Ap embrapa.pptx

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Ap embrapa.pptx

  • 1. ANLISE DOS CANAIS DE COMUNICAOMarketing e Comunicao DigitalProfessor: Marcelo MinuttiGrupo: Brbara Corra Gustavo Carneiro Cristiane Rosa Janana Elvas Daniel Medeiros Vitor Galvo

2. INTRODUO- A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria (Embrapa) vinculada aoMinistrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento (MAPA), foi criada em26 de abril de 1973;- Sua misso viabilizar solues de pesquisa, desenvolvimento e inovaopara a sustentabilidade da agricultura, em benefcio da sociedade brasileira;- A Embrapa atua por intermdio de Unidades de Pesquisa e de Servios e deUnidades Administrativas, estando presente em quase todos os Estados daFederao, nos mais diferentes biomas brasileiros. 3. CANAIS EMBRAPAPortal Embrapawww.embrapa.brTwitter@embrapaFacebook Agro Sustentvelhttps://www.facebook.com/agrosustentavelDigitaisContando Cincia na Webhttp://ccw.sct.embrapa.br/Agro Sustentvelhttp://www.agrosustentavel.com.br/Hortalias na Webhttp://www.cnph.embrapa.br/hortalicasnaweb/ 4. CANAIS EMBRAPA TradicionaisPrograma de TV - Dia de Campo na TV - http://hotsites.sct.embrapa.br/diacampoPrograma de rdio Prosa Ruralhttp://hotsites.sct.embrapa.br/prosaruralRevista cientfica Pesquisa Agropecuria Brasileira http://seer.sct.embrapa.br/index.php/pab 5. ANLISE DOS CANAIS DIGITAIS 6. PORTAL EMBRAPA- Criado em 1990 - e remodelado em 2004 - com o incio do Manual dePadronizacao da Embrapa na internet;- 47 Unidades da Embrapa com sites e recursos prprios;- A gesto de contedo do Portal Embrapa feita por uma das unidades(Embrapa Informao Tecnolgica). A edio das notcias realizada pelaSecretaria de Comunicao (Secom), que fica na sede da Empresa, em Braslia(DF).- As notcias so produzidas pelos jornalistas que trabalham nas unidadesdescentralizadas, e encaminhadas por e-mail para a Secom, que as insere noportal e define quais informaes constaro na pgina principal. 7. PORTAL EMBRAPAPONTOS POSITIVOS- Site de referncia (Prmio iBest 2006; um dos mais acessados no rankinginstituies de pesquisa; e portal de internet lder no Brasil e na Amrica Latinano ranking mundial de instituies cientficas.- Notcias atualizadas com frequncia;- Amplo acesso s unidades da Embrapa e demais servios. www.embrapa.br 8. PORTAL EMBRAPAPOSSIBILIDADE DE MELHORIAS- Poluio de informaes, com links de instituies e departamentos parceiros emexcesso;- Necessidade de mudanas na disposio de informaes e no foco do site , j quena pgina inicial difcil ter uma clara viso do real negcio da Embrapa (o novosite est em andamento com prioridade nos produtos e servios institucionais);- O servio de busca de informao com temas especficos direciona a outros linkse pginas. Algumas vezes a pgina solicitada no carregada. Seria interessanteaprimorar o servio de busca e o banco de dados.www.embrapa.br 9. FACEBOOK AGRO SUSTENTVEL- Criado em abril de 2012, no contexto da Rio+20, a pgina Agro Sustentvel noFacebook uma iniciativa da Embrapa para compartilhar solues sustentveispara o campo;- Inicialmente a pgina tinha como meta gerar trfego para o hotsite daCampanha Agro Sustentvel da Embrapa http://www.agrosustentavel.com.br;- Com o fim da Rio+20, a pgina continuou a ser alimentada com informaes arespeito de tecnologias geradas pela pesquisa agropecuria com foco nasustentabilidade;- So compartilhadas publicaes em PDF para download, tanto publicaes decarter tcnico para estudantes e profissionais de cincias agrrias e biolgicas,quanto publicaes voltadas para pequenos agricultores e para o pblico urbano. 10. FACEBOOK AGRO SUSTENTVEL- Posts relacionados a frutas ou hortas costumam gerar maior nmero decompartilhamentos. Notcias, frases, datas comemorativas e eventosrelacionados ao tema tambm fazem parte da pauta;- So inseridos cinco contedos por semana, um a cada dia til. Os contedosgeram em torno de 40 compartilhamentos e 40 likes;- O post mais popular gerou 359 compartilhamentos: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=258168237637775&set=pb.162991257155474.-2207520000.1351433696&type=3&theater 11. FACEBOOK AGRO SUSTENTVELPONTOS POSITIVOS- A fanpage direcionada a um tema especfico sobre tecnologias sustentveispara o campo. Dessa forma, a conversa digital atinge um pblico diferenciado;- Em relao frmula da relevncia (Edgerank: afinidade - peso - relevncia), aspostagens sempre possuem boas fotos, textos e links (peso), o que garantecompartilhamentos e likes (afinidade);- A estratgia de uma postagem por dia com contedos muito bem definidos. www.facebook.com/agrosustentavel 12. FACEBOOK AGRO SUSTENTVELPOSSIBILIDADE DE MELHORIAS- Aumentar a interatividade com os seguidores nos comentrios. Alm dos likes,estabelecer mais dilogos;- Por ser um tema mais especfico, o nmero de novos seguidores tende adiminuir. Entretanto, a tecnologia sustentvel para o campo um assunto quepode atrair outros pblicos, de acordo com o contedo. Ex.: post sobre receitas.- Como a Embrapa repleta de informaes, uma alternativa no Facebook,dentro de um plano estratgico, poder ser a criao de novas fanpages paraoutros pblicos.www.facebook.com/agrosustentavel 13. TWITTER @EMBRAPA- Criado tambm em abril de 2012, no aniversrio de 39 anos da Embrapa, o perfil@embrapa no Twitter tem carter mais institucional que a pgina temtica doFacebook e lida com uma gama maior de contedo.- So publicadas novidades dos trabalhos de pesquisa da Empresa, divulgao deeventos e compartilhadas publicaes para download.- So inseridos em mdia trs posts a cada dia til.- Algumas unidades da Embrapa possuem seus prprios twitters: @embrapacnpa;@embrapa_algodao; @embraparondonia; @Embrapa_ (Embrapa Florestas);@EmbrapaPecSul 14. TWITTER @EMBRAPAPONTOS POSITIVOS- Possibilidade de divulgao de todos os assuntos relacionados Embrapa;- Interao e respostas rpidas junto aos seguidores;- Possibilidade de interao com os mais diversos pblicos.@embrapa 15. TWITTER @EMBRAPAPOSSIBILIDADE DE MELHORIAS- Para conseguir mais engajamento dos seguidores, uma ideia fazer maisperguntas para obter mais respostas dos tweets, estimulando conversas;- Reler posts da ltima semana para verificar os assuntos que foram mais bemaceitos e retweetados;- Usar a ferramenta #FF (Follow Friday) para recomendar outros usurios. Bastaacrescentar #FollowFriday #FF antes de publicar um tweet e, em seguida, o nomedas sugestes. Uma ideia fazer um comentrio explicando o motivo pelo qualvale a pena seguir aquele usurio. Dessa forma, o @embrapa tambm pode serrecomendado.@embrapa 16. SITES DIRECIONADOSSITES- Contado Cincia na Web: Voltado para o pblico infantil;- Hortalias na Web: Site de receitas;- Agro Sustentvel: Campanha Agro Sustentvel da Embrapa.CARACTERSTICAS- Informaes para pblicos especficos;- Possibilidade de produo de contedo ainda mais qualificado;- Canais de comunicao que mostram as potencialidades da Embrapa para osmais diversos pblicos: crianas, donas de casa, estudantes e etc. 17. DESCRIO DOS CANAIS TRADICIONAIS 18. TV - DIA DE CAMPO- O Dia de Campo na TV produzido pela Embrapa Informao Tecnolgica, emparceria com as unidades de pesquisa da Empresa e organizaes estaduais depesquisa, desde 1998;- O programa semanal e vai ao ar pelo Canal Rural (Sky/Net), s sextas-feiras, s9h. A NBr, a TV Coop Fecoagro SC e, a TV Rio Preto Una/MG e o Semanagro(Canal Sembrando Satelital /Argentina) tambm transmitem o programa;- So temas variados, desde agricultura at o meio ambiente. A linguagem acessvel a diversos pblicos: produtores rurais, tcnicos, pesquisadores,estudantes, donas de casa e empresrios do agronegcio interessados nascontribuies da pesquisa agropecuria para a vida moderna com mais qualidade. 19. RDIO - PROSA RURAL- O programa Prosa Rural funciona de forma semelhante ao Dia de Campo na TV.Dezenas de emissoras de rdio do pas inserem os programas em sua grade deprogramao, sem custos;- O programa tem vrios quadros com especialistas . O temas se dividem emtecnologias, receitas, histrias dos produtores, culturas da regio dos produtores,alm de dicas sobre utilidade pblica;- O foco do programa o produtor rural. 20. REVISTA CIENTFICA - PAB- A revista Pesquisa Agropecuria Brasileira (PAB)-, editada mensalmente pelaEmbrapa, destina-se divulgao de trabalhos tcnico-cientficos originais,inditos, resultantes de pesquisas ligadas agropecuria;- Entre os temas, Fisiologia Vegetal, Fitossanidade, Fitotecnia, Gentica, Solos,Tecnologia de Alimentos e Zootecnia;- indexada pelo ISI (Web of Science e Current Contents: Agriculture, Biology &Environmental Science), CAB Abstracts, AGRIS e SciELO. 21. CANAIS DIGITAIS x CANAIS TRADICIONAIS 22. DIGITAIS x TRADICIONAISVELOCIDADEA atualizao dos meios digitais feita diariamente e sua capilaridade maior.DISTRIBUIO DE CONTEDONo meio digital, a divulgao muito mais ampla. O Mobile, por exemplo, no mais tendncia, uma realidade.LINGUAGEMNo meio digital, os assuntos publicados possuem uma linguagem mais simples,atingindo diversos pblicos. A atualidade dos assuntos aproxima o pblico,gerando mais compartilhamentos e likes. Entretanto, os programas de rdio e TVatingem um pblico que ainda no tem acesso internet e/ou no esttotalmente familiarizado com as novas tecnologias. 23. DIGITAIS x TRADICIONAISABORDAGEMNa revista cientfica, a abordagem mais profunda, com argumentaescomprovadas cientificamente, gerando uma troca de experincias entre oscientistas e estudantes da rea. Mesmo assim, a Embrapa lanou um novo canalcientfico, o Cincia para a Vida, que j est disponvel no meio digital.DEMOCRATIZAO DA INFORMAONo meio digital, as informaes esto disponveis a todos os pblicos e basta fazeruma busca, que a informao pode ser encontrada, diferente de outros meios,como uma revista ou programas de rdio e TV.CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTOPraticamente todas as informaes digitais continuam na internet, mesmo apssua publicao. 24. CONSIDERAES FINAIS 25. CAMINHO CERTOA Embrapa um orgulho nacional que permite e procura divulgar todas as suasaes voltadas no s para a excelncia em pesquisa agropec