of 46 /46

PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 2: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 3: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 4: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 5: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

FisiologiaGastrina, somatotastina e histamina.Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina,gastrina e histamina.Fases da secreção ácida: cefálica, gástrica e intestinal.

Mecanismos da activação da bomba de protões (H+/K+ ATPase) na célulaparietal.Regulação farmacológica da secreção ácida gástrica:antagonistas dos receptores H2 e inibidores da bomba de protões.

Funções da acidez gástrica e sua medição:BAO (2-3 mEq/h) e MAO (10-15 mEq/h).

Suco gástrico: factor intrínseco, pepsinogénio, muco e bicarbonato.

Motilidade gástrica em jejum e pós-prandial.

Factores agressivos (ácido, etanol, tabaco, refluxo duodenal, isquémia,AINEs, hipóxia e H. pylori) eFactores defensivos (bicarbonato, muco, fluxo sanguíneo, renovação celulare prostaglandinas) da barreira mucosa gástrica.

Page 6: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

antro corpo e antro

corpo

Page 7: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

célula parietal

Bomba de protões

H+

Page 8: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 9: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Úlcera péptica

Epidemiologia (1,8% da população)auto – medicaçãoAINEsComplicaçõesera do Hp

Localização e tipo de úlcera duodenal e gástrica

Page 10: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Classificação de úlceras gástricas

I

II

III

IV

Page 11: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Patogenia:

-Infecção pelo H. pylori. (1987). Reacção inflamatória local,aumento da gastrina (redução das células D), associada agastrite antral.Presente em 90% das úlceras duodenais e 75% das úlcerasgástrica.

-AINEs (2-4 % têm complicações gástricas).Mais associada a úlcera gástrica

- Ácido (mais associado a úlcera duodenal e gástrica tipo 2 e 3)

Úlcera gástrica tipo 1 (60%), tipo 2 (20%), tipo 3 (20%) e tipo4 (<10%).

Page 12: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Manifestações clínicas

- Úlcera duodenal:

Dor abdominal epigástrica aliviada pelos alimentos;com variações sazonais e com o stress.Alívio com medicação.Dor nocturna.Significado da dor constante e da irradiação para ascostas.

Ligeira dor na palpação do epigastro

Page 13: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Dispepsia (má digestão):desconforto ou dor no abdómen superior (epigastro),com saciedade precoce,enfartamento,distensão ou náusea.

Causas orgánicas (úlcera péptica crónica, litíase biliar,fármacos, gastrite crónica, neoplasia gástrica ...) e

Causas funcionais (50%).

Associação com síndrome do cólon irritável (30%).

Page 14: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Complicações:

a. Perfuração.

b. Hemorragia (artéria gastroduodenal ou seus ramos) hematemeses e melenas

c. Obstrução (estenose pilórica) – vómitos sem conteúdo biliar. Sinal do gorgolejo ou sucussão epigástrica.

Page 15: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

-Úlcera gástrica

Sintomas idênticos aos da úlcera duodenal;mais associação com dispepsia,maior probabilidade de complicações (cerca de 1/3);hemorragia mais frequente nas úlceras tipos 2, 3 e 4.

Dificuldade de diagnóstico com carcinoma.

Fístula gástro-cólica (gastro-jejuno-cólica).

Page 16: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 17: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

-Síndrome de Zollinger-Ellison.

Hipersecreção ácida devido a gastrinoma (tumor de células nãoBeta do pâncreas endócrino, localizado na cabeça do pâncreasou duodeno ou gânglios regionais)com úlcera péptica severa,diarreia,esteatorreia (inactivação da lipase) eperda de peso.Cerca de 1/2 múltiplos, 2/3 malignos.Gastrinémia elevada.

Associação em cerca de 1/4 dos casos com síndrome de MENtipo 1 (hiperplasia paratiróide, tumor neuroendócrino dopâncreas e adenomas da hipófise anterior).

Page 18: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Diagnóstico

Endoscopia digestiva alta (EDA)Trânsito esofago-gastro-duodenal.Gastrinémia, se úlcera refractária.

Pesquisa do H. pylori (Hp):- Testes invasivos (EDA): teste rápido da urease,histologia, cultura.

- Testes não invasivos: serológicos (anticorpo anti Hp,mas anticorpos persistem após a cura);teste respiratório da ureia (marcada com carbono-13;produção de NH3 e CO2).

Page 19: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 20: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Tratamento:

- Médico:

Sem tabaco, álcool e café.

Antiácidos (1 hora após as refeições)

Antagonistas dos receptores H2 (cimetidina, ranitidina...)

Inibidores da bomba de protões (H/K-ATPase)

Sulcralfate

Erradicação da infecção pelo Hp.

Page 21: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Trat. Cirúrgico

Indicações:IntratabilidadeComplicações (hemorragia, perfuração, obstrução)

Redução da secreção ácida:vagotomia (50%); vagotomia com antrectomia (85%)

Intervenções:- Vagotomia troncular (associação com piloroplastia)- Vagotomia superselectiva (vagotomia gástrica proximal ou das células

parietais)- Vagotomia trocular e antrectomia (reconstrução em Billroth I ou

Billroth II)- Gastrectomia subtotal

- Intervenções laparoscópicas:Vagotomia superselectiva,vagotomia troncular posterior e seromiotomia anterior (operação de

Taylor).

Page 22: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Piloroplastia deHeineke Mikulicz

Page 23: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Vagotomia superselectiva (vag. gástrica proximal)

Page 24: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Vagotomia superselectivaVagotomia troncular

Page 25: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 26: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Hemorragia úlcera duodenalpiloro-duodenotomia e rafia do vaso sangrante,piloroplastia e vagotomia

Úlcera gástricagastrectomia e vagotomia

Perfuração de úlcera duodenalrafia e + vagotomia

Úlcera gástricagastrectomia oubiópsia com rafia + vagotomia)

Page 27: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Síndromes pós-gastrectomia:

Complicações pós-operatórias (hemorragia, estase gástrica,deiscência, infecção da sutura)

Síndromes secundários à ressecção gástrica:Síndrome de dumping precoce e tardioAnemiaEsteatorreiaOsteoporose

Síndromes secundários à reconstrução gástricaSíndrome da ansa aferenteSíndrome da ansa eferenteGastrite de refluxo alcalino

Síndromes pós-vagotomiaDiarreiaAtonia gástricaVagotomia incompleta

Page 28: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Síndromes secundários à reconstrução gástrica

Page 29: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Gastrite erosivaAssociada a várias formas de stress: trauma, choque, sépsis,insuficiência respiratória, hemorragia, queimaduras (úlcera deCurling).Isquémia da mucosa e actuação dos agentes agressivos damucosa.Predomínio de erosões no fundo gástrico e progressão distal.Hematemese ligeira e progressiva. Anemia e hipotensão.Endoscopia.

Tratamento:Doença de baseDescompressão gástrica.Inibidores da bomba de protões / antiácidos com antagonistasdos receptores H2Cirurgia se hemorragia incontrolával.

Profilaxia

Page 30: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Carcinoma Gástrico

Epidemiologia.Em Portugal 3ª causa de morte por neoplasias.Tendência para tumores mais proximais.

Factores de risco:

Ambientais: alimentação com enchidos e salgados (nitratos);tabaco; infecção pelo Hp;Hospedeiro: cirurgia gástrica prévia; anemia perniciosa,acloridria; gastrite crónica; esófago de Barrett e póliposgástricos.Factores genéticos: história familiar, grupo sanguíneo A,mutação na caderina-E.

Page 31: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 32: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

PatologiaAdenocarcinoma (95%).

Classificação de Borrman (I-IV); linite plástica

Classificação de Lauren: tipo intestinal (associação com factores ambientais – Hp) e tipo difuso (associação com factores genéticos).

Carcinogénese gástrica (modelo de Correa): progressão gastrite, metaplasia intestinal, displasia e carcinoma (influência da dieta, ClNa, antioxidantes e Hp).

Page 33: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

tipo intestinal tipo difuso

Page 34: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 35: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

SintomasDispepsia, vago desconforto epigástrico, dor epigástrica.Dor constante, sem acalmia com medicação ou alimentos.Perda de peso, anorexia, fadiga, vómitos, disfagia.Hemorragias ocultas ou hematemese.

Exame físicoMassa palpável epigástrica;Gânglio de VirchowNódulo periumbilicalMetástases no fundo de saco de Douglas (massa de Blumer)Massa ovárica palpável (tumor de Krukenberg)Hepatomegália com metástases, ascite, icterícia e caquexia.

Diagnóstico e EstadiamentoEDA e biópsia/ TrânsitoEcoendoscopia

TAC abdominal e torácica

Page 36: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

AJCC, 2001

Page 37: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina
Page 38: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

T1c.gast.inicial

T2 T3/T4

Page 39: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Tratamento cirúrgico

Gastrectomia total radical

Gastrectomia subtotal radicalMargem livre de 6 cm; no carc difuso maior marg ?

Extensão da dissecção ganglionarD1 – compartimento 1 (ao longo da peq e grande curvatura)

D2 – compartimentos 1 e 2 (gângl tronco celíaco, esplén, hep

D3 – D2 com excisão de para-aórticos

Cirurgia paliativa

Page 40: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Compartimento I – 1 a 6Compartimento II – 7 a 12

Linfadenectomia D1 –compartimento Iexcisão < 25 gânglios

Linfadenectomia D2 –compartimento IIexcisão > 25 gângliosSiewert

Page 41: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Gastrectomia subtotalradical - Billroth II

Gastrectomia totalradical –ansa em Y de Roux

Page 42: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Linfoma gástrico5 % dos tumores gástricosDispepsia, fadiga, dor epigástrica, anemia.Patologia:Linfoma difuso extranodal de células BLinfoma de células marginais associados à mucosa (linfomaMALT) – precedido por gastrite associada a infecção Hp.(mucosa associated lymphoid tissue)

Medulograma (estadiamento)

TratamentoErradicação Hp (sucesso 75% no linf. MALT))Radio-quimioterapiaExame histológico de congelação.Gastrectomia e tratamento adjuvante (bom prognóstico)

Page 43: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Sarcoma gástricoLeiomioma / leiomiossarcoma. GIST, expressão de proteínasKIT (no estômago em 60%)

Estadiamento e caracterizaçãoBaixa/alta actividade mitóticaDimensão > ou > 5 cm.

Hemorragia, dor dispepsia.

EDA, Trânsito, Eco endoluminal

TratamentoExcisão com margem negativa sem linfadenectomia.Inibidor de tirosina quinase (Imatinib)

Page 44: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Leiomioma - GIST

Page 45: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Gastrite hipertrófica (doença de Ménétrier)

Gastropatia hipertrófica com hipoproteinémiae hipocloridria (atrofia glandular)

Page 46: PowerPoint Presentation - FMUC · PDF fileFisiologia Gastrina, somatotastina e histamina. Mecanismos da secreção gástrica ácida (célula parietal): acetilcolina, gastrina e histamina

Lesão gástrica de DieulafoyUlceração pequena do fundo gástrica com vaso dilatado,tortuoso (2-5 mm).Hematemese súbita e recurrente.

Diagnóstico endoscópicoTratamento:

EndoscópicoCirúrgico (localização e excisão parcial “em cunha”).

Volvo gástrico

Bezoares gástricosFitobezoar e tricobezoar