Notas preliminares sobre a pesquisa intera§£o universidade-empresa no Brasil

  • View
    669

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Apresentada no SEMINÁRIO DESAFIOS DA INTERAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA NA AMÉRICA LATINA E NO BRASIL

Text of Notas preliminares sobre a pesquisa intera§£o universidade-empresa no Brasil

  • 1. Notas preliminares sobre a pesquisa interao universidade-empresa no Brasil Eduardo Albuquerque Cedeplar-UFMG 27 de julho de 2009
  • 2. O cenrio internacional
    • A posio semelhante dos pases latino-americanos: Argentina, Costa Rica, Mxico e Brasil no Regime II
    • A trajetria da Coria do Sul (entre 1974 e 2006, passa do Regime I ao Regime III)
    • A trajetria mais acelerada de alguns pases asiticos (China sem o dado de 1974, Malsia)
    • frica: frica do Sul como a Amrica Latina (Regime II); Uganda e Nigria no Regime I (Uganda com dados apenas para 1998 e 2006, Nigria com dados apenas de 1990 a 2006)
  • 3.
  • 4. Manchas de interao: uma caracterstica comum aos pases do Regime II? (Survey de Minas Gerais comparado com Cohen et al, 2002)
  • 5. Survey da Universidade
    • Grupos de Pesquisa do CNPq que declararam interagir com empresas/instituies (dos 19.470 grupos, 2.151 declararam interagir com 3.875 empresas/instituies das quais cerca de 2.000 so empresas)
    • H fortes evidncias que o nmero de grupos com interao SUBESTIMADO
    • O questionrio foi respondido por 1.005 grupos de pesquisa
  • 6. Distribuio Geogrfica dos grupos que responderam
  • 7. Comparao entre grupos de pesquisa com e sem interao Fonte: Diretrio dos Grupos de Pesquisa do CNPq, Censo de 2006. 9.98 2.1 22.5 4.10 5.2 2.5 29.5 5.0 Humanidades 8.8 3.2 43.2 4.9 14.8 4.9 55.4 6.3 Cincias Exatas e da Terra 10.8 4.5 62.6 5.7 15.9 6.6 85.9 6.6 Cincias Biolgicas e da Sade 18,5 8,3 87,2 7,2 24,7 11,3 105,4 8,4 Cincias Agrrias 14,3 4,2 30,6 5,9 18,0 5,2 36,2 5,9 Engenharias Dissertaes Teses Artigos PhD Dissertaes Teses Artigos PhD Grupos no interativos Grupos interativos Mdia por grupos Grandes reas do conhecimento
  • 8. Tipos de relacionamento com empresas
  • 9. Resultados do relacionamento com empresas
  • 10. Canais utilizados na transferncia de conhecimento e informao entre as partes
  • 11. Survey empresas (ainda no concludo)
  • 12. Fontes de Informao
  • 13. Razes da colaborao
  • 14. De quem foi a iniciativa para a interao
  • 15. Concluses preliminares
    • Survey das universidades:
      • a influncia positiva da interao sobre a produo acadmica
      • a relevncia das universidades at mesmo para reas classificadas como baixa tecnologia (consistente com o MG Survey)
      • Universidades no Brasil no oferecem apenas consultoria e testes, mas j assumem tarefas mais complexas (P&D cooperativo, por exemplo)
    • Survey das empresas
      • Importncia relativa das universidades para atividades inovativas das empresas (relativamente mais importante do que nos Estados Unidos Cohen et al, 2002)
      • Embora consultoria e testes sejam importantes, interao envolve P&D cooperativo.
      • A importncia da iniciativa das empresas (capacidade de buscar reas de competncia das universidades)
  • 16.
    • Em termos gerais
      • heterogeneidade das interaes no Brasil (todos os tipos, todas as reas)
      • manchas de interao
      • A combinao de instrumentos de pesquisa (surveys, estudos de caso e pesquisa histrica) nos permite identificar o que est por trs desses pontos de interao: papel das universidades e institutos de pesquisa nos casos bem sucedidos no Brasil subestimado (apresentao Prof. Wilson Suzigan)
    • Implicaes para polticas pblicas
      • massa crtica ainda no foi alcanada
      • Necessidade de articulao entre polticas industriais e polticas de cincia e tecnologia para garantir entrada em novos setores (oportunidades tecnolgicas abertas em tecnologias emergentes): lies da Coria do Sul