of 28 /28
Fonte Santa Centro Social da Serra do Bouro Manual de Normas Gráficas © 2010 - ESAD.CR | João Agostinho

Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Manual de Normas Gráficas para o branding da IPSS Fonte Santa, da Serra do Bouro, Caldas da Rainha Portugal.

Citation preview

Page 1: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Fonte SantaCentro Social da Serra do Bouro

Manual de Normas Gráfi cas © 2010 - ESAD.CR | João Agostinho

Page 2: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Fonte SantaCentro Social da Serra do Bouro

Manual de Normas Gráfi cas © 2010 - ESAD.CR | João Agostinho

Page 3: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 5Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Índice

A Marca

01 A Marca Fonte Santa

02 Elementos da Marca - Símbolo e Logótipo

03 Elementos da Marca - Assinatura Principal e Complementar

04 Grelhas de Construção - Assinaturas

05 Margens de Segurança - Assinatura Principal

06 Escala e Legibilidade - Dimensão mínima recomendada

07 Cores - Produção da Côr

08 Cores - Preto e Branco e Negativo

09 Versões da Marca

10 Versões da Marca - Grelhas de Construção

11 Versões da Marca - Cores e sua Produção

12 Comportamento Sobre Fundos - Cores Planas

13 Comportamento Sobre Fundos - Cores Gradientes

14 Comportamento Sobre Fundos - Sobre Imagens

15 Tipografi a

B Estacionário

01 Papel de Carta

02 Envelope

03 Cartão de Visita

04 Viatura

06 Sinalética

07 Portas

C01 Ficha Técnica

Página nº

09

11

13

15

17

19

21

23

25

27

29

31

33

35

37

Página nº

41

45

47

49

51

53

55

A00 ÍNDICE

Page 4: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Apresentação da Marca

Fonte Santa

Page 5: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 9Fonte Santa | Identidade Coorporativa | A Marca

A01 A MARCA

Este manual é um instrumento de trabalho, ilustrando e defi nindo as utilizações da identidade gráfi ca da marca Fonte Santa e esclarecendo eventuais dúvidas quanto à sua aplicação.A identidade foi construída como um todo, pelo que o conjunto dos seus elemen-tos, sejam eles de cor, tipografi a ou composição, concorrem para a construção de uma coerência gráfi ca. De forma a garantir esta coerência, as normas contidas neste manual devem ser respeitadas.

Inserido na disciplina de Projecto de Design Gráfi co II, da Licenciatura em Design Gráfi co, do IPL - Escola de Artes e Design das Caldas da Rainha, e num protocolo feito com a IPSS Fonte Santa, foi criada a marca e todo o seu universo coorporativo a esta instituição.

Este Centro Social da Serra do Bouro tem a estratégia de crescimento baseada no desenvolvimento do Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) e na elaboração do projecto e construção do edifício sede da Instituição, ao qual chamam “Projecto 1+1+1=1”. Na base da criação deste projecto está esse mesmo edifício, onde será utilizada a marca em todo o seu pleno.

Na base da criação desta marca está o conceito de aproximação de gerações opostas: os idosos e as crianças.No mesmo edifi cio as duas vão conviver, juntar-se e melhorar a própria vida com a existência de ambas. Valorizar a sabedoria de uns com a valência de outros.A forma orgânica criada remete para a união dessas gerações, todas as peças encaixam para formarem um coração, como prova do amor e afecto que ainda pode existir num sítio como um lar.

A escolha das cores recaiu no verde-água como um sinal de “avançar”, e também ligado ao verde da serra e a água do oceano. O próprio cenário natural onde o Centro está inserido é também ele uma prova de “opostos” que se unem.

O conceito base da marca assenta na “união”, orientada pelos valores:

> alegria> luz> transparência> sofi sticação> inovação> simplicidade> qualidade

João Agostinho

© 2010

Page 6: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 11

A02 ELEMENTOS DA MARCA - Símbolo e Logótipo

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Elementos da Marca

A marca é composta pelo logótipo, símbolo e pela designação. As relações en-tre os elementos da marca foram cuidadosamente estudadas e não devem, em circunstância alguma, ser alteradas e as proporções devem ser mantidas qualquer que seja o tamanho da marca. Não está prevista a utilização singular do logotipo.Está apenas prevista a utilização singular do simbolo.

SÍMBOLO

DESIGNAÇÃO

LOGÓTIPO

eps

Page 7: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 13Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Elementos da Marca

Estão aqui representadas as três possíveis versões estruturais da marca Fonte Santa:Assinatura A - versão verticalAssinatura B - versão horizontal compactaAssinatura C - versão horizontal extensa

A03 ELEMENTOS DA MARCA - Assinatura principal e assinaturas complementares

Assinatura A - Principal Assinatura B - Complementar

Assinatura C - Complementar

eps

Page 8: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 15

Estas directrizes mostram a grelha usada para estabelecer a relação entre os elementos que compõem a marca.Esta relação cuidadosamente estudada, representa a base do sistema de identidade, nunca devendo ser alterada na sua proporção.

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Grelhas de Construção

A04 GRELHAS DE CONSTRUÇÃO - Assinaturas

Assinatura A - Principal

1/2

1/2

1/2

Assinatura B - Complementar

Assinatura C - Complementar

Page 9: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 17Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Margens de Segurança

Ipsunt odis magnientem veris ut modi nihici ulparum endanim agnihic to debit est archillit, antibus militem aut facias ea volorepra dit quatem la sequo optatur seque aceate eatat. Axim inti dolupta consecae velis doluptatem fugit eos dis arum es eos sum volupta sequas non et exped exped mi, sectemp orestectis re ium dem arupta nietur? Arcia volorpo repuditatis vel modigen im- inull uptatur aut que du- cid quia del-luptae pre- pre a aborum harchitatius mo deserum elit, sequos eaturio qui dus is dolo odi andel mod ende eum quae o f f i c a e s t i saeperoviti beat alit ea accatiu nti-bus moditio nserspidias nim volest, quistes nis andaepudi- pis endus il-laut et, si op- t a tq u a m u s ime raep- taspedi unt quam, sen- dipsae plac-cus sitis que nusae occae optassi a quo venihilis et lis es es et aut fuga. Orem sequaeratem. Nam si ium es aut erae porisquate optur ad exer-nate nem faccum, quam, consectet escit quo videntum voluptibus inimolore aut laut qui at autemquis aligenis minci sitae dolo minvel et quatur, quis etus preptas rem audit, ipsa eos denimi, tem voluptatenis sit quas siti optiis erest exped maximi, incimporest, il ime andusiaa

Para garantir uma representação correcta do logótipo deverá manter-se um espaço sufi ciente entre o mesmo e outros elementos gráfi cos ou margens. Esta regra representa as margens mínimas aconselháveis. Sempre que possível devem ser aumentadas.

A05 MARGENS DE SEGURANÇA - Assinatura Principal

Page 10: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 19

De forma a manter as propriedades visuais da marca, a sua reduçãonão deverá ser inferior às dimensões aqui apresentadas.

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Escala e Legibilidade

A06 ESCALA E LEGIBILIDADE - Dimensão mínima recomendada

24,2 mm

5 pt13,25 pt

Page 11: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 21

i A Pantone Inc. é famosa pela “Escala de Cores Pantone” (“Pantone Matching System” ou PMS), um sistema de côr utilizado numa variedade de indústrias especialmente a indústria gráfi ca, além de ocasionalmente na indústria têxtil, de tintas e plásticos. Enquanto o processo CMYK é o método padrão para a impressão da maioria dos materiais no mundo, o sistema Pantone é baseado numa mistura específi ca de pigmentos para se criar novas cores. O sistema Pantone também permite que cores especiais sejam impressas, tais como as cores metálicas e fl uorescentes.

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Cores

O papel desempenhado pela cor numa assinatura é fundamental. Assim, as cores deverão ser reproduzidas com a máxima fi delidade, tentando encontrar em cada superfície de reprodução a sua mais fi el aproximação, tendo como base as cores indicadas, para cada tipo de utilização. Nesta página estabelecem-se os padrões pelos quais as cores se defi nem. Sempre que possível, a reprodução da marca deve ser feita sobre Pantone®.

A07 CORES - Produção da Côr

Pantone 3125 C

Pantone Process Black U C

Page 12: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 23Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Cores

A08 CORES - Preto e Branco e Negativo

Preto e Branco

Negativo

eps

Page 13: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 25

Como complemento à marca principal da Fonte Santa, foram criadas mais três como forma de identifi car os serviços que fazem parte do conceito da IPSS: 1+1+1=1

Como tal, foram desenvolvidas as marcas para o SAD - Serviço de Apoio Domiciliário, Cresche e Lar de Idosos.

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Versões da Marca

A09 VERSÕES DA MARCA

eps

Page 14: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 27Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Versões da Marca

Estas directrizes mostram a grelha usada para estabelecer a relação entre os elementos que compõem a marca.Esta relação cuidadosamente estudada, representa a base do sistema de identidade, nunca devendo ser alterada na sua proporção.

A10 VERSÕES DA MARCA - Grelhas de Construção

Page 15: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 29Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Versões da Marca

A11 VERSÕES DA MARCA - Cores e sua Produção

Pantone 801 C Pantone 1585 C Pantone 802 C

Page 16: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 31Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Comportamento Fundos

Estes comportamentos cromáticos são aqueles que garantem uma correcta leitura e reconhecimento da marca Fonte Santa e devem ser sempre preferênciais. A coerência da marca depende deles. Esta versão deverá ser utilizada nas reproduções em quadricromia, sobre fundos a branco, a preto e/ou sobre o fundo de cor considerado principais da Fonte Santa.

A12 COMPORTAMENTO SOBRE FUNDOS - Cores Planas

Page 17: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | | 33

A13 COMPORTAMENTO SOBRE FUNDOS - Cores Gradientes

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Comportamento Fundos

100% 50% 0%

Page 18: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 35

A aplicação do logótipo sobre fundos fotográfi cos é uma fonte de situações imprevistas. As imagens abaixo representam alguns exemplos que respeitam a integridade e a legibilidade da marca Fonte Santa.

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Comportamento Fundos

A14 COMPORTAMENTO SOBRE FUNDOS - Sobre Imagens

Page 19: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 37Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Tipografi a

A tipografi a é um elemento muito importante na construção de uma marca, é com ela que a marca comunica. Uma coerente utilização tipográfi ca resulta numa elevada associação e reconhecimento da marca Fonte Santa.

A15 TIPOGRAFIA

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz1234567890!”§$%&/()=? @€Mae egerferis hacchum nos audam alabit. Quam te, condemquem derem opor la vivid num tem oc ia que ia publicionensignat. Vernit. Lient. Verfex nequam in ina resilin culicein ta con diciorum moreora riortiortam in Ita ca; nos ex numauderni mplicae culto utermis adducia? Ad C. Cultice runtemine duc rec. Ahacchus adhus, pat. Obus ret pati perfi r unte.

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz1234567890!”§$%&/()=? @€Mae egerferis hacchum nos audam alabit. Quam te, condemquem derem opor la vivid num tem oc ia que ia publicionensignat. Vernit. Lient. Verfex nequam in ina resilin culicein ta con diciorum moreora riortiortam in Ita ca; nos ex numauderni mplicae culto utermis adducia? Ad C. Cultice runtemine duc rec. Ahacchus adhus, pat. Obus ret pati perfi r unte.

Designer Hans ReichelCopyright 2005 Font Font. Todos os direitos reservados.

Daxline Pro - Light

Daxline Pro - Extra Bold

Daxline Pro

otf

Page 20: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

Estacionário

Fonte Santa

Page 21: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 41

i

Fonte Santa | Estacionário | Papel Carta

B01 PAPEL DE CARTA

Formato: A4 ( 210x297 mm)Gramagem recomendada: 80/ 90 g/ m2

Fonte Santa - Centro Social da Serra do BouroEstrada da Aviela nº 12 2500 – 717 Serra do BouroTel: 262978084 Fax:262978084 E-mail: [email protected] www.fontesantaipss.com

Papel Carta Papel Continuação

Page 22: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 43

i

Fonte Santa | Estacionário | Envelope

Formato: DL (220x110 mm)Com e sem janela

B02 ENVELOPE

Page 23: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 45

i

Fonte Santa | Estacionário | Cartão Visita

Formato: Horizontal 90x50 mm Vertical 50x90 mmGramagem recomendada: 250/ 300 g/ m2 (14 a 16 pt espessura)

B03 CARTÃO DE VISITA

Francisco José Celorico Vieira LinoPresidente Assembleia

Fonte Santa - Centro Social da Serra do BouroEstrada da Aviela nº 12 2500 – 717 Serra do BouroTel: 262978084 Fax:262978084

E-mail: [email protected]

Francisco José Celorico Vieira LinoPresidente Assembleia

[email protected]

Page 24: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 47

i

Fonte Santa | Estacionário | Viatura

Viatura de apoioSAD - Serviço de Apoio Domiciliário

B04 VIATURA

Page 25: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 49

i

Fonte Santa | Estacionário | Viatura

Versão a branco da viatura de apoio

B05 VIATURA

Page 26: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 51

i Placas de Sinalética InteriorRetro-Iluminadas para melhor visualização, usando para tal LED’s para um baixo consumo energético

Fonte Santa | Estacionário | Sinalética

B06 SINALÉTICA

Page 27: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 53

i Sinalética de Identifi cação das portas dos quartos e das portas de vidro dos acessos interiores e exteriores.Para os quartos, as identifi cações de cada um também serão iluminadas por LED’s, para uma melhor leitura. As de vidro têm uma palicação translúcida em vinil, para deixar passar luz e serem vistas sem o perigo de alguém bater nelas.

Fonte Santa | Estacionário | Portas

B07 PORTAS

Quartos Portas de Vidro - Acessos

Quarto8

Page 28: Manual de Normas Gráficas | Fonte Santa

| 55

i

Fonte Santa | Identidade Coorporativa | Ficha Técnica

Seguir as linhas de orientação defi nidas neste manual garante uma apresentação consistente da marca Fonte Santa. É indispensável a colaboração de todos, na correcta aplicação e entendimento da marca.Em caso de situações que não estejam aqui expressas, é aconselhável contactar o designer, entidade responsável pela defi nição dos parâmetros docomportamento da marca Fonte Santa.

Título:

Manual de Normas Gráfi cas

Edição e Propriedade:

João Agostinho

Aluno Nº 3080037IPL - ESAD.CRLicenciatura Design Gráfi co2º Ano - Projecto de Design Gráfi co II2009 - 2010

Coordenação Técnica:

Profª Patrícia Cativo

Tiragem:

2 exemplares

1.ª Edição:Abril de 2010

Design e Paginação:

João Agostinho

C01 FICHA TÉCNICA