Tabela de Honorários OAB

Embed Size (px)

Text of Tabela de Honorários OAB

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

///////////////////

MENSAGEM DO PRESIDENTE

///////////////////

Cara advogada, caro advogado, O Estatuto da Advocacia e da OAB Lei 8.906/94, captulo VI, artigos 22 a 26, e o Cdigo de tica e Disciplina, captulo V, artigos 35 a 43 estabelecem que a contratao da remunerao do advogado deve ser compatvel com a relevncia, o vulto e a complexidade da questo, com o tempo necessrio para o desenvolvimento do trabalho, com o valor da causa, o proveito e a capacidade econmica do cliente e com a reputao da capacidade e o renome do prossional. Com esse objetivo, o Conselho Seccional da OAB/DF aprovou, como fonte de referncia, uma nova Tabela de Honorrios (Resoluo n 15, de 26 de janeiro de 2010). Os valores e os percentuais nela contemplados servem como parmetros para as contrataes de advogados, levando em conta os percentuais mdios e os valores mnimos a serem praticados, para que o advogado possa estimar o valor de seu trabalho de acordo com a natureza dos servios prossionais prestados e com a losoa implantada pelo legislador federal. Tal medida fortalece a OAB como mediadora do mercado e impede o aviltamento da nossa prosso. No deixe de sempre contratar seus honorrios previamente e por escrito, observando os parmetros contidos nesta tabela e as disposies do Estatuto da Advocacia e do Cdigo de tica e Disciplina da OAB. uma medida simples, mas valiosa, que intensica o respeito da sociedade ao advogado. Francisco Caputo

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

COMISSO ORGANIZADORA DA TABELA DE HONORRIOS INSTITUDA PELA PORTARIA N. 52, DE 26 DE MAIO DE 2010

LINCOLN DE OLIVEIRA OAB/DF 7.626 PRESIDENTE MARCUS JOS DA CRUZ PALOMO OAB/DF 21.096 VICE-PRESIDENTE MARLIA APARECIDA RODRIGUES DOS REIS GALLO OAB/DF 21.023 SIBELE GUIMARES SALGADO OAB/DF 8.656

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

/////////////

RESOLUO N 15, de 26 de janeiro de 2010 /////////////

O Conselho da ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuies que lhe so conferidas pelo artigo 58, I e V, da Lei n. 8.906, de 4.7.94, bem como pelo art. 111 do Regulamento Geral do EAOAB, reunido em Sesso Plenria realizada em 16 de dezembro de 2010. CONSIDERANDO o disposto no art. 22 da Lei n. 8906/94 e no art. 41 do Cdigo de tica e Disciplina da OAB; CONSIDERANDO a necessidade da atualizao da TABELA DE HONORRIOS, visando a preservar a dignidade da classe, obstar o aviltamento dos valores dos servios prossionais e manter a justa remunerao do advogado; CONSIDERANDO a necessidade de xar e uniformizar os valores mnimos de honorrios cobrados pelos advogados do Distrito Federal, RESOLVE: Art. 1 Aprovar a anexa TABELA DE HONORRIOS, que servir, aps publicada na imprensa ocial e no site da Ordem, de referncia a todos os advogados inscritos nesta Seccional, orientando-os na contratao de seu trabalho prossional, a m de evitar excessos e, principalmente, o aviltamento nos valores, de modo que no atentem contra a dignidade da advocacia. Pargrafo nico. A Tabela destina-se, ainda, a prestar auxlio aos juzes na xao de honorrios de advogado dativo e de assistente judicirio, bem como a servir de referncia nos arbitramentos judiciais de honorrios advocatcios, nos casos em que a legislao o determinar ou possibilitar.

///////////

TABELA DE HONORIOS

//////////////////////////////////////////

3

///////////

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////Art. 2 A presente Resoluo entra em vigor em todo o Distrito Federal, a partir de sua publicao no Dirio Ocial. Art. 3 Ficam revogadas as disposies em contrrio. Braslia-DF, 26 de janeiro de 2011.

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////DISPOSIES INTRODUTRIAS Art. 1 O advogado deve contratar seus honorrios por escrito e previamente, observando as regras do Cdigo de tica Disciplina, da Lei n. 8906/94, do Regulamento Geral do EAOAB, do Cdigo de Processo Civil e desta Tabela. admissvel, mas desaconselhvel, o pacto verbal. Art. 2 A presente Tabela xa honorrios mnimos na contratao dos servios, devendo ser levada em considerao a maior ou a menor complexidade da causa, o trabalho e o tempo necessrios, a importncia do interesse econmico e os conhecimentos do advogado, sua experincia e seu conceito como prossional e a condio econmica do cliente. Art. 3 Os honorrios sero contratados tomando por base a URH Unidade Referencial de Honorrios, cujo valor ser fornecido mensalmente pela Diretoria da Seccional. Art. 4 lcito ao advogado contratar valor superior ao previsto na Tabela. Cumpre, entretanto, obrigatoriamente, ao advogado, em atendimento ao dever de zelar pela dignidade da prosso, observar os limites mnimos aqui xados, no contratando honorrios a eles inferiores (concorrncia desleal), sob pena das sanes legais. Art. 5 aconselhvel incluir no contrato de prestao de servios clusulas relativas ao valor dos honorrios, aos reajustes, s eventuais majoraes por acrscimo dos servios inicialmente previstos, s condies e forma de pagamento, inclusive hiptese de acordo, s despesas com

///////////

4

//////////////////////////////////////////

TABELA DE HONORIOS

///////////

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////custas, dirias de viagens etc. Tambm aconselhvel incluir no contrato clusulas relativas forma e s condies de resgate dos encargos gerais, judiciais e extrajudiciais, inclusive eventual remunerao de outro prossional, advogado ou no, para desempenho de servio auxiliar ou complementar tcnico e especializado, ou com incumbncia, pertinente fora da Comarca. Art. 6 Salvo estipulao diversa, um tero dos honorrios devido no incio do trabalho, outro tero at a deciso de primeiro grau e o restante no nal. Art. 7 Nos honorrios pactuados no se compreende a prestao de servios em quaisquer processos acessrios, preventivos ou incidentes, que sero contratados parte. Art. 8 Quando no for ajustado em contrrio, os honorrios pactuados compreendem somente o patrocnio da causa em primeiro grau e interposio ou resposta de recurso para o segundo grau, no estando includa a sustentao oral perante o Tribunal. Art. 9 O advogado poder receber, como honorrios, parte dos bens em litgio, desde que previsto no contrato, com a aquiescncia de todos os interessados, guardadas as propores entre o valor estipulado, com base na presente Resoluo, e o valor real dos bens recebidos em pagamentos. Art. 10. vedado ao advogado custear a causa, exceto quando o no pagamento das despesas implicar arquivamento, desero ou qualquer prejuzo para o cliente, sem que isto constitua obrigao do prossional nem o sujeite a penalidades. Art. 11. Havendo necessidade de arbitramento e cobrana judicial dos honorrios advocatcios, deve o advogado renunciar ao patrocnio da causa. Art. 12. Todas as despesas judiciais ou extrajudiciais, tais como as de locomoo, alimentao, hospedagem, viagem, transporte, certides, cpias etc. sero suportadas pelo cliente, devendo o advogado contratado fazer a devida prestao de contas.

///////////

TABELA DE HONORIOS

//////////////////////////////////////////

5

///////////

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////Art. 13. Havendo acordo entre as partes revelia do advogado, este no ter compromisso de reduo de honorrios. Art. 14. O contrato de honorrios que, pelo decurso do tempo ou pela supervenincia de circunstncias imprevisveis poca do ajuste, se torne excessivamente oneroso para o advogado, poder ser objeto de reviso. Art. 15. O advogado substabelecido com reserva de poderes dever sempre ajustar sua remunerao com o substabelecente.

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////DISPOSIES FINAIS Art. 16. Fica atribudo o valor de R$ 130,00 (cento e trinta reais) Unidade Referencial de Honorrios URH. Art. 17. Os valores constantes desta Tabela atualizar-se-o pelo INPC (ndice Nacional de Preos ao Consumidor) do IBGE ou por outro indicador inacionrio, a critrio da Diretoria da OAB/DF, que promover, no primeiro dia til de cada ms, a publicao no valor real da Unidade Referencial de Honorrios atravs de resoluo no Dirio Ocial da Unio. Art. 18. A presente Tabela entrar em vigor na data de sua publicao no Dirio Ocial da Unio, revogando-se as disposies em contrrio.

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////DISPOSIES ESPECFICAS* VM = VALOR MNIMO

1 AES DE JURISDIO CONTENCIOSA OU QUE ASSUMAM ESTE CARTER

///////////

6

//////////////////////////////////////////

TABELA DE HONORIOS

///////////

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////Salvo outra disposio nesta tabela, 20% sobre o valor econmico da questo Haja ou no benefcio patrimonial - VM 25 URH 2 ADVOCACIA PERANTE OS TRIBUNAIS Mandatrio expressamente constitudo ou substabelecido: a) Elaborao e apresentao de Memorial VM 30 URH b) Sustentao Oral VM 30 URH c) Elaborao e apresentao de Razes e Contrarrazes ou Recurso Adesivo, como mandatrio especial VM 40 URH d) Elaborao e apresentao de Agravo Regimental VM 40 URH e) Ao Rescisria VM 45 URH f) Reviso Criminal VM 45 URH g) Simples acompanhamento de Recurso sem prtica de qualquer ato judicial VM 3 URH por ms h) Representao VM 25 URH i) Pedido de Correio Parcial VM 40 URH j) Arguio de Exc