Em coro a deus louvemos 300 325

Embed Size (px)

Text of Em coro a deus louvemos 300 325

  • Em coro a Deus louvemos

    300 Uma criana me disse

    C Em Am F C

    1. Uma criana me disse, / seus olhos brilhavam de luz, F C F C Am

    que Deus bonito, que tudo bonito, C G

    que bonito tambm foi Jesus.

    2. Que se os adultos quisessem, / at que era fcil demais

    a gente viver sem rancor, / se gostasse de fato da paz.

  • Em coro a Deus louvemos

    301 Jesus, pastor amado

  • Em coro a Deus louvemos

    301 Jesus, pastor amado 2 parte

    F C7 F Bb C7

    1. Jesus, pastor amado! / Reunidos hoje aqui, F C7 F C7 Bb C F

    concede que sejamos um / corpo s em ti! Bb F Bb F

    Contendas e malcias / que longe de ns vo; Bb F Bb F C7 F

    Nenhum desgosto impea da / Igreja a santa unio.

    2. Famlia unida somos, / famlia de Jesus,

    iluminados todos / da mesma santa luz.

    A mesma f nos prende / num s divino amor,

    e com o mesmo gozo / servimos ao Senhor.

    3. Na mesma senda estreita / Deus quem nos conduz;

    No temos esperana, / seno num s, Jesus.

    Sua preciosa morte / a todos vida traz;

    E pelo mesmo sangue / nos vem a mesma paz.

    4. Rebanho resgatado / por um s Salvador,

    devemos ser unidos / por mais ardente amor;

    Olhar com simpatia / os erros de um irmo

    e todos ajud-lo / com terna compaixo.

    5. Se tua Igreja toda / viver em santa unio,

    ser bendito sempre /o nome de cristo.

    Jesus, o que pediste / em ns se cumprir,

    e assim o mundo inteiro / a ti conhecer!

  • Em coro a Deus louvemos

    302 Eu vou cantar

  • Em coro a Deus louvemos

    302 Eu vou cantar 2 parte

    G

    1. /: Eu vou cantar (este canto pra voc) Em

    Vou sorrir ( meu gesto de amor) C

    Vou danar (teu parceiro quero ser) D

    Vou dividir (meu sorriso e tua dor).:/

    2. /: Vem, meu irmo (h um lugar aqui que teu)

    Cantar tambm ( importante a tua voz)

    D-me tua mo (vamos juntos construir)

    O nosso bem ( o que Deus quer para ns).:/

    Eu vou cantar.

  • Em coro a Deus louvemos

    303 Dizei aos cativos sa

  • Em coro a Deus louvemos

    303 Dizei aos cativos sa 2 parte

    Em B7 Em

    Est.: Dizei aos cativos: Sa! E E7 Am

    Aos que esto nas trevas: Vinde luz! G B7 Em

    /: Caminhemos para as fontes, o Senhor que nos conduz! :/

    E Am D7 G

    1. Foi no tempo favorvel / que eu te ouvi, te escutei; C B7 Em

    no dia da salvao / socorri-te e ajudei. E Am D7 G

    E assim te guardarei, / te farei mediador C B7 Em

    da aliana com o povo, / serei teu libertador!

    2. No tero mais fome e sede / nem o sol os queimar.

    O Senhor se compadece, / qual pastor os guiar

    pelos montes, pelos vales; / passaro minhas estradas,

    e viro de toda parte / e encontraro pousada.

    3. Cus e terra, alegrai-vos, / animai-vos e cantai!

    O Senhor nos consolou, / dos aflitos se lembrou.

    Poderia uma mulher / de seu filho se esquecer?

    Ainda que isso acontecesse, / nunca iria te perder.

  • Em coro a Deus louvemos

    304 Aqui tambm o cu

    C G C F G C G

    /: Das coisas que aprendi, uma delas que Deus est aqui.:/ F C G C

    Que o cu no fica l em cima, que aqui tambm cu. F C Am Dm G C

    Depende do que a gente faz, com a paz que o nosso Deus nos d.

  • Em coro a Deus louvemos

    O meu corao est firme, Deus, bem firme,

    eu cantarei hinos em teu louvor.

    Acorde meu corao Salmo 108.1

  • Em coro a Deus louvemos

    305 Elas

  • Em coro a Deus louvemos

    305 Elas 2 parte

    C F G

    1. So elas fora presente, na histria desde sempre, C F G

    sofrendo o jugo humilhante, consciente ou inconsciente. C G

    Vrios rostos, vrias raas, envolvidas por correntes C Am G

    que as tolhem em seus direitos e que matam suas sementes.

    C G

    Est.: /:Elas no querem a guerra, F C

    elas s querem a paz; F G

    Paz que brota da justia, C F G/G7 C

    mulher e homem tm direitos iguais!:/

    2. Na luta por igualdade, seu sangue fecunda o cho

    gerando vidas que clamam por justia, libertao.

    fora misteriosa, que sustenta sempre a vida

    de mulheres retirantes, to foradas por mandantes.

    3. A esperana sobrevive, apesar dos faras

    que as querem escravizadas e esperam calar sua voz.

    Margarida, Adelaide, Dandara, Cleusa e Maria

    e outras mulheres fortes, no raiar de um novo dia!

  • Em coro a Deus louvemos

    306 Maria, Maria

  • Em coro a Deus louvemos

    306 Maria, Maria 2 parte

    D G

    1. Maria, Maria um dom, uma certa magia, D

    uma fora que nos alerta. Bm G A7

    Uma mulher que merece viver e amar D

    como outra qualquer do planeta.

    2. Maria, Maria o som, a cor, o suor,

    a dose mais forte, lenta,

    de uma gente que ri quando deve chorar

    e no vive, apenas agenta.

    G

    3. Mas preciso ter fora, preciso ter raa, D

    preciso ter gana, sempre. Bm G

    Quem traz no corpo essa marca, A7 D

    Maria, Maria, mistura a dor e a alegria.

    4. Mas preciso ter manha, preciso ter raa,

    preciso ter sonho, sempre.

    Quem traz na pele essa marca

    possui a estranha mania de ter f na vida.

  • Em coro a Deus louvemos

    307 Alegria em Cristo

    G D C G

    Quero ver o sol nascendo por detrs da sua colina. D C G

    Pra lhe ver sair dizendo que a vida s vale o seu preo. D C G

    Quero que voc tambm venham cantar comigo o amor D C G

    que ns temos recebido em Jesus Cristo, nosso Senhor. D C G

    Quero que voc cante comigo. D C G

    Quero que voc viva por Cristo.

    L, l, l ...

    308 Se me chamam de pequena

  • Em coro a Deus louvemos

    308 Se me chamam de pequena 2 parte