of 28 /28
LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 3º TRIMESTRE DE 2014 LIÇÃO 2 O Propósito da Tentação Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br

Lição 2 - O propósito da tentação

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves Programa Escola Dominical na WEBTV. IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva

Citation preview

Page 1: Lição 2 - O propósito da tentação

LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 3º TRIMESTRE DE 2014

LIÇÃO 2O Propósito da Tentação

Prof. Ms. Natalino das Neveswww.natalinodasneves.blogspot.com.br

Page 2: Lição 2 - O propósito da tentação

ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS

ENDEREÇOS ABAIXO:

www.natalinodasneves.blogspot.com.br

www.redemaoamiga.com.br

Page 3: Lição 2 - O propósito da tentação

"Meus irmãos, tende grande gozo

quando passardes por várias

tentações, sabendo que a prova da

vossa fé produz a paciência"

(Tg 1.2,3).

TEXTO ÁUREO

Page 4: Lição 2 - O propósito da tentação

O triunfo sobre a tentação fortalece-

nos espiritualmente e nos torna

mais íntimos de Deus.

Lições Bíblicas - CPAD

VERDADE PRÁTICA

Page 5: Lição 2 - O propósito da tentação

2 - Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações,

3 - sabendo que a prova da vossa fé produz a paciência.

4 - Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma.

12 - Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.

13 - Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta.

14 - Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.

15 - Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado,

gera a morte.

LEITURA BÍBLICA (Tg 1.2-4,12-15)

Page 6: Lição 2 - O propósito da tentação

INTRODUÇÃO

• Como lidar como o sofrimento? Uma questão que há milênios perturba o ser humano.

• Muitas pessoas, em nome de Deus, tem oferecido uma vida fácil, livre de sofrimento, mas o que a Tiago fala sobre isso?

• Qual o origem e como lidar com a tentação?

• São algumas das questões que iremos ver nesta lição.

Page 7: Lição 2 - O propósito da tentação

I. O FORTALECIMENTO PRODUZIDO

PELAS PROVAÇÕES

Page 8: Lição 2 - O propósito da tentação

I. O FORTALECIMENTO PRODUZIDO PELAS TENTAÇÕES (Tg 1.2,12)

• Início da Igreja houve grandes perseguições (At 8.1; 11.19) o que dispersou muitos judeus cristãos (Tg 1.1).

• Como entender corretamente o propósito das aflições (Tg 1.2-15)?

• Gozo com as provações VS Teologia da prosperidade.

• Peirasmos (Grego) = “prova”, “provação” ou “teste” = Tg: contexto de perseguição.

Page 9: Lição 2 - O propósito da tentação

I. O FORTALECIMENTO PRODUZIDO PELAS TENTAÇÕES (Tg 1.2,12)

• O justo passa por aflições (Sl 34.19; Jo 16.33).

• Cuidado com a Teologia da Retribuição!

• Enfrentar as provações com ânimo VS derrota.

• Uma Fé que produza paciência (Hupomone).

• Nas provações que aprendemos a ter perseverança e crescemos (ilustração da crisálida).

Page 10: Lição 2 - O propósito da tentação

I. O FORTALECIMENTO PRODUZIDO PELAS TENTAÇÕES (Tg 1.2,12)

• Todos somos provados de alguma forma, alguns mais outros menos.

“Agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações

[Peirasmos], para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa que o ouro que perece e é

provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória na revelação de Jesus Cristo” (1 Pe 1.6,7).

• Ter gozo com a provação (Tg 1.2)?

• Deus sabe o que faz e o que é melhor para nossa vida (Rm 8.28; 12.2).

Page 11: Lição 2 - O propósito da tentação

APLICAÇÃO PRÁTICA

Como você tem lidado com a tentação e provação?

Você tem saído fortalecido das provações?

Page 12: Lição 2 - O propósito da tentação

II. A ORIGEM DAS TENTAÇÕES

Page 13: Lição 2 - O propósito da tentação

I. A ORIGEM DAS TENTAÇÕES (Tg 1.13-15)

• As tentações não provém de Deus (vs 13), mas da própria natureza humana (vs 14-15).

• O pecado é uma escolha da pessoa que o comete.

• Jesus afirmou que o pecado não vem de fora para dentro; ele está dentro de nós (Mc 7.15).

• “cada um é tentado quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência” (v. 14).

Page 14: Lição 2 - O propósito da tentação

I. A ORIGEM DAS TENTAÇÕES (Tg 1.13-15)

• Ser tentado é sentir-se aliciado pela própria malícia. O ser humano é atraído por aquilo que deseja.

• Ser tentado não é pecado; pecado é ceder à tentação.

• Ilustração do “Pássaro e do gato”.

“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” Sl 119.11

Page 15: Lição 2 - O propósito da tentação

APLICAÇÃO PRÁTICA

Como você tem lidado com a tentação?

Tem cedido aos desejos carnais?

Você tem alimentado com as coisas espirituais ou carnais?

Page 16: Lição 2 - O propósito da tentação

III. - O PROPÓSITO DAS PROVAÇÕES

Page 17: Lição 2 - O propósito da tentação

III. - O PROPÓSITO DAS TENTAÇÕES (Tg 1.3,4,12)

• Provar nossa fé (v3).

“Bem-aventurado o varão que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa

da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que O amam” (Tg 1.12).

• Hebreus 11: galeria dos heróis da fé.

Page 18: Lição 2 - O propósito da tentação

III. - O PROPÓSITO DAS TENTAÇÕES (Tg 1.3,4,12)

• Produzir paciência (Vs 3,4). A palavra “paciência” aparece relacionada:

• às provações/tribulações (Rm 5.3; Tg 1.3), • às aflições (2 Co 6.4); • às perseguições (2 Ts 1.4; Tg 1.2,3), mas...• à vida eterna (Lc 21.19; Rm 2.7; Hb 10.36), • à esperança (Rm 5.3; 15.4,5; lTs 1.3); e • à alegria (Cl 1.11).

• A experiência da paciência gerada da provação conduz à maturidade espiritual.

• Cristo é o maior exemplo da vitória na superação da provação.

Page 19: Lição 2 - O propósito da tentação

III. - O PROPÓSITO DAS TENTAÇÕES (Tg 1.3,4,12)

“somos mais do que vencedores por aquele que

nos amou” (Rm 8.37)

Page 20: Lição 2 - O propósito da tentação

APLICAÇÃO PRÁTICA

Você tem sido paciente nas provações?

Tem confiado e esperado na ação de Deus?

Page 21: Lição 2 - O propósito da tentação

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Page 22: Lição 2 - O propósito da tentação

AS PROVAÇÕES SERVEM PARA

FORTALECER A FÉ DO SALVO.

Page 23: Lição 2 - O propósito da tentação

A TENTAÇÃO TEM ORIGEM NA

PRÓPRIA NATUREZA HUMANA

Page 24: Lição 2 - O propósito da tentação

A SUPERAÇÃO DAS PROVAÇÕES

NOS CONDUZ A UMA MATURIDADE

EXPIRITUAL.

Page 25: Lição 2 - O propósito da tentação

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ARRINGTON, French L.; STRONSTAD, Roger. Comentário Bíblico Pentecostal do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.

ASLAN, Reza. Zelota: a Vida e a Época de Jesus de Nazaré. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

ERICKSON, Millard J. Introdução à Teologia Sistemática. São Paulo: Vida Nova, 2008.

HENRY, Matthew. Comentário Bíblico Novo Testamento: Atos a Apocalipse. Edição Completa. Rio de Janeiro: CPAD, 2012.

JOSEFO, Flávio. História dos Hebreus. Rio de Janeiro: CPAD, 2000.

Page 26: Lição 2 - O propósito da tentação

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

RICHARDS, Lawrence O. Comentário Devocional da Bíblia. Rio de Janeiro: CPAD, 2012.

RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.

STRONSTAD, Roger; ARRINGTON, French L. Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. 2.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.

VINE, W. E.; UNGER, Merril F.; WHITE JR, William. Dicionário Vine. Rio de Janeiro: CPAD, 2002.

Page 27: Lição 2 - O propósito da tentação

IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais

www.adsaojosedospinhais.com.brwww.redemaoamiga.com.br

Pr. Presidente: Ival Teodoro da SilvaPr. Elson Pereira

Comentários: Ev. Natalino das Neves

www.natalinodasneves.blogspot.com.br

[email protected](41) 8409 8094 / 3076 3589

Page 28: Lição 2 - O propósito da tentação

FAVOR COMPARTILHAR.