Trompas Com Valvulas Rotativas 101031

  • View
    648

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Trompas Com Valvulas Rotativas 101031

Manual do Proprietrio Trompas com Vlvulas Rotativas

Alertamos aos senhores usurios destes instrumentos musicais, que as informaes contidas neste folheto so essenciais para que se obtenha um desempenho de qualidade. Todos os instrumentos equipados com mquina a rotor esto enquadrados nestas informaes

3

ndice Higiene e conservao.....5 Manuteno constante e peridica.....5 Bocal.....5 Encaixe do bocal.....6 Como retirar uma pea que est presa a outra.....8 Limpeza das bombas.....9 Secagem das voltas.....11 Limpeza do corpo do instrumento.....12 Bombas.....13 Desmontagem do rotor.....14 Limpeza dos rotores.....17 Montagem dos rotores.....17 Justificativa bibliogrfica.....21

4

Higiene e conservao Manuteno constante e peridica Os instrumentos musicais de sopro so utilizados para produzir o som por via oral. Por esta razo o seu uso inteiramente pessoal. A higiene deve de estar presente em todo o tempo. Aps a utilizao deve-se fazer uma limpeza interna e outra externa para que o mesmo permanea em boas condies. Limpeza do bocal O bocal do instrumento o componente que devemos ter maiores cuidados quanto ao asseio. Devemos lavar antes e aps a utilizao.

Encaixe do bocal Nunca devemos encaixar o bocal no instrumento e em seguida bater com a palma da mo para fix-lo. Alertamos aos usurios que esta ao feita delicadamente, torcendo o mesmo, de cima para baixo at chegar ao local de ajuste. Para a retirada, torcer no sentido inverso.

5

6

Acessrios para atuar na manuteno

Como retirar uma pea que est presa a outra

7

O ideal desmontar todas as partes mveis do instrumento. Para iniciarmos esta tarefa, devemos ficar mo apenas a parte que se encontra presa a outra. Supomos que essa pea seja o bocal. O modo mais racional colocar na juno do encaixe, um pouco de vedalubre (sebo animal) ou algumas gotas de um produto anti-corrosivo. Aquecer, ligeiramente, o local com uma lamparina a lcool e bater delicadamente em volta do cano de embocadura com um martelo de madeira, couro cru ou acrlico, no encaixe do bocal e, ao mesmo tempo fazendo presso para cima.

Limpeza das bombas (voltas) Para os instrumentos utilizados diariamente, os cuidados devem ser constantes. Pelo menos, a cada 15 dias devemos fazer uma limpeza em todas as voltas, colocando-as em recipiente com gua e sabo lquido, neutro, por, pelo menos, 20 minutos. Aps esta operao fazer a limpeza usando o acessrio de acordo com a dimenso da pea.

8

Quando houver necessidade de remover as bombas, deve se identific-las uma a uma, para que, na reposio, voltem ao local certo, de origem e evitando que o instrumento fique desarticulado na sonoridade das notas de sua escala original

9

Secagem das voltas (bombas) Aps a limpeza, secar as peas por dentro e por fora com o acessrio limpo e sem umidade. Para a reposio das peas, utilizar o lubrificante indicado pelo fabricante do instrumento.

10

As voltas devem ser lubrificadas com freqncia para facilitar os movimentos de afinao. aconselhvel o uso de produtos de origem animal. Limpeza do corpo do instrumento Desmontar todas as peas. Com um pano seco ou papel absorvente, retirar todos os resduos de lubrificante. Para a limpeza dos tubos, devemos utilizar ferramentas especiais, ou seja, uma escova de cabo longo e flexvel apropriada para esta finalidade. As partes mais encorpadas podem ser lavadas diretamente na torneira. Caso o instrumento esteja muito sujo internamente, pode-se utilizar um recipiente com gua e sabo liquido, neutro, colocando o instrumento de molho. A seguir fazer a escovao e a limpeza final, enxugando por dentro e por fora.

11

A escovao deve ser feita com o instrumento inteiramente desmontado. Bombas (voltas) presas O mesmo expediente para a retirada do bocal preso, pode ser adotado para a retirada de uma bomba, diferenciando, apenas, no procedimento. Passe um pano ou uma corda macia por dentro da curvatura da bomba prendendo as duas pontas a um torno (morsa). Em seguida puxe o instrumento em sentido contrrio ao torno, dando pequenos trancos, sem muita fora.

12

Desmontagem do rotor das trompas Antes de iniciar a desmontagem do rotor, retire a tampa inferior (pea 4) que enroscada na pea 7 do conjunto. Respeitar as indicaes da figura para que os resultados sejam positivos. Aps identificar as peas do rotor, retira-se o parafuso 1 que prende a cabea do rotor; retirar o parafuso 2 que prende o brao giratrio que aciona o rotor e acionando-o, liberando o stop do rotor da pea 3; retirar, no lado inferior do rotor, a pea 4 que de rosca. Aparecer a extenso do eixo (pea 5), aps a retirada das peas 1,2 e 3. A pea 6 sair com a pea 10 auxiliada por um pequeno martelo.

13

14

A pea 8 nem sempre retirada tendo em vista que a funo da mesma abrigar pequeninas borrachas que amortecem o impacto do parafuso do brao giratrio (a) no mesmo. A pea 9 o segmento da extenso do eixo do rotor (pea 5). Assim temos desmontada toda a engrenagem da mquina da trompa.

15

as campnulas rosqueadas devem ser lubrificadas a cada quinze dias. Limpeza dos rotores Os rotores devem ser lavados em gua morna ou fria. Aps a retirada de seus componentes, passe uma fina camada de creme dental molhando com algumas gotas de gua para espalhar melhor o creme. Em seguida coloque o rotor no tubo cilndrico, movimentando no sentido horizontal girando em seu eixo e lavado a cada cinco minutos, repetindo duas ou trs vezes at notar facilidade ao funcionar. Aps esta tarefa, lubrificar com leo indicado pelo fabricante e faa a montagem. Observe o rotor penetrando no cilindro para a limpeza.

16

Montagem dos rotores Todas as peas encaixadas com roscas devem der lubrificadas semanalmente. A primeira pea a ser montada, deste conjunto, o rotor (fig. a) que introduzido na caixa onde o mesmo funciona (fig. b). A seguir a ruela que ajusta a vlvula, pea que deve ser apontada para a reposio por igual, inclusive com as marcaes da salincia inferior do rotor ajustadas originalmente (fig. c). A ferramenta ideal para este ato uma pea de metal vazada de aproximadamente 8cm de comprimento e dimetro igual ao do ajustador de vlvulas. Colocar a ferramenta bem em cima da pea a ser encaixada e bater vagarosamente at a justa penetrao da ruela de ajuste da vlvula na caixa onde o rotor trabalha.

17

A seguir, mostraremos a montagem do batente de stop (fig. e) seguido do stop (fig. f), que deve ser encaixado com cuidado, tendo em vista que a sua penetrao obrigatria no encaixe da extenso do rotor (fig. g). colocar o parafuso da cabea do rotor (fig. h). Prossiga colocando o parafuso da cabea do rotor (fig. i), faa os reajustes da marcao recomendada e finalmente coloque a capa protetora da vlvula (fig. j).

18

Alguns modelos de trompas cromticas ainda existem com o brao giratrio funcionando por intermdio de um fio, barbante, cadaro ou cordo especial, fabricado com mistura de nilon, polister e algodo. Esta fuso feita para que este componente resista a movimentao dos rotores. Os demais componentes deste modelo assemelham-se ao modelo anterior.

19

Este folheto foi desenvolvido a partir do contedo da obra manual de manuteno e reparos em instrumentos musicais de minha autoria, em suas edies brasileira e portuguesa e de suas fontes bibliogrficas.

Jos Vieira Filho

20