Mudando seu estilo de

  • View
    1.204

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Mudando seu estilo de

  • 1. MUDANDO SEU ESTILO DE VIDA: SERFELIZ E VIVER BEM, UMA OPO PESSOAL. CLIQUE

2. Palestra FERNANDO LUCCHESE 3. O cardiologista e pesquisador, Fernando Antonio Lucchese, nasceu em Farroupilha, em 26 de dezembro de 1947, filho de Gicomo Valentin Lucchese e Ins Lcia Merlin Lucchese. cursou o primrio ainda em Farroupilha, mas depois se mudou para Caxias do Sul a fim de completar os estudos. Formou-se aos 22 anos pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre (UFRGS- Universidade Federal do Rio Grande do Sul), mas nunca parou de buscar qualificaes. Logo que saiu da faculdade estagiou no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul e de So Paulo. Tambm pertenceu equipe do Dr. Ivo Nesralla no Hospital Cristo Redentor e fez residncia mdica em cirurgia cardiovascular no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, de 1971 a 1973. Participou de inmeras atividades de aperfeioamento no exterior, como no Stanford University Hospital, na University of California e na Harvard Medical School. Atuou como professor visitante na State University of New York e na University of Alabama. Continuou seu aprimoramento por meio de variadas participaes em simpsios e congressos ao redor do mundo (Itlia, Argentina, Estado Unidos, Austrlia, Espanha etc), desde a dcada de 70 at a atualidade. Tambm freqentou o curso de locutor da FEPLAN (Fundao Educacional e Cultural Padre Landell de Moura) em 2000. Fernando Lucchese professor de cardiologia da FFFCMPA (Fundao Faculdade Federal de Cincias Mdicas de Porto Alegre) de 1981 at a presente data. tambm professor do corpo docente do Ps-Graduao de Cardiologia em nveis de mestrado e doutorado da UFRGS desde 1984. Lucchese autor de inmeros trabalhos cientficos publicados em peridicos nacionais e internacionais. Desde 1992 diretor do Hospital So Francisco de Cardiologia e Transplantes, da Irmandade da Santa Casa de Misericrdia de Porto Alegre. J publicou diversos livros pela L&PM, entre elesViajando com sade ,Desembarcando o colesterole obest-seller Plulas para viver melhor .Fernando Lucchese pai de Patrick e Fernanda e possui o ttulo de cidado honorrio de Porto Alegre . 4. OUVIRAM FALAR DA RESSONNCIA SCHUMANN? 5. O CENRIO As 3 Epidemias Aterosclerose Depresso Neurose 6.

  • O RESULTADO
  • 70% das mortes ocorrem por:
  • Infarto
  • Acidentes Cerebrais
  • Cncer
  • Todos tem as mesmas causas

7. Causas de 70% das mortes

  • Emoes
  • Gentica
  • O que comemos
  • O que bebemos
  • O que respiramos

8. SADE O BEM-ESTAR FSICO PSQUICO FAMILIAR FINANCEIRO PROFISSIONAL AMBIENTAL ESPIRITUAL 9. As Fases da Medicina CORPO MENTE ESPRITO 10. AS DOENAS DA ALMA CAUSAMDOENAS NO CORPO O TRIO MALFICO

  • RAIVA
  • INVEJA
  • VAIDADE

11. O Sculo XXI ser o sculo mais religioso. Michael Novark New York Times - 24/05/1998 12. 13. 14. Fatores que prolongam a vida

  • Assistncia Mdica 10%
  • Gentica 17%
  • Meio Ambiente 20%
  • Estilo de Vida 53%
  • Stanford University

15. ESTILO DE VIDA A GESTO DO PRAZER E DA FELICIDADE. 16.

  • A maior parte das atitudes para
  • melhorar seu estilo de vida dependem s de
  • Deciso
  • Gerenciamento
  • e no de Dinheiro.

17. 18. Para Viver 100 Anos:

  • Glicose Normal
  • Presso Arterial Normal
  • Colesterol Normal
  • Ser Magro
  • Exercitar-se

19. A longevidade no tem sentido se no houver prazer na vida 20. SABEM ONDE O BUTO? 21. Os 5 fatores que afetam a felicidade :

  • Relao familiar
  • Situao financeira
  • Trabalho
  • Comunidade e amigos
  • Sade

22. S QUEM SE PREOCUPA EM FAZER A FELICIDADE DOS OUTROS ALCANA SUA PRPRIA FELICIDADE!!! QUEM OBSTRUE A FELICIDADE DOS OUTROS, ESTAR ENTERRANDO A SUA PRPRIA FELICIDADE !!! 23. NOS SCULOS 18 E 19 A MOTIVAO PRINCIPAL DO TRABALHO ERA A SATISFAO DO DEVER CUMPRIDO O DINHEIRO COMO MOTIVADOR MAIS RECENTE, APS A REVOLUO INDUSTRIAL. ATUALMENTE O DINHEIRO VOLTA AO SEGUNDO LUGAR 24. O TRABALHO NO MATA. O QUE MATA A GANNCIA, RAIVA E INVEJA . 25. O NDICE DE SATISFAO DE VIDA PERMANECEU IGUAL NOS EUA NOS LTIMOS 50 ANOS NESTE TEMPO A RIQUEZA INDIVIDUAL AUMENTOUQUASE 3 VEZES 26. 27. 28. A SNDROME DA COMPARAO SOCIAL : NOVA DOENA. 29. O CONSUMISMO AUMENTA A INSATISFAO. A COMPARAO ENTRE O PODER AQUISITIVO DAS PESSOAS QUE PRODUZ A SENSAO DE INFELICIDADE . FATOR INVEJA 30. H DUAS MANEIRASDE SER RICO: POSSUIR MUITO OU CONTENTAR-SE COM POUCO 31. A FELICIDADE OBTIDA E DISTRIBUIDA IRREGULARMENTE ENTRE AS PESSOAS O SEGREDO EST EM ACEITAR A DOSE QUE NOS FOI CONCEDIDA 32. O SUCESSO DA EMPRESA NO SE MEDE S PELO BALANO, MAS PRICIPALMENTE PELO NDICE DE SATISFAO DE PATRES E EMPREGADOS. 33. FELICIDADE FAZ BEM PARA O PATRO E PARA O EMPREGADO PORQUE PESSOAS FELIZES SO MAIS CRIATIVAS E MAIS PRODUTIVAS 34. O GRANDE RISCO : HABITUAR-SE COM A FELICIDADE BANALIZANDO-A O PIOR CEGO O QUE NOV A PRPRIA FELICIDADE 35.

  • Os Paradigmas do Sculo XX:
  • O sculo do Ter.
  • A perda da longevidade.
  • Os Paradigmas do
  • Sculo XXI:
  • O sculo do Ser.
  • A recuperao da longevidade.

36. POSSVEL PROGRAMAR A FELICIDADE? SIM, MINIMIZANDO OS ASPECTOS NEGATIVOS DA VIDA. FOCANDO APENAS O LADO POSITIVO E TER CORAGEM DE LUTAR PARA SER FELIZ 37. 38.

  • A busca da felicidade
  • o nico compromisso
  • do ser humano com a vida.
  • www.mensagensvirtuais.com.br