UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE Arqueologia da...آ  Marie-Louise Von Franz, 1997. Agradecimentos

  • View
    3

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE Arqueologia da...آ  Marie-Louise Von Franz, 1997....

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

    INSTITUTO DE HUMANIDADES, ARTES E CIÊNCIAS

    PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO

    EM CULTURA E SOCIEDADE

    LINHA DE PESQUISA: CULTURA E ARTE

    ARQUEOLOGIA DA IMAGEM:

    UMA PESQUISA SOBRE A EXPRESSÃO DO INCONSCIENTE

    NAS IMAGENS ARTÍSTICAS FIXAS E BIDIMENSIONAIS

    E NAS ILUSTRAÇÕES CIENTÍFICAS

    ANDRÉ DE FARIA BRANDÃO

    Orientadora: Dra. Licia Soares de Souza

    SALVADOR,

    2018

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

    INSTITUTO DE HUMANIDADES, ARTES E CIÊNCIAS

    PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO

    EM CULTURA E SOCIEDADE

    LINHA DE PESQUISA: CULTURA E ARTE

    ARQUEOLOGIA DA IMAGEM:

    UMA PESQUISA SOBRE A EXPRESSÃO DO INCONSCIENTE

    NAS IMAGENS ARTÍSTICAS FIXAS E BIDIMENSIONAIS

    E NAS ILUSTRAÇÕES CIENTÍFICAS

    ANDRÉ DE FARIA BRANDÃO

    Orientadora: Dra. Licia Soares de Souza

    Tese apresentada ao Programa Multidisciplinar

    de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade do

    Instituto de Humanidades, Artes e Ciências como parte dos requisitos para obtenção do

    grau de Doutor.

    SALVADOR,

    2018

  • “Cada vez que abordamos a realidade

    arquetípica mais profunda da psique, domina-nos

    a sensação de estar em contato com algo infinito.

    Todavia, como assinalou Jung, trata-se de uma

    pergunta decisiva de nossa existência: estamos

    ou não relacionados com algo infinito?”

    Marie-Louise Von Franz, 1997.

  • Agradecimentos

    Aos deuses, a minha esposa Joana e a minha filha Mariá, amores da minha vida,

    aos meus pais amados, Sérgio e Marilene, exemplos de honestidade e justiça, à Diva,

    minha querida avó desenhista, aos queridos Marcos e Carmen, Marina e Luiza, e a todos

    da família, queridos irmão, sobrinhos, tios, primos, e aos amigos de hoje e de sempre.

    Aos queridos professores, colegas, alunos, servidores e amigos do Instituto de

    Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos, do Programa Multidisciplinar

    de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, da Escola de Belas Artes, do Programa de

    Pós-Graduação em Artes Visuais e da Galeria Cañizares, todos da Universidade Federal

    da Bahia. Especialmente a; minha orientadora Licia Soares de Souza, Edilene Matos,

    Marinyze Prates, Carlos Bonfim, José Roberto Severino, Igor Rossoni, Rita Aragão,

    Adalberto Santos, Djalma Thurler, do Pós-Cultura; Alberto Olivieri, Roaleno Costa,

    Juarez Paraiso, Nanci Novaes, Celeste Wanner, Evandro Sybine, Paulo Oliveira, Onias

    Camardelli, Elizabete Actis, Edgard Oliva, Maria Emília, Julian Wrobel, Eriel Araújo,

    Taygoara Aguiar, Erica Ribeiro, Nadson Portugal, Zé de Rocha, Tamires Lima, Telma

    Cristina, Pedro Marighella, Viga Gordilho, Alejandra Muñoz, Anderson Marinho, Luiz

    Mário, Luiz Freire, Maria Hermínia, Rosa Gabriela, Priscila Lolata e Graça Ramos, da

    EBA e do PPGAV, e Roseli Amado, da UFRB.

    Às instituições: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

    (CAPES); Instituto de Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC);

    Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura);

    Escola de Belas Artes (EBA); Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV);

    Galeria Cañizares e Universidade Federal da Bahia (UFBA).

  • BRANDÃO, André de Faria. Arqueologia da Imagem: uma pesquisa sobre a

    expressão do inconsciente nas imagens artísticas fixas e bidimensionais e nas

    ilustrações científicas. Tese (Doutorado). Universidade Federal da Bahia (UFBA);

    Instituto de Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC); Programa

    de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura): Salvador, 2018.

    Resumo

    A pesquisa refletiu sobre conceitos interdisciplinares e aspectos teóricos que

    poderiam definir uma possível Arqueologia da Imagem. Nossa fundamentação teórica

    recorreu às bases epistemológicas da psicologia pré-científica, da psicologia científica,

    da arqueologia e das artes visuais. As inspirações para a criação do método vieram

    fundamentalmente das áreas da psicologia da forma (Gestalt), da psicologia mentalista,

    principalmente em relação à psicologia profunda, em Freud e em Jung, da história da

    arqueologia e do automatismo nas artes visuais, propondo a criação de novos termos e

    de novas abordagens. Conteúdos arqueoimagéticos se expressariam nas imagens em

    estado latente, sendo que estes seriam originalmente provenientes de um plano

    mnemônico, inconsciente e infinito. A nossa pesquisa averiguou como o método

    arqueoimagético, juntamente com a aplicação das suas técnicas, poderia contribuir para

    uma prospecção experimental das arqueoimagens que estariam contidas nos estratos do

    grande sítio arqueoimagético e que se expressariam nas imagens através de elementos

    gráficos e conteúdos simbólicos que denominamos de fragmentos arqueoimagéticos e

    de vestígios arqueoimagéticos. Após a experimentação do método arqueoimagético em

    uma criteriosa seleção de imagens artísticas fixas e bidimensionais, e de ilustrações

    científicas, de diferentes períodos da história, seguindo critérios como atemporalidade,

    diversidade cultural e diversidade de linguagens, fizemos a descrição dos resultados

    alcançados. O método utilizado se mostrou satisfatório, devido ao fato de termos

    conseguido prospectar conteúdos arqueoimagéticos que estavam presentes, de forma

    latente, nas imagens.

    Palavras-chave:

    Arqueologia da imagem; Inconsciente; Psicologia; Arqueologia; Artes visuais.

  • BRANDÃO, André de Faria. Archeology of the Image: a research on the expression

    of the unconscious in fixed and two-dimensional artistic images and scientific

    illustrations. Thesis (Doctorate). Universidade Federal da Bahia (UFBA); Instituto de

    Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC); Programa de Pós-

    Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura): Salvador, 2018.

    Abstract

    This research reflected on interdisciplinary concepts and theoretical aspects that

    could define a possible Archeology of the Image. Our theoretical foundation resorted to

    the epistemological bases of pre-scientific psychology, scientific psychology, archeo-

    logy and visual arts. The inspirations for the creation of the method came mainly from

    the areas of form psychology (Gestalt), mentalist psychology, especially in relation to

    the deep psychology in Freud and Jung, of the history of archeology and automatism in

    the visual arts, proposing the creation of new terms and new approaches. Archeoima-

    getic contents would be expressed in latent images, which would originally have come

    from a mnemonic, unconscious, and infinite dimension. Our research sought to check

    how the archeoimagetic method, together with the application of its techniques, could

    contribute to an experimental exploitation of the archaeoimages that would be

    contained in the strata of the great archeoimagetic site and that would be expressed in

    the images through graphical elements and symbolic contents that were named as

    archeoimagetic fragments and archeoimagetic traces. After the experimentation of the

    archeoimagetic method in a careful selection of fixed and two-dimensional artistic

    images and scientific illustrations from different periods of history, following criteria

    such as timelessness, cultural diversity and diversity of languages, we have described

    the results achieved. The method used proved to be satisfactory, due to the fact that we

    were able to prospect archaeoimagetic contents that were latently present in the images.

    Keywords:

    Archeology of the Image; Unconscious; Psychology; Archeology; Visual arts.

  • BRANDÃO, André de Faria. Arqueología de la Imagen: una investigación sobre la

    expresión del inconsciente en las imágenes artísticas fijas y bidimensionales y en

    las ilustraciones científicas. Tesis (Doctorado). Universidade Federal da Bahia

    (UFBA); Instituto de Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC);

    Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura): Salvador, 2018.

    Resumen

    La investigación reflexionó sobre algunos conceptos que formaron las bases

    teóricas para la psicología, aspectos que podrían definir una posible Arqueología de la

    Imagen. Nuestra fundamentación teórica recurrió a las bases epistemológicas de la

    psicología pre-científica, de la psicología científica, de la arqueología y de las artes

    visuales. Las inspiraciones interdisciplinares para la creación del método vinieron

    fundamentalmente de las áreas de la psicolog