Click here to load reader

LAUDO Nº 2311-2015-setec-sr-pr-REVISÃO FINAL · PDF fileLAUDO Nº 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR 3 apreensão, dando destaque para o conteúdo disponibilizado por meio do Laudo de Exame

  • View
    238

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of LAUDO Nº 2311-2015-setec-sr-pr-REVISÃO FINAL · PDF fileLAUDO Nº...

  • SERVIO PBLICO FEDERAL

    MJ - DEPARTAMENTO DE POLCIA FEDERAL SUPERINTENDNCIA REGIONAL DE POLCIA FEDERAL NO PARAN

    SETOR TCNICO-CIENTFICO

    LAUDO N 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR

    LAUDO DE PERCIA CRIMINAL FEDERAL

    (CONTBIL-FINANCEIRO)

    Em 26 de outubro de 2015, no SETOR TCNICO-CIENTFICO da

    Superintendncia Regional do Departamento de Polcia Federal no Estado do Paran,

    designado pelo Chefe do Setor, Perito Criminal Federal FBIO AUGUSTO DA SILVA

    SALVADOR, os Peritos Criminais Federais AUDREY JONES DE SOUZA, RAPHAEL

    BORGES MENDES e JEFFERSON RIBEIRO BASTOS BRAGA elaboraram o presente

    Laudo Pericial, no interesse do IPL n. 1.315/2014-4-SR/DPF/PR, a fim de atender a

    solicitao do Delegado de Polcia Federal Eduardo Mauat da Silva, contida no Memorando

    n. 9460/2015-IPL 1315/2014-4-SR/DPF/PR, de 13/09/2015, registrado no Sistema de

    Criminalstica sob o no 3929/2015-SETEC/PR em 28/09/2015, descrevendo com verdade e

    com todas as circunstncias tudo quanto possa interessar Justia e respondendo aos quesitos

    abaixo transcritos.

    1. Qual o valor dos contratos firmados por empresas do GRUPO ODEBRECHT e consrcios dos quais tenham participado junto a Petrobras no perodo de 2004 a 2014? (poder ser limitada a abrangncia quanto as empresas do grupo de acordo com os dados disponveis e sua relevncia ao exame).

    2. Com base nas informaes disponveis no bojo dos inquritos da Operao Lavajato (em especial o Inqurito Policial n. 1315/2014-4-SR/DPF/PR, sobretudo as informaes contbeis e financeiras das construtoras e/ou consrcios envolvidos (provenientes de sigilo fiscal e bancrio), possvel identificar transaes financeiras entre tais empresas/consrcios e agentes pblicos, partidos polticos (atuais e da poca dos fatos) ou quaisquer pessoas fsicas ou jurdicas ligadas aos mesmos?

  • LAUDO N 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR

    2

    3. Com base nos dados disponveis, sobretudo contbeis e financeiros, h pagamentos feitos a partir de empresas do GRUPO ODEBRECHT e consrcios dos quais tenham participado em favor de empresas ou operadores apontados na Operao Lavajato como tendo promovido a transferncia dissimulada de recursos e/ou lavagem de capitais? Se positiva a resposta ao quesito anterior, possvel identificar os destinatrios finais dos recursos empregados em tais pagamentos?

    4. Outros dados julgados teis pelos expertos.

    I - MATERIAL EXAMINADO

    1. Para a realizao dos exames periciais solicitados foram utilizados os

    documentos listados a seguir:

    a) Dados oriundos das quebras de sigilo fiscal das empresas investigadas

    no mbito da Operao Lava Jato e correspondentes ao perodo

    compreendido entre 2004/2014. Tais dados foram enviados por meio

    do ofcio n. 415/2015/DRF/CTA/Gabinete (Encaminhou as DIPJ

    Declarao de Informaes Econmico-Financeiras da Pessoa

    Jurdica), ofcio n. 448/2015/DRF/CTA/Gabinete1 (Encaminhou Sped

    Sistema Pblico de Escriturao Digital relativo ao CNPJ n.

    15.102.288/0001-82, vide relao de arquivos no APNDICE V),

    ofcio n. 464/2015/DRF/CTA/Gabinete (Encaminhou dossis

    integrados), ofcio n. 479/2015/DRF/CTA/Gabinete (Encaminhou

    Sped contbil dos outros CNPJ listados nas decises judiciais);

    b) Documentos enviados pela Petrobras S.A por meio do ofcio n.

    4472/2015-JURDICO/GG-MR/JCA/CCDP, especificamente as

    informaes sobre os contratos firmados pela Petrobras e as empresas

    investigadas no mbito da Operao Lava Jato;

    c) Documentos presentes nos autos da ao penal n. 5036528-

    23.2015.4.04.7000 (evento 01 ao evento 59) acerca da movimentao

    financeira internacional envolvendo o Grupo Odebrecht;

    d) Documentos presentes no IPL n. 1315/2014-SR/DPF/PR, em especial

    o material apreendido durante o cumprimento de mandados de busca e

    1 Na mdia que acompanha o Laudo consta a relao de arquivos enviados e seus respectivos cdigos de autenticao (hash).

  • LAUDO N 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR

    3

    apreenso, dando destaque para o contedo disponibilizado por meio

    do Laudo de Exame Pericial Criminal n. 1369/2015-

    SETEC/SR/DPF/PR;

    e) Laudos de Percia Criminal n. 1342/2015-SETEC/SR/DPF/PR e n.

    1.047/2015-SETEC/SR/DPF/PR.

    2. Devido ao grande volume de dados examinados, optou-se por grav-los em

    mdia tica que acompanha o presente Laudo, devidamente submetida a mecanismo de

    autenticao (hash code).

    3. Deve-se acrescentar que os dados fiscais relativos ao Grupo Odebrecht que

    foram apresentados dizem respeito s empresas: Construtora Norberto Odebrecht (CNPJ

    15.102.288/0001-82); Odebrecht Ambiental (CNPJ n. 09.437.097/0001-79), e; Odebrecht

    leo e Gs S.A (CNPJ n. 08.091.102/0001-71). No foram apresentados dados relativos a

    outras empresas do grupo, sobretudo a Braskem S.A.

    4. Deve-se frisar, ainda, que devido ao grande volume de dados contbeis e

    fiscais, priorizou-se a anlise dos dados relativos Construtora Norberto Odebrecht, ficando a

    critrio das autoridades requisitantes o aprofundamento das outras empresas.

    II OBJETIVO

    5. O exame tem por finalidade analisar o material relacionado na Seo I, tendo

    como foco o estudo de origens e destinos de recursos, percorrendo para tanto os seguintes

    objetivos intermedirios:

    a) Identificar os contratos firmados por empresas do Grupo Odebrecht

    junto a Petrobras no perodo de 2004 a 2014, apurando, quando

    possvel, o valor dos mesmos, bem como as circunstncias atinentes s

    contrataes, notadamente as condies concorrenciais existentes;

    b) Identificar movimentao financeira originada do citado grupo

    econmico (seja individualmente ou sob a forma de consrcios) em

    benefcio de agentes pblicos (atuais e da poca dos fatos), partidos

    polticos ou quaisquer pessoas fsicas ou jurdicas ligadas aos

    mesmos;

    c) Identificar movimentao financeira originada do citado grupo

    econmico (seja individualmente ou sob a forma de consrcios) em

  • LAUDO N 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR

    4

    benefcio de pessoas fsicas ou jurdicas que tenham sido apontadas na

    Operao Lavajato como tendo promovido a transferncias

    dissimulada de recursos e/ou lavagem de capitais, identificando,

    quando possvel, os destinatrios finais;

    d) Apresentar outras situaes e/ou conexes potencialmente relevantes

    s investigaes realizadas.

    6. Deve-se ressaltar que o presente exame pericial possuiu algumas limitaes de

    escopo, que sero detalhadas oportunamente em cada item especfico, onde sero apontados

    os procedimentos realizados e a suficincia ou insuficincia do material para o atingimento de

    todos os objetivos.

    7. Dessa forma, haver a indicao de materiais e/ou diligncias que iro servir de

    base para uma manifestao pericial complementar, conforme a necessidade delineada nos

    autos e sem prejuzo das concluses a seguir apresentadas na Seo IV.

    III. EXAME

    8. Os exames foram realizados de acordo com o preconizado como metodologia

    de Percia Criminal, contemplando a realizao dos seguintes procedimentos:

    a) Anlise do material disponibilizado a exame, proveniente das buscas e

    apreenses, bem como aqueles entregues espontaneamente pelos

    investigados ou fornecidos pelas demais autoridades administrativas

    interessadas na investigao, bem como dos dados oriundos de quebra

    de sigilo fiscal;

    b) Diligncias periciais e informaes prestadas via e-mail e telefone

    pela Petrobras, visando a obteno de documentos e esclarecimentos;

    c) Identificao das principais evidncias e apresentao das mesmas

    nesse Laudo, seja no seu prprio corpo, seja na forma de anexos e

    apndices;

    d) Avaliao e seleo de dados com a incluso em planilha eletrnica de

    clculo, objetivando a anlise e sintetizao das informaes

    examinadas;

  • LAUDO N 2311/2015-SETEC/SR/DPF/PR

    5

    e) Diviso dos temas abordados em subsees, compatveis com os

    objetivos estabelecidos;

    f) Exame das evidncias identificadas com vistas ao atingimento dos

    objetivos traados;

    g) Sistematizao das concluses alcanadas, relativas a cada um dos

    temas abordados.

    9. Nesse sentido, os fatos em apurao foram analisados em relao aos seguintes

    aspectos:

    a) Identificao e apresentao sumarizada dos contratos firmados por

    empresas do grupo econmico objeto de exame junto a Petrobras no

    perodo de 2004 a 2014, definindo, quando possvel, as circunstncias

    atinentes s contrataes;

    b) Identificao da movimentao financeira originada do citado grupo

    econmico (seja individualmente ou sob a forma de consrcios) em

    benefcio de agentes pblicos (atuais e da poca dos fatos), partidos

    polticos ou quaisquer pessoas fsicas ou jurdicas ligadas aos

    mesmos;

    c) Identificao de movimentao financeira originada do grupo

    econmico (seja individualmente ou sob a forma de consrcios) em

    benefcio de pessoas fsicas ou jurdicas que tenham sido apontadas

    na Operao Lavajato como tendo promovido transferncias

    dissimuladas de recursos e/ou lavagem de capitais, identificando,

    quando possvel, os destinatrios finais;

    d) Definio, quando possvel, da natureza da relao identificada entre

    o citado Grupo Econmico, suas empresas integrantes/associadas e

    fornecedoras/terceirizadas com as empresas indicadas como

    operadoras de lavagem de dinheiro, para as quais foi identificada

    movimentao financeira;

    e) Identificao dos destinatrios dos recursos movimentados por

Search related