ANÁLISE DA VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO USO .de concreto, argamassa, areia, pedra, materiais

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ANÁLISE DA VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO USO .de concreto, argamassa, areia, pedra,...

  • 1

    ANLISE DA VIABILIDADE TCNICA E ECONMICA DO USO DO RESDUO

    DA CONSTRUO CIVIL NA FABRICAO DE TIJOLO SOLO-CIMENTO

    Henrique Vianna Salles* e Thamara Braum Pereira**

    Graduandos em Engenharia Civil

    *Estudante de Engenharia Civil 8 perodo das Faculdades Integradas de Aracruz

    **Estudante de Engenharia Civil 10 perodo das Faculdades Integradas de Aracruz

    RESUMO

    Alinhar construo civil e reaproveitamento de resduos provenientes dos canteiros de obra

    tornou-se uma realidade urgente. As construtoras precisam se enquadrar nas normas vigente

    relacionadas a preservao do meio ambiente para continuar desenvolvendo suas atividades.

    O objetivo desse estudo , portanto verificar se vivel financeiramente e tecnologicamente a

    insero de resduos provenientes da construo civil na produo dos tijolos solo-cimento.

    Para que a reutilizao de resduos seja vivel, foi realizado o levantamento de dados

    subdivididos em duas etapas: o conhecimento das caractersticas do solo, do resduo e das

    novas composies sugeridas nesse estudo atravs de testes em laboratrios e a avaliao

    econmica por meio de uma composio de custo simples. Os dados obtidos e analisados

    indicam que a insero do resduo na composio favorece o aumento da resistncia

    compresso e melhora as caractersticas do solo. Portanto, aps os resultados dos estudos

    serem alcanados conclui-se que a composio proposta viabiliza a comercializao do

    produto (adequao aos valores exigidos pela norma) e que o acrscimo consequente dessa

    insero se torna insignificante diante do custo-benefcio alcanado.

    Palavras-chave: Desenvolvimento sustentvel; Resduos; Ttijolo solo-cimento; Viabilidade

    econmica; Construo civil.

    ABSTRACT

    Align construction and reuse of waste from the construction sites has become an urgent

    reality. Construction companies need to fit in the existing standards relating to preservation of

    the environment to continue developing their activities. The aim of this study is therefore

    verify whether it is feasible financially and technologically the inclusion of waste from the

    construction in the production of soil-cement bricks. To make this possible survey was carried

    out two steps in divided data: the knowledge of the characteristics of the soil, the waste and

    new compositions suggested in this study by testing in laboratories and economy rating by a

    composition of simple cost. The data obtained and analyzed indicate that the inclusion of

    residue in the composition promotes increased compressive strength and improves the soil

    characteristics. So after the results of the studies to be achieved it is concluded that the

    proposed composition viabializa marketing the product (adjustment to the values required by

    the standard) and the consequent increase this insertion becomes insignificant before the

    achieved value for money.

    Keywords: Sustainable development; Waste; Soil-cement brick; Economic feasibility;

    Construction.

  • 2

    1. INTRODUO

    Um dos maiores desafios enfrentados na atualidade pelos diversos setores constituintes

    da sociedade alinhar sustentabilidade e desenvolvimento econmico. A gerao e o destino

    de resduos slidos um dos maiores problemas ambientais existentes. A construo civil

    contribui de maneira significativa na acentuao dessa realidade por desenvolver atividades

    geradoras de grandes volumes de resduos.

    O aumento da busca pela sustentabilidade justifica a preocupao com a escassez dos

    recursos naturais. Por esse motivo, mais tecnologias vem sendo procuradas para que possam

    substituir essas fontes (MOTTA, et al, 2014).

    Um dos maiores consumidores de matrias-primas naturais o setor da construo

    civil. Calcula-se que o mesmo utiliza em torno de 20% a 50% do total dos recursos naturais

    usados pela sociedade (JOHN, 2001).

    Os entulhos oriundos dos canteiros de obra so constitudos, principalmente, por restos

    de concreto, argamassa, areia, pedra, materiais cermicos, pedaos de madeira, plstico e

    vidro, juntamente com a escassez de locais para ser feito o depsito desses resduos, podem

    vir a se tornar um grande e srio problema ambiental (SEGANTINI; WADA, 2011). Na busca

    de alternativas para minimizar a gerao de resduos esse projeto de pesquisa tem por objetivo

    verificar a viabilidade econmica da produo de tijolo solo-cimento com a insero de

    alguns destes restos de materiais.

    O estudo proposto est estruturado da seguinte forma: primeiramente ser feita a

    definio de conceitos fundamentais para o andamento do estudo.

    Os conceitos considerados relevantes foram: desenvolvimento sustentvel, resduos,

    solo-cimento e Politica Nacional de Resduos Slidos. Aps a fundamentao terica dos

    aspectos importantes para o estudo, ser proposta uma metodologia eficiente para a obteno

    de resultados atraentes.

    Em seguida, essa metodologia ser colocada em prtica, a fim de que os objetivos

    pretendidos possam ser verificados. Posteriormente, ser realizada a anlise e discusses a

    respeito dos efeitos da pesquisa.

    Por fim, sero expostas as concluses a respeito do trabalho e a verificao de como

    esta pesquisa pode contribuir para proporcionar um desenvolvimento sustentvel dentro do

    canteiro de obras que inclua a produo de tijolo solo-cimento com a insero de RCD.

    2. REFERENCIAL TERICO

    2.1. Desenvolvimento Sustentvel

    Atualmente, um dos maiores desafios est relacionado a tornar o mundo um lugar mais

    sustentvel, com menos desperdcio e, ao mesmo tempo, fazendo com que sejam atendidas

    todas as necessidades dessa gerao e das geraes futuras sem prejudicar o meio ambiente

    (LOUREIRO; PEREIRA; PACHECO JUNIOR, 2016).

    Para obter o desenvolvimento sustentvel, preciso que o uso de energia e matria

    diminua, o bem-estar da sociedade aumente e que os recursos naturais sejam usados de uma

    maneira que no haja esbanjamento (CAVALCANTI, 2012).

    O setor da construo civil tambm teve que se adequar a essas mudanas e se

    enquadrar em todas as principais modificaes propostas visando o desenvolvimento

    sustentvel. A resoluo 307 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA)

    estabeleceu diretrizes e instrumentos que visam sobrepor os problemas originados pelos

    resduos da construo e de demolies, determinando responsabilidades e deveres dos

    geradores (CONAMA, 2002). A resoluo impe, ainda, aos responsveis pela gerao dos

    resduos a obrigatoriedade de reduo, reutilizao e reciclagem (PINTO, 1999).

  • 3

    O gerenciamento desses resduos muito importante e tem por objetivo garantir a

    correta gesto dos mesmos durante as atividades do dia a dia de execuo das obras e dos

    servios de engenharia. Ele fundamentado nas estratgias de no gerao, minimizao,

    reutilizao, reciclagem e descarte adequado dos resduos slidos, sendo que a reduo da

    gerao de resduos na fonte seja priorizada. Com isso, as empresas aderiram e implantaram

    nas obras esses mtodos. Alguns exemplos desses mtodos so: fazer com que o processo

    construtivo no requeira embalagens, formas, etc.; conscientizar e capacitar os profissionais

    atravs de palestras e reunies frisando a importncia da reutilizao de resduos para o

    mesmo uso na obra (exemplo: reaproveitamento de formas para concretagem), plantao de

    rvores e implantao de baias para a separao de resduos slidos nos canteiros de obras

    (NAGALLI, 2016).

    2.2. Resduos

    Todo produto possui vida til ou tempo de utilizao limitado, ou seja, em

    determinado perodo perde suas caractersticas e no podem ser mais utilizados em atividades

    para as quais foram desenvolvidas. a partir da que surgem os resduos de maneira geral.

    Mesmo os produtos que so muito durveis em algum momento vo se transformar em ps-

    consumo (JOHN, 2001).

    Durante o processo construtivo, a gerao de entulhos e resduos possui elevados

    ndices dentro de um canteiro de obra e estes so oriundos dos processos de construes,

    reformas, reparos, demolies e os resultados da preparao e escavao dos terrenos

    (CONAMA, 2002).

    Segundo a NBR 10004 - Resduos slidos - Classificao (ABNT, 2004) os resduos

    da construo civil so qualificados como pertencentes classe II A, ou seja, resduos inertes.

    A insero na classe em questo justificada na medida em que esses dejetos possuam

    componentes minerais no poluentes em seu arranjo e por serem inertes quimicamente.

    Entretanto, Zordan (1994), considera que a classificao dos resduos originados dos

    canteiros de obras pode ser enquadrada em diversas outras classes devido heterogeneidade e

    a dependncia direta de sua procedncia e das caractersticas gerais da obra em que foi

    originado o resduo.

    Considerando esses elevados ndices envolvendo construo civil e resduos, se tornou

    primordial o desenvolvimento de tcnicas para minimiza-los. A reciclagem dos resduos foi

    uma sada eficiente para alinhar problemas e obter possveis solues. Os benefcios gerados

    pela reciclagem/reutilizao dos resduos provenientes dos canteiros de obras so:

    1) Preservao das matrias-primas necessrias para fabricao de diversos produtos utilizados nas obras (SOUZA, 2006);

    2) Diminuio da poluio ocasionada pelo acmulo de entulho e, consequentemente, reduo nos nmeros de enchentes e assoreamento de rios (SOUZA, 2006);

    3) Reduo na utilizao de produtos considerados no-renovveis quando estes forem substitudos por produtos que podem passar por processos de reciclagem (JO