aacuterea que em grande medida controla o parece ser a aacuterea que em grande medida controla o sequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corposequenciamento de accedilotildees em ambos os lados do corpo

Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na Traumas nesta aacuterea natildeo causam nem paralisia nem problemas na intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos intenccedilatildeo para agir ou planear mas a velocidade e suavidade dos movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A movimentos automaacuteticos (ex fala e gestos)fica perturbada A praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-praacutetica de piano tecircnis ou golfe envolve o laquoafinarraquo da zona preacute-motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em motora - sobretudo a esquerda especializada largamente em atividades sequenciais tipo seacuterieatividades sequenciais tipo seacuterie

Cabe ao coacutertex do cerebeloCabe ao coacutertex do cerebelo

fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo fazer a coordenaccedilatildeo geral da motricidade manutenccedilatildeo do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa do equiliacutebrio e postura corporal O cerebelo representa cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais cerca de 10 do peso total do enceacutefalo e conteacutem mais neurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntosneurocircnios do que os dois hemisfeacuterios juntos

O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo O eixo formado pela adeno-hipoacutefise e o hipotaacutelamo satildeo responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento responsaacuteveis pela auto regulaccedilatildeo do funcionamento interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do interno do organismo As funccedilotildees homeostaacuteticas do organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria organismo (funccedilatildeo caacuterdio-respiratoacuteria circulatoacuteria regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura regulaccedilatildeo do niacutevel hiacutedrico nutrientes da temperatura interna etc) satildeo controladas automaticamenteinterna etc) satildeo controladas automaticamente

Processos cognitivos conscientesProcessos cognitivos conscientes

Memoacuteria instantacircneaMemoacuteria instantacircneaEstaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute Estaraacute composta por toda a informaccedilatildeo que eacute acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda acessiacutevel em tempo real imediatamente Ainda que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute que possa parecer o contraacuterio esta memoacuteria eacute muito grande nela encontra-se toda a muito grande nela encontra-se toda a informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na informaccedilatildeo que utilizamos constantemente na nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus nossa vida diaacuteria vejamos alguns dos seus tipos de memoacuteria ou componentes principais tipos de memoacuteria ou componentes principais A A informaccedilatildeo normalinformaccedilatildeo normal como onde estatildeo como onde estatildeo situadas as coisas tarefas pendentes rotinas situadas as coisas tarefas pendentes rotinas etcetc

Os Os preconceitospreconceitos que conformam uma que conformam uma parte do nosso caraacuteter ou personalidadeparte do nosso caraacuteter ou personalidade

Os Os programas de respostas programas de respostas automaacuteticasautomaacuteticas que se carregam num curto que se carregam num curto periacuteodo de tempo quando acordamos A periacuteodo de tempo quando acordamos A memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais memoacuteria linguumliacutestica e outras especiais tambeacutem formariam parte desta memoacuteria tambeacutem formariam parte desta memoacuteria instantacircnea quando se ativaraminstantacircnea quando se ativaram

Programas de resposta Programas de resposta automaacutetica especiaisautomaacutetica especiais

como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de como conduzir ou o correspondente a situaccedilotildees de perigo que se carregaratildeo quando se considere que se perigo que se carregaratildeo quando se considere que se vatildeo utilizarvatildeo utilizarA A memoacuteria de trabalhomemoacuteria de trabalho associada ao funcionamento da associada ao funcionamento da loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu loacutegica ou inteligecircncia Esta eacute muito reduzida e o seu funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 funcionamento oacutetimo implica a utilizaccedilatildeo de 3 ou 4 variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num variaacuteveis simultaneamente quando pensamos num conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 conceito e efetuamos operaccedilotildees loacutegicas com mais de 5 variaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarvariaacuteveis custa-nos muito tempo avanccedilarA A memoacuteria auxiliar de trabalhomemoacuteria auxiliar de trabalho que corresponderia a que corresponderia a todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se todas as variaacuteveis que estatildeo disponiacuteveis para situar-se na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo na memoacuteria de trabalho operativa citada no paraacutegrafo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo anterior A esta categoria pertenceria toda a informaccedilatildeo que sabemos sobre o tema em que estamos a trabalharque sabemos sobre o tema em que estamos a trabalhar

Memoacuteria EspecializadaMemoacuteria Especializada

Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por Nesta categoria podemos incluir os tipos de memoacuteria especiais por se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao se carregarem automaticamente na memoacuteria instantacircnea e ao mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se mesmo tempo fazer parte da memoacuteria a longo prazo mas sem se encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios encontrar tatildeo comprimida como esta e por ter os seus proacuteprios sistemas multidimensionais de referecircnciasistemas multidimensionais de referecircncia

A A memoacuteria linguumliacutesticamemoacuteria linguumliacutestica certa certa memoacuteria visualmemoacuteria visual o arquivo dos o arquivo dos preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas preconceitos e programas preacute-estabelecidos de respostas raacutepidas como as como as emoccedilotildeesemoccedilotildees seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias seriam exemplos tiacutepicos de memoacuterias especializadas especializadas

Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim Eu diria que as emoccedilotildees natildeo se recordam diretamente mas sim que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se que se sentem diretamente O que se pode fazer eacute recordar que se teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores teve tal emoccedilatildeo e reproduzi-la mediante a recordaccedilatildeo dos fatores originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os originais Isso sim eacute muito possiacutevel que natildeo se produzam os mesmos sentimentos mesmos sentimentos

Como melhorar a memoacuteriaComo melhorar a memoacuteria

Como melhorar Como melhorar qualquer habilidade qualquer habilidade intelectual eacute sempre intelectual eacute sempre uma questatildeo muito uma questatildeo muito recorrente Neste recorrente Neste caso a primeira caso a primeira coisa a ter em conta coisa a ter em conta eacute a quantidade de eacute a quantidade de fatores que fatores que influenciam o influenciam o funcionamento funcionamento normal da memoacuteria normal da memoacuteria

O que eacute consciecircnciaO que eacute consciecircncia

A consciecircnciaA consciecircncia

eacute uma qualidade da mente considerando eacute uma qualidade da mente considerando abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade abranger qualificaccedilotildees tais como subjetividade auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de auto-consciecircncia sapiecircncia e a capacidade de perceber a relaccedilatildeo entre si e um ambienteperceber a relaccedilatildeo entre si e um ambientePode ser tambeacutem capacidade que o homem tem Pode ser tambeacutem capacidade que o homem tem de conhecer natildeo apenas valores e de conhecer natildeo apenas valores e mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes mandamentos morais e aplicaacute-los em diferentes situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser situaccedilotildeesEla consiste na capacidade do ser humano observar a proacutepria conduta e formular humano observar a proacutepria conduta e formular juiacutezos sobre os atos passados presentes e as juiacutezos sobre os atos passados presentes e as intenccedilotildees futuras intenccedilotildees futuras

E depois de julgar o homem tem E depois de julgar o homem tem condiccedilotildees de escolher dentre as condiccedilotildees de escolher dentre as circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio circunstacircncias possiacuteveis seu proacuteprio caminho na vida faculdade que o homem caminho na vida faculdade que o homem tem de julgar o valor moral dos seus tem de julgar o valor moral dos seus atosatosTotal percepccedilatildeo da realidade Total percepccedilatildeo da realidade (interna e externa)(interna e externa)A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do A consciecircncia resulta da unificaccedilatildeo do amor do conhecimento e da accedilatildeo e amor do conhecimento e da accedilatildeo e inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado inclui a percepccedilatildeo do certo e do errado de atitudes psicopatoloacutegicasde atitudes psicopatoloacutegicas

LOBOS LOBOS Eacute na zona onde convergem os lobos occipital Eacute na zona onde convergem os lobos occipital

temporal e parietal que se localiza a temporal e parietal que se localiza a aacuterea de Wernickeaacuterea de Wernicke

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual LOBO OCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espaciale espacial

As 4 aacutereas cerebraisAs 4 aacutereas cerebrais

1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo 1-LOBO FRONTAL responsaacutevel pela abstraccedilatildeo adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual adaptaccedilatildeo e novos princiacutepios discriminaccedilatildeo visual complexa tarefas viso-posturais julgamento social complexa tarefas viso-posturais julgamento social controle emocional planejamentoe motivaccedilatildeocontrole emocional planejamentoe motivaccedilatildeo

2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a 2- LOBO PARIETAL suas conexotildees permitem a integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria integraccedilatildeo de imagens espaciais (LIBRAS) memoacuteria verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora verbal e natildeo verbal linguagem e funccedilatildeo motora

3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de 3- LOBO TEMPORAL- responsaacutevel pelos processos de memoacuteria audio-verbal com o memoacuteria audio-verbal com o significado e significado e significantesignificante

4- 4- LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade LOBO OCCIPITAL responsaacutevel por toda atividade visual e espacialvisual e espacial

Aacuterea de Aacuterea de Wernicke Wernicke

que desempenha um papel muito que desempenha um papel muito importante na produccedilatildeo de discurso Eacute importante na produccedilatildeo de discurso Eacute esta aacuterea que nos permite compreender o esta aacuterea que nos permite compreender o que os outros dizem e que nos faculta a que os outros dizem e que nos faculta a possibilidade de organizarmos as palavras possibilidade de organizarmos as palavras sintaticamente corretas sintaticamente corretas

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebraisO ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais

O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido O ceacuterebro e as funccedilotildees cerebrais tecircm sido estudados cientificamente por diversos estudados cientificamente por diversos ramos do saberramos do saber

Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu Eacute um projeto pluri-disciplinar Nasceu assim a neurociecircncia com o objetivo de assim a neurociecircncia com o objetivo de estudar o funcionamento do Sistema estudar o funcionamento do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso nomeadamente do Sistema Nervoso Central a partir de uma Nervoso Central a partir de uma perspectiva bioloacutegica perspectiva bioloacutegica

A psicologia depois de A psicologia depois de se ter emancipado da se ter emancipado da filosofia e de vaacuterios filosofia e de vaacuterios conceitos religiosos tem conceitos religiosos tem por objetivo estudar por objetivo estudar cientificamente o cientificamente o comportamento do comportamento do indiviacuteduo e como este se indiviacuteduo e como este se relaciona com as relaciona com as estruturas cerebraisestruturas cerebrais

A ciecircncia cognitiva A ciecircncia cognitiva procura estudar as procura estudar as funccedilotildees cerebrais com funccedilotildees cerebrais com objetivo de desenvolver objetivo de desenvolver o conceito de o conceito de inteligecircncia artificialinteligecircncia artificial

Atenccedilatildeo segundo Willian James Atenccedilatildeo segundo Willian James ( 1890)( 1890)

eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as eacute uma funccedilatildeo muito baacutesica para registrar as informaccedilotildeesinformaccedilotildeesHabilidades pra focar e manter o interesse em Habilidades pra focar e manter o interesse em determinada tarefa e ideacuteia inclusive determinada tarefa e ideacuteia inclusive manipulando distraccedilotildeesmanipulando distraccedilotildeesAtenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de Atenccedilatildeo eacute a tomada de posse pela mente de forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros forma clara e vivida de um entre vaacuterios outros objetos ou fluxos de pensamento que se objetos ou fluxos de pensamento que se encontram simultaneamenteencontram simultaneamente

Implica um retraimento de algumas coisas Implica um retraimento de algumas coisas para lidar de maneira efetiva de outraspara lidar de maneira efetiva de outras

Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees Atenccedilatildeo eacute relacionadora de informaccedilotildees relevantesrelevantes

Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas Atenccedilatildeo eacute promotora de respostas raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-raacutepidas a estiacutemulos importantes organiza-se as accedilotildees e tempo ( manter o foco) se as accedilotildees e tempo ( manter o foco)

Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo se divide em Atenccedilatildeo Atenccedilatildeo voluntaacuteria seletiva dividida e voluntaacuteria seletiva dividida e sustentadasustentada

Atenccedilatildeo VoluntaacuteriaAtenccedilatildeo Voluntaacuteria

Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos Ato social e natildeo apenas bioloacutegicos 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo 1-2 anos- instruccedilatildeo falada ainda natildeo pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria pode sobrepujar atenccedilatildeo involuntaacuteria distrai-se com o novo coloridodistrai-se com o novo colorido4-5 anos consegue eliminar os fatores 4-5 anos consegue eliminar os fatores irrelevantesirrelevantesPeriacuteodo escolar formas de Periacuteodo escolar formas de comportamento seletivo organizados com comportamento seletivo organizados com a participaccedilatildeo da falaa participaccedilatildeo da fala

Atenccedilatildeo seletivaAtenccedilatildeo seletiva

Habilidade de atender preferencialmente a um Habilidade de atender preferencialmente a um estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros estiacutemulo e simultaneamente ignorar os outros (focar em uma parte)(focar em uma parte)

Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees Foco seleccedilatildeo ou seletividade das informaccedilotildees relevantes ( pode distrair rapidamente)relevantes ( pode distrair rapidamente)

Seleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeoSeleccedilatildeo de diferentes fontes de informaccedilatildeo

Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem Distraccedilatildeo respostas automaacuteticas que podem interromper uma atividade (som do telefone o interromper uma atividade (som do telefone o nosso nome )nosso nome )

Atenccedilatildeo dividida alternar entre Atenccedilatildeo dividida alternar entre estiacutemulosestiacutemulos

Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao Manter a atenccedilatildeo em 2 atividades ao mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica mesmo tempo Uma delas eacute automaacutetica Exemplosquando estaacute dirigindo e Exemplosquando estaacute dirigindo e conversandoconversando

Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e Na sala de aula a crianccedila se distraiacute e acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute acaba natildeo aprendendo o conteuacutedo eacute tracircnsito entre uma accedilatildeo e outratracircnsito entre uma accedilatildeo e outra

Atenccedilatildeo sustentadaAtenccedilatildeo sustentada

Habilidade de manter pelo tempo Habilidade de manter pelo tempo necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em necessaacuterio o foco da atenccedilatildeo em estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de estiacutemulos especiacuteficosDistraccedilatildeo de providecircncia externa ou interna pode providecircncia externa ou interna pode interromper e consequentemente impedir interromper e consequentemente impedir a sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeoa sustentaccedilatildeo da atenccedilatildeo

Pensamento associativoPensamento associativo

Pensamento armazenado na memoacuteriaPensamento armazenado na memoacuteria

maccedilatilde

fruta

verde

amarelo

bicho

Eva

fome

folha

aacutervore

vermelha

sol

mamatildeo

Aspec