TV de LCD,celular ebrinquedolideramlista

  • View
    222

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Redes varejistas reforçam estoques para atender consumidores

Text of TV de LCD,celular ebrinquedolideramlista

  • SALVADOR SBADO 18/12/2010A6 ESPECIAL

    PapaiNoel visita crianasde centro comunitrio

    IARA BAHIA

    OPapai Noel chegoumais ce-do para as crianas do CentroComunitrio So Miguel, emFazenda Coutos III. Na tardede ontem, os 325 alunos daescola, que integramoGrupoPIM (Projeto de IniciaoMu-sical), receberam o bom ve-lhinho durante a festa de Na-tal, celebrada com mostrasmusicais e teatrais.Oprojetonasceuh15anos,

    e, desde ento, o idealizadorAntnio Ferreira se caracte-riza de Papai Noel para pre-sentearosparticipantes.Aex-pectativa pela chegada doprincipal personagem nata-lino foi grande. Eu querouma mquina digital, disseLarissa de Jesus Paixo, 11anos, que participa do PIMdesde os 4. O projeto umacoisa muito linda. Deixa ascrianascontenteseaindaen-sina, completou ela, aps re-velar que aprendeu a tocarviolo nas aulas do PIM.Ferreiraexplicouqueopro-

    jeto nasceu a partir do tra-

    balhodearte-educaoque jera realizado na escola. Elepromoveatividadesdedana,msica e teatro, que so ex-tracurriculares. Com elas, ascrianas ficam mais fideliza-das e passam mais tempo naescola. Deixam de ficar narua, porque aqui um bairromuito violento, justificou.Na opinio da diretora do

    centrocomunitrio, irmVal-dete Mamedio Santos, o PIMajuda na formao dos alu-nos. Oprojeto fazcomqueascrianas despertemo lado ar-tstico. Aqui, todos eles par-ticipam, disse.

    Programadeadoo temporriavai beneficiar 35 jovensna capitalAMLIA VIEIRA

    ONatal sermais felizpara 35crianas e adolescentes comidades entre 4 e 17 anos queparticipam do programa Na-tal emFamlia, promovidoh10 anos pelo 1 Juizado da In-fncia e Juventude de Salva-dor. So meninos e meninasabrigados em seis institui-es que passaro os festejosnatalinos em um lar.Entre os dias 22 e 27 de de-

    zembro, as crianas e jovensdisponveis para adoo iropara a casa de voluntrios ca-dastrados no programa, al-guns participam h algunsanos. Outros iro para a re-sidncia da chamada famliaestendida irmos mais ve-lhos, avs ou tios oumesmoficar com pai ou me.O objetivo fazer a gra-

    dativa reinsero, esclareceMarcel Mariano, assessor ju-rdico da 1Vara da Infncia eJuventude. Ameta do progra-ma, salienta, no a adoo.Mas se acabar acontecendo, bem-vinda.

    Vagas temporrias derrubamtaxadedesempregonoBrasilPEDRO SOARES EGUSTAVO HENNEMANNFolhapress, Rio de Janeiro

    A taxa de desemprego caiuem novembro graas gera-o de postos de trabalhotemporrios no final do ano,principalmente no comrcio.Segundo o IBGE, a taxa de de-sempregocedeupara5,7%emnovembro, contra os 6,1% re-gistrados em outubro. Tra-ta-se da menor marca desdemaro de 2002, quando teveincio a nova srie histricado IBGE. Em algumas regiesdo Pas, foram registradas si-

    O PIM venceu oPrmio Braskem2010 de MelhorEspetculoInfantojuvenil eDireo

    NATAL Redes varejistas reforamestoques para atender consumidores

    TVdeLCD,celular ebrinquedolideramlistaJULIANA BRITO

    Sustentado pelo aumento doemprego e da renda e pelaascenso das classes C e D, ocomrcio espera em 2010 omelhorNataldadcada.Brin-quedos, roupas e calados,TVs de LCDe LED e celular soos produtos que devem pre-dominar na lista de presen-tes, segundo os varejistas. Aoconsumidor, um aviso: no preciso correr at as lojas,poisocomrcio localestpre-parado para atender a de-manda. Hoje existe uma efi-cincia de logstica de repo-sio grande. O que podeacontecer faltar ummodeloespecfico de um determina-do produto, mas no haverdesabastecimento, asseguraosuperintendentedaCmarade Dirigentes Lojistas (CDL),Carlos Roberto Oliveira.A menos de uma semana

    do Natal, as grandes redes devarejo afirmam que estocom os estoques preparadospara atender demanda. NoExtra, a programao do Na-tal deste ano comeou ime-diatamente aps o Natal de2009. Fazemos isso at le-vando em considerao otransporte. Os produtos vmde navio, o que demora mui-to, diz o gerente da unidadedo Extra da Rtula do Aba-caxi, Ricardo Oliveira.As empresas utilizam os

    balanos de vendas de anosanteriores para estimar a de-manda. A gente tem um his-trico do ano anterior e faz opedido de acordo com a es-timativa de crescimento, dizCludia Almeida, gerente doGBarbosa do Costa Azul.Ela conta que o planeja-

    mento comeou seis mesesantes do Natal. Mesmo quan-doeste falhaemumadasuni-dades,difcil faltarprodutospara o consumidor. O pr-prio fornecedor no tem in-teresse que isso acontea,diz. Mas j aconteceu, quan-do trabalhava na concorrn-cia,de faltarpanetoneecidra.Nesses casos pegamos maisprodutos em outra unidadeda rede.Paraogerentedeoperaes

    da Perini, Roberto Adami, osegredo para no perder ven-das nesta poca ter um es-

    toque bem abastecido e teropes de fornecedores. Po-rm, essa estratgia podenosermuitoeficienteemalgunscasos. Alguns brinquedosque esto na mdia, como oToy Story, somem mais rpi-do da prateleira, e em algunsmomentos eunoconsigo re-posio, pois isso depende dofornecedor,dizMnicaCam-pos, responsvel pelo marke-ting da rede Le Biscuit.

    ImportadosO superintendente da CDLCarlos Roberto Oliveira esti-ma que os importados teroum acrscimo de 19% nasvendas de 2010, devido a bai-xa do dlar. O baiano estincluindo no seu mix os im-portados, afirma.Roberto Adami, da Perini,

    no entanto, no tem perce-bido um acrscimo na pro-cura por essa categoria deprodutos este ano. Ns sem-pre tivemos o foco nos pro-dutos importados. Acho quepor isso no experimenta-mos esse boom, explica.Para Ricardo Oliveira, do

    Extra, a baixa do dlar s terimpacto no Natal de 2011. Ovarejo trabalha realizandocompras com muita antece-dncia. No deu para se be-neficiar da queda do dlarainda, argumentou.

    Rejane Carneiro / Ag. A TARDE

    Criana observa brinquedo: comrcio de Salvador espera vendas recordes este ano

    PRODUTOS MAISPROCURADOS

    LE BISCUIT Brinquedos;presentes da linha decuidados pessoais (pranchaalisadora, secadores decabelo etc), presentes dalinha de bazar e linha devero (bolsa e cadeiras)

    PERINI Frutas secas,vinhos, panetones e cestasnatalinas

    GBARBOSA Aves especiais(peru, chester), panetones,vinhos, bacalhau, azeite,espumantes, frutas emcaldas e tender

    EXTRA Tender, queijocuia, frutas secas, TVs deLCD e celulares

    tuaes anlogas ao plenoemprego.Enquanto a ocupao cres-

    ceu apenas 0,2% de outubropara novembro, o contingen-te de desempregados caiumais 5,9% , namesmabasedecomparao,oquesinalizaa menor procura por traba-lho, segundo o IBGE.

    PressoMuita gente j tinha empre-go engatilhado para dezem-broeparoudeprocurar,oquereduziu a presso no merca-do de trabalho, diz CimarAzeredo Pereira, gerente do

    IBGE. Com tal cenrio, omer-cado de trabalho das regiesmetropolitanas de Porto Ale-gre e Rio de Janeiro j registrauma situao considerada depleno emprego com taxasabaixo de 5%. Nessas reas,ela ficou em 3,7% e 4,9%, res-pectivamente, emnovembro.So Paulo caminha para amesma situao, com 5,5% detaxa de desocupao.OpresidenteLulacomemo-

    rou o resultado. Fiquei nomovimento sindical toda adcada de 70 e de 80 e noesperavaestarvivoparaouviressa notcia, disse.

    No ano 2000, na primeiraedio do Natal em Famlia,houve 17 adotados. Nmeroquesubiupara47em2001.Napoca,mais de 100 abrigadospassavam os festejos natali-nos em lares temporrios.Nos ltimos anos, amdia deadoes aps o Natal tem flu-tuado entre 11 e 13.Pelo segundo ano consecu-

    tivo, o casal Zenilda BatistaMota Carvalho, 54 anos, e Jor-ge Conceio vai passar o Na-tal com R.M., 17 anos. Se ti-vesse condio financeira, jtinha adotado ele, confessaZenilda. Este o nono Natalque a famlia passa ao ladodeGustavo, hoje filho do casal.Eles j tinhamdois filhos Vi-viane, 17, e Jordan, 10.

    Walter de Carvalho / Ag. A TARDE

    O casal Zenilda e Jorge vai adotar R.M. pela segunda vez)!"7'%*3#7%.0*3*28+2. '!#6.)2*4-

    &*,

    *5+7"#

    9;7;.7

    ";0,$3.7";

    .90#%8

    ;"#

    );%

    49#'*(

    )!*'

    ,*'5

    (39;4#9"#

    *.5

    3.:.0.

    7#-9;:2429#

    %.1/93;

    +'2/

    &!'

    '*7)!5

    69;7;

    %4;7

    !.9.

    729!9;;%

    ";9.&

    38#7;.&

    #9;7'

    &.28

    !1**47(!

    )$*$

    !&.

    2&)!

    %*$*

    "7$*

    '!3

    3#)

    .'-