LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CANDEIAS - MINAS .LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CANDEIAS - MINAS

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CANDEIAS - MINAS .LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CANDEIAS - MINAS

  • LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    H&JRTOn DE &L MED&

    C O M I S S O E S P E C I A P ^ A R A E L A B O R A O DA LEI ORGNICA

    Presidente: Ademir Fernandes de Castro Vice-Presidente: Marcos Antnio Vilela

    Relator: Vereador Aldo Riani

    \ S U B - R E L A T O R E S

    ASSUNTOS ECONMICOS: Vereador Mrio Gianasi

    A S S U N T O S ADMINISTRATIVOS: Vereador Jos Ribeiro

    Assessor Jurdico: ngelo Raimundo de Bessas Sec. Legislativa: Helvany Granzio de Menir

    Prefeito: Raymundo Bernardino Filho Vice-Prefeito: Milton Alves Ferreira

  • LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    PREFCIO

    O Ana l f abe to Poltico

    Benoit Bracht

    O pior analfabeto o analfabeto poltico.

    Ele no houve, no fala, nem participa dos acontecimentos polticos.

    Ele no sabe que o custo da vida, o preo do feijo, do peixe, da farinha,

    do aluguel, do sapato e do remdio dependem das decises polticas.

    O analfabeto poltico to burro que se orgulha e estufa o peito,

    dizendo que odeia poltica.

    No sabe, o imbecil, que de sua ignorncia poltica nasce a prostituta, o menor abandonado,

    o assaltante e o pior dos bandidos,

    que o poltico vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

    * * * * * *

    LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    TTULO I

    NDICE

    DA O R G A N I Z A O MUNICIPAL

    CAPTULO I Das Disposies Preliminares 7

    CAPTULO II Da Caracterizao do Municpio 7

    $ CAPTULO III Dos Direitos Fundamentais dos Cidados 9

    CAPTULO IV Da Criao e Extino dos Distritos e Sub-Distritos 9

    CAPTULO V Dos Objetivos Prioritrios do Municpio 11

    CAPTULO VI

    IDa Competncia do Municpio 11 Da Competncia Comum 14 Da Competncia Suplementar 15 Das Vedaes 15

    TTULO II DA O R G A N I Z A O DOS PODERES

    CAPTULO I DO PODER LEGISLATIVO

    Da Cmara Municipal . 17

  • LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    Do Funcionamento da Cmara 19 Dos Vereadores 26 Do processo Legislativo 28 Da Fiscalizao Contbil, Financeira e Oramentria 32

    CAPTULO II DO PODER EXECUTIVO

    Do Prefeito e do Vice-Prefeito 33 Das Atribuies do Prefeito 36 Da Perda e Extino do Mandato do Prefeito 38 Dos Auxiliares Diretos do Prefeito 39 Da Administrao Pblica 41 Dos Servidores Pblicos 45 Da Segurana Pblica 47 Da Defesa Social 48

    TTULO III

    DA ORGANIZAO ADMINISTRATIVA MUNICIPAL

    CAPTULO I Da Estrutura Administrativa r. 49

    CAPTULO II Dos Atos Municipais 50

    Hl Da Publicidade dos Atos Municipais 50 Dos Livros "....51 Dos Atos Administrativos 51

    ,, Das Proibies 52 Das Certides 52

    CAPTULO III Dos Bens Municipais 53

    CAPTULO IV Das Obras e Servios Municipais 55 Da Administrao Tributria e Financeira 56

    LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    Dos Tributos Municipais 56 Da Receita e da Despesa 58 Do Oramento 60

    TTULO IV

    DA ORDEM SOCIAL E ECONMICA

    CAPTULO I Disposies Gerais 65

    CAPTULO II Da Previdncia e Assistncia Social 66

    CAPTULO III Da Sade 67

    * " CAPTULO IV Da Famlia, da Educao, da Cultura e do Desporto 68 Da Famlia 4 . . . J 68 Da Educao 69 Da Cultura e do Desporto 72

    CAPTULO V Da Poltica Urbana 73

    CAPTULO VI Do Meio Ambiente 75

    CAPTULO VII Da Poltica Rural 77

    TTULO V Disposies Gerais 80

    EMENDAS Emenda n 001/93 83 Emenda n 001/94 84 Emenda n 003/99 85

    MESA DIRETORA Perodo 1997/1998 87

    5

  • ! LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    Perodo 1999/2000 87

    PEQUENA BIOGRAFIA

    Legislativo (ordem alfabtica) 88 Executivo 99 Jurdico 101 Funcionrios da Cmara (ordem alfabtica) 102

    .1 LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS ESTADO DE MINAS GERAIS

    Ns, representantes do Povo do Municpio de Candeias, Estado de Minas Gerais, cumprindo dispositivos Constitucionais e invocando a proteo de Deus, promulgamos a seguinte Lei Orgnica do Municpio:

    TTULO I DA ORGANIZAO MUNICIPAL

    CAPTULO I Seo I

    DAS DISPOSIES PRELIMINARES V

    Art. \ \ - O Municpio de Candeias, Estado de Minas Gerais, tem a sua Autonomia assegurada no Ttulo III, Captulo I, do art. 18 da Constituio Federal e sua organizao poltica, social, administrativa e financeira organiza-se nos termos das Constituies Federal, Estadual, da presente Lei e as que adotarem.

    Art. 2o - Todo o Poder do Municpio emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos diretamente, nos termos desta Lei, observadas as disposies constitucionais.

    Art. 3o - Os Poderes Legislativo e Executivo do Municpio so independentes e harmnicos entre si.

    Art. 4o - So smbolos do Municpio a Bandeira e o Hino, representativos de sua cultura e histria.

    CAPTULO II DA CARACTERIZAO DO MUNICPIO

    Art. 5o - O Municpio de Candeias, Estado de Minas Gerais, foi criada pela Lei n 148, aos 17 de Dezembro de 1938, e a sua instalao oficial se deu em 01/01/39, e tem atualmente as seguintes confrontaes:

    LL

  • LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    I - ao norte limita-se com Itapecerica e Camacho, II - ao sul limita-se com Cristais e Campo Belo; III - ao leste limita-se com Santana do Jacar; IV - ao oeste limita-se com Formiga. Art. 6o - A sede do Municpio d-lhe o nome e tem categoria de cidade. ^ Pargrafo nico - 0 topnimo somente poder ser alterado por lei

    estadual mediante: . I - resoluo da Cmara Municipal, aprovada por, no mnimo, 2h (dois

    teros) dos seus membros; II - aprovao da populao interessada em plebiscito, com a

    manifestao favorvel de, no mnimo, metade mais um dos respectivos

    eleitores. Art. 7o - A diviso administrativa Municipal estabelecida nesta Lei,

    poder ser revista, quadrienalmente, aps a posse do novo Governo Municipal, g Pargrafo nico - Na reviso da diviso administrativa Municipal, no |

    se far transferncia de qualquer poro de rea de um distrito para o outro, sem j prvia consulta s populaes interessadas, com resposta favorvel pelo voto da maioria absoluta dos eleitores da rea afetada.

    Art. 8o - 0 Plano Diretor do Municpio demarcar as reas urbanas e

    rurais. , Pargrafo 1 - Enquanto no tiver sido aprovado o plano Diretor do

    Municpio, a demarcao ser estabelecida por lei. Pargrafo 2o - Para a fixao das reas urbanas sero observados, dentre

    outros, os seguintes elementos: I - os focos de concentrao demogrfica; II - as reas de manifestao das atividades das comunidades, ^ II - a localizao de edifcios pblicos; IV - os limites de expanso atuais ou previsveis das construes; V - as reas com arruamentos e edificaes dotadas de alguns servios

    de utilidade pblica. / Art. 9o - 0 territrio municipal constitudo de rea contnua e vanavel

    e com delimitao fixada na lei que o criou, podendo compreender um ou mais distritos, subdistritos, no mbito do qual se exerce a plena competncia do Municpio, com a finalidade de atender a peculiaridade do interesse local.

    8

    LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    CAPTULO III DOS DIREITOS FUNDAiMENTAIS DOS CIDADOS

    Art. 10 - Homens e mulheres so iguais em direito e obrigaes, nos termos desta lei.

    Art. 11 - 0 Municpio obriga-se a criar mecanismos que combatam a discriminao e promovam a igualdade entre os cidados.

    Art. 12 - 0 Municpio obriga-se a implantar e a manter rgo especfico para tratar das questes relativas mulher, que ter sua composio, organizao e competncia fixadas em lei, garantida a participao de mulheres representantes da comunidade, com atuao comprovada na defesa de seus direitos.

    Art. 13 - Formar-se-o Comisses de tica junto ao Poder Executivo, cujos objetivos sero:

    I - garantir a educao igualitria entre alunos de ambos os sexos; II - eliminar os esteretipos sexistas, racistas e sociais dos livros

    didticos, manuais escolares e literatura infanto-juvenil; III - impedir o Poder Pblico de veicular a propaganda que resulte em

    prtica discriminatria. Pargrafo nico: 0 Conselho da Condio Feminina, ou rgo similar

    participar obrigatoriamente das comisses a que se refere este artigo.

    CAPTULO IV DA CRIAO E EXTINO DOS DISTRITOS E SUBDISTRITOS

    Art. 14 - Para criao de Distrito observar-se-o dentre outros estabelecidos em lei estadual os seguintes requisitos:

    I - existir, na respectiva rea territorial, populao no inferior quinta parte exigida para a criao do Municpio;

    II - arrecadao equivalente quinta parte daquela exigida para a criao do Municpio;

    III - existncia de eleitorado residente na rea, correspondente quinta parte dos eleitores inscritos no Municpio;

    IV - possuir, na sede, pelo menos cinquenta moradias, edifcio para escola pblica e terreno para cemitrio.

    9

  • LEI ORGNICA DO MUNICPIO DE CANDEIAS - MINAS GERAIS

    Pargrafo nico - Os requisitos deste artigo provar-se-o com: I - emisso pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica de

    declarao relativamente populao e ao nmero de moradias; II - certido do Tribunal Regional Eleitoral quanto ao eleitorado; III - certido emitida pela Prefeitura, quanto aos ofcios da sede e terreno

    para cemitrio; IV - certido da Secretaria de Estado da Fazenda, quanto arrecadao

    estadual de imposto; V - certido do rgo Fazendrio do Municpio, quanto arrecadao

    Municipal da rea a desmembrar. Art. 15 - A demarcao das divisas distritais obedecer as seguintes

    normas: I - evitar-se-o, tanto quanto possveis formas assimtricas,

    estrangulamentos e alongamentos exagerados; II - dar-se-o preferncia para as delimitaes, linhas naturais,

    facilmente identificveis; III - na inexistnc