SISTEMAS ELEITORAIS E DE GOVERNO Prof. Vitor Marchetti .finalidades; dentre elas: Controlar os governantes

Embed Size (px)

Text of SISTEMAS ELEITORAIS E DE GOVERNO Prof. Vitor Marchetti .finalidades; dentre elas: Controlar os...

  • Prof. Vitor Marchetti

    SISTEMAS ELEITORAIS E DE GOVERNO

  • Instituies importam

    01

    O desenho das instituies faz diferena para a forma comofuncionam os sistemas polticos.

    Diferentes desenhos institucionais criam diferentesoportunidades e incentivos para os indivduos e organizaes.

    Num Estado de Direito os desenhos institucionais tm diversasfinalidades; dentre elas:

    Controlar os governantes.

    Limitar o poder de certos grupos.

    Aumentar o poder de outros grupos.

    Resguardar direitos.

    Assegurar a estabilidade do sistema poltico.

  • 1) FRMULA ELEITORAL: Determina como os votos serocontados para a distribuio das cadeiras (vagas) emdisputa.

    2) MAGNITUDE: Nmero de cadeiras (vagas) em disputa.

    3) DISTRITO ELEITORAL: Regio onde as vagas sodeterminadas e os votos so contados (pode seguir adiviso geopoltica do pas ou ser definida apenas para oprocesso eleitoral).

    Distrito uninominal: magnitude = 1Distrito plurinominal: magnitude > 1

    SISTEMAS ELEITORAIS

  • 1) Modelo Majoritrio (distrital)2.1) Maioria simples.2.2) Dois turnos.2.3) Voto nico no transfervel.

    2) Modelo Proporcional1.1) Lista aberta.1.2) Lista fechada.1.3) Lista flexvel.

    3)Modelo Misto3.1) Superposio.3.2) Correo.

    Frmulas eleitorais

  • As eleies para cargos Executivos so realizadas emDistritos uninominais. Dependendo do cargo em disputa odistrito ser considerado de acordo com a natureza do cargo

    1) Maioria simples: Para ser eleito o candidato deve obter amaioria relativa dos votos.

    2) Dois turnos: Para ser eleito o candidato deve obter amaioria absoluta dos votos. Se nenhum candidato atingiressa votao realizam-se novas eleies entre os doiscandidatos mais votados.

    3) Colgio Eleitoral (EUA): Regra para a Presidncia daRepblica: para ser eleito o presidente deve obter o voto depelo menos 270 delegados do colgio eleitoral.

    Modelo Majoritrio (cargos Executivos)

  • Eleies para Presidente nos EUA:

    O presidente ser eleito por um colgio eleitoral formado por 538 delegados. Cada Estado possui um nmero diferente de delegados respeitando a distribuio populacional.

  • Presidente Vice-presidente Partido Votos % votos Grandes eleitores % gr. eleit.

    George W. Bush Richard Cheney Republicano 50 460 110 47,82% 271 50,37%

    Albert Gore Jr. Joseph Lieberman Democrata 51 003 926 48,38% 266 49,44%

    Ralph Nader Winona LaDuke Verde 2 883 105 2,73% 0 0,00%

    Eleies presidenciais nos EUA: 2000

    http://pt.wikipedia.org/wiki/George_W._Bushhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Dick_Cheneyhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Partido_Republicano_(Estados_Unidos_da_Am%C3%A9rica)http://pt.wikipedia.org/wiki/Al_Gorehttp://pt.wikipedia.org/wiki/Joseph_Liebermanhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Partido_Democrata_(Estados_Unidos_da_Am%C3%A9rica)http://pt.wikipedia.org/wiki/Ralph_Naderhttp://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Winona_LaDuke&action=edit&redlink=1http://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Partido_Verde_(Estados_Unidos_da_Am%C3%A9rica)&action=edit&redlink=1

  • Maioria simples: (Cmara dos comuns na Inglaterra, EUA, Canad)So formados distritos eleitorais uninominais respeitando umamesma proporcionalidade de eleitores em cada distrito eleitoral. Oeleitor escolhe apenas um candidato. O eleito ser aquele queobtiver a maioria relativa dos votos.

    Dois turnos: (Frana): So formados distritos eleitoraisuninominais respeitando uma mesma proporcionalidade de eleitoresem cada distrito eleitoral. O eleitor escolhe apenas um candidato. Oeleito ser aquele que obtiver a maioria absoluta dos votos. Senenhum candidato atingir essa votao realizam-se novas eleiesentre os dois candidatos mais votados.

    Voto nico no transfervel (distrito): (Afeganisto, Jordnia,Vanuatu e Ilhas Pitcairn, no pacfico sul. A eleio realizada emdistritos plurinominais. Os candidatos mais votados so eleitos.

    Modelo Majoritrio (cargos Legislativos)

  • Cada partido oferece uma lista de candidatos e o eleitor escolhe seuscandidatos conforme ela. As vagas sero distribudas dentre osmembros da lista conforme a proporo dos votos recebidos pelalista.

    Lista aberta: (Brasil, Finlndia) Quando a classificao doscandidatos determinada pelo prprio eleitor. H a possibilidade devoto em determinado candidato da lista ou no partido.

    Lista fechada: (Argentina, frica do Sul, Israel) Quando aclassificao dos candidatos determinada pelo partido. O eleitorvota no partido, no h possibilidade de votar em candidatoespecfico da lista.

    Lista flexvel: (Blgica, Holanda, Sucia e ustria) Quando aclassificao dos candidatos determinada pelo partido, mas o eleitorpode alter-la por meio do voto nominal. O eleitor vota na lista ounominalmente.

    Modelo Proporcional (cargos Legislativos)

  • Superposio: (Cmara dos Deputados do Japo)Metade das vagas em disputa so disputadas pelo sistemaproporcional e a outra metade pelo modelo majoritrio. O eleitorvota duas vezes para um mesmo cargo, cada vez de acordo com umsistema eleitoral.

    Correo: (Alemanha): O modelo proporcional serve para corrigiras distores do sistema majoritrio. O sistema proporcional de listafechada indica quantos deputados tero representao pelo partido.J o modelo distrital assegura a vaga de um deputado eleito poresse modelo.

    Exemplo: O partido A obtm a representao de 20 vagas de umdeterminado Estado. Seguindo o modelo de lista fechada os 20primeiros indicados pelo partido assumiriam a vaga. Entretanto,supondo que em 5 distritos candidatos do partido A foram vitoriosospelo modelo distrital, 5 dessas 20 vagas seriam garantidas elesindependentemente da lista partidria. Assim, seriam eleitos pelalista 15 candidatos.

    Modelo Misto (cargos Legislativos)

  • DISTRIBUIO DAS VAGAS NO MODELO BRASILEIRO:

    UF Dep. Federal Dep. Est./dist.

    SP 70 94

    MG 53 77

    RJ 46 70

    BA 39 63

    RS 31 55

    PR 30 54

    PE 25 49

    CE 22 46

    MA 18 42

    PA 17 41

    GO 17 41

    SC 16 40

    PB 12 36

    ES 10 30

    PI 10 30

    UF Dep. Federal Dep. Est./dist.

    AL 9 27

    RN 8 24

    AM 8 24

    MT 8 24

    MS 8 24

    DF 8 24

    SE 8 24

    RO 8 24

    TO 8 24

    AC 8 24

    AP 8 24

    RR 8 24

    TOTAL 513 1059

  • RELAO DEPUTADO FEDERAL/HABITANTES

    UF DEPUTADOS HABITANTES DEPUTADO/HABITANTES

    SP 70 40,5 Milhes 572 MIL

    MG 53 20 Milhes 378 MIL

    RJ 46 15,5 Milhes 326 MIL

    RS 31 11 Milhes 355 MIL

    DF 8 2,5 Milhes 250 MIL

    RR 8 400 MIL 50 MIL

    AP 8 595 MIL 74 MIL

    AC 8 670 MIL 84 MIL

    DISTRIBUIO DAS VAGAS NO MODELO BRASILEIRO:

  • QUOCIENTE ELEITORAL:

    QE = Votos vlidos (nominais + legenda)

    magnitude (nmero de vagas)

    QUOCIENTE PARTIDRIO:

    QP = Votos vlidos do partido/coligao

    Quociente eleitoral

    DISTRIBUIO DAS SOBRAS: Regra das maiores sobras (mdias)

    As vagas que no forem preenchidas no primeiro clculo sero distribudas pela regra

    das maiores sobras (ou mdias) entre os partidos que atingiram o Quociente eleitoral

    no primeiro clculo.

    Mdias: Votos vlidos do partido/coligao

    nmero de vagas do QP + 1

    Para cada vaga restante faz-se o mesmo clculo. Se houver trs vagas para serem

    preenchidas o clculo ser repetido trs vezes. Em cada clculo o partido/coligao

    que obtiver a maior mdia garante mais uma vaga.

    DISTRIBUIO DAS VAGAS NO MODELO BRASILEIRO:

  • Parlamentarismo

    01

    Chefe de Estado (Monarca): funes polticas protocolares. Cargo Hereditrio

    Chefe de Governo (Primeiro-ministro, chanceler, premier): funes polticas de fato. Dependente da maioria parlamentar

    Poder Executivo

    Poder Legislativo Parlamento: relao de fuso

    com o Executivo

    Voto popular (cargo eletivo)

    Raiz: Monarquia Inglesa (sc. XVII).

  • Presidencialismo

    01

    Chefe de Estado

    Chefe de Governo

    Poder Executivo

    Poder Legislativo

    Parlamento: relao de separao radical com o Executivo

    Voto popular (cargo eletivo)

    Presidente da Repblica

    Raiz: Repblica Composta: Estados Unidos da Amrica (sc. XVIII).

  • Raiz: Democracias europias que reformaram seus regimes durante os sculos XIX

    e XX suprimindo suas estruturas monrquicas. (Ex: Itlia, Frana e Alemanha).

    Chefe de Estado (Presidente da

    Repblica): funes polticas

    protocolares. Mandato fixo

    Chefe de Governo (Primeiro-ministro,

    chanceler, premier): funes polticas de

    fato. Dependente da maioria parlamentar

    Poder

    Executivo

    Poder

    LegislativoParlamento: relao de fuso

    com o Executivo

    Voto popular

    (cargo eletivo)

    Repblica parlamentarista

  • 1) O governo tem legitimao indireta. Surge, no da votao popular, mas da assemblia, em geral de sua maioria, formada por um partido singular ou por uma coligao de partidos.

    2) O governo sobrevive enquanto conta com a confiana da maioria da assemblia, perante a qual responsvel; faltando a confiana, o governo cai.

    3) A assemblia pode ser dissolvida antes do trmino da legislatura, convocando-se novas eleies.

    4) Alm da chefia do governo, existe a chefia do Estado pelo presidente ou pelo monarca que exerce funes simblicas e cerimoniais.

    Principais caractersticas - parlamentarismo

  • 1) H um presidente, ao mesmo tempo chefe de governo e chefe de Estado.

    2) O presidente escolhido em eleio popular.

    3) Seu mandato, bem como o dos parlamentares, prefixado no podendo o presidente, exceto na hiptese do impeachment, ser demitido pelo voto parlamentar, nem o legislativo ser dissolvido pelo presidente.

    4) A equipe de governo (o ministrio) designada pelo