Etica ministerial trecho

  • View
    2.332

  • Download
    3

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. CARREIRA OU PROFISSO? tica ministerial1

2. TICA MINISTERIAL Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP) (Cmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)Carter, James E.tica ministerial: um guia para a formao moral de lderes cristos / James E. Carter, Joe E. Trull ; traduo Susana Klassen. So Paulo: Vida Nova, 2010.Ttulo original: Ministerial ethics: moral formation for chur ch leaders. ISBN 978-85-275-0449-21. Liderana crist Conduta de vida 2. Liderana crist tica profissional 3. Ministrio cristo I. Trull, Joe E.. Ttulo.10-08492 C DD-241.641 ndices para catlog o sistemtico: 1. Lider ana crist : tic a profissional : Teologia moral241.641 2 3. CARREIRA OU PROFISSO?tica ministerialum guia para a formao moral de lderes cristos3 4. TICA MINISTERIALCopyright 2004 Joe E. Trull e James E. Carter Ttulo original: Ministerial Ethics: Moral Formation for Church Leaders. Originalmente publicado por B aker Academic, um selo do B aker Publishing Group, Grand Rapids, Michigan, 49516, EUA.1. edio: 2010Publicado no Brasil com a devida autorizao e com todos os direitos r eservados por S OCIEDADE RELIGIOSA EDIES VIDA NOVA, Caixa Postal 21266, So Paulo, SP 04602-970 , www.vidanova.com.brProibida a repr oduo por quaisquer meios (mecnicos, eletrnicos, xerogrficos, fotogrficos, gravao, estocagem em banco de dados, etc.), a no ser em citaes breves com indicao de fonte.ISBN 978-85-275-0449-2Impresso no Brasil /Printed in BrazilC OORDENAO EDIT ORIAL Marisa K. A. de S iqueira LopesC OORDENAO DE PRODUO Srgio Siqueira MouraREVISO Lena AranhaREVISO DE PROVAS Maur o NogueiraDIA GRAMAO Kelly Christine MaynarteC APA Souto Crescimento de MarcaTodas as citaes bblicas, salvo indicao contrria, foram extradas da verso Almeida Sculo 21, publicada no Brasil com todos os direitos reservados pela Sociedade Religiosa E dies Vida Nova. 4 5. CARREIRA OU PROFISSO? A todos os excelentes pastores que servem a Jesus Cristo e sua igreja com fidelidade e integridade. Ampla era sua parquia, com casas bem afastadas, Mas nunca ele deixava, quer com chuva ou trovoadas, Em enfermidade, pecado, ou qualquer outro estado, De caminhar, em sua vara apoiado, Para visitar at os mais distantes, Desde os humildes at os importantes. Ao seu rebanho, excelente exemplo dava, Antes de ensinar, primeiro trabalhava; Do evangelho, ento, um texto escolhia, E a ele a seguinte ilustrao acrescia: Se a ferrugem corri at o ouro, precioso metal, Que dizer do ferro, um pobre material? Pois se o sacerdote no qual confiamos se mostra degenerado, de espantar que o leigo se entregue ao pecado?Geoffrey Chaucer, Contos da Canturia5 6. TICA MINISTERIAL 6 7. CARREIRA OU PROFISSO?SumrioPrefcio segunda edio em ingls ...............................................009 Prefcio primeira edio em ingls ..............................................011 Introduo .......................................................................................013Captulo 1A vocao ministerial: carreira ou profisso? ..............................023 Captulo 2As escolhas morais do pastor: inatas ou adquiridas? .................049 Captulo 3A vida pessoal do pastor: acidental ou intencional? ..................077 Captulo 4Os membros da igreja: amigos ou inimigos?...............................105 Captulo 5Os colegas do pastor: cooperao ou competio? .....................141 Captulo 6A comunidade do pastor: ameaa ou oportunidade? .................165 Captulo 7Uma questo tica importante: abuso sexual no ministrio ......1957 8. TICA MINISTERIALCaptulo 8 Um cdigo de tica ministerial: auxlio ou empecilho? .............225Apndice A Procedimento para responder a acusaes de abuso sexual por pastores ......................................................................267Apndice B Cdigos denominacionais antigos ...............................................273Apndice C Cdigos denominacionais contemporneos ................................281Apndice D Cdigos de associaes ministeriais e paraeclesisticas .............293Apndice E Exemplos de cdigos de tica ......................................................313 8 9. A VOCAO MINISTERIALPrefcio segunda edioem ingls Aprimeira edio deste livro foi publicada em 1993, sob o ttulo tica minis- terial: Como ser um bom pastor em um mundo aqum do ideal. Devido ao reconhecimento cada vez maior dos dilemas ticos que os pastores enfren- tam, tem aumentado em todas as denominaes a preocupao com a tica profissional no ministrio. Ao longo da ltima dcada, esse interesse tem ido alm das insti- tuies religiosas e se difundido pela comunidade como um todo.Em 2002, a conduta sexual indevida de sacerdotes catlicos e a tentativa expl- cita de encobri-la, por parte dos oficiais da igreja, provocaram escndalo nacional e receberam ampla cobertura dos noticirios. Alvos de processos legais, vrias dio- ceses chegaram beira da falncia. Diante desse quadro, lderes dos mais diversos grupos religiosos julgaram necessrio reavaliar o papel da tica no ministrio de seus lderes.Em um movimento paralelo a essa conscincia crescente, escolas confessionais e seminrios tm assumido maior responsabilidade pela formao do carter moral de seus alunos. Novos estudos sobre formao espiritual se tornaram parte do currculo de quase todas as instituies de ensino crists. Uma infinidade de livros sobre o assunto confirma o interesse atual no crescimento espiritual do indivduo e na for- mao de um carter tico.Ficou evidente, portanto, a necessidade de uma edio expandida de nosso texto. Esperamos que a segunda edio promova esse interesse renovado sobre a impor- tncia da tica ministerial. Alm disso, cremos que tanto igrejas quanto instituies educacionais podero colher benefcios ao compreender e tratar das questes descri- tas nestas pginas. 9 10. TICA MINISTERIALPara esse fim, acrescentamos um novo captulo (cap. 7) que trata de modo espe- cfico a questo do abuso sexual no ministrio. Esperamos que contribua para dimi- nuir a incidncia preocupante de casos de pastores que se envolvem em situaes ilcitas e, ao mesmo tempo, possa orientar as igrejas na formao de estratgias de preveno e resoluo dessas questes. Vrias resenhas da primeira edio destacaram como ponto positivo os apn- dices com cdigos de tica antigos e atuais. Para reforar essa seo, revisamos a lista e acrescentamos diversos cdigos desenvolvidos nos ltimos anos. Ao preparar a segunda edio, deparamos novamente com as limitaes do li- vro, especialmente no que diz respeito conciso com que tratamos de vrios assun- tos importantes. Alguns dos captulos poderiam ser temas de livros inteiros. No obstante, cremos ser justificada a proposta de oferecer uma viso geral de toda a tica ministerial na forma de um texto introdutrio. Por fim, desejamos expressar gratido Baker Book House por sua disposio de publicar esta edio revisada e expandida. Somos gratos, tambm, pelo trabalho do editor Robert N. Hosack, cuja pacincia e esforos possibilitaram a nova edio. 10 11. A VOCAO MINISTERIALPrefcio primeira edioem ingls D epois de meio sculo de relativo silncio sobre o assunto, a ltima dcada testemunhou a renovao do interesse pela tica ministerial. Um dos motivos foi a rpida transformao de nossa cultura, o que tornou mais complexa a tica pastoral na sociedade de hoje.Bem ou mal, as igrejas costumavam partir do pressuposto de que os pastores eram indivduos ntegros e confiveis no que diz respeito tica. Tal suposio, contudo, no mais possvel. Como resultado, seminrios teolgicos e faculdades crists tm reavaliado suas responsabilidades na questo da formao espiritual dos alunos e repensado seu currculo. Para muitas instituies educacionais, o ensino da tica ministerial para futuros pastores e lderes se tornou algo prioritrio.A presente obra visa dois propsitos. Primeiro, pretende mostrar queles que esto se preparando para o ministrio cristo o singular papel moral do pastor e as responsabilidades ticas dessa vocao. O segundo propsito de cunho mais prti- co: oferecer a pastores recm-formados ou j experientes no ministrio uma exposi- o clara dos deveres ticos que lderes cristos contemporneos devem assumir em sua vida pessoal e profissional.Esta obra resultado do esforo conjunto de dois amigos dos tempos de semi- nrio, unidos por sua f crist, amor ao ministrio e afinidade de ideias. Dedicamos grande parte de nossa vida adulta ao trabalho pastoral e, juntos, somamos mais de cinquenta e cinco anos de ministrio em igrejas de reas rurais, de cidades grandes e pequenas e universidades. No momento, atuamos na orientao e treinamento de outros pastores em sua vocao. 11 12. TICA MINISTERIALEnquanto o professor de seminrio elaborou os captulos mais associados aos fundamentos (1, 2, 6, 7) e o pastor, que exerce o ministrio em sua denominao, ficou responsvel pelos captulos mais prticos (3, 4, 5); mas a obra toda produto da mente de ambos e trabalhamos juntos em todo o projeto. Tambm nos esforamos para ser inclusivos. Cientes de nossa perspectiva como pastores batistas brancos do sexo masculino, procuramos, de maneira intencional, dirigir-nos a todos que exercem o ministrio cristo: homens e mulheres, pastores e auxiliares, lderes de atuao mais geral ou especfica, diferentes grupos tnicos e tradies crists. Apesar de nossa abordagem teolgica se basear na tradio evange- lical, esperamos que obreiros das mais variadas vertentes encontrem nestas pginas estmulo e auxlio para seu ministrio. Como toda boa escolha tica, este texto resultado da influncia considervel de vrias pessoas e contou com a importante contribuio de inmeros colegas, ami- gos e pastores. Cada tpico traz memria muitos bons pastores com os quais nossos caminhos cruzaram ao longo dos anos. Desejamos agradecer a cada um deles. Joe E. T rull deseja agradecer, de modo especfico, ao New Orleans Baptist Theological Seminary pela licena que lhe concedeu no perodo de 1991 a 1992 para completar esta obra; ao Union Theological Seminary em Virginia pelo convite para atuar como pesquisador em seu campus