Click here to load reader

CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA

  • View
    42

  • Download
    9

Embed Size (px)

Text of CARACTERIZAÇÃO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO PARNAÍBA

1. CARACTERIZAO DA BACIA HIDROGRFICA DO PARNABA 2. A regio hidrogrfica do Parnaba est situada entre as coordenadas 02 21 S e 11 06 S de latitude e 47 21 W e 39 44W de longitude, ocupando uma rea de 331.441 Km, onde 249.497 km pertencem ao Piau (que possui 99% de sua rea dentro da bacia), 65.492 Km pertencem ao Maranho e 13.690 Km pertencem ao Cear (CARDENO DA REGIO HIDROGRFICA DO PARNABA). 3. Localizao da Bacia Hidrogrfica do Parnaba 4. A grande extenso territorial da Bacia do Parnaba favorece que ela atravesse reas com caractersticas fsicas distintas, mais precisamente trs biomas diferentes, o Cerrado no alto Parnaba, a Caatinga no Mdio e o Costeiro no Baixo, fato que tambm reflete nas caractersticas hidrolgicas de cada uma das referidas regies. 5. Desse modo vale descrever as configuraes dos aspectos fsicos, como geologia, clima, vegetao e solos encontrados ao longo da Bacia Hidrogrfica em estudo. A Geologia da rea de acordo com Caderno da Regio Hidrogrfica do Parnaba (2006, p. 40) A Regio encontra-se instalada em duas grandes unidades estruturais: o escudo cristalino (cerca de 15% da rea) e a Bacia sedimentar do Parnaba (85%). Caracteriza-se, principalmente, por sedimentos de cobertura Cenozico (areias e argilas), Rochas Sedimentares do Mesozico e Paleozico (arenitos e argilitos) e Rochas Pr-Cambrianas (gnaises, granitos e migmatitos). 6. O Clima da regio da Bacia de acordo com a classificao de Koppen so de trs tipos: o megatrmico chuvoso (quente e mido); o semi-rido e uma variedade do clima AW`, o BSwh`(semi-rido). Na regio do baixo Parnaba e litornea h o predomnio do clima megatrmico chuvoso, que se caracteriza por chuvas entre fevereiro e maio com temperaturas mais baixas nos meses de maro e abril. A regio onde h presena de caatinga hiperxerfita, o clima o semi- rido, qu e apresenta temperaturas elevadas, superiores a 18C, pouca precipitao com distribuio irregular durante o ano. No sudeste da regio hidrogrfica a atuao do clima AW`, o BSwh` que uma variao do semi-rido, caracterizando-se por possuir curta estao chuvosa no vero. 7. Os principais biomas que as guas da Bacia do Parnaba atravessam so a Caatinga em sua poro leste, o Cerrado na poro sul e sudoeste e o Costeiro na rea do litoral. Na regio Hidrogrfica do Parnaba so encontrados ainda os seguintes compartimentos do relevo: depresses perifricas Bacia Sedimentar do Maranho-Piau, chapades do Alto-Mdio Parnaba, planalto oriental da Bacia Sedimentar do Maranho-Piau, baixos planaltos do Mdio-Baixo Parnaba, tabuleiros pr-litorneos e plancie costeira 8. Principais atividades econmicas desenvolvidas na bacia do Parnaba. 9. No Alto Parnaba As principais atividades econmicas da regio esto ligadas a agropecuria com maior destaque para a agricultura de sequeiro (soja, arroz, feijo, milho, caju, algodo, cana-de- acar). A agricultura irrigada ainda no significativa, apesar do grande potencial para a fruticultura (manga, coco, maracuj e banana) Usina Hidroeltrica Boa Esperana- Guadalupe 10. No mdio Parnaba Teresina cuja capital do estado, detentora do maior PIB dentre os municpios integrados da bacia do Parnaba cerca de mais 47% (CEPRO,2012). 11. No Baixo Parnaba A cidade de Parnaba segundo a fundao CEPRO-PI a segunda maior do estado do Piau, seu PIB gira entorno de 4,4%, cerca de 1131,355 milhes (CEPRO,2012). 12. SITUAO ATUAL DA BACIA DO PARNABA 13. Segundo o Ministrio de Minas e Energia (2005) na bacia hidrogrfica em questo existe um empreendimento hidreltrico em operao e outros diversos estgios de planejamentos, que configuram um significativo aposte de energia para a expanso da oferta do setor eltrico brasileiro nos prximos anos. Considerando os perodos de escassez e diminuio do volume de gua na bacia, esta considerada, ao lado das Bacias do amazonas e do Paran uma das trs grandes bacias sedimentares brasileiras. 14. Existem, entre construdos e projetados, 32 barragens barragem de Boa Esperana inaugurada em 1970 a maior e mais importante de todas as barragens do Parnaba. Na Bacia do Parnaba j foram perfurados cerca de 8.000 poos. So 19 os projetos de irrigao de iniciativa pblica, projetados, em construo ou construdos. A possibilidade de navegao deste rio facilitou o povoamento e as comunicaes at pouco tempo atrs. Hoje, a navegao feita, principalmente na poca de cheias, por pequenas embarcaes. 15. So trs os seus principais cursos: Alto, Mdio e Baixo Parnaba. No Mdio Parnaba, na altura da cidade piauiense de Guadalupe, encontra-se a barragem de Boa Esperana, que impulsiona a usina de mesmo nome, geradora de energia integrante do sistema CHESF. 16. Fonte: Chesf, 2013. 17. A conexo dos elementos fsicos contribui para a formao das Bacias Hidrogrficas, a partir dessas caractersticas os potenciais so descobertos. O desenvolvimento das atividades econmicas da bacia hidrogrfica do Parnaba ocorre atravs da utilizao dos recursos hdricos como o turismo. O uso inadequado desses recursos pode resultar no impacto negativo ao meio ambiente, influenciando na qualidade de vida da populao. Dessa forma a preservao da bacia necessria, como forma de garantir o desenvolvimento das atividades, sem comprometer totalmente os recursos naturais. RESULTADOS 18. FIM

Search related