DIRIO OFICIAL DE BAURU 1 Dirio Oficial de Oficial de Bauru ... PEREIRA NOVATO EPP – em regime de Concesso de Direito Real de Uso, ... Marcos Csar de Toledo Piza

  • View
    617

  • Download
    323

Embed Size (px)

Text of DIRIO OFICIAL DE BAURU 1 Dirio Oficial de Oficial de Bauru ... PEREIRA NOVATO EPP – em regime...

  • 1DIRIO OFICIAL DE BAURU TERA, 10 DE NOVEMBRO DE 2.015Dirio Oficial de BauruANO XX - Edio 2.606 www.bauru.sp.gov.br TERA, 10 DE NOVEMBRO DE 2.015 DISTRIBUIO GRATUITA

    PODER EXECUTIVORodrigo Antonio de Agostinho Mendona

    Prefeito Municipal

    Seo IGabinete do Prefeito

    Arnaldo Ribeiro Chefe de Gabinete

    LEI N 6.735, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2.015P. 15.389/15 Autoriza o Executivo a destinar uma rea de terreno Empresa SILVA, PEREIRA & NOVATO EPP, em Regime de Concesso de Direito Real de Uso. O PREFEITO MUNICIPAL DE BAURU, nos termos do art. 51 da Lei orgnica do Municpio de Bauru, faz saber que Cmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei:Art. 1 Fica o Executivo autorizado a outorgar Empresa SILVA, PEREIRA & NOVATO

    EPP em regime de Concesso de Direito Real de Uso, um imvel localizado no Distrito Industrial I, com a seguinte descrio:Setor 3, Quadra 1242, Lote 5 Distrito Industrial -IImvel: Um prdio prprio para indstria, sob n 2-134 da rua Nilton Salmen, contendo um galpo para indstria, totalizando 312,00 metros quadrados de rea construda e seu respectivo terreno, de forma retangular, situados no Distrito Industrial, desta cidade, cadastrados na Prefeitura sob n 3/1242/5, sendo o terreno com a rea de 3.235,65 metros quadrados, medindo 33,21 metros de frente e de fundos, por 97,43 metros em ambos os lados, da frente aos fundos, confrontando pela frente com a citada rua Nilton Salmen, distante 33,21 metros da esquina com a Av. Jos Fortunato Molina; pelo lado direito, de quem da rua olha para o imvel, confronta com o prdio n 1-65 da rua W-5, pertencente S.A. WHITE MARTINS; pelo lado esquerdo, confronta com o terreno de propriedade da CONCRELAGE e nos fundos com a rua Y-11. O referido imvel consta pertencer a PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU, conforme Matricula n 53.082 - do 2 Oficial de Registro de Imveis da Comarca de Bauru, encontrando-se caracterizado no desenho SP n 5.891.

    Art. 2 O imvel descrito no art. 1, a Concessionria obriga-se a destin-lo nica e exclusivamente para a instalao de uma indstria de Argamassas, Rejuntes e Porcelanato.

    Pargrafo nico. Fica a concessionria autorizada a tomar posse da rea concedida a partir da publicao desta lei para que possa alcanar as finalidades aqui enunciadas.

    Art. 3 A concessionria obriga-se a iniciar as obras no prazo de 90 (noventa) dias, contados da data da publicao desta lei e conclu-las no prazo mximo de 24 (vinte e quatro) meses, respeitados os planos aprovados pelo Conselho de Apoio ao Desenvolvimento Municipal - CADEM e observadas as normas urbansticas fixadas pela Secretaria Municipal de Planejamento.

    1 Fica a concessionria obrigada a demolir toda construo existente no imvel para fins de atendimento de suas necessidades.

    2 Fica a concessionria obrigada a instalar na rea concedida um painel de no mnimo 2,00 (dois) metros quadrados onde dever constar o nome da empresa, o nmero da lei que autorizou a Concesso, a metragem das reas concedidas, a metragem da rea a ser construda, a data do incio e trmino da obra determinada pela lei.

    Art. 4 O no cumprimento do disposto nos artigos anteriores determinar a resciso do contrato, com a restituio da rea ao Municpio, sem direito indenizao pelas benfeitorias nela introduzidas pela concessionria, independentemente de notificao.

    Art. 5 Esta lei entra em vigor na data de sua publicao.Bauru, 05 de novembro de 2.015.

    RODRIGO ANTONIO DE AGOSTINHO MENDONAPREFEITO MUNICIPAL

    MAURCIO PONTES PORTOSECRETRIO DOS NEGCIOS JURDICOS

    RENATO CELSO BONOMO PURINISECRETRIO DE DESENVOLVIMENTO ECONMICO

    Projeto de iniciativa doPODER EXECUTIVORegistrada no Departamento de Comunicao e Documentao da Prefeitura, na mesma data

    ANDRA MARIA LIBERATODIRETORA DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAO E DOCUMENTAO

    DECRETO N 12.919, DE 28 DE OUTUBRO DE 2.015P. 58.622/15 Designa membros do Conselho Municipal de Habitao para o trinio 2.015/2.017. O PREFEITO MUNICIPAL DE BAURU, no uso de suas atribuies legais conferidas pelo art. 51 da Lei Orgnica do Municpio de Bauru,

    D E C R E T AArt. 1 Ficam designadas para compor o Conselho Municipal de Habitao - CMH,

    segundo o disposto no art. 7 da Lei Municipal n 6.575, de 17 de outubro de 2.014, para o trinio 2.015/2.017, as Entidades abaixo relacionadas e seus respectivos representantes:

    I - Poder PblicoCompanhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de So PauloTitular: Eduardo de Moraes MarquesSuplente: Hlio Martins SantosCaixa Econmica FederalTitular: Carlos Alberto TraballiSuplente: Jos Orlando GarlaTitular do Gabinete do Prefeito: Sueli Aparecida de LimaSuplente da Secretaria Municipal de Obras: Delmar Batista dos SantosTitular da Secretaria Municipal de Planejamento: Paulo Roberto Gervsio GarbelottiSuplente da Secretaria Municipal do Bem - Estar Social: Vanessa Isabella dos Santos RamosTitular da Secretaria Municipal do Bem - Estar Social: Rosa Otuka Barbosa PereiraSuplente da Companhia Habitacional de Bauru: Marcos Csar de Toledo PizaSecretaria do Meio AmbienteTitular: Claudio SampaioSuplente: Luis Fernando SilvaTitular da Secretaria Municipal das Administraes Regionais: Camila Martins MansanoSuplente do Gabinete do Prefeito: Mrcia Maria Cunha

    II - Movimentos Sociais, Associaes de Moradores, Movimentos ligados s questes habitacionais e Federaes no patronais, ligadas s questes habitacionais Associao de Moradores do Ncleo Bauru XXIITitular: Lcia Helena ZuccariSuplente: Rosana Rodrigues FerreiraAssociao de Moradores e Amigos dos Ncleos dson Bastos Gasparini e ndia VanureTitular: Isabel Aiko Takamatsu

    DECRETOS MUNICIPAISLEIS MUNICIPAIS

  • 2 DIRIO OFICIAL DE BAURU TERA, 10 DE NOVEMBRO DE 2.015

    Seo IISecretarias Municipais

    Secretaria da AdministraoLuiz Clio Bucceroni

    Secretrio

    Suplente: Maria de Paula BeneditoAssociao de Moradores do Ncleo Habitacional Presidente GeiselTitular: Aparecido Benedicto de VasconcelosSuplente: Arthur Pedro OstiAssociao de Moradores do Novo Jardim PaganiTitular: Adalgizo Witzel Martins FerreiraSuplente: Antonio Morales E. de CamargoAssociao de Moradores da Vila Santa Ins, Independncia e Bairros AdjacentesTitular: Fernanda Asenio Arieta PrevidelloSuplente: Nelma Neves de OliveiraFederao das Associaes e Entidades da Organizao Social do Estado de So PauloTitular: Paulo Roberto dos Santos AmaralSuplente: Ivonete Aparecida da Silva

    III - Entidades de Classe e Sindicatos ligados s questes habitacionaisAssociao dos Engenheiros e Arquitetos de BauruTitular: Jos Renato CostaSuplente: Jocelyn Fernandes LopesSindicato dos Engenheiros no Estado de So PauloTitular: Afonso FbioSuplente: Carlos Augusto Ramos KirchnerSindicato dos Trabalhadores nas Indstrias da Construo e do Mobilirio de Bauru e RegioTitular: Alosio CostaSuplente: Josefino Cndido de OliveiraInstituto dos Arquitetos do Brasil - Ncleo Regional BauruTitular: Gisele Fernanda Simo AidarSuplente: Mrcio Antonio Tonim Colim

    IV Instituies de Ensino e Pesquisa ligados s questes habitacionaisTitular da Universidade Estadual Paulista: Manuel Joaquim Duarte da SilvaSuplente da Universidade do Sagrado Corao: Carlos Alberto Neme DarTitular da Universidade Paulista: Mariana Falco BrmioSuplente da Universidade Estadual Paulista: Roso Fernandez Baca SalcedoTitular da Instituio Toledo de Ensino: Ilda Chical AtauriSuplente da Universidade do Sagrado Corao: Maria Ins Santana

    Art. 2 Este decreto entra em vigor na data de sua publicao. Bauru, 28 de outubro de 2.015.

    RODRIGO ANTONIO DE AGOSTINHO MENDONAPREFEITO MUNICIPAL

    MAURCIO PONTES PORTOSECRETRIO DOS NEGCIOS JURDICOS

    Registrado no Departamento de Comunicao e Documentao da Prefeitura, na mesma data.ANDRA MARIA LIBERATO

    DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAO E DOCUMENTAO

    PROJETOS DE LEI Enviados Cmara Municipal

    PROJETO DE LEI N 99/15P. 21.033/15 - 22.213/02 (capa) Altera a Lei Municipal n 5.075, de 23 de dezembro de 2.003, que institui no mbito do Municpio de Bauru a Contribuio para Custeio do Servio de Iluminao Pblica CIP, e d outras providncias.

    O PREFEITO MUNICIPAL DE BAURU, nos termos do art. 51 da Lei Orgnica do Municpio de Bauru, faz saber que a Cmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte lei:Art. 1 O art. 4 da Lei Municipal n 5.075, de 23 de dezembro de 2.003, passa a ter a

    seguinte redao:Art. 4 O valor da contribuio ser aferido em funo do custo global do

    servio, dividido pelo nmero de imveis beneficiados, excluindo-se os imveis abrangidos pela iseno do art. 9 da Lei 5.075, de 23

    de dezembro de 2.003, observando-se previamente as condies estabelecidas. (NR)

    Art. 2 O 1 do art. 4 da Lei Municipal n 5.075, de 23 de dezembro de 2.003, passa a ter a seguinte redao:1 Estabelece como limite individual o mximo da contribuio o valor de

    15% (quinze por cento) do consumo individual de energia eltrica, no podendo exceder o valor mximo de R$ 20,00 (vinte reais). (NR)

    Art. 3 Esta lei entra em vigor na data de sua publicao.Bauru,...

    = EXPOSIO DE MOTIVOS =09, novembro, 15

    Senhor Presidente,Nobres Vereadores, Temos a honra de submeter apreciao e aprovao dessa Augusta Casa o presente Projeto de Lei que visa alterar a redao do artigo 4 e o 1, do mesmo artigo da Lei Municipal n 5.075, de 23 de dezembro de 2.003, que institui no mbito do Municpio de Bauru a Contribuio para Custeio do Servio de Iluminao Pblica CIP. A presente alterao faz-se necessria para adequao financeira do custo dos servios da iluminao pblica na cidade de Bauru. Em 2.015, a Prefeitura de Bauru, como todo proprietrio de imveis, vem arcando com um aumento em torno de 100% na conta de energia para com seus imveis prprios. Mas, encontra-se em dificuldades para manter a complementao do pagamento do servio referente iluminao pblica (ruas e praas) que, hoje, so suportados por ela, em torno de 33%, face s

Recommended

View more >