Click here to load reader

PME Líder

  • View
    822

  • Download
    63

Embed Size (px)

Text of PME Líder

  • EMPRESAS QUE SO UM EXEMPLO NO CRESCIMENTO E NO INVESTIMENTOE

    MP

    RE

    SA

    S Q

    UE

    S

    O U

    M E

    XE

    MP

    LO

    NO

    CR

    ES

    CIM

    EN

    TO

    E N

    O IN

    VE

    ST

    IME

    NT

    O

    Parte ingrante da revista Exame n. 386 de Junho. No pode ser vendido separadamente.

    PM

    E L

    IDE

    R E

    DI

    O

    20

    16

    UMA INICIATIVA

    CONHEA AO PORMENOR

    OS PRINCIPAIS SETORES DE

    ATIVIDADE

    PME Lder Edio2016

  • Seja qual for a rea ou a dimenso da sua empresa, a gesto faz-se a cada minuto do dia. E todos contam para o seu sucesso. Por isso o NOVO BANCO desenvolveu solues de tesouraria que vo tornar os seus dias mais produtivos.

    Conta Corrente Factoring NB Express Bill Gesto de Pagamento a Fornecedores

    E muitas outras solues que vo tornar os seus dias teis em dias ainda mais teis. E que ajudam a fazer do NOVO BANCO, um banco de referncia para as empresas portuguesas.

    Fale com o seu gestor NOVO BANCOou v a novobanco.pt/empresas

    Solues de tesouraria para tornar os dias teis,mais teis.

  • PME EM EXAME | 3

    O que significa ser lder? Determina o dicionrio que um lder aquele que exerce influncia sobre o comportamento, pensamento e opinio de quem o rodeia. Que lidera uma competio ou determinado setor de atividade

    econmica. No mundo dos negcios, a liderana fulcral e prende-se com a capacidade de motivar e influenciar os outros, de forma tica e positiva, de modo a contribuir para alcanar os objetivos de uma equipa ou organizao. Ser lder uma ambio de todas as empresas, mas apenas uma elite consegue contribuir verdadeiramente, e de forma determinante, para o desenvolvimento da economia nacional. Assim se definem as empresas que ostentam o selo de qualidade PME Lder, uma distino atribuda todos os anos pelo IAPMEI e pelo Turismo de Portugal a um grupo de organizaes que se destacam das demais de forma positiva. Em 2015, foram 7270 as pequenas e mdias empresas escolhidas como exemplo do que de melhor se faz em Portugal, no s pela sua capacidade de crescimento contra a corrente mas tambm de investimento. So estas as PME que lideram e que damos a conhecer nesta revista. Da mesma forma, olhamos de perto para os principais setores de atividade, sendo o do comrcio, servios e construo o maior empregador e aquele que tem maior nmero de empresas PME Lder (4318), seguido pela indstria (o setor que mais exporta, com 2432), turismo (com 391 empresas, o mais rentvel) e agricultura (apenas 128 PME Lder, mas o mais produtivo). Conhea ao pormenor o universo das PME Lder 2015.

    04 O RETRATO DAS PME LDERSaiba como estas empresas conseguiram ser a exceo, com taxas de crescimento superiores mdia

    Infografia Conhea os principais indicadores econmicosEntrevistas Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia

    Eduardo Stock da Cunha, CEO do Novo Banco

    Investir16 PME LDER LIDERAM NO INVESTIMENTO

    Conhea as tendncias de investimento destas empresas e como se destacam no tecido empresarial portugus

    Entrevista Miguel Campos Cruz, presidentre do IAPMEIOpinio Trs vises sobre... Investimento e PME

    Inovar22 DESTAQUE PARA A APOSTA EM I&D

    As PME Lder destacam-se claramente das restantes empresas no que diz respeito ao investimento em investigao e desenvolvimento.

    Entrevista Lus Arajo, presidente do Turismo de PortugalOpinio Trs vises sobre... A importncia da inovao

    Internacionalizar28 EXPORTAES AUMENTAM

    Compreenda como as PME Lder conseguiram fazer crescer as suas vendas ao estrangeiro, distanciando-se do crescimento mdio nacional

    Opinio Trs vises sobre... Internacionalizao e economia

    Gerir32 LDERES NA AUTONOMIA FINANCEIRA

    Os segredos de gesto das PME Lder para terem um maior volume de negcios a longo prazo

    Entrevista Vtor Fernandes, administrador do Novo BancoOpinio Trs vises sobre... O desafio da gesto das PME

    Casos de Sucesso38 AGRICULTURA

    Conhea seis empresas do setor mais produtivo

    46 TURISMOOs seis case studies do setor mais rentvel

    54 INDSTRIASaiba como exportam estas seis PME Lder

    62 COMRCIO, SERVIOS E CONSTRUOSeis exemplos de empresas do setor que mais emprega

    70 LISTA DE EMPRESASConfira a listagem completa das 7270 eleitas PME Lder em 2015

    EDITORIAL

    Coordenao editorial Brbara Silva Textos Brbara Barroso e Palmira Simes Arte Joo Matos e Jorge Sagradas Fotografia Joo Cupertino, Miguel Manso e agncias Infografia Carlos Monteiro Dados IGNIOS Reviso Dulce PaivaGestor de Projeto Lus Correia Produo Grfica Joo Paulo Batlle Y Font Impresso Lisgrfica Uma publicao da Diviso de Novas Solues de Media da Impresa Publishing em parceria com a revista Exame

    R. Calvet de Magalhes, 242, 2770-022 Pao de Arcos Tel.: 214 698 000 Fax: 214 698 500

    NDICE

    EPME LDER2015

    PME Lder Edio 2016

  • 4 | PME EM EXAME

    R PME LDERretrato

    E m 2014, o contexto macroeconmico portugus era pouco propcio atividade empresarial. Uma dvida pblica que disparava a dois dgitos e que excedia 130% do produto interno bruto (PIB), a confiana dos consumidores e das empresas a cair, uma reduo da taxa de desemprego muito

    ajudada pela emigrao e pelos estgios financiados pelo Estado, cada vez menor disponibilidade por parte dos bancos para emprestarem a empresas e famlias. Para alm disso, o contexto internacional tambm no era o melhor, assistindo-

    A CRESCER CONTRA A CORRENTEApesar do cenrio pouco animador que as empresas nacionais enfrentaram, as PME Lder conseguiram ser a exceo, com taxas de crescimento quase sempre superiores mdia

    CONTEXTO DE 2014

    -se a alguma perda de dinamismo da economia na rea do euro, podendo atenuar o investimento privado, em parte resultado do acrscimo dos riscos geopolticos que parecem ter contribudo para a deteriorao da confiana das empresas e dos consumidores.No fim, um crescimento muito tmido da economia nacional de 0,9%, um valor que ficou aqum da mdia europeia. Era neste cenrio que, h dois anos, as empresas portuguesas desenvolviam a sua atividade. O efeito sobre as pequenas e mdias empresas (PME) foi menos mau do que poderia

  • PME EM EXAME | 5

    PME LDER

    INVESTEM MAIS

    INVESTIMENTO REPRESENTA GANHOS DE 82 MILHESO investimento uma das vertentes em que as PME Lder mais se diferenciam das restantes empresas do tecido empresarial nacional. Quando a tendncia era claramente de queda, quer a nvel nacional, quer entre as PME com um volume de negcios inferior a um milho de euros, as PME Lder investiram mais e tambm em todas as categorias: investimento econmico, ativos no correntes e investimento financeiro. Tendo corrido um risco menor do que a maioria das empresas, as PME Lder obtiveram menores retornos com estas apostas, mas reduziram a probabilidade de o resultado financeiro ser negativo, assim como a de a liquidez ser inferior aos compromissos de pagamentos. Os investimentos financeiros feitos pelas PME Lder em 2014 totalizaram 2336 milhes de euros e representaram ganhos lquidos de 82 milhes de euros, menos 6,8% do que em 2013. As restantes empresas, por seu lado, obtiveram ganhos de 2692 milhes de euros com os investimentos financeiros que fizeram, o que representou um aumento de 16% face a 2013. Contudo, as PME Lder conseguem uma taxa de margem de segurana financeira de 10,5%, contra uma taxa negativa de 1,7% entre as restantes empresas, e tm uma taxa de cobertura dos investimentos por financiamentos de 185%, face a 125% das outras empresas.As empresas que ostentam o selo de qualidade PME Lder tm acesso a produtos e servios financeiros com melhores condies de qualidade e preo, disponibilizados pelos bancos protocolados, e tambm melhor acesso s Linhas de Crdito PME Crescimento e PME Investe, por exemplo. Estas so linhas de crdito financiadas pelo Estado que tm como objetivo facilitar o acesso das pequenas e mdias empresas ao crdito bancrio, nomeadamente atravs da bonificao de taxas de juro e da reduo do risco das operaes bancrias atravs do recurso aos mecanismos de garantia do Sistema Nacional de Garantia Mtua.

    esperar-se, mas ainda assim fez-se notar. Os principais indicadores das mais de 27 mil PME com um volume de negcios inferior a um milho de euros quase estagnaram nesse ano, ou, na melhor das hipteses, registaram baixos crescimentos. A exceo foram as PME Lder, que quase sempre conseguiram taxas de crescimento bem superiores s que foram alcanadas pelas restantes empresas.A comear pelo emprego. Num ano em que o nmero de pessoas empregadas, a nvel nacional, cresceu apenas 1,6%, apesar de o nmero de desempregados ter cado mais de 15%, as 7269 empresas que detinham o ttulo de PME Lder empregavam 256.271 trabalhadores, o que representou um crescimento de 5,6% face aos valores de 2013. Ao mesmo tempo, estas organizaes aumentaram o investimento na formao dos seus recursos humanos, ainda que de forma pouco significativa.Por outro lado, a produo e as exportaes cresceram, respetivamente, 5,8% e 8,8% valores mais uma vez bastante acima da mdia nacional e das restantes PME. Isto porque em 2014 as exportaes, que serviram de motor da economia, j comearam a abrandar, penalizadas pela austeridade que tambm se fazia sentir entre os pases europeus e pela desvalorizao do petrleo, que j ento afetava grandes parceiros comerciais de Portugal, entre eles Angola.A par deste fator, as condies para o investimento tambm no eram as melhores. O crdito concedido pelas instituies financeiras s empresas continuava a cair, prolongando a tendncia que j se mantinha desde os anos da crise financeira, e a maior parte do investimento (pelo menos o de montantes significativos) foi feita a partir da entrada de capital estrangeiro, muito em particular graas s privatizaes. Mesmo assim, e mais uma vez, a