TECNOLOGIA APROPRIADA NA CONSTRU‡ƒO COM TERRA .baba de cupim sint©tico e reduzindo o consumo de

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of TECNOLOGIA APROPRIADA NA CONSTRU‡ƒO COM TERRA .baba de cupim sint©tico e reduzindo...

XVI ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUDO

Desafios e Perspectivas da Internacionalizao da Construo So Paulo, 21 a 23 de Setembro de 2016

TECNOLOGIA APROPRIADA NA CONSTRUO COM TERRA TAIPA E BLOCOS DE TERRA COMPRIMIDA1

MAIA, Leonardo R. (1); ANDRADE, Antonio Gil S. (2); FARIA, Obede B.(3)

(1) FAUUSP, e-mail: leonardomaia@usp.br; (2) FAUUSP, e-mail: gil.andrade@uol.com.br; (3) PPGARQ/FAAC-UNESP, e-mail: obede.faria@gmail.com

RESUMO

As construes contemporneas com terra utilizam desde tcnicas rudimentares e artesanais at os mais sofisticados processos de industrializao e podem ser comparadas com qualquer outra forma de construir. O objetivo desse artigo introduzir a discusso de tecnologia e tecnologia apropriada, apresentar alguns trabalhos sobre as tcnicas e sistemas construtivos da taipa e dos blocos de terra comprimida e verificar se as solues aplicam os conceitos da apropriada. Foi realizada pesquisa bibliogrfica sobre estes temas, no mbito ibero-americano, relativa aos ltimos 14 anos. Essas pesquisas evidenciam inovaes que aperfeioam caractersticas fsico-mecnicas do material terra, melhoram os desempenhos tcnico, econmico e esttico dos sistemas construtivos, diminuem o impacto ambiental negativo, garantem qualidade, racionalizao e confiabilidade aos edifcios e apontam mudanas s recomendaes tcnicas. As inovaes justificam-se pelos parmetros de cada caso, como as necessidades, bases tcnicas e cientficas da sociedade, as polticas de desenvolvimento, as consideraes socioeconmicas e culturais e investimentos. Compreender as tcnicas e processos dos antepassados e sua evoluo so caminhos para a inovao. Assim, a tecnologia apropriada contribui para a transformao tcnica, social e econmica, visando ganho de bem-estar ao maior nmero de pessoas e respeitando os parmetros de cada regio e/ou populao.

Palavras-chave: Arquitetura e construo com terra. Sistemas construtivos. Tecnologia apropriada.

ABSTRACT The contemporary earthen buildings use both rudimentary techniques and the most

sophisticated manufacturing processes. These buildings can be compared to any other that

use different construction technology. The aim of this study is to introduce the discussion of

this Technology (appropriate technology). Also, it seeks to present some researches about

rammed earth and compressed earth blocks techniques and check if they are appropriate.

It was made a literature review of these themes on the context of Latin America of the last 14

years. These previous researches highlight the innovations that enhance the materials

physical and mechanical characteristics, improve technical, economic and aesthetic

performance of building systems. In addition, they emphasize the reduction of negative

environmental impact and the assurance of quality, rationalization and reliability of buildings

and they point changes regarding technical recommendations. These innovations are

justified by the parameters of each case, such as the technical and scientific bases of

society, the political development, socioeconomic and cultural considerations and

investments. To innovate one must understand ancient techniques and processes and their

1MAIA, Leonardo R.; ANDRADE, Antonio Gil S.; FARIA, Obede B. Tecnologia na construo com terra taipa de pilo e blocos de terra comprimida. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUDO, 16, 2016, So Paulo. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2016.

2138

ENTAC2016 - So Paulo, Brasil, 21, 22 e 23 de setembro de 2016

evolution. Thus, the appropriate technology contributes to the technical, social and

economic transformation, enabling welfare gains to a great number of people and

respecting the parameters of each region and / or population.

Keywords: Earthen Architecture and construction. Building systems. Appropriate technology.

1 INTRODUO

A construo com terra utiliza, atualmente, desde tcnicas de produo mais rudimentares e artesanais at os mais sofisticados processos de industrializao. Mesmo em relao aos sistemas construtivos mais primitivos ainda em uso, incentivos a instituies de pesquisa e empresas promovem o desenvolvimento de tcnicas inovadoras e coerentes, que primam pela qualidade, simplicidade, eficincia e economia na construo (UNHABITAT, 1992; Neves, 1995; Heise, 2004).

Tecnologia, segundo Abiko (1980, p.15), "um conjunto ordenado de conhecimentos empregados na produo e comercializao de bens e servios"; para Vargas (2003, p.182), tecnologia a "utilizao de conhecimentos cientficos para satisfao das autnticas necessidades materiais de um povo". Para ele, a pesquisa tecnolgica deve procurar solues para problemas prticos, levando-se em conta as implicaes socioeconmicas.

Dethier (1986) evidencia a importncia da investigao tecnolgica, que deve ser um meio e no o fim. Se o foco o desenvolvimento da sociedade, dever procurar nas novas tecnologias maneiras mais eficazes de organizar e coordenar seu universo; se o foco o crescimento econmico, uma medida de produo usar qualquer nova tecnologia e reproduzir a mesma ordem social.

Com a globalizao, pases mais desenvolvidos vendem tecnologia aos menos desenvolvidos, sem considerar o atendimento s suas reais necessidades e se haver conhecimento bsico que assegure o entendimento. Consequentemente, esta populao torna-se simples usuria e consumidora, submissa aos princpios da tcnica (Norberg-Schulz, 2008). fundamental para essa populao que as solues sejam apropriadas e apropriveis. Segundo Toca (apud Morales e Becerril, 2009), apropriadas regio, aos recursos e aos materiais disponveis, e ao meio ambiente no qual se pretende inseri-las; e apropriveis, para que os usurios as possam aprender e reproduzir.

2 TECNOLOGIA APROPRIADA

A tecnologia apropriada, termo surgido na dcada de 1960, contribui concretamente para a transformao tcnica, social e econmica da sociedade, visando o aumento e universalidade do bem estar, respeitando parmetros especficos de cada regio/populao. Abiko (1980) admite que diferentes culturas e regies tero diferentes tecnologias apropriadas s suas caractersticas e confirma que o "auto-desenvolvimento" dessa tecnologia essencial para a formao da identidade cultural e

2139

ENTAC2016 - So Paulo, Brasil, 21, 22 e 23 de setembro de 2016

independncia poltica. A tecnologia apropriada obedece a um ciclo formado pelas etapas esquematizadas na Figura 1:

Figura 1 - Etapas da tecnologia apropriada

Fonte: adaptado de Abiko, 1980.

Os processos que utilizam tecnologia apropriada no importam do estrangeiro seus sistemas construtivos, nem buscam o retorno de tcnicas arcaicas e ultrapassadas. Nesse sentido eles devem ser, segundo Abiko (1980) e Heise (2004), capazes de: atender aos requisitos tcnicos; atender s necessidades sociais; e, satisfazer as necessidades econmicas.

Na Ibero-Amrica, a tecnologia da arquitetura e construo com terra inova especialmente no aperfeioamento de componentes da alvenaria (...) e no desenvolvimento de sistemas de painis monolticos (Neves, 1995, p.59). A autora elenca os principais temas de desenvolvimento, os quais so referncia para o presente estudo. As pesquisas apresentadas a seguir so contextualizados na Ibero-Amrica nos ltimos 14 anos.

3 ESTUDOS SOBRE ESTABILIZAO, ADIES E DOSAGENS

Esses estudos tm trs principais objetivos: melhorar as caractersticas fsico-mecnicas; diminuir o descarte de resduos no meio ambiente incluindo-os na mistura para a fabricao de componentes construtivos; e, diminuir a quantidade de cimento e cal, utilizados na estabilizao, diminuindo o impacto ambiental negativo causado por sua produo. Como a terra no um material de construo padronizado, a possibilidade de misturas com diversos outros insumos a torna bastante verstil.

Faria et al (2012) apresentaram metodologia para avaliar as caractersticas fsicas e mecnicas de solo-cimento compactado e estabilizado com os mais diversos materiais. Os autores exemplificam o mtodo adicionando

2140

ENTAC2016 - So Paulo, Brasil, 21, 22 e 23 de setembro de 2016

baba de cupim sinttico e reduzindo o consumo de cimento na estabilizao. Verificou-se aumento da resistncia compresso e diminuio da absoro de gua nos corpos de prova, respeitando os requisitos mnimos exigidos pelas normas tcnicas(ABNT, 2012a e 2012b).

Os estudos de Milani e Silva (2012), Milani et al (2012), Soares et al (2012) e Buson et al (2010), buscam alternativas eficazes para a destinao dos seguintes resduos: lama de minrio de ferro, fino de basalto ou p de pedra, cinza de carvo mineral e fibras celulsicas oriundas dos sacos kraft reciclados de embalagem de cimento, respectivamente. Nas quatro pesquisas, as substituies de terra ou cimento pelo resduo em diversas propores, apresentaram bons resultados comparando-se ao trao referncia (sem substituio de nenhum material), atendendo aos requisitos das normas pertinentes.

No estudo de fibras celulsicas, os blocos de terra comprimida (BTC) foram assentados com argamassa de mesma composio dos blocos (mistura de solo-cimento-kraft), conformando prismas que foram submetidos ao ensaio de compresso diagonal, para clculo de resistncia mdia ao cisalhamento (0,57 MPa) e o mdulo de elasticidade transversal. A resistncia compresso simples foi de 5,66 MPa. A argamassa produzida com solo-cimento-kraft apresentou alta monoliticidade, com fortes ligaes entre os blocos.

Jimnez (2010) apresenta estudo de BTC com a adio de baba ou suco de cacto, do cacto palma e da babosa, diludo em gua, em diversas concentraes. Esse lquido substituiu a gua na mistura dos BTC, em diversas concentraes. Foram realizados ensaios de com