conceitos, fontes de informação, indicadores e aplicações .Mercado de trabalho: conceitos, fontes

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of conceitos, fontes de informação, indicadores e aplicações .Mercado de trabalho: conceitos,...

Mercado de trabalho: conceitos, fontes de informao,

indicadores e aplicaes

Prof. Dr. Laumar Neves de Souza Programa de Ps-Graduao em Desenvolvimento Regional e Urbano

Ilhus, 11 e 12 de agosto de 2016

A natureza do mercado de trabalho

Assimetria de poder estrutural: capital x trabalho;

A FT uma mercadoria especial;

Assimetria secundria: certos grupos de trabalhadores;

O Estado e o direito do trabalho.

Mercado de trabalho

Conceito estrito: emprego x desemprego

Conceito ampliado: ocupao x desocupao

Segmentos demogrficos e de mercado de trabalho

POP. TOTAL OCULTO POR TRABALHO PRECRIO

OCULTO POR DESALENTO

POP. EM IDADE ATIVA

PIA

POP EM IDADE NO-ATIVA

PINA

POP. ECON. ATIVA

PEA

POP NO ECONOMICAMENTE

ATIVA - PNEA

POP. OCUPADA

POP. DESEMPREGADA

SETOR FORMAL

SETOR INFORMAL

ABERTO

OCULTO

CAGED

RAIS

Mercado de trabalho: pesquisas disponveis

Censo Demogrfico

Pesquisas Domiciliares

PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domiclios

PME Pesquisa Mensal de Emprego,

PED Pesquisa de Emprego e Desemprego

Pesquisas Setoriais (Indstria e comrcio)

Registros Administrativos

RAIS Relao Anual de Informaes Sociais

CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Mercado de trabalho: pesquisas disponveis

H diferenas entre as pesquisas conjunturais do IBGE (PME) e do MTE (CAGED) que as torna incomparveis, e os principais aspectos esto na Tabela 1:

Fonte: BANCO CENTRAL DO BRASIL. Indicadores conjunturais do mercado de trabalho [Box]. Braslia, Relatrio de inflao, dez. 2012.

Diagrama de fluxos do mercado de trabalho

Populao

Populao ocupada (PO) Populao desocupada (PD)

Populao em idade ativa (PIA)

Populao economicamente ativa (PEA)

Populao no economicamente ativa (PNEA)

A definio de Populao em idade ativa (PIA) depende da pesquisa utilizada: 15 a 65 anos na PNAD/IBGE; 10 anos e mais na PME/IBGE, e passar a se chamar Populao em idade de trabalhar na PNAD Contnua, com 14 anos e mais;

As Pessoas economicamente ativas (PEA) da PME/IBGE sero referenciadas como Pessoas na fora de trabalho na PNAD Contnua.

Diagrama de fluxos do mercado de trabalho

As Pessoas no economicamente ativas (PNEA) da PME/IBGE passaro a se chamar Pessoas fora da fora de trabalho na PNAD Contnua;

Os Ocupados da PEA atual se subdividem na posio da ocupao entre Empregados (com e sem carteira), Conta prpria e Empregadores. Na PNAD Contnua, alm dos atuais havero os Trabalhadores Domstico e Familiar auxiliar.

Populao

Populao ocupada (PO) Populao desocupada (PD)

Populao em idade ativa (PIA)

Populao economicamente ativa (PEA)

Populao no economicamente ativa (PNEA)

Indicadores de atividade

Pessoas economicamente ativas (PEA) ou Fora de trabalho (FT): Ocupados + Desocupados; indicador estritamente econmico.

Taxa de atividade ou de participao (TA ou TP): reflete o nvel de engajamento da populao nas atividades produtivas, e a oferta de trabalho.

Indicadores de desocupao

Taxa de desocupao (TD): proporo da fora de trabalho (PEA) que tentou uma ocupao sem sucesso. Retrata o excedente de trabalhadores disponveis.

Taxa de desocupao por estrato etrio: proporo da fora de trabalho (PEA) que tentou uma ocupao sem sucesso, segundo estratos etrios especficos.

Indicadores de rendimento

Rendimento mdio real habitual: rendimento mdio nominal habitualmente recebido dividido pelo nmero de trabalhadores, excetuando-se os sem remunerao.

Utilizao dos indicadores

Figura 1 - Taxa de desocupao no Brasil metropolitano e na Regio Metropolitana de Salvador

Proposta de trabalho: identificar que tipo de influncia tem determinado a evoluo da taxa de desocupao na Regio Metropolitana de Salvador

Utilizao dos indicadores

A variao da taxa de desocupao pode ser decomposta em trs efeitos, associados:

populao ocupada (efeito PO);

populao em idade ativa (efeito PIA), e;

taxa de participao (efeito Taxa de participao).

Deseja-se saber se a taxa de desocupao tem sofrido mais dos efeitos:

da poltica econmica, que manipula o nvel de emprego (efeito PO);

da transio demogrfica (efeito PIA), e;

da oferta de trabalho (efeito Taxa de participao).

Utilizao dos indicadores

A decomposio da taxa de desocupao pode ser obtida a partir da seguinte formulao:

o efeito PO inverso, haja vista que o aumento do nvel de emprego reduz o estoque de desocupados, e em consequncia, a taxa de desocupao;

o efeito PIA direto, uma vez que maior nmero de pessoas em idade ativa iro tentar a insero na fora de trabalho, e;

o efeito Taxa de participao direto, pois um aumento da oferta de trabalho leva ao acrscimo de pessoas em busca de uma vaga no mercado de trabalho.

Utilizao dos indicadores

A utilizao desse recurso analtico permite elucidar, ao longo do tempo, e mais propriamente no perodo mais recente, se a trajetria da TD foi mais ou menos determinada:

pelo comportamento do nvel de emprego (efeito PO), tendo este evoludo de acordo com a poltica econmica praticada pelo governo federal;

pelas variaes demogrficas (efeito PIA), haja vista a transio demogrfica em curso;

pela oferta de trabalho (efeito TP), que varia segundo a opo dos trabalhadores quanto insero no mercado de trabalho, ou pela inatividade.

Utilizao dos indicadores

O resultado da decomposio da TD na RMS encontra-se na Figura 2, cobrindo o mesmo perodo abrangido pela Figura 1.

Figura 2 Efeitos que pressionaram a taxa de desocupao na RMS, 2008-2015

Utilizao dos indicadores

medida que o confronto entre as influncias de cada efeito age sobre a taxa e, em termos lquidos, a pressiona no sentido de elev-la, ela evoluir acima do respectivo eixo, representando aumento do custo social; caso contrrio, se posicionar abaixo, o que implica melhoria social.

Em razo da natureza dos efeitos e do tipo de presso que exercem sobre a TD, as barras estaro posicionadas acima ou abaixo do eixo, indicando o sentido de sua ao.

Utilizao dos indicadores: resultados

O comportamento regional diferenciado apresentado pelo indicador sugere que medidas do governo federal, com o propsito de reduzir a atividade econmica, promoveram efeitos mais ou menos indesejados de acordo com as condies locais.

No que tange taxa de desocupao na RMS, por exemplo, percebe-se que, recentemente, voltou ao nvel anterior por ocasio da crise internacional em 2008, fato que no ocorreu no Brasil metropolitano.

Utilizao dos indicadores: resultados

Percebe-se que, dentre os anos de 2008 e meados de 2013, em grande parte dos meses, o resultado lquido da influncia dos efeitos foi de queda da TD, sendo que, em 2008, houve o predomnio do efeito TP, ou da reduo da oferta de trabalho.

Esta mesma presso se repetiu nos anos de 2011 e 2012, sendo que, a partir da segunda metade do segundo ano, a presso baixista sobre a taxa foi substituda pelo efeito PO, em razo do aumento da ocupao.

Utilizao dos indicadores: resultados

Em 2013, apesar do acrscimo da ocupao ter mantido a orientao baixista, a taxa elevou-se em razo do maior peso do efeito TP (oferta de trabalho), perodo que coincide com o do primeiro salto da TD (Figura 1), enquanto no Brasil metropolitano ela continuava a declinar.

Segundo as informaes disponveis na PME/IBGE, observa-se que, enquanto a fora de trabalho (PEA) elevou-se 0,6%, em 2013, no Brasil metropolitano, na RMS foi de 4,3%, a maior dentre todas as RM pesquisadas.

Esta mudana de postura do trabalhador da RMS deve estar relacionada aos efeitos dos investimentos programados poca para serem implantados no perodo 2013-2015, de R$ 18,5 bilhes na Grande Salvador (ANDRADE, 2014), tendo em vista a possibilidade de insero laboral que poderiam proporcionar.

Utilizao dos indicadores: resultados

A partir do segundo semestre de 2013, a presso favorvel queda da TD oriunda da demanda de trabalho passou a se reduzir, e a oferta de trabalho (efeito TP) inverteu a presso, levando a que a taxa desse o salto demonstrado na Figura 1.

O arrefecimento da oferta de trabalho no incio de 2014, combinado com a influncia baixista do efeito PO (demanda de trabalho), levou a que a TD se estabilizasse entre o segundo semestre de 2014 e o primeiro semestre de 2015, momento no qual a oferta de trabalho voltou a aumentar e o efeito TP elevou a desocupao.

Em meados do ano passado, o aumento sistemtico do desemprego passou a ser predominantemente influenciado pela queda da ocupao.

Utilizao dos indicadores: resultados

Em 2015, a queda do nvel de emprego, em decorrncia da mudana da poltica econmica implementada pelo governo federal, foi determinante para a elevao da taxa de desocupao, mas...

... a queda do rendimento em razo do aumento da inflao, levou a que as pessoas que haviam optado pela inatividade (PNEA) resolvessem retornar ao mercado de trabalho, e com isso, aumentar a oferta de trabalho.

Utilizao dos indicadores: resultados

Tabela 2

Indicadores do mercado de trabalho do Brasil metropolitano e da Regio Metropolitana

de Salvador - 2015

Indicadores

2015 2015

2014 2014

(%) (%)