Click here to load reader

Rio as Ostras 13 12 13

  • View
    234

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Rio as Ostras 13 12 13

  • 2 RIO DAS OSTRAS (RJ), SEXTA-FEIRA, 13 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013 O DEBATE RIO DAS OSTRAS

    EXPEDIENTE - Propriedade: EJORAN - Editora de Jornais, Revistas e Agncias de Notcias Sede e Parque Grfico Prprios. Rua: Benedito Peixoto, 90 Centro Maca/RJ Tel. (22) 2106-6060 - CNPJ: 29699.626/0001-10 Registrado na forma da lei Diretor Presidente: Oscar Pires Vendas de Publicidade: Paulo S (22-9926-6222) Diagramao: Elton

    Santos ([email protected]) Fotos: Wanderley Gil ([email protected]) Acesse: www.odebateon.com.br E-Mail: [email protected] A direo de O DEBATE no se responsabiliza e nem endossa os conceitos emitidos por seus colaboradores em aes ou artigos assinados, sendo de total responsabilidade do autor. Filiado ADJORI - RJ Associao dos Diretores de Jornais do Estado do Rio de Janeiro e ADI Brasil ANJ Associao Nacional de Jornais.

    O DEBATE RIO DAS OSTRAS

    Municpio selecionado para ganhar Centro EsportivoRio das Os-tras foi se-l e c i o n ado pelo Governo Fede-ral para receber um Centro de Iniciao ao Esporte CIE, que tem por objeti-vo incentivar o de-senvolvimento da prtica esportiva. O Centro contar com equipamentos pblicos multiuso destinados prtica de diversas modali-dades. Os nomes dos municpios contem-plados foram anun-ciados nesta tera, 10, pelo ministro Aldo Rebelo.A unidade ter 2,75

    mil m2 e custar R$

    2,6 milhes ao Gover-no Federal. Para a sua instalao, a Prefeitu-ra disponibilizou um terreno de 3,5 mil m no Jardim Campo-mar. O Centro uma grande conquista pa-ra a nossa populao. O esporte uma fer-ramenta de incluso social e de promoo da qualidade de vi-da, alm de um fator de integrao para a juventude. Por isso, escolhemos um lo-cal em meio a reas populosas do Mu-nicpio, destacou o prefeito Sabino.A instalao dos

    Centros conside-

    rada um dos legados da realizao dos Jo-gos Olmpicos e dos Jogos Paraolmpicos de 2016 no Rio de Janeiro. O objetivo do Governo Federal ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento pbli-co esportivo qualifi-cado em todo o Pas, incentivando a inicia-o esportiva. Outro objetivo o desenvol-vimento da base do esporte de alto ren-dimento, explicou o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo.O CIE estar inte-

    grado Rede Nacio-nal de Treinamento

    que o Ministrio do Esporte comea a estruturar, em que a unidade se caracte-rizar como centro local de treinamento.As instalaes do

    Centro propiciaro a prtica de esportes tambm para pesso-as com deficincia, dentro do Projeto de Paraesporte do Mu-nicpio. Alm disso, a unidade contar com reas de apoio, como enfermaria, vesti-rios e academia. A previso que o in-cio das obras ocorra em 2014 e a inau-gurao da unidade acontea em 2015.

    ILUSTRAO: MINISTRIO DO ESPORTE

    $FOUSP UFS (JOTJP 1PMJFTQPSUJWP RVBESB F SFB EF BQPJP DPN FOGFSNBSJB

  • RIO DAS OSTRAS (RJ), SEXTA-FEIRA, 13 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013 3 O DEBATE RIO DAS OSTRAS

    Formao Profissional Por Luciana Leal

    Voc j pensou em ganhar d i -nheiro extra com a chegada do fim do ano? Nessa poca o aumento do consumo e a chegada do 13 salrio fazem com que alguns empreendedo-res sintam-se motivados a investir mais no negcio e elevar o lucro. Na verdade a sazonalidade do fim do ano fomenta vrios seto-res da indstria e do co-mrcio, entretanto alguns levam destaque este ano, como, por exemplo, a ven-da de mveis que vive um perodo de alta tempora-

    Oportunidade de emprego1PS -VDJBOB -FBMSJPEBTPTUSBT!TBZTDPNCS

    da nas vendas, j que os consumidores comeam a preparar a casa para o Natal e Rveillon. Al-guns estabelecimentos esperam um crescimen-to de 18% em relao ao mesmo perodo do ano passado.Os supermercados

    tambm esto otimistas com as vendas no final do ano. A estimativa de crescimento de 14,9% para as vendas no pero-do de festas, com desta-que para frutas importa-das e bebidas.O aumento das vendas

    no Natal motivam os lo-jistas criando estratgias como treinamentos e in-

    centivos financeiros aos funcionrios. Nessa po-ca tudo vale para atrair o consumidor que com o melhor poder aquisitivo, principalmente da classe C e D, o clima torna-se bastante favorvel para as vendas nesse perodo. O importante para con-

    seguir uma vaga pre-ciso estar preparado e

    correr atrs. Mas se vo-c ainda no conseguiu, no desanime. Estude, aperfeioe-se, aprimo-re seus conhecimentos e prepare-se para o prxi-mo ano. Aproveite para escolher alguns cursos que o SAYS oferece e nos-sas condies de desconto especiais. O SAYS Rio das Ostras

    e Barra de So Joo tam-bm esto abrindo sele-o para novos professo-res de ingls, recepcionis-ta e assessor comercial. Envie seu currculo para o nosso email: [email protected] ou fa-a-nos uma visita. Nossa equipe espera por voc. Fale certo, fale SAYS!

  • 6 RIO DAS OSTRAS (RJ), SEXTA-FEIRA, 13 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013 O DEBATE RIO DAS OSTRAS

    Petrobras e Prefeitura se unem pela sustentabilidade

    Prefeitura se rene com empresrios da ZENA Prefeitura de Rio das Ostras se reuniu com empresrios da Zona Especial de Negcios ZEN para discutir a dis-ponibilizao de vagas para moradores do Municpio. O encontro foi realizado nes-ta segunda, 9, no Centro de Qualificao Profissional, que funciona no local. Os secret-rios de Cincia, Tecnologia e Inovao, Eronei Leite, e de Desenvolvimento Econmi-co, Mrio Almeida, apresen-taram as aes implantadas pela Administrao Pblica a fim de capacitar os munci-pes e pediram a parceria das empresas no oferecimento de vagas.Em reunio realizada em

    fevereiro, no mesmo local, representantes das empresas solicitaram aes do Poder Pblico para a qualificao profissional dos moradores, para que tivessem acesso s oportunidades disponibili-zadas pelo mercado. Eronei apresentou as iniciativas da Secretaria de Cincia, Tecnologia e Inovao para atender s reivindicaes do setor: Foi um momento de prestao de contas. Temos trabalhado para profissiona-lizar e incluir nossos jovens e adultos, inclusive em pro-gramas como o Jovem Apren-diz e a Educao de Jovens e Adultos EJA, e tambm as pessoas com deficincia, por intermdio do Centro de In-cluso Social e Profissional, alm de outros cursos ofere-cidos em parcerias com di-versas entidades, destacou.Neste ano, foram oferecidos

    cursos nas reas de caldeira-ria, eltrica e informtica, em parceria com o Senai; j com a Faetec foram promo-vidos cursos de assistente administrativo, estoquista, informtica e recepo, alm de lngua estrangeira (espa-nhol e ingls). A Secretaria tambm ofereceu o curso de informtica para o mundo do

    trabalho, com foco na quali-ficao profissional. Alm disso, foi criado o Centro de Incluso Social e Profissional, com o objetivo de promover a capacitao de pessoas com deficincia. Em janeiro, te-remos mais novidades. Vamos implantar novos cursos em parceria com o Senai e in-vestir em nossa populao, informou a secretria, du-rante a reunio que tambm contou com a representante do Senai, Lueny Costa.J o secretrio Mrio Al-

    meida lembrou da responsa-bilidade social das empresas em investir na populao lo-cal. A ZEN foi pensada para diminuir a dependncia de Rio das Ostras em relao aos royalties do petrleo e para que as empresas apoiem o desenvolvimento do Muni-cpio. Estamos trabalhando para dar melhores condies s empresas, mas queremos que elas se comprometam a serem parceiras. Em 2014, vamos cobrar mais isso. A arrecadao da ZEN precisa evoluir aos nveis que foi pla-nejado, observou Mrio.O gerente administrativo da

    CSE, Cludio Ferrari, elogiou a iniciativa do Poder Pblico, destacando a necessidade de estreitamento da parceria entre as empresas e a Admi-nistrao Municipal em be-nefcio da sociedade. Esse compromisso fundamen-tal para o desenvolvimento do Municpio. importante que a Prefeitura entenda as nossas dificuldades para que tenhamos condies e capa-cidade para abrir postos de trabalho, disse.Ficou estabelecida a cria-

    o de um grupo de discus-so que ter a participao de representantes das duas secretarias e das empresas da ZEN com a finalidade de dialogar com a Petrobras so-bre as exigncias contratuais para trabalhadores em plata-forma. 1FUSPCST F 30 GJSNBN QBSDFSJB QBSB QSPHSBNB EF EFTFOWPMWJNFOUP TVTUFOUWFM

    MAURICIO ROCHA

    Representantes da Administra-o Pblica de Rio das Ostras e da Petrobras se reuniram nesta tera, 10, para traar aes efe-tivas de desenvolvimento sustentvel pelo Programa Agenda 21. O programa desenvolvido pela empre-sa no Municpio, abrindo um canal de dilogo com a comunidade para identifi-cao de demandas que de-vem pautar as polticas p-blicas. Em Rio das Ostras, a Petrobras escolheu a locali-dade de Boca da Barra para realizao das atividades.A Agenda 21 realiza um

    planejamento participati-vo que analisa a situao do local e programa aes de desenvolvimento sustent-vel. Na localidade de Boca da Barra, cerca de 350 fam-lias participaram, respon-dendo um questionrio. A prxima etapa do Programa apresentar o diagnstico para a populao para que o documento seja valida-do. Ao todo, 10 municpios de abrangncia da Bacia

    de Campos participam do Programa, que tem como proposta ser instrumento de planejamento para uma sociedade mais sustentvel.Segundo Snia Vascon-

    celos, da rea de Comuni-cao Social da Petrobras, Boca da Barra foi selecio-nada por ter ligao direta com os pescadores, pblico historicamente importante como fundadores da Cida-de, porm a empresa espera expandir o programa.Nosso objetivo que o

    Petrobras Agenda 21 no se resuma aos diagnsticos de apenas uma localidade, mas que a partir do suces-so do dilogo entre a so-ciedade civil organizada e Poder Pblico, assim como a execuo destas polticas, possamos instal-lo em ou-tras comunidades. Precisa-mos trabalhar em parceria, principalmente no estmulo participao dos pesca-dores j que a Cidade tem forte ligao com este gru-po, comunidade fundadora do Municpio, explica. Na re